Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Justiça baixa indenização para R$ 15 mil

Por Miguel do Rosário

13 de fevereiro de 2014 : 19h25

Perdi o processo.

Ainda não sei se vou apelar. Provavelmente sim, até a última instância possível, o Supremo Tribunal Federal.

No entanto, a meu ver, Ali Kamel sai derrotado moralmente. Ganha uma ação de R$ 15 mil para quê? Para evidenciar a sua truculência, de um lado, e,  de outro, seu medo de perder espaço para a blogosfera.

Perde a Justiça, que poderia tomar uma decisão corajosa, em favor da liberdade de expressão. Mas meus amigos de São Paulo já haviam me falado sobre o Judiciário do Rio.

Ao menos, baixaram o preço do sacripanta de R$ 41 para R$ 15 mil. Agora tenho que ver a decisão completa, saber se tem de fazer depósito em juízo, se o valor foi atualizado, essas coisas.

O que está acontecendo, Brasil? A direita avançou de vez pelo Judiciário, que virou um espaço de proteção aos poderosos e de opressão aos pequenos?

A nossa mídia, pelo jeito, só está preocupada com a liberdade de imprensa no Equador, em Cuba, na Rússia. Aqui no Brasil, é processo em cima de tudo quanto é blogueiro. É jornalista preso em Minas. O escambal.

Já eles, os jornalistas dos grandes meios, podem tudo. Podem xingar, difamar, injuriar.

Essa minha condenação lhes faz cair a máscara. E o que vejo por trás é ainda mais feio do que eu supunha.

Tudo bem, Kamel. Eu sei como termina essa história. Eu vou morrer um dia. Você vai morrer um dia. A história é que nos dará o veredicto final. Você será o medíocre covarde que usou o poder de uma corporação para atacar um simples blogueiro.

Você pode até arrancar meu dinheiro, é tão ridículo pensar isso que me dá vontade de rir. Já não sou tão pobre, graças ao sucesso do meu blog. Com um pouco de ajuda dos amigos, que tenho aos montes, consigo R$ 15 mil com facilidade.

A questão não é essa.

Eu tive o privilégio de ler muito, Kamel. Já vivi em Florença, onde li Dante Alighieri no original. Já li Rimbaud e Baudelaire, diante da Notre Dame. Já mijei bêbado de madrugada no rio Sena, enquanto chorava de emoção, pensando em Rousseau.

Você pode usar seu poder para me arrancar dinheiro, meu suado dinheiro ganho trabalhando de segunda a segunda, mas jamais roubará minha cultura.

Enfim, eu aprendi com William Blake, meu caro: Expect poison from the standing water. De água parada, espere sempre veneno.

Perdi uma batalha, uma mísera e insignificante batalha. A guerra, venceremos!

blakebeast2bg

William Blake

PS: Se quiser mais informações sobre o processo, leia aqui.

PS 2: O Portal Imprensa e todos os que estão dando a notícia, poderiam fazer a gentileza de me ouvir (meu email) ou se informar melhor antes de abraçar a versão da acusação. Não é verdade que eu acusei Ali Kamel de cometer “todo o tipo de abuso contra a democracia” e “a dignidade humana”; de se empenhar “dia e noite para denegrir a imagem do Brasil, aqui e no exterior” e de utilizar “métodos de jornalismo” que “fazem os crimes de Rupert Murdoch parecerem estripolias de uma criança mimada”. Essas gentilezas se dirigiam à empresa, não à pessoa. Basta ler o texto, qualquer criança com mais de seis anos entende.

PS 3: A íntegra da decisão da juíza está aqui.

PS 4: Rodrigo Vianna, que tem “experiência” com as obsessões sacripânticas, me explicou que não tenho que pagar nada agora. Quer dizer, não tenho que depositar nada em juízo. Só quando perder no Tribunal de Justiça. Então tenho alguns meses para respirar.

PS 5: Meu advogado acaba de me ligar, explicando-me que nossos principais argumentos não foram contemplados pela juíza. Então vamos recorrer. A luta continua!

PS 6: Me enviam o cartaz do filme, com o nome do Ali Kamel. Portanto, não procede a versão que o nome do ator do filme Solar das Taras Proibidas é Alex Kamel. É Ali Kamel mesmo. Só que evidentemente não é o Ali Kamel que dirige a Globo. É outro, muito mais divertido.

 

CN_1272

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

60 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ignez Rodrigues Gil

28 de fevereiro de 2014 às 21h17

Vai adiante,Miguel Do Rosário.

Responder

Fabiana Baum

15 de fevereiro de 2014 às 22h27

Só para ficar registrado. Site oficial do governo dos EUA que publica relatórios de direitos humanos, tem no relagório de 2010 referência a um jornalista morto no Rio, Mario Randolfo Marques Lopes, depois de ter publicado uma matéria sobre corrupção de juízes no Rio de Janeiro.

‘Nongovernmental Impact: At least five journalists were killed during the year for their reporting. For example, on February 9, the body of Mario Randolfo Marques Lopes, along with that of his girlfriend Maria Aparecide Guimaraes, was found next to a highway in Barra do Pirai in Rio de Janeiro State. They had been abducted 22 hours previously. Lopes was editor in chief of the news Web site Vassouras na Net (Brooms on the Web). The most recent article published before his death accused local judges and courts of corruption. He had survived one previous attempt on his life. Police investigated all such cases. According to the NGO Reporters Without Borders, violence against journalists leading up to municipal elections held during the year, coupled with the media’s dependence “on the political authorities at the state level” and court censorship orders, contributed to a decline in press freedom.’ – See more at: http://www.state.gov/j/drl/rls/hrrpt/humanrightsreport/index.htm#wrapper

Responder

Flavio Lima

14 de fevereiro de 2014 às 11h55

“O que está acontecendo, Brasil? A direita avançou de vez pelo Judiciário, que virou um espaço de proteção aos poderosos e de opressão aos pequenos?
Sim amigo, infelizmente isso esta cada vez mais claro.

Responder

jeronimo

14 de fevereiro de 2014 às 11h19

Miguel,

caso se confirme a condenação em 2ª instância, seria viável vc criar uma vaquinha para podermos lhe ajudar a pagar a dívida. Conte conosco.

att

seu leitor.

Responder

Cleide Portella

14 de fevereiro de 2014 às 12h47

Alguma hora a verdade sobressairá!! Boa sorte grande jornalista!

Responder

Vera Lúcia Oliveira

14 de fevereiro de 2014 às 11h51

Vai dar tudo certo, se Deus quiser!!!

Responder

Newde Caruso

14 de fevereiro de 2014 às 11h32

Vejam que matéria interessante:
http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/o-caso-do-buraco-do-lume-no-rio

Responder

José Amaro Balbani

14 de fevereiro de 2014 às 09h57

Tô acreditando mais no juiz de futebol e na honradez da mãe dele.

Responder

Maria Claudia Oliveira Paiva

14 de fevereiro de 2014 às 07h52

Yess!!!!!

Responder

Josef Marcio Tavares

14 de fevereiro de 2014 às 04h15

Pra quem não é do Rio: Buraco do Lume é um espaço que fica no Centro da cidade onde principalmente o Vladimir Palmeira prestava contas de seu mandato de deputado federal pelo PT-RJ. Fica na confluência das ruas Nilo Peçanha e São José, quase em frente ao Ed Avenida Central.

Responder

Josef Marcio Tavares

14 de fevereiro de 2014 às 04h13

Lembro que em 2004 todo mundo tava metendo porrada no governo do Lula. Todo mundo em termos. Principalmente a esquerda e até o PT. Chico Alencar e Eliomar Coelho (sim, eles ainda era filiados ao PT) juntamente com o tal de Molon iam pro Buraco do Lume falar mal do recém nascido governo petista. Eu ficava puto. Tentava defender, mas estava difícil. Até que, navegando pela internet encontrei um texto do Miguel Do Rosario em que ele com aguda sabedoria apontava os acertos do governo. Com números e argumentos muito sólidos. A partir deste dia passei a admirar o Miguelito. Caras como eles não aparecem a toda hora. São joias raras que temos que cuidar com todo carinho e atenção. Gosto muito do Miguel, apesar de ainda não tê-lo conhecido pessoalmente. Mas não precisa. Conheço tanta gente pessoalmente que não vale nada. rs

Responder

João Ives Doti

14 de fevereiro de 2014 às 04h07

rssss…

Responder

Josef Marcio Tavares

14 de fevereiro de 2014 às 04h07

caraca… até que enfim alguém concordou comigo. rsrsrsrsrs

Responder

João Ives Doti

14 de fevereiro de 2014 às 04h06

Assino o que o Josef Marcio Tavares disse. Estamos juntos, Miguel Do Rosario!

Responder

Josef Marcio Tavares

14 de fevereiro de 2014 às 04h01

não entendi Tita Barretto…

Responder

Tita Barretto

14 de fevereiro de 2014 às 04h00

Josef Marcio Tavares, tem um amigo o/ Pq despreza os outros :(

Responder

Josef Marcio Tavares

14 de fevereiro de 2014 às 03h59

Miguel Do Rosario é meu amigo; mexeu com ele…

Responder

Tita Barretto

14 de fevereiro de 2014 às 03h58

Pode contar comigo também….Mas vai recorrendo pra outras instâncias, deixa ele esperar sentado.

Responder

João Batista Rocha

14 de fevereiro de 2014 às 02h44

Ele, o Ali Kamel não deixa de ser ator pornô. Ele vem fudendo, sistematicamente, o jornalismo.

Responder

Carlos Trindade

14 de fevereiro de 2014 às 02h34

to com o josef..ah, judiciario…

Responder

Fabián Núñez

14 de fevereiro de 2014 às 02h33

A Justiça do Rio – como tudo nesse Estado e cidade – é vergonhosa. Muitos advogados sabem disso… É triste!

Responder

Josef Marcio Tavares

14 de fevereiro de 2014 às 02h32

e se tiver que pagar mesmo, pode contar com a minha solidariedade financeira.

Responder

Emerson

14 de fevereiro de 2014 às 00h21

Amigos podem se preparar o novo golpe de estado que está sendo dado a partir do judiciário.

Responder

Duílio

14 de fevereiro de 2014 às 00h15

Aliás, quem é Ali Kamel e quem é MIGUEL DO ROSÁRIO? “Ai, mijei no Senaaaa”. Vai dormir, vai.

Responder

    Miguel do Rosário

    14 de fevereiro de 2014 às 00h42

    Vai namorar o Ali Kamel, então, se gosta tanto dele.

    Responder

      Narr

      14 de fevereiro de 2014 às 00h55

      O que leva um sujeito a entrar aqui e dizer bobagens desse tipo?
      É o ganho possível do homem pequenino?
      É a migalha que consegue no chão da Globo, o resto de lixo alegremente revirado com o focinho da mesquinhez, o naco fétido da conivência anônima com os poderosos?

      Responder

        Vixe

        14 de fevereiro de 2014 às 10h32

        A mando de seu chefe lá na Globo…
        É o “BOZÓ” personificado na figura de um funcionário subalterno.

        Responder

Duílio

14 de fevereiro de 2014 às 00h13

Pera lá, o dono do blog chama o cara de criminoso e sacripanta e a Justiça tinha que inocentá-lo, é isso? Vão se tratar.

Responder

    Miguel do Rosário

    14 de fevereiro de 2014 às 00h41

    Não chamei de criminoso. Tem vários adjetivos que são críticas políticas ao Globo, não a Ali Kamel. Sacripanta, sim, chamei.

    Responder

    Vixe

    14 de fevereiro de 2014 às 10h22

    Miguel, esse é o “BOZÓ”, o famoso funcionário da Globo num personagem do falecido Chico Anízio, que esfrega o crachá na cara de todo mundo, achando ser grande coisa trabalhar nessa @#$%¨&*.
    Tá aqui a soldo de todos os “sacripantas” da mídia “braZileira”.

    Responder

Franklin De Paula Júnior

14 de fevereiro de 2014 às 01h54

Vivas ao Miguel do Rosário! Vivas aos Feras da Blogofauna! Vivas à vitalidade democrática da blogosfera progressista (a mídia golpista não sabe o que é isso, só sabe quem sente)!!! A liberdade dessa imprensa mercantil, oligárquica e mesquinha, se confunde com a liberdade em desferir golpes contra a ordem democrática, em destruir reputações, em perseguir adversários ideológicos, em praticar impunemente crimes financeiros etc e tal. Isso não tem nada a ver com liberdade de expressão e a liberdade de expressão ainda vencerá derradeiramente esta pseudo liberdade de imprensa.

Responder

Thyago Humberto da Silva

14 de fevereiro de 2014 às 01h19

Calhorda sujo! Não esquecerei disso, Miguel Do Rosario. Minha vó fala: o mundo dá volta.

Responder

Priscila Presotto

14 de fevereiro de 2014 às 00h59

Estamos com voce!!!

Responder

Igor Trigueiro

14 de fevereiro de 2014 às 00h57

Segue na luta Miguel Do Rosario! Forte abraço.

Responder

Miguel Do Rosario

14 de fevereiro de 2014 às 00h52

joao bosco rocha. Não confunda o ator pornô, uma pessoa digna, com essa pessoa.

Responder

Gicela Machado Oliveira Brasil

14 de fevereiro de 2014 às 00h49

sem a menor dúvida, moço valente !!! força, estamos contigo !!!

Responder

PEdro Brasil

14 de fevereiro de 2014 às 00h31

a união faz a força. vamos todos nos unir para cobrir isso! não podemos viver escravos do PIG! Faz uma vaquinha, sim. Tem nosso apoio!

Responder

Virgilio

13 de fevereiro de 2014 às 22h16

Miguel, você tem que recorrer.. levar até a última instância. De fato, o nosso judiciário, de cabo a rabo, é a casa da direita neste país! Lixo!

Responder

Meu Brasil é com S

14 de fevereiro de 2014 às 00h03

Não desista…
Todos sabemos da história da bolinha de papel e do abaixo assinado que ele fez dentro da Globo. O jeito dele é esse…mas o que é de cada um, está guardado! Um dia tudo isso irá se voltar contra ele.

Responder

João Bosco Rocha

14 de fevereiro de 2014 às 00h02

O filme por ele estrelado, “O Solar das Taras Proibidas”, com uma famosa preocupação social numa das cenas, foi retirado do Youtube. Uma pena. Talvez ele se desse melhor como ator. De cinema pornô, evidentemente.

Responder

Nielsen Gomes

14 de fevereiro de 2014 às 00h00

Força Miguel!

Responder

Anônimo

13 de fevereiro de 2014 às 21h59

Polícia Federal confirma abertura de inquérito contra sonegação da Globo! Enviado por Miguel do Rosário on 27/01/2014 – 2:59 pm 34 comentários Agora já temos um número e um delegado responsável. É o inquérito 926 / 2013, e será conduzido pelo delegado federal Rubens Lyra. O chefe da Delegacia Fazendária da Polícia Federal do Rio de Janeiro, Fabio Ricardo Ciavolih Mota, confirmou à comitiva do Barão de Itararé-RJ que o visitou hoje: o inquérito policial contra os crimes fiscais e financeiros da TV Globo, ocorridos em 2002, foi efetivamente instaurado.

Quando leio o acima, tenho orgulho de a muitos anos atrás ter apostado em você,como calcular o que você ajudou a desmascarar, nós sabemos da sua importância.

Responder

Vinícius Meirelles Meirelles

13 de fevereiro de 2014 às 23h55

“Tamu junto” Abç

Responder

Selma Coelho

13 de fevereiro de 2014 às 23h45

Ali, camelo da TV Globo.

Responder

Takeo Watashiwa Watashiwa

13 de fevereiro de 2014 às 23h44

Já venceu! Como diz o PHA: “Diga-me quem te processas e te direi quem és!”

Responder

Verônica Vassallo

13 de fevereiro de 2014 às 23h44

Belo texto.

Responder

Cely Bertolucci

13 de fevereiro de 2014 às 23h32

Sacanagem! Mas luta continua. Precisar de uma campanha conte com seus amigos.

Responder

Bel Brunacci

13 de fevereiro de 2014 às 23h27

Não desanime!

Responder

Luciano

13 de fevereiro de 2014 às 21h12

Vou fazer um vídeo viral contra a Rede Globo, tudo que eu arrecadar em publicidade vou doar ao Cafezinho.

Responder

Jose Francisco Oliveira

13 de fevereiro de 2014 às 23h10

Gozado. Não conheço nada escrito por esse Kamel.

Responder

Mario César Fonseca

13 de fevereiro de 2014 às 23h04

Força, Miguel! Sem dúvida, a derrota moral foi do sacripanta reacionário! Estamos juntos!

Responder

Ana Flavia Marx

13 de fevereiro de 2014 às 23h03

Vamos fazer uma campanha para arrecadar, já que não tem jeito. Venceremos, avante!

Responder

Luiz Roberto Rodrigues da Rocha

13 de fevereiro de 2014 às 23h00

vai gastar tudo em comemoração com o kid bengala………..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Arlene Fatima Vicente

13 de fevereiro de 2014 às 22h59

Força Miguel. Você é gente do bem.

Responder

Ronaldo Júnior

13 de fevereiro de 2014 às 20h53

Essa nossa esquerda é uma piada. O sujeito toma uma traulitada de 15 paus, dinheiro que o executivo leva para passar o final de semana, e ainda sai cantando vitória. É típico da nossa esquerda, come mortadela e arrota caviar!!!

Responder

Celso Orrico

13 de fevereiro de 2014 às 20h28

Miguel, a Justiça da minha querida Bahia está sob devassa do CNJ e as mazelas de Poder não são privilégios do RJ ela está podre no Brasil como um todo..casa haja necessidade de fazer uma vaquinha conte comigo.
Abraços

Responder

Erich Lie Ginach

13 de fevereiro de 2014 às 22h18

Be-lí-ssi-mo texto! Meus parabéns. Kamel preferiu o papel de mesquinho.

Responder

Mônica Regina dos Santos

13 de fevereiro de 2014 às 20h16

Você não me conhece Miguel, mas sou sua amiga, com certeza. Se precisar de contribuição, fala aí! Abraços, guerreiro!

Responder

Dirk Antonissen

13 de fevereiro de 2014 às 21h54

Recorrer, Miguel.Aquele ” Salto alto e nariz empinado”, dia mais, dia menos encontra tampa na cara, pés no chão…Força.

Responder

Eliana Rocha Oliveira Lana

13 de fevereiro de 2014 às 21h48

O judiciário tá descendo ladeira a baixo pisando no acelerador.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?