Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Repórter Ninja espancada e presa pela polícia mineira

Por Miguel do Rosário

13 de junho de 2014 : 21h18

Do site do Mídia Ninja:

Repórter NINJA está presa em BH


O vídeo, feito a partir de imagens da transmissão de ontem, mostra que ela estava em locais diferentes do que consta na acusação

Karinny de Magalhães, correspondente do NINJA na capital mineira, foi presa ao cumprir sua função jornalística na cobertura dos protestos contra a Copa do Mundo na cidade.

Ao transmitir ao vivo o ato “Copa sem povo, tô na rua de novo” Karinny sofreu longa série de arbitrariedades por parte da Polícia Militar. Pela transmissão ao vivo pudemos acompanhar o enquadro, onde se ouve ela denunciando ter sido agredida. A transmissão foi desconectada e Karinny detida.

Mantida por mais de uma hora no interior de uma viatura, foi conduzida em sigilo para um quartel, onde foi espancada por cinco policiais até perder a consciência. Em seguida foi levada até a 6ª Delegacia Regional de Policia Civil –Noroeste, onde passou a noite, prestou depoimento e realizou o exame de corpo delito.

Karinny é ré primária e está sendo acusada de fazer parte do grupo que virou de ponta cabeça uma viatura da Polícia Civil durante os protestos. Os vídeos da transmissão ao vivo mostram todo seu percurso durante a manifestação e comprovam a falsidade dessa afirmação. Mais dois manifestantes que participavam da ação também foram detidos.

Mesmo sendo encaminhada às 5h30 para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional Centro-Sul, Karinny ainda não chegou no local. Está agora no IML fazendo exames de corpo delito.

Pedimos a todos que compartilhem o caso e denunciem as atrocidades cometidas.

Vídeo que mostra o momento em que Karinny foi abordada e agredida no rosto pela polícia: http://ninj.as/i27jl

• 12h58 •

A prisão arbitrária de Karinny mobilizou todo o Brasil. Defensores de direitos humanos, advogados, parlamentares e ativistas estão em ação para impedir a continuidade de mais um absurdo cometido pela justiça e pela polícia brasileira.

Nesse instante Karinny encontra-se na sede do Ministério Público Estadual em Belo Horizonte onde é ouvida por duas promotoras que acompanham o caso. O depoimento que ela dá agora será utilizado pela Defensoria Pública e pela OAB para denunciar a violência policial e será anexado junto à procuração do pedido de liberdade.

A prisão de Karinny de Magalhães enquanto exercia seu papel midialivrista durante uma manifestação explicita a decadência de um sistema de segurança pública e a criminalização dos movimentos sociais que ocupam as ruas.

A Mídia NINJA segue acompanhando o caso e volta em breve com novas informações.

• 13h30 •

A repórter Ninja detida em Belo Horizonte é acusada de depredação de patrimônio público e privado durante ato “Copa sem povo, tô na rua de novo”. O vídeo, feito a partir de imagens da transmissão de ontem, mostra que ela estava em locais diferentes do que consta na acusação.

Até o momento, Karinny continua detida.

10445614_4270828864353_8369537543391369429_n

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria

16 de junho de 2014 às 14h28

Miguel, Mídia Ninja vai ser em parte financiada por Fundação Ford. QUe acha disto?

Responder

henrique de oliveira

16 de junho de 2014 às 09h35

Midia ninja é nada mais do que um braço da extrema direita nazista do BRASIL.

Responder

    Miguel do Rosário

    16 de junho de 2014 às 10h41

    Claro que não.

    Responder

Leal Jose Newton

15 de junho de 2014 às 01h35

Tem que acabar com essa despreparada polícia militar.

Responder

Jony Diaz

14 de junho de 2014 às 17h10

Midia Ninja= terrorismo moderninho financiado por voces esquerdopatas!

Responder

Carlos Ravara

14 de junho de 2014 às 10h20

É bem capaz do aébrio, com outros métodos, sair-se pior que o vampiro.

Responder

ramoom

14 de junho de 2014 às 01h13

Olá amigos d’ O Cafezinho! Vamos, juntos, continuar combatendo as mentiras e manipulações do consórcio PIG-oposição? Curtam e compartilhem: http://www.facebook.com/Brasilantipig

Responder

Nelson Henrique Habibe

14 de junho de 2014 às 00h41

De qualquer jeito, acho que essa Mídia Ninja tem de ser investigada porque tem sido usada pelo lado de lá para desestabilizar o país e até pelos grupos PSOL-PSTU/PSDB e sabe-se lá mais quem, que estão envolvidos em diversos crimes.
Mas, claro, como eu disse não surpreende o autoritarismo da Polícia do netinho do Tancredo.

Responder

Nelson Henrique Habibe

14 de junho de 2014 às 00h36

Calma, não esperam eu terminar de molhar o bico, qwaaaaaaaaaaaah qwaaaaaaaaaaaah qwaaaaaaaaaaaah qwah.

Responder

Nelson Henrique Habibe

14 de junho de 2014 às 00h35

Mas em se tratando dos jagunços do PSDB, não surpreenderia que estivesse havendo aí um abuso de autoridade.

Responder

Nora Santos Silva

14 de junho de 2014 às 00h34

nelson, seja lá o que forem , nàao se justifica a policia agir deste jeito.

Responder

Nelson Henrique Habibe

14 de junho de 2014 às 00h33

Não é essa Mídia Ninja que está correndo atrás de patrocínio da Fundação Ford e do George Soros? Nesse caso, parece que foi castigo do destino…

Responder

Nora Santos Silva

14 de junho de 2014 às 00h19

curtir porque num tem o botào lamentar!!!

Responder

Deixe um comentário