Protestos do "15 de Março" abalam a Globo no monopólio das ruas - O Cafezinho

O Cafezinho

quinta-feira

16

março 2017

115

COMENTÁRIOS

Protestos do “15 de Março” abalam a Globo no monopólio das ruas

Escrito por , Postado em Colunistas, Wellington Calasans

Por Wellington Calasans, Colunista do Cafezinho, na Suécia

Faz pouco tempo, muito pouco mesmo, que para o brasileiro ir às ruas era necessário uma convocatória frenética da Globo e dos seus tentáculos da “velha mídia golpista”. As “Globofestações” eram infladas com chamadas ao vivo e apelos que ultrapassavam o ridículo.

Os autênticos gritos das ruas, no entanto, começaram a ganhar força com a irreverência do brasileiro durante o carnaval. Agora, o repúdio ao golpe é visivelmente uma “conversa séria”. Quem está presa ao carnaval é a turma que assaltou o poder e que, deslocada da realidade, mantém a fantasia de democrática ao fingir que as “instituições” ainda transmitem alguma credibilidade aos cidadãos.

Profissionais de todas as áreas, trabalhadores ou desempregados, refutam a reforma da previdência. Este movimento é amplo e mobiliza a Nação sem slogan piegas de “manifestções pacíficas e que reunem toda a família nas ruas”. Já disse uma vez e repito: a Globo da ala progressista é a barriga do povo. Quando começa a roncar de fome é impossível manter a ilusão de que está tudo bem.

Os gritos das ruas são apenas o início. O povo não reconhece este “governo” e as “instituições”. Na medida em que a “justiça” precisa ser revelada uma farsa para sustentar “isso tudo que está aí”, os cidadãos tendem a resgatar o código de Hamurabi, “olho por olho, dente por dente”. Irônicamente, este espírito de ódio e justiça com as próprias mãos foi alimentado pela própria Globo.

Nesta ficção, vendida pela Globo como “ponte para o futuro”, Temer é o Dr. Malcolm Crowe (personagem de Bruce Willis no filme “O sexto sentido”), pois é um fantasma e não sabe. A Globo é o garoto Cole Sear (personagem de Haley J. Osment) que conversa com ele. E é exatamente porque a Globo ainda não avisou que Temer está morto (politicamente) que este governo do golpe se sustenta.

Personagens bizarros, Gilmar Mendes é um deles, pensam estar isentos da mira do povo, pois, assim como Temer, ainda acreditam que a Globo é capaz de impedir que o cidadão vá às ruas ou invadam as “instituições” contra esta vergonha que temos que chamar de governo.

E por falar em Gilmar, se ele brincar de segurar Temer, vai cair junto. Quebra de decoro é o esporte preferido desta figura nefasta e uma hora dessas o povo tira a banda podre do Senado. Será irônico assistir Dilma Rousseff senadora presidindo o impeachment de Gilmar Mendes.

Sabemos que a história dos golpes no Brasil é confundida com a história da própria Globo. Sabemos que não haverá democracia no país enquando existir esta empresa que odeia o Brasil e os brasileiros. E que por isso mente, distorce as notícias, persegue líderes trabalhistas, além de produzir mitos de papel – Sérgio Moro é o exemplo mais recente disso, pergunte ao historiador Leandro Karnal se estou mentindo.

Revoltado, o povo, lentamente, sai da hipnose e percebe que estava a ser estuprado enquanto inconsciente. Políticos e empresários começam a abandonar a “canoa furada” do golpe. Desta vez a Globo não terá novos 50 anos para pedir desculpas por ter apoiado mais uma violação contra a Constituição.

A Globo perdeu o monopólio das ruas. O povo é a eletricidade e a Globo é a manivela. E este mesmo povo perdeu a paciência e já decidiu que vai mudar “isso tudo que está aí”. Todo império acaba um dia. Globo, a sua hora vai chegar.

quinta-feira

16

março 2017

115

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

115 COMENTÁRIOS

  1. Marisa Calage
  2. Edi Santana
  3. Bosco Pontokom
  4. Regina Célia Simões
    • Gilda d.kazuki
  5. Anônimo
  6. Anônimo
  7. antoniel uchoa
  8. Aylton Mattos
  9. Emilia Silva
  10. Valeria
  11. Ruy Mauricio de Lima e Silva Neto
    • Wellington Calasans
  12. foo
  13. Ely Leão
  14. Ely Leão
  15. Anônimo
  16. Edia
  17. João Luiz Pereira Tavares
  18. Joel Miranda
  19. Eduardo Cesar Alves Cruz
  20. DARCY BRASIL RODRIGUES DA SILVA
  21. waltet pastori
  22. Murio Cico
  23. Geovane Barbosa Santos'