Análise da reunião ministerial de Bolsonaro

Brasil registra 136 mortes por coronavírus. Hospitalizações por problema respiratório crescem 500%

Por Redação

30 de março de 2020 : 17h33

Separei abaixo texto e gráficos divulgados ontem à noite pelo Ministério da Saúde.

Primeiro, os gráficos, que constam de um relatório.

Eu faço os seguintes destaques:

  • Em São Paulo, a letalidade do Covid-19 está em 6,8%, o que está acima da média global.
  • A evolução dos casos diários mostra queda nos últimos dois dias.
  • Os óbitos diários ficaram estáveis nas últimas 24 horas.
  • Os gráficos que tratam de vítimas fatais com problemas respiratórios agudos (SRAG) são alarmantes, pois mostra um aumento dramático das internações.
  • É possível que boa parte dessas internações por SRAG seja, ao cabo, seja de pessoas infectadas.
  • O governo precisa ampliar e agilizar os testes, para permitir que o sistema de saúde, e a sociedade, possam acompanhar com mais confiança a evolução do Covid-19 no país.
  • Na décima segunda semana, houve crescimento de mais 500% das hospitalizações por SRAG: foram mais de 5,300 hospitalizações, contra 1.061 no mesmo período de 2019.
  • Na décima terceira semana, que ainda está em curso, e cujos dados ainda sendo atualizados, o aumento de hospitalizações por SRAG está em 206% até o momento.

No Ministério da Saúde

Brasil registra 4.256 casos confirmados de coronavírus e 136 mortes

Publicado: Domingo, 29 de Março de 2020, 16h56
Última atualização em Domingo, 29 de Março de 2020, 17h16

Todos os estados têm casos e 13 apresentaram óbitos: AM, BA, CE, PE, PI, RN, RJ, SP, DF, GO, PR, SC e RS.

O Brasil registrou neste domingo (29) 4.256 casos confirmados de coronavírus. De acordo com as informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país até as 16h, o número de óbitos aumentou de 114 para 136 em 24h.

As mortes estão localizadas nos estados do Amazonas (1), Bahia (1), Ceará (5), Pernambuco (5), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Rio de Janeiro (17), São Paulo (98), Distrito Federal (1), Goiás (1), Paraná (2), Santa Catarina (1) e Rio Grande do Sul (2).

Brasil registra 3.904 casos confirmados de coronavírus e 114 mortes
Para manter a população informada a respeito dos casos e óbitos, o Ministério da Saúde atualiza diariamente os dados na plataforma de dados do coronavírus. O painel traz as informações e permite uma análise do comportamento do vírus com o passar do tempo, além de um gráfico de dados acumulados apontando a curva epidêmica da doença.

A plataforma está disponível para livre acesso no endereço: covid.saude.gov.br

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Hoyo de Monterrey

30 de março de 2020 às 21h14

O Ministério da Saúde disse que estão serão feitos muitos mais testes a partir da semana que vem e por tanto se tudo continuar assim nas próximas semanas os números de infectados confirmados subirá muito deixando a taxa de letalidade bem menor.

O vírus está andando Brasil afora desde janeiro e até aqui excluindo São Paulo fazendo praticamente zero vítimas, incluindo São Paulo, quase zero.

O risco de estar matando o paciente com o próprio remédio é efetivamente elevado.

Responder

Garrincha

30 de março de 2020 às 19h32

E’ obvio o aumento, sao internado por suspeita de ter contraido o virus.

Responder

Ganassa

30 de março de 2020 às 18h01

Esses números são de ontem.

Hoje 30/3/20
4.579 casos
159 mortes

Minas tem a metade dos habitantes de SP, como São Paulo tem cerca de 100 óbitos e Minas 1…?

Como SP tem o dobro da taxa de letalidade do resto do Brasil e do Mundo…?

Responder

    Gustavo

    31 de março de 2020 às 09h49

    A taxa de letalidade em SP ser tão grande se dá, em parte, por que os casos estão sendo subnotificados, já que não estão sendo testes extensivamente. O número real de casos em SP deve ser pelo menos 10 vezes maior que os números oficiais. A grande diferença entre o número de mortos em SP e MG é consequência de haverem menos pessoas infectadas em MG.

    Responder

Deixe uma resposta