Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Brasil de Bolsonaro: milícia obriga comerciantes a reabrir para manter cobrança de taxas

Por Redação

17 de abril de 2020 : 18h50

Saiu hoje no G1: milícias do Rio de Janeiro vem obrigando comerciantes a reabrir seus estabelecimentos para voltar a extorqui-los, através da cobrança de taxas ilegais.

***

No G1

Milícia obriga comerciantes do RJ a reabrir para manter cobrança de taxas, aponta denúncia

‘Mandando ficar com o bar aberto, que nós temos que ficar pra fazer dinheiro pra pagar eles”, conta lojista ouvido pelo RJ1. Morador recebe boleto para pagamento ao grupo.

Por Anita Prado e Guilherme Peixoto, RJ 1

17/04/2020 12h04 Atualizado há 2 horas

Comerciantes de áreas da Zona Oeste e Região Metropolitana do Rio dizem que são obrigados a trabalhar para pagar a taxa da milícia, apesar das restrições para o isolamento social como prevenção ao coronavírus. É o que aponta uma reportagem exclusiva do RJ1 nesta sexta-feira (17).

Segundo as denúncias, grupos paramilitares usam ameaças para obrigar vendedores e comerciantes a manterem as portas dos estabelecimentos abertas durante a pandemia.

Na Zona Oeste, a TV Globo flagrou funcionamento normal do comércio na Gardênia Azul, Rio das Pedras e Muzema. Sem se identificar, os moradores relatam como os milicianos agem na região.

“Eles vão sempre à noite, um deles encapuzado, um assim mais gordo, outro mais moreno e outro mais forte, entendeu? São três que foram lá em casa, para pegar R$ 30″, diz. ”

“Os milicianos daqui, cara, ficam oprimindo a gente, entendeu? Mandando ficar com o bar aberto, que nós ‘tem’ que ficar pra fazer dinheiro pra pagar eles, pra eles ‘poder’ pagar os caras da cobertura da PM”, relata outro morador.

Com boletos, a cobrança da milícia chega em casa, com o nome do morador, no Itanhangá. Algumas famílias, sem dinheiro para manter o básico, continuam ameaçadas.

“Por causa do vírus, a gente não pode pagar nem as contas, quanto mais eles. Outro dia, faltou até o do pão, para tomar café de manhã, aí vão lá em casa para pegar dinheiro? Não tem como”, desabafa morador.

Em Itaboraí, na Região Metropolitana, milicianos foram flagrados comemorando enquanto os moradores são obrigados a manter o trabalho normalmente. O município determinou o fechamento do comércio no dia 23 de março, e a cidade registrava 31 casos de Covid-19, com 4 óbitos, até esta sexta.

“Esses milicianos aí ficam exigindo que nós ‘fique’ com os bares abertos, com os nossos comércios abertos, entendeu, pra poder pagar a eles as extorsões que eles cobram da gente, pra pagar as viaturas que ‘faz’ cobertura deles quando eles vão fazer as extorsões deles”, diz comerciante.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

GB

11 de maio de 2020 às 23h45

Essa e a milícia do Bolsonaro..de 2018 pra cá o que se mais vê é a milícia agindo nos bares da zona Sul…

Responder

Luiz Carlos dos Santos

02 de maio de 2020 às 18h38

Porque os milicianos não são tão valentes porque não vão cobrar propinas no país da Indonésia não seria uma boa ,? Mais não se esqueça de levar drogas bastante prá Indonésia viu ? Bando de safados devia mesmo era ter pena de morte prá este tipo crime no Brasil e para vários crimes tá certo ?

Responder

Nestor

18 de abril de 2020 às 11h23

brazil zil zil zil desgovernado por milicianos

Responder

Alan C

17 de abril de 2020 às 22h55

Só tem gente “de bem” entre os amigos da familícia.

Responder

Paulo

17 de abril de 2020 às 21h47

Daqui a pouco, teremos mais milicianos no RJ do que na Venezuela. Será?

Responder

chichano goncalvez

17 de abril de 2020 às 19h26

Esta correto do ponto de vista normal, eles pagam as milicias, que pagam os paramilitares, que pagam os militares, que pagam o chefe maior que esta no poder em Brasilia, eu pergunto : queriam o que ? Por enquanto só mataram gente boa e honesta, tipo Marielle Franco, o musico Evaldo Rosa dos Santos , lembram ?, etc, bandido, não mataram ninguem ;este é o pais das milicias, aonde iremos parar, não sei ! Por esse motivo é que o chefe maior disse que é uma simples gripizinha, para poder manter os comercios abertos, não precisa ser experto em nada para perceber tudo.

Responder

Deixe uma resposta