Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

PDT lança nota oficial contra o golpe

Por Miguel do Rosário

04 de dezembro de 2015 : 11h41

Eduardo Cunha está ficando isolado.

Segundo levantamento feito pelo Globo (no qual, não podemos confiar muito, mas por enquanto não temos outra avaliação), Dilma tem quase 90 votos a mais do que o necessário para barrar o impeachment.

A esperança da direita é a mídia e coxinhas ensandecidos nas ruas.

No parlamento, porém, a contagem está ficando muito difícil para o golpismo.

Aliás, o site do PDT está cheio de posts bastante duros contra o impeachment, além da nota oficial.

***

No site do PDT nacional.

Nota Oficial: O PDT diz não ao golpismo

A Direção Nacional do PDT, em reação a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, divulga a seguinte nota oficial:

Nós trabalhistas – em nome da Direção Nacional do PDT e de nossa história de lutas em defesa da democracia, do estado de direito e dos brasileiros mais sofridos – não poderíamos deixar de manifestar nosso repúdio à atitude irracional do atual presidente da Câmara dos Deputados de querer iniciar um ilegítimo processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.
Não faz sentido que um deputado que está sendo processado pela Comissão de Ética da Câmara dos Deputados e está na mira dos ministérios públicos do Brasil e da Suiça – inclusive por manter contas bancárias ilegais no exterior – queira com uma simples canetada tirar a legitimidade de um mandato popular conquistado nas urnas através de milhões de votos dos brasilerios.

Consideramos esta atitude irresponsável grave ameaça à democracia e a todos os cidadãos e cidadãs do Brasil, independente da opinião que tenham a respeito do atual governo; porque trata-se de uma atitude leviana de alguém que tenta, desesperadamente, tirar de si o foco de uma investigação embasada em fatos concretos.

Neste exato momento conclamamos aos brasileiros de todas as correntes a se unirem na defesa da democracia e do estado de direito porque que não há justificativa para abertura de processo do impeachment a não ser tumultuar a vida nacional e agravar, ainda mais, a atual crise política – e suas consequências econômicas.

A democracia nos obriga a respeitar o voto dos milhões de brasileiros que elegeram a presidente Dilma para quatro anos de mandato. Tudo o que for diferente disto, não passa de golpismo, de jogo de interesses, de tentativa de macular o processo democrático.

Estes fatos graves e nos obrigam a reafirmar publicamente decisão tomada pelo Diretório Nacional do PDT contra tentativas ilegítimas de impeachment – exatamente como esta que está ocorrendo neste exato momento.

Imbuídos desta terminação, estamos mobilizando nossas bancadas na Câmara e no Senado contra o golpismo – dispostos a ir aos tribunais e mobilizar a população porque a hora é de luta – sem temer consequências – pela democracia e pelo respeito ao mandato popular conferido a presidente – atentos a reorganização das forças de direita e de seus porta-vozes que, apesar de sujos no processo, não vacilam em tentar ferir a democracia, desrespeitando o resultado das urnas.
O PDT diz não ao golpismo e reitera que vai lutar contra ele, com todas suas forças.

Brasília, 03 de dezembro de 2015

CARLOS LUPI
Presidente Nacional do PDT

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

37 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bruno Santos

06 de dezembro de 2015 às 02h36

O PT esta gastando hein pra comprar esses Partidos

Responder

Luiz Carlos Cruz Lima

05 de dezembro de 2015 às 21h01

Como o fundador LEONEL BRIZOLA foi um dos poucos políticos que se insurgiram conta o Golpe Militar de 64, o PDT tem que manter esta coerência…

Responder

Giuliano Cézar Almeida

05 de dezembro de 2015 às 14h29

Juiz de Fora, 04/12/2015
Reunião onde Aécio diz: “A mudança começa por Juiz de Fora”

Responder

Uiley Dos Reis

05 de dezembro de 2015 às 12h23

boa

Responder

Cristina Lima

05 de dezembro de 2015 às 10h19

Como tem jurista, economista e cientistas políticos no Facebook.

Responder

João Marcos Santos Pimentel

05 de dezembro de 2015 às 03h28

um partido fundado pelo grande Brizola, so se esperava isto mesmo,parabéns

Responder

João Madeira Soares Santos

05 de dezembro de 2015 às 01h08

Não vai ter golpe!

Responder

Gf Andrezão

05 de dezembro de 2015 às 02h45

Responder

Paulinho Valero

05 de dezembro de 2015 às 00h05

PDT? É um partido??

Responder

Marcelo Bessa

04 de dezembro de 2015 às 18h37

#NãoVaiTerGolpe

Responder

Flávio Sarquis Soares

04 de dezembro de 2015 às 18h04

Creio que o Engenheiro aplaudiria de pé e de coração a decisão do PDT. Parabéns, PDTistas. Isto é BRIO. #NaoVaiTerGolpe

Responder

Wilza Cristina Dantas V Matias

04 de dezembro de 2015 às 17h57

Ainda bem que existe coerência nesse país. Respeite a democracia. Se não respeitamos como vamos exigir os nossos direitos.

Responder

Wilza Cristina Dantas V Matias

04 de dezembro de 2015 às 17h57

Ainda bem que existe coerência nesse país. Respeite a democracia. Se não respeitamos como vamos exigir os nossos direitos.

Responder

Fatima Lira

04 de dezembro de 2015 às 17h34

todos que sao a favor faz parti de panela de afundar o bresil

Responder

Fatima Lira

04 de dezembro de 2015 às 17h34

todos que sao a favor faz parti de panela de afundar o bresil

Responder

Fatima Lira

04 de dezembro de 2015 às 17h34

todos que sao a favor faz parti de panela de afundar o bresil

Responder

Maya Mazzotti

04 de dezembro de 2015 às 17h30

Estou vendo uma luz no fim do túnel…

Responder

Maya Mazzotti

04 de dezembro de 2015 às 17h30

Estou vendo uma luz no fim do túnel…

Responder

Maya Mazzotti

04 de dezembro de 2015 às 17h30

Estou vendo uma luz no fim do túnel…

Responder

Mario Lopes

04 de dezembro de 2015 às 16h19

Brizola
Imcorporou.Salve!

Responder

Edimar Freitas

04 de dezembro de 2015 às 16h16

tem muitas pessoas e imbecil em que fala que este afastamento da presidente e um golpe Eduardo cunha não tem poder para dar golpe de estado esto e mas uma meteria dos aliado do PT que com ero a carne e jogou os ossos para o povo brasileiro

Responder

Hannah da Terra

04 de dezembro de 2015 às 15h42

#DilmaFica

Responder

Americo Fagundes

04 de dezembro de 2015 às 15h40

Fundadores desse partido teria vergonha desse lixo que esta no comando cambada de lambe botas chorume da politica

Responder

Lobonoticias Lobo

04 de dezembro de 2015 às 15h29

SOBRE O GOLPE AMIGO DE DILMA DIZ QUE NÃO É GOLPE

Responder

Carola Rodrigues

04 de dezembro de 2015 às 15h15

Mas o de Juiz de Fora põe até faixa na rua, hoje, saudando a chegada do Aécio.

Responder

Dirceu Johanson

04 de dezembro de 2015 às 14h56

A favor do impeachment? Jóia

Responder

Neilsem Carreires

04 de dezembro de 2015 às 14h44

O Lazier assinou isso ?? mas faz campanhas contra, inclusive agitando nas radios dando até prazo ! MendelskiCasagrandeMilton Cardoso [golpistas] que o digam !!

Responder

Tiago Nery Silva

04 de dezembro de 2015 às 14h38

Saudade da época que o PT sempre tentava aplicar esse golpe

Responder

Pedro Motta

04 de dezembro de 2015 às 14h34

Que falta faz um Brizola nessas horas.

Responder

Pedro Viscardi

04 de dezembro de 2015 às 14h19

Aqui na minha cidade – Juiz de Fora- o PDT é a favor.

Responder

Ninha Senna

04 de dezembro de 2015 às 14h15

Golpe? E o golpe q o ptrambi dar todos os dias no Brasil? Me poupe

Responder

Deixe um comentário