Cafezinho & Cinema: conversa com Ducca Rios, diretor de Meu Tio José

Exclusivo! O artigo de filosofia e política que enfureceu o justiceiro da Globo!

Por Redação

21 de março de 2016 : 13h17

Por causa desse artigo, que o Cafezinho publicou em primeira mão em 21 de março de 2016, Sergio Moro está tentando botar Roberto Ponciano, um escritor socialista profundamente erudito, colaborador do blog, na prisão.

Eu o reli e o editei novamente, com cuidado, porque ele acaba de assumir um valor histórico maior.

Leiam e compartilhem!

Pela liberdade de expressão!

Moro, Eichman e a banalidade do mal

Charge: Latuff

por Roberto Ponciano, colaborador do Cafezinho

O mais assustador no que está acontecendo no Brasil não é uma questão apenas política, e ver que em poucos meses, uma democracia que demorou 20 anos para ser reconstruída pode se esfumar. Alain Badiou deixou claro em sua obra, que a negligência, a omissão de quem tem o dever de atuar, dos intelectuais e militantes políticos diante de um Evento é imperdoável. Não é simples omissão, é cumplicidade, é criminoso.

O assustador desta história é que o juiz Sérgio Moro não é um grande ator político, ao fim e ao cabo Moro é um Zé Ninguém (na acepção inclusive reicheana da miséria psíquica), um juiz de visão política turva, nenhuma envergadura intelectual, com inteligência limitada e visão zero de sociedade.

Um mero Eichman, executor das ordens superiores.

No momento não sabemos claramente de quem, mas efetivamente desconfiamos da cumplicidade. De certo, do próprio Janot, o Procurador Geral da República, que deveria ser o defensor da lei, mas tendo conhecimento dos pérfidos grampos de Moro, se não os autorizou, ratificou sua “legalidade”.

O aspecto tragicômico deste enredo é que nem um dos dois, nem Moro, nem Janot, tem qualquer dúvida que estão perpetrando uma ilegalidade. Os grampos nos telefones de Lula, Dilma, Jacques Wagner, Rui Falcão não tem nada que ver com a Lava Jato. Fariam corar de vergonha ou inveja os tribunais de exceção nazistas e o senador Joseph McCarthy. Ambos sabem que as escutas são ilegais e imorais e claramente persecutórias de um partido.

Hannah Arendt, ao acompanhar o julgamento de Eichman, cunhou a famosa frase, que resume toda uma teoria: “o mal é estrutural”.

O mal se torna banal quando um simples burocrata medíocre como Eichman é capaz de, sem sentir culpa ou remorso, fazer parte da engrenagem do mal.

Moro é Eichman, um burocrata medíocre, de passado obscuro e de futuro tenebroso. Não entra na história como herói, mas pela porta dos fundos, como um obscuro juiz camisa negra, cujo único objetivo é despachar os vagões cheios de prisioneiros vermelhos. Para que o mal seja banalizado, como nos ensinou Levinas, é fundamental que o inimigo seja desumanizado.

Em todos os julgamentos de tribunal de exceção, antes de tudo é necessário retirar a humanidade do outro. E para que não tenham dúvida, não estou falando só dos tribunais nazistas e fascistas. O mesmo simulacro de tribunal foi usado nos julgamentos de Moscou e em outros tribunais “revolucionários”, que não julgaram os indivíduos e seus crimes, mas suas ideias.

Moro não está investigando nenhum crime. Seus atos deixaram de ter qualquer resquício de legalidade há muito tempo, e ele não se importa em autorizar gravações ignóbeis e as ceder (sabe-se lá em que condições) à maior rede de conspiração do Brasil (a TV Goebbels), que precisa repetir uma mentira mil vezes para que ela se transforme em verdade.

Assim, assassinam-se as garantias legais. Nenhum de nós é santo, se grampeassem meu telefone, não sei se iria primeiro para a cadeia ou primeiro para o inferno. Numa sociedade falsamente pudica (uma das características principais do fascismo), até os palavrões ditos em confidência são liberados para um “objetivo maior”.

Desumanizar o adversário, para que o terror fascista prevaleça. É necessário que o adversário seja um cão, uma besta leprosa indesejável, que deve ser chutada e cuspida na rua.

Vermelhos, socialistas, comunistas!

Mas não precisa ser socialista ou comunista. Na sanha fascista do mal, quem estiver contra o fascismo já ganha sua adesão incondicional às ideias deste inimigo imaginário.

E tenho bastante moral para gritar contra isto. Quando se começou o linchamento moral de FHC, pelo suposto filho “ilegítimo”, escrevi pequenos textos dizendo que assim nos igualávamos às idiotices do “sítio do Lula”. Como democrata, como socialista, não me interessam as aventuras amorosas de FHC e o que aconteceu com a vida dele. Nem mesmo se ele tem um apartamento em Paris.

Isso é cretinismo. Não se constrói um debate democrático e ideais firmes para um embate político sério assim. Posso sim falar de FHC que ele agora é cúmplice do golpe, quando tinha o dever de denunciá-lo, vítima de 1964 que foi. Com seu aval, o PSDB, partido fundado por ele, embarca na aventura de um golpe de Estado.

No meio desta tragédia, há os “inocentes”. Membros da classe média que se pretendem imparciais, mas que com sua imparcialidade, fazem coro às indecentes violações dos direitos humanos, da privacidade, do vale-tudo. Que correm para futricar as conversas privadas dos PeTistas (estas bestas-feras inimigas da humanidade), fingindo não ver que estas gravações, e seu vazamento, são criminosas. Tudo tirado do seu contexto e repetido ad nauseam para causar o efeito que está causando.

Uma parte da classe média pede “justiça’ a quem rasgou seu papel de defender a justiça, e outra adere à barbárie fascista, agredindo pessoas que julgam adversárias na rua. O povo do “vai para Cuba”. São duas faces da mesma moeda. Assim como a classe média alemã que foi cúmplice e beneficiária do nazismo e só abandonou o sonho do “Reich de mil anos” quando os aliados começaram a bombardear as cidades alemãs.

Não há perdão para esta cumplicidade e covardia.

Há também cumplicidade e covardia de parcela de “esquerdistas”, que num momento de transe histórico e de risco de regressão, sonham que estão às portas de uma Revolução e que Brasília é o Palácio de Inverno. Quixotescos traidores da democracia, que serão os primeiros a serem vitimados.

Vivemos um momento de terror e transe, os próximos dias serão de confrontação de dois campos em disputa pelo futuro do país. Um dos campos tem o juiz medíocre Moro, o conspirador geral da República, Rodrigo Janot, Bolsonaro, Malafaia, Feliciano. A junção do que há de mais perverso é uma ameaça de morte à inteligência.

Num momento tão grave, a maior oferta de cursos universitários não gerou uma juventude com ideias mais avançadas, capaz de defender a democracia e a liberdade.

No local em que eu trabalho, vejo servidores concursados usando trágicas camisas pretas entoarem gritos de guerra pró-Moro, acompanhados de juízes que só pensam no próprio umbigo. Os três estagiários jovens do local em que eu trabalho admiram Bolsonaro e duas disseram que preferem votar em Bolsonaro a votar em Lula.

A mentira dita mil vezes cria um Zeitgest de espírito do tempo às avessas.

Jovens de classe média ou baixa, que passam a acreditar no fascismo como redentor do nada, como redentor do caos que ele mesmo – o fascismo – cria.

Um reles funcionário de quinta categoria, nosso Eichman dos tempos hodiernos, Sérgio Moro, é capaz de liberar os trens para os campos de concentração e tornar uma nação inteira refém dele.

Quando um juiz de uma vara de primeira instância consegue poderes absolutos através da cumplicidade da PGR e da chantagem ilimitada, e se coloca acima da Presidente eleita legitimamente, não é só o governo que se ameaça.

A possibilidade de uma ditadura tecnocrata de burocratas torpes, míopes e obtusos, sem pauta social, sem projeto e no meio do caos de um país dividido, é uma ameaça a todos os democratas.

Devemos defender a democracia pela qual nossos pais sofreram prisão, exílio, tortura e morte, e derrotar o fascismo.

Não consigo me imaginar viver num país onde qualquer Eichman de Curitiba possa golpear uma nação inteira!

Só há um remédio. Temos que ir às ruas e vigiar.

Os fascistas não passarão!

 

Roberto Ponciano é Mestre em Filosofia/Ética, em Letras Neolatinas e Especialista em Economia do Trabalho

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

329 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Silvana

21 de março de 2018 às 01h17

Parabéns!!!!

Responder

Estevam Ferreira de Melo Neto

23 de abril de 2017 às 21h31

Excelente texto , mas o nossos jovens nunca foram preparados para essa avalanche de acontecimentos, seria muito importante principalmente para classe de professores uma reflexão sobre tudo isso que está acontecendo , para que os mesmo possa está formando a partir de agora uma sociedade mais crítica com a realidade de nosso pais.

Responder

Anônimo

17 de abril de 2017 às 18h07

Fascistas, golpistas, não passarão.

Responder

Marco Carvalho

17 de abril de 2017 às 14h30

Espero mesmo que os fascistas não passem. Mas eu não fui para a prisão com 16 anos, em 1968, para aplaudir a lambança que o PT fez. Não se chega à verdade com a mentira (nem com meias verdades), não se chega à democracia com a ditadura (portanto, não apoio golpes), nem se limpa o país alimentando um esquema como o da Odebrecht.

Responder

Andrea

15 de abril de 2017 às 06h59

Vejo uma geração egoístas para com o nosso país, nossa natureza. O descaso, o cada um por si. Isso é revoltante. Escolhi votar no PT acreditando que seria um passo para nos libertar da velha política e podermos reconstruir nosso país, com uma educação de verdade, com melhores condições para todos, sem paternalismos, sem a chaga da corrupção. Que decepção. Mais uma vez fui traída e desta vez foi muito pior, pois confiei que seria o melhor. Quanto ao resto que está por aí, continuam sendo o lixo que sempre foram. Sempre repudiei o “ele rouba, mas faz”. Nada justifica a desonestidade, a traição. Temos alguma chance? Não sei. No momento atual, desacredito de qualquer um que se intitule ” o salvador da Pátria “.

Responder

Eu

14 de abril de 2017 às 20h37

O projeto do pt não era comandar o Brasil por 50 anos, para tanto desarmaram os cidadãos, investiram nos paramilitares do mst, nada disso também não se iguala aos asquerosos nazistas?

Responder

Péricles

14 de abril de 2017 às 19h24

Ao menos, Bolsonaro não está em nenhuma lista de corrupção.
Os petista devem abrir os olhos. Esse PT não é aquele PT dos anos noventa que eu acreditei.

Responder

Adriano

14 de abril de 2017 às 17h53

Lê duas vezes refletir você tem razão nas palavras ditas só que agora,com a delação do fim do mundo muda tudo.

Responder

Carlos Rarez

14 de abril de 2017 às 16h38

Hé necessário exterminar o neopositivismo, o cientificismo,a matematização, o fascismo, o neoliberalismo para a vida viver.
Fico absorto, voltado para minha e para as mediocridades dos indivíduos passivos e incensiveis que perderam que lhes foram tomados o que possuiam de mais sagrado. A consciência crítica racional. Hoje às pessoas são uniformes, os signos os símbolos as garantem.Os passos são mesmo e passam, coitadas em breve acordaram.

Responder

Vera Lúcia de Albuquerque Pessoa

14 de abril de 2017 às 09h02

Eu há poucos dias assisti ao filme ao qual esse artigo trata e reflete essa questão. É muito ruim ver e viver esse golpe e mais triste ainda é a omissão e o desconhecimento de muitas pessoas que poderiam somar na luta por justiça, permanecem alheios a essa situação. Esse juizeco de fato, é um rarefeito do mal.

Responder

Moreira

14 de abril de 2017 às 08h58

Moro Político Tucano

Responder

Sérgio Murilo

13 de abril de 2017 às 23h00

Acho que o grande problema é a ignorância política e social do povo, que na verdade não tem culpa por ser mantido fora de uma estrutura educacional que os ensine sobre moral e civismo, e organização social e politica do Brasil , como outrora era ensinado nas escolas. Não vemos bandeiras nem qualquer símbolos pátrios nos domicílios ou nos costumes das pessoas, a não ser a camisa da CBF, que apenas representa interesses corruptos.

Responder

Mozart Vieira de Melo

13 de abril de 2017 às 14h14

Excelente texto!

Responder

Anônimo

13 de abril de 2017 às 13h48

Só posso dizer: parabéns e obrigada companheiro.

Responder

Igor lacerda

12 de abril de 2017 às 20h33

Brilhante, o ensino de filosofia no Brasil, ainda não foi assassinado pela intolerância…..mas considero Heidegger maus compreensível que Arent para julgar Moro e seus Grilos falantes.

Responder

Ornela

12 de abril de 2017 às 19h12

Parabensparabenspstabens

Responder

Flor-Serrana

12 de abril de 2017 às 12h30

FHC, Lacerdinha de M…

Responder

Dinorah Lobo

11 de abril de 2017 às 15h46

É a mais pura verdade…boa reflexão do momento turvo que estamos sendo obrigados a experimentar..

Responder

valter andrade do rosário

11 de abril de 2017 às 10h17

lamentavelmente quase todos amigos , parentes e conhecidos tem a tv ligada o dia inteiro na goebbels. Eis a maior questão. continue firme.

Responder

Carlos

11 de abril de 2017 às 07h59

Muito bom texto. O foco dá destruição se firma em retirar a humanidade dá pessoa e do grupo. Um grupo assalta o poder liderado por um João ninguém social justiceiro ideológico. Com apoio total do Supremo do tipo Pilatos. Combati a ditadura militar mas me parece que Geisel falou algo como vocês vão ver a turma para quem estão entregando o poder. Eles eram cercados de corruptos. Lutar é viver!

Responder

Efigênio sinval Corrêa

09 de abril de 2017 às 17h25

A situação do dia a dia do brasileiro sob o aspecto politico/econômico/social está tão surrealista que, as falas que se ouve de políticos, promotores de justiça e juizes parecem ser normais e verossímeis. Estamos no meio de uma convulsão social onde o episódio da revolução francesa, com todas as suas consequências parece ser o caminho natural. Mas se esquecem que a tomada da bastilha e as noites do terror não são de lembrança agradável.

Responder

Edson de Resende

09 de abril de 2017 às 11h45

Texto corrosivo para Moro, mas extremamente pertinente diante das decisões antidemocráticas deste déspota provinciano. O autor desnudou o protofascismo de Moro e este, ciente de sua impunidade, renega o direito de opinião e utiliza o poder que lhe foi outorgado pelos golpistas para impor o silêncio dos opositores. O cognome que lhe deram, Mussolini de Curitiba -eu sempre preferi Sargentão de Curitiba- parece-me inteiramente merecido. O texto de Roberto Ponciano merece ser reproduzido e debatido pelo maior número de pessoas. Por que não convidar o juiz Moro para participar dos debates?

Responder

Mirtha Ramirez

09 de abril de 2017 às 11h13

Muito bom

Responder

Paulo A. Haeser

09 de abril de 2017 às 05h47

Mas por que se fala que o PT corrompeu e se deixou corromper só prá se perpetuar no poder? Há ou não gente ignóbil por ali?

Responder

Paulo A. Haeser

09 de abril de 2017 às 05h41

Mas por que se fala que o PT corrompeu e de deixou corromper só prá se perpetuar no poder? Há ou não há gente ignóbil por ali?

Responder

Paulo A. Haeser

09 de abril de 2017 às 05h37

Li o artigo do Ponciano e confesso que fiquei meio perturbado. É preciso ficar aprumado ser imparcial ter visão crítica e evitar ser maria-vai-com-as-outras.

Responder

Anônimo

09 de abril de 2017 às 03h54

Infelizmente vivemos em país onde a constituição foi rasgada por legisladores que teriam a obrigação de salvaguarda-la, um judiciário que deveria cumprir e fazer cumprir, porém, a ganância pelo poder, o medo da perda de espaço e significância, junto ao ódio por um partido e suas lideranças, levaram estes setores a se unirem e conspirarem contra a legalidade do voto, em uma trama apoiada por parte da mídia deformada, com intuito de derrubar uma presidente eleita, achincalhar e desmoralizar um projeto social de distribuição de renda e igualdade social.

Responder

Vitoria Lopes

08 de abril de 2017 às 18h08

Esse cara deve primeiramente procurar no dicionário o q significa a palavra medíocre pq se esse texto eh medíocre como será um texto incrível , notável?! E como assim , Roberto Ponciano pode ser preso por isso ? Estamos mesmo no fundo do poço

Responder

Nadja Valadares

07 de abril de 2017 às 20h34

A mascara de Moro um dia cairá como caiu a de Joaquim Barbosa e Eduardo Cunha, basta se tornar “desnecessário” -“não há segredo que o tempo não revele – Reconheço todas as melhorias e crescimento q os governos do PT conquistaram, mas também NÃO posso negar a responsabilidade do PT por parte dessa crise e retrocessos q estamos sofrendo com a tomada golpista do poder. Minha decepção é GRANDE, pq se ALGUNS poderosos Petistas não tivessem sucumbido ao Modus operandi, digo: copiado a roubalheira dos “coronéis capitalistas” q se sustentam no poder por décadas dilapidando q nem aves de rapina toda riqueza brasileira, negando ao nosso povo educação, saúde, justiça e renda, aumentando seus currais eleitorais ao preço da ignorância, fome e sofrimento do povo brasileiro. Se os Petistas não tivessem sucumbido ao “dinheiro fácil” e levassem a frente sua politica de crescimento e desenvolvimento como iniciaram em 2003, certamente Moro, Janot, Gilmar Mendes entre outros não ofereceriam nenhum risco as conquistas do Brasil. Sou “uma socialista” pq eu acredito na justiça social, na liberdade individual e na igualdade de todos perante a lei, espero q 2018 traga RENOVAÇÃO e gente nova disposta a continuar as “boas politicas sociais”, q experimentamos por tão pouco tempo e ficamos com o gostinho de quero mais na boca.
http://www.jb.com.br/pais/noticias/2016/12/03/moniz-bandeira-moro-e-janot-atuam-com-os-estados-unidos-contra-o-brasil/

Responder

    Paulo A. Haeser

    09 de abril de 2017 às 05h53

    Mas por que se fala que o PT corrompeu e se deixou corromper só prá se perpetuar no poder? Há ou não gente ignóbil por ali?

    Responder

    Paulo A. Haeser

    09 de abril de 2017 às 05h58

    Nadja assino embaixo teu comentário. É preciso imparcialidade e não sectarismo. Vamos olhar a questão de todos os ângulos. Paulo A. Haeser.

    Responder

Roberto

07 de abril de 2017 às 19h58

Sr Roberto, deve ser intelectual que tem lado, lado da turma da corrupção, não menciona nada, deve ser carochinha a Odebrecht e seu dinheiro dado a companheiros.
Texto medíocre, não é de quem gera trabalho, só fica aí no achismos ….

Responder

    nectarius

    07 de abril de 2017 às 20h39

    Explique por que é medíocre o texto….se descreve inteligentemente a realidade dúbia do juiz do psdb

    Responder

    Nara

    07 de abril de 2017 às 21h03

    Roberto, parabéns pela bela reflexão. Pena que a poucos aproveita. Lamentável o nível de entendimento de alguns ledores. Para esses, nem mesmo a história ajuda a conhecer e prevenir grandes tragédias nacionais. Para esses, infelizmente, só a morte há de pôr fim a um estado de ignorância tal que nos apequena e enfraquece como povo e Nação.

    Responder

    José A Cordeiro

    08 de abril de 2017 às 15h03

    Quem “gera trabalho” seria o senhor de escravos? Ou o trabalho é fruto da necessidade humana e prescinde de sujeitos que o gerem?

    Responder

    Paulo A. Haeser

    09 de abril de 2017 às 06h02

    Calma Roberto as histórias da Carochinha devem ser verdade e estão sendo investigadas mas deixa o Ponciano se expressar ou não há liberdade de expressão (nem isso?) nesta republiqueta de bananas?

    Responder

    Paulo A. Haeser

    09 de abril de 2017 às 06h40

    Roberto calma as histórias da Carochinha devem ser verdade e estão sendo investigadas . Deixemos o Ponciano dizer ou será que não há (nem isso?) liberdade de expressão nesta republiqueta de bananas?

    Responder

Gaudioso da Costa Vieira

07 de abril de 2017 às 18h55

O artigo de Roberto Ponciano deixa, nas entrelinhas, algumas questões: Cadê o direito de expressão do pensamento?… Cadê a C.F./88?… O que será do futuro que hoje se faz?… Cadê o Estado de Direito?…

Responder

Denise

07 de abril de 2017 às 14h36

Excelente texto. Preciso. Grandes referências histórico-diacrônicas e lúcidas análises sincrônicas. Parabéns!

Responder

Lael Menezes

07 de abril de 2017 às 10h46

Uma dura realidade!!!

Responder

Marcos Diaz

07 de abril de 2017 às 08h14

Poxa vida.!!!!! Não faltou dizer nada. Que alívio, não estou sozinho.

Responder

Arthur Carvalho

07 de abril de 2017 às 05h46

Abordagem profunda. Este texto me trouxe um alívio, eu não estou só.

Responder

Alcides

07 de abril de 2017 às 03h00

A lava jato desmoralizou o judiciário, quando viabilizou um golpe.

Na Itália: ri-se da gente: porque lá a operação “mani polite” levou a oligarquia corrupta para a cadeia; aqui a operação lava jato levou os canalhas para o poder.

Responder

SILVIA JARDIM

06 de abril de 2017 às 21h10

Bravo guerreiro das ideias!
Muito bom!
Obrigada!

Responder

Eliza Vandanezi

06 de abril de 2017 às 21h10

Neuza Vandanezi Carneiro

Responder

Rose

06 de abril de 2017 às 17h21

Seu artigo é ótima fonte pra ” continuar tentando entender ” o q está acontecendo aqui. Muito esclarecedor e a analogia feita me assusta.Passarei a lê_lo com mais frequência…assim q puder. ?

Responder

Maria Carvalho Soares

06 de abril de 2017 às 17h00

É assustador a falta de patriotismo dos políticos, do judiciário, como também de metade dá sociedade, mas as centrais sindicais, essas me impressionam muito mais.

Responder

Manoel B Silveira

06 de abril de 2017 às 14h45

Um reles funcionário de quinta categoria que já bloqueou / recuperou mais de R$10 BILHÕES surrupiados de volta para os cofres públicos me parece alguém bem capacitado para exercer a função que lhe cabe. Além do mais nunca soube que Otto Adolf Eichmann tenha lutado pela recuperação de qualquer ativo, mas sim pela execução de milhões de judeus. A única ideologia do PT é a do Poder, esquerda e direita são só retórica no discurso dos seus militantes. Ou vcs acham que a ditadura da Venezuela é de direita ou de esquerda? Eufemismo, ditadura é só ditadura!

Responder

    Robert Silva

    06 de abril de 2017 às 15h13

    Vou pedir para ele tentar fazer um belo desenho, já que o sr. não sabe interpretar textos. Ok? A única argumentação sua é sobre os 10 bilhões que cacifam Moro à sua função. Mas essa é fácil de derrubar.

    Responder

    Leon

    06 de abril de 2017 às 17h08

    Prezado Manoel. Gostaria imensamente de saber onde está essa informação da recuperação de 10 bilhões de reais. Não a notícia apenas, mas o dado de algum órgão que declare ter recebido essa quantia como recuperação decorrente da lava jato. Grato.

    Responder

    Anônimo

    06 de abril de 2017 às 22h40

    Manoel Besteira, cego puxa-saco do moro do janot do boçalnaro.

    Responder

Livio

06 de abril de 2017 às 14h31

Ótimo texto, só não entendi a charge? O que tem haver com o texto?

Responder

    Alcides

    07 de abril de 2017 às 02h37

    Não é bem uma charge, mas vamos lá.
    A imagem representa um homem altamente equipado para a guerra ( com um carro militar oficial por trás dando suporte), que mata uma criança indefesa e posa pra foto como se tivesse feito um ato heroico…

    A posição dele em pé, imponente, ao lado da mulher indefesa de joelhos no chão, com filho assassinado, realça a relação de poder entre a vítima e o algoz..

    A imagem tem tudo a ver com o texto.

    Responder

André

06 de abril de 2017 às 14h22

Expressou o sentimento de vários que têm um mínimo de clareza sobre a situação atual do Brasil.

Responder

Rachel

06 de abril de 2017 às 13h50

O que se pode dizer? A voz morre na garganta, e penso que a única saída ” ir às ruas e vigiar.” Quantos dos que comentaram indignados o texto vão para a rua dia 28/04? E quantos irão se dispor a ir para Curitiba, que é tão importante quanto o dia 31/04, pois vai muito além da pessoa de Lula é mais um passo, bem grande, no cerceamento da liberdade e da fixação em nossas gargantas de mais um tentáculo do fascismo.

Responder

maria do Carmo C Leite

06 de abril de 2017 às 13h40

Ótimo texto: Concordo plenamente com tudo que foi dito…Infelizmente, muitas pessoas são mal informadas e outras alienadas, não reconhecem a decadência do nosso País.m

Responder

Carrapa-VK

06 de abril de 2017 às 13h13

Moro está desesperado como um sapo em um covil, porque pretende prender Lula, mas não acha nada. Terá que tomar uma medida extrema de arbitrariedade e ai mostrará a cueca suja e furada debaixo de sua toga “magistrata” (entre ASPAS mesmo!). Golpista!!

Responder

Mirko Kraguljac

06 de abril de 2017 às 13h00

Parabéns para clareza, honestidade e coragem! Os protagonistas desse golpe são fascistas e isso tem que ser bem claro para todos, bem como que luta contra golpistas deve ser feita nas ruas. Como já falou um senhor bem mais inteligente do que eu, “os que deram golpe não entregarão pela via democrática”.

Responder

Jandyra Helena Pontes Ferreira

06 de abril de 2017 às 12h40

Maravilhoso texto! Concordo plenamente…Me entristeço com o que vejo em meu país e com a alienação das pessoas…

Responder

HOLODOMOR , CRIME DA ESQUERDA QUE VC NÃO DEVE SABER

06 de abril de 2017 às 12h16

Moro, a Esquerda e a banalidade do mal … porque não falam dos crimes da esquerda?

HOLODOMOR, GULAGS, POL POT, TCHEKA, KGB, DOMINAÇÃO DO LESTE EUROPEU, etc etc etc ?! “o mal é estrutural” com certeza.

“Pela liberdade de expressão!” … estão falando sério?

Não existe fascismo no Brasil. Ser fascista é ser nacionalista e anti-maçom, duas coisas que JAMAIS a esquerda conseguira ser. “Mussolini do Paraná” , me mostrem que Mussolini quebrava empresas nacionais (italianas no caso) pra vender baratinho pros americanos. Mostra aí … esquerda é sinônimo de desonestidade intelectual. São fatos, e contra fatos não á argumentos.

A esquerda é cínica, hipócrita, é um crime contra a Humanidade e contra a Verdade, uma piada de Satanás.

Responder

Erasto

06 de abril de 2017 às 11h54

São caminhos empoeirados, zoeira de vozes se misturando às minhas, que me torno cego, surdo e mudo. Refem da telinha da globo no fundo de minha caverna.

Responder

Ana Paula S.Braga

06 de abril de 2017 às 10h36

O Ponciano escreveu um artigo claro como a luz, mas como diz o ditado popular: o pior cego é aquele que não quer ver.
Estamos vivendo um momento trágico e as pessoas estão apáticas e conformadas. Precisamos sair deste transe e ir a luta.
Afinal, que justificativa ofereceremos aos nossos filhos?

Responder

baracho

06 de abril de 2017 às 10h35

Primeiro o criminoso.Depois o crime,se não existir a gente inventa

Responder

    HOLODOMOR , CRIME DA ESQUERDA QUE VC NÃO DEVE SABER

    06 de abril de 2017 às 12h17

    Moro, a Esquerda e a banalidade do mal … porque não falam dos crimes da esquerda?
    HOLODOMOR, GULAGS, POL POT, TCHEKA, KGB, DOMINAÇÃO DO LESTE EUROPEU, etc etc etc ?! “o mal é estrutural” com certeza.
    “Pela liberdade de expressão!” … estão falando sério?
    Não existe fascismo no Brasil. Ser fascista é ser nacionalista e anti-maçom, duas coisas que JAMAIS a esquerda conseguira ser. “Mussolini do Paraná” , me mostrem que Mussolini quebrava empresas nacionais (italianas no caso) pra vender baratinho pros americanos. Mostra aí … esquerda é sinônimo de desonestidade intelectual. São fatos, e contra fatos não á argumentos.
    A esquerda é cínica, hipócrita, é um crime contra a Humanidade e contra a Verdade, uma piada de Satanás.

    Responder

Ruy Mauricio de Lima e Silva Neto

06 de abril de 2017 às 10h19

Perfeito, Mestre Ponciano. É um acinte! Temos que nos livrar deste e dos demais vermes que desgraçam a Nação Brasileira. O fascismo avança. No que depender deste Congresso, deste Judiciário e desta Televisão, logo logo passa a ser considerado um “Mal Menor” diante da calamidade do Comunismo e da Corrupção. E a classe média começa a se benzer de novo, como em 64. Canalhas!

Responder

Vainer Kronbauer

06 de abril de 2017 às 08h50

Muito bem interpretado o momento político e o Brasil desta época por Roberto Ponciano. A América sangra.
Os que compreendem a situação têm a obrigação de divulgar a sua maneira. O Brasil está regredindo democraticamente e as consequências deste processo sempre recaem sobre o ponto mais débil da sociedade: os trabalhadores. Alguém tem q defender a principal engrenagem que move o país. Já houve muito aperto de cinto para estas gerações responsaveis pelo grande salto que deu o país nas ultimas décadas. Agora,na hora da aposentadoria desses brasileiros, o descanso digno lhes foi negado…

Responder

MariaJosé de Melo

06 de abril de 2017 às 08h48

Amei o texto. Parabéns!!! Os brasileiros precisam reagir ao desmonte da democracia.

Responder

Milton Rondo Filho

06 de abril de 2017 às 08h26

Parabéns, Roberto e Cafezinho! Excelente texto! Historico!

Responder

JOAO Savedra

06 de abril de 2017 às 06h33

A tempos não lia um artigo que tocasse em nosso brio.

Os fascistas não passarão!!!????

Responder

Rogério Bezerra

06 de abril de 2017 às 04h35

Descrição exata do momento e com adjetivos na medida para os citados. Nada mais a escrever. Perfeito!

Responder

Helen

06 de abril de 2017 às 01h09

O texto é brilhante. Pena que não tenha atingido de forma positiva a pessoa a que se destina. O fascistóide justiceiro, além de não reconhecer publicamente as barbaridades e ilegalidades que cometeu ainda deu para perseguir a imprensa. Onde isso vai parar?

Responder

Enio

06 de abril de 2017 às 01h07

Excelente texto e avaliação dos piores momentos que passamos. Como eu NÃO acredito que a maioria vá para as ruas, POIS ESTÁ IDIOTIZADA E CONGELADA POR ESSES APARELHINHOS CHAMADOS CELULAR, SMARTFONES, ETC ., VIA OUTRA IDIOTICE COLETIVA CHAMADA FACEBOOK., E REDES SOCIAIS, NÃO VEJO SAÍDA.. SEREMOS SIM DOMINADOS POR UMA DITADURA DE TECNOCRATAS. TRISTE FINAL DESSES TEMPOS QUE HAVERÃO DE PASSAR, A HISTÓRIA SEGUE..

Responder

Well Machado

06 de abril de 2017 às 04h05

CLARO SIMPLES E OBJETIVO.APLAUSOS!!!

Responder

Luciana Gonçalves

06 de abril de 2017 às 02h40

FALSOMORO! FALSAJATO!
É GOLPE!!!!!!!!!

Responder

Isabel Marazina

05 de abril de 2017 às 23h28

Excelente arroyo de Ponciano.Assino embaixo !

Responder

zita Gallerani

05 de abril de 2017 às 23h24

Você é maluco!

Responder

    Ruy Mauricio de Lima e Silva Neto

    06 de abril de 2017 às 10h21

    Não, você é.

    Responder

Célida Maria Pimenta

06 de abril de 2017 às 01h40

Valeu a pena a leitura, bravo!!

Responder

albert fanon

05 de abril de 2017 às 22h17

Esse texto é o retrato mais fiel de Moro que vi até hoje.

Responder

Anônimo

05 de abril de 2017 às 22h15

Graciad!

Responder

José francisco

05 de abril de 2017 às 21h53

Parabéns pelo texto , pela coragem, pela integridade.

Responder

DARCY SALES

05 de abril de 2017 às 21h49

Um brilhante Manifesto contra o arbítrio togado. A luz de Roberto Ponciano ilumina as trevas que tentam se apoderar da frágil democracia brasileira. Os camisas negras e as trevas não vencerão a luz.

Responder

MmgMmg Mg

06 de abril de 2017 às 00h22

Como profeta bíblico descreve o real carater e denuncia o imoral que é este magistrado. Tao baixo, que ao invés de recorrer da letra da palavra usa de seu poder para usurpar. Pobre justica, pobre país.

Responder

maria Jose Freire

05 de abril de 2017 às 21h20

Não tinha lido o texto, ainda. Vou postar para meus amigos do Brasil e de outros países.

Responder

josimar

05 de abril de 2017 às 20h45

A parte final foi como uma previsão futurística. Infelizmente ela está se realizando.
O Brasil de hoje é refém da burrice, e, esta burrice se propaga de curitiba para o brasil pelas antenas da globo.
Se ficarmos quietos como estamos, vamos regredir uns cinquenta anos ou mais. É inacreditável a inação dos brasileiros frente a destruição que os golpistas estão perpetrando.

Responder

Marcia Lima

05 de abril de 2017 às 20h32

Fico triste. Um texto tão rico e só li hoje. Um ano depois. E o que mudou? Tudo para pior. Que Deus nos fortaleça nessa nova fase de tantas apreensões. ?

Responder

Gilberto Perello

05 de abril de 2017 às 20h22

Bem oportuno rever este texto.
Será que estamos “verdadeiramente” iinteressados em ler-lo?
Não acho que é a maneira correta de atingir ao povo! Digo povo, pessoas comuns não intelectualisadas aquelas que sofrem, recebem na pele.
Mas não entendem porra nenhuma!
Nosso discurso, deveria ser mais curto, objetivo, popular…

Responder

Pocciotti Pocciotti

05 de abril de 2017 às 22h55

Parabéns!!!

Responder

CLá

05 de abril de 2017 às 19h51

Curioso! A lava-jato (com letra minúscula, mesmo) investiga as grandes corporações e suas ligações com políticos, para rastrear o caminho da propina (vamos fazer de conta que acreditamos nisso, só para que eu possa continuar o texto). Por que será que a REDE GOEBBELS não é investigada pela lava-jato? Será que é uma corporação absolutamente idônea, acima de qualquer suspeita? Ah, deve ser isso, então! O justiceiro de Curitiba não perderia seu precioso tempo com uma corporação inteiramente ética. GOLPE, A GENTE VÊ POR AQUI: PLIM ! PLIM ! REDE GOEBBELS!

Responder

    Ana Costa

    07 de abril de 2017 às 10h38

    Inclusive, quando as investigações passam de raspão pelos negócios escusos da Organização (como no caso da Mossack & Fonseca, com a qual tudo aponta ter fortes ligações ) liberta-se imediatamente os suspeitos, passa-se uma borracha, tenta-se passar ao largo e deixar cair no esquecimento.

    Responder

Júlia

05 de abril de 2017 às 19h45

Não vi nenhuma ameaça ao tal magistrado. Talvez, o ressentimento seja pelo fato do artigo (belíssimo por sinal), ter posto os pingos nos is.

Responder

Sebastião Evangelista de Souza

05 de abril de 2017 às 19h41

Caramba… Profundo e a cada dia mais atual este texto. O fascista Moro pretende prender o Lula em breve… Temos que ir às ruas e lutar! Fora Temer! Fora Moro!

Responder

Eliana Costa Guerra

05 de abril de 2017 às 19h35

Excelente texto …devemos lê-lo e interpretá-lo com nossos alunos, filhos, sobrinhos e amigos

Responder

robertoAP

05 de abril de 2017 às 19h30

O Moro é um fascistinha de terceiro mundão, que se acha importante, tanto quanto um garoto de 8 anos ao receber no Natal uma capa e máscara do Batman.

Responder

Evaldo Ferreira Ferreira

05 de abril de 2017 às 19h19

Não ver quem não quer. Moro a serviço dos fascista!

Responder

orlando

05 de abril de 2017 às 19h11

Parabéns

Responder

Fernando Araujo

05 de abril de 2017 às 18h53

Parabéns. Texto inigualável. Hoje está provado que está tudo isso acontecendo. O Moro prova que é um juiz vendido e que só está perseguindo os petistas. Belíssimo texto e de muita visão.

Responder

Luzia

05 de abril de 2017 às 18h49

Excelente texto, profundo e real.

Responder

Roberto Rubem

05 de abril de 2017 às 18h39

Excelente !

Responder

Emilio

05 de abril de 2017 às 18h17

Um dos melhores artigos sobre o tema. Destrichou a lj.

Responder

Marcos

05 de abril de 2017 às 18h04

muito bla-blá-blá … hipocrisia até > tudo bem um erro não justifica outro, dizem, mas comparar um grampo com o maior roubo de um governo corrupto na história mundial pra se defenderé muita CARA DE PAU!

Responder

    Mônica

    05 de abril de 2017 às 20h15

    Quem está pagando ao Mussolini do Paraná para ele cometer tantas arbitrariedades sem ser punido?

    Responder

      Marcos

      05 de abril de 2017 às 20h27

      e vc acha que já não reviraram tudo atrás de algo? tenha fé ainda existem pessoas que lutam pelo Brasil e esse artigo difamatório sem eira nem beira sim deve ter o dedo dos petralhas

      Responder

        albert fanon

        05 de abril de 2017 às 22h15

        Ora, trate de se alfabetizar politicamente antes de postar besteiras aqui.

        Responder

    Maria Joséte Negreiros

    06 de abril de 2017 às 23h29

    É por isso que um sujeito torpe e canalha como Moro fica inflado e coloca uma rota fantasia de heroi: por causa de débeis mentais q fingem ñ ver quem são os ladrões que nos roubam há mais de 500 anos. Deve ser descendente ou um deles.

    Responder

Marcia Bortone

05 de abril de 2017 às 20h40

A construção do Moro como um herói é muito semelhante a construção de Hitler com herói dá Alemanha nazista.

Responder

    Marcos

    05 de abril de 2017 às 18h18

    menos..

    Responder

    Marcos

    05 de abril de 2017 às 18h20

    menos amigo.. não está por acaso comparando os presídios cheios de vagabundos com os campos de concentração cheios de judeus inocentes , ou está?

    Responder

Hel Greco

05 de abril de 2017 às 20h35

Sensacional!!!

Responder

Mansour Elias

05 de abril de 2017 às 17h05

Maravilhoso artigo, e com uma visão real desse desenrolar indutório, criado por políticos e mídia que já anteriormente afundaram o Brasil hoje retornam com o mesmo intuito

Responder

Roberto

05 de abril de 2017 às 17h00

li, reli e adorei. Texto foda! Arrebenta com eles Ponciano. Você não está sozinho, se eu estivesse em curitiba iria pra porta da Gestapo pregar este artigo na parede!!!

Responder

Luiz Ferreira

05 de abril de 2017 às 16h52

Lendo os comentários vi algumas manifestações a favor da reforma através da revolução. A alternativa já foi válida em algumas poucas ocasiões e sinceramente acho que não é o nosso caso.
Quem apoiaria esse movimento, digamos forte?
As nossas forças armadas,
a casa grande,
a senzala dominada pela globo?
gente, revolução sem povo não funciona.
abraços prof. Ponciano

Responder

Ferreira

05 de abril de 2017 às 16h50

Lendo os comentários vi algumas manifestações a favor da reforma através da revolução. A alternativa já foi válida em algumas poucas ocasiões e sinceramente acho que não é o nosso caso.
Quem apoiaria esse movimento, digamos forte?
As nossas forças armadas,
a casa grande,
a senzala dominada pela globo?
gente, revolução sem povo não funciona.
abraços prof. Ponciano

Responder

    Roberto

    05 de abril de 2017 às 17h01

    EStá corretíssimo, enquanto existir rede esgoto de televisão o povo vai ser gado, os capitãos holidays do mato se multiplicam aos montes.

    Responder

    Emerson

    06 de abril de 2017 às 10h24

    Eu apóio revolução armada, mas concordo contigo.Para chegarmos a esse ponto, é preciso antes muita concientização, muita organização. Ainda não é momento, mas temos que considerar essa hipótese…

    Responder

juares machado

05 de abril de 2017 às 16h23

Será que algum dia saberemos a verdadeira identidade deste fascínora, chamado Moro?

Responder

Emerson de Morais

05 de abril de 2017 às 16h15

CADA VEZ MAIS ACREDITO NA BÍBLIA, ELA JÁ FALAVA ISSO A 2000 ANOS ATRÁS. “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.”
2 Timóteo 3:1-5

Responder

Emerson

05 de abril de 2017 às 16h08

Se a Lava Jato não fosse tendenciosa, não seria tão ruim…o problema é que eles não investigam o PSDB. Mesmo sem achar provas contra LULA, as ações continuam. A Dilma caiu sem nenhum crime. Se fosse séria, não teria problema, Mas, NÃO é séria. Gostaria de dizer que houve neste texto crítica ao Malafaia e ao Feliciano. Sou evangélico, e gostaria de avisar, que ambos tem perdido apoio no meio evangélico. Já nos representaram, mas atualmente não nos representam (é claro que ainda tem adéptos). Por favor, não julguem os evangélicos por eles…eu por exemplo, continuo sendo de esquerda, porque entendo que Jesus, olhava para as minorias. “Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas. Isaías” 1:17

Responder

Emerson

05 de abril de 2017 às 16h07

Se a Lava Jato não fosse tendenciosa, não seria tão ruim…o problema é que eles não investigam o PSDB. Mesmo sem achar provas contra LULA, as ações continuam. A Dilma caiu sem nenhum crime. Se fosse séria, não teria problema, Mas, NÃO é séria. Gostaria de dizer que houve neste texto crítica ao Malafaia e ao Feliciano. Sou evangélico, e gostaria de avisar, que ambos tem perdido apoio no meio evangélico. Já nos representaram, mas atualmente não nos representam (é claro que ainda tem adéptos). Por favor, não julguem os evangélicos por eles…eu por exemplo, continuo sendo de esquerda, porque entendo que Jesus, olhava para as minorias.

Responder

Veranis

05 de abril de 2017 às 15h46

TEXTO EXCELENTE E TOTALMENTE VERDADEIRO. A VERDADE SEMPRE INCOMODA GENTE COMO MORO, GOSTAM BEM MAIS DA BAJULAÇÃO.

Responder

Tânia Reggiori dos Santos

05 de abril de 2017 às 15h41

O texto é realmente necessário! Não vejo mentiras e,sim,a constatação de que não podemos temer pq JÁ estamos vivendo uma ditadura! TDS os direitos tolhidos,ameaçam até impedir que citemos nomes ou imagens de políticos!! ESSE GOVERNO QUER SE PERPETUAR! É,NA VERDADE,UMA DITADURA! EU NÃO TENHO MAIS COMO SEQUER HONRAR MEUS COMPROMISSOS! E TUDO MOSTRA QUE VAI PIORAR!!

Responder

Carvalho Portela

05 de abril de 2017 às 18h41

Zé Povim quiz, fazer o q?

Responder

Lylian Cardoso

05 de abril de 2017 às 18h39

PERFEITO…PERFEITO…PRTFEITO.!
TENHO QUE APLAUDIR….DE PE…parabens e forca Roberto Ponciano.

Responder

Sergio

05 de abril de 2017 às 15h34

Quanta idiotice, democracia é a Venezuela na visão de vocês??????????????????????????? Acorda, a bandidagem do Pt acabou!!!

Responder

    Paulo estevao

    05 de abril de 2017 às 16h04

    Cafezinho!Nao deixem esses fascistas fazer comentarios aqui,o perfil é sempre o mesmo,filtrem isso, Esses canalhas,monstros de barriga podre nao merecem espaço. Apesar de ser academico e intelectual o autor escreve direto e simples,com referwncias a filosofia historia e politica mundial
    É isso aí, o recado ta dado
    Resistencia na rua!

    Responder

Narciso cavalcanti

05 de abril de 2017 às 15h29

Roberto Ponciano pode ser um Meatre em filosofia mas a meu ver é mais um energumeno a acreditar na famosa quadrilha petista!

Responder

SEGUI AMARANTE

05 de abril de 2017 às 15h18

ADVOGADINHO DO LULA CAIUUU… KKKKKKKK
MEU DEUS NAO SALVA UM !!!..
CRISTIANO ZANINM É SOCIO DE ADRIANA ANCELMO.. !!! E DE THIAGO CEDRAZ JA ENRROLADO EM TUDO QUE E ROLO NA LAVA JATO !!>..
CRISTIANO ZANIN.. LARANJA TBEM DO LULA ,,,, AI AI AI .. ONDE IRAO PARAR …
A Fecomércio gastou milhões com escritórios de advogacia, incluindo o de Adriana Ancelmo, o de Cristiano Zanin e Roberto Teixeira e o de Tiago Cedraz, filho do ministro do TCU Aroldo Cedraz.

Responder

Atreio

05 de abril de 2017 às 14h41

ótimo artigo.

emocionante análise. e serginho fez beicinho, pelo visto…. “hmmmm, tô de mal! feio, bobo e chato!”

sem crime, sem impeachment.
esse golpe horrivel já babou – ninguem mais topa estar na foto ao lado de golpista.
não vai levar 21 anos de novo.

bravos permanecem ao lado dos justos, aos canalhas restaram os covardes.
até a vitoria, sempre!

depois dos canalhas forçarem ao brasil regredir 30 anos em 3, iremos avançar 40 anos em 4 após digerimos tudo isso q gloebels, frias, civitas, ed cunha da grana suiça, demais vilões do PMDB e PSDB impuseram a força ao sofrido e cansado povo brasileiro.

sofrido e cansado, sim. mas justo e feliz. sabemos oq é nosso e o q queremos.
nossa presidente segue eleita. cada vez maior e mais essencial a todos nós em territorio brasileiro.

DILMA VOLTA. será linda a passagem da faixa em 2019.
democracia, sua linda!

Responder

EDER

05 de abril de 2017 às 14h40

Hitler só prosperou porque quem se opunha teve medo de enfrentá-lo. As estratégias hoje são as mesmas. Vai da intimidação ao constrangimento e daí para a violência é só um pulinho. e uma delas, são estes processos contra criticas, e a condução coercitiva de jornalistas. Não acredito que o discurso,”fascistas não passarão”, porque os golpistas passaram e estão aí fazendo a desgraceira toda neste país. Para isso ter um fim, tem de lideranças sérias, não só o coitado do Lula, se unirem e chamarem o povo para a rua e não sair. É PRECISO QUE OS INTELECTUAIS DE RESPEITO INTERNACIONAL SAIAM NA FRENTE INDO PARA A RUA LUTAR CONTRA O FASCISMO OU ESTAREMOS FRITOS.

Responder

Izabel Amaral Souza

05 de abril de 2017 às 17h18

Simplesmente brilhante o artigo! Num momento em que o verdadeiro jornalismo foi erradicado da mídia oficial, nos resta buscar informações nos blogues chamados de ‘blogues sujos’, que são mais imparciais e analíticos, que nos brinda com artigos maravilhosos como este , feitos por jornalistas verdadeiramente profissionais. Força Roberto Ponciano!

Responder

Maria aparecida rezende da silva.

05 de abril de 2017 às 14h02

Desculpe. mas sou semi-analfabeta mas desde de criança ouvia meu pai dizer que o supremo para baixo só tinha os filhos dos senhores feudais que eles eram uma quadrilha que estava no poder para viola roubar os direitos do povo eles iriam perpetuando no poder para leva suas crias para usurpar o pode .Hoje entendo bem o que é que meu pai dizia a nós. E a quadrilha mais perigosa do Brasil. seres repetilianos e seres involutivos.trevas e escuridão estamos numa batalha contra estes seres.

Responder

aveland sambaú

05 de abril de 2017 às 14h01

Creio que a charge apenas ilustra, e bem, uma situação que é muito mais grave que este crime especificamente, mas de algo bem mais abrangente. Diante de tantas medidas impopulares que continuamente retiram direitos dos trabalhadores e das maiorias menos favorecidas de forma antipática e provocativa, ignorando os protestos e manifestações de entidades em todos os níveis pelo país afora, provocando a ira nas pessoas mais pacíficas, não é exagero pensar que tudo isso seja uma conspiração no sentido de causar uma revolta popular sem precedentes no país com possíveis e graves consequências e com a interferência externa de forças contrárias entre si, podendo atingir níveis catastróficos como em países invadidos e controlados pelos norte-americanos com centenas de milhares e até milhões de civis inocentes mortos covardemente apenas pela ganância e o lucro a qualquer custo. Só nos resta mesmo pedir a Deus que tenha piedade de nós…

Responder

Rosemary fritsch brum

05 de abril de 2017 às 13h51

Bravo

Responder

bolsa familia

05 de abril de 2017 às 13h47

Quando a politica se apodera da justiça, a consttiuição , sai pela porta dos fundos.

Responder

    bolsa familia

    05 de abril de 2017 às 13h49

    Quando a politica se apodera da justiça, a constituicao sai pela porta dos fundos

    Responder

Anônimo

05 de abril de 2017 às 13h36

Texto me representa. Não passarão!

Responder

SERGUI MASCARENHAS

05 de abril de 2017 às 13h23

METRE MORO META NA CADEIA ESSE VAGABUNDO FALADOR DE MERDA..
O PROCESSE ATE QUE PRECISE PEDIR ESMOLA ON LINE ..
CALUNIA DIFAMAÇÃO DANOS MORAIS ETC..

MORO CADE VEZ O BRASIL TE AMA E PRECISA MAIS DE VOCE..
VOCE ÉO LEGITIMO SALVADOR DA PÁTRIA ..
PROCESSE TODOS .. PROCESSE O MIGUEL QUE JA É CONDENADO !! MAIS UMA VIRA REINCIDENTE E VAI P BANGU COM OS AMIGOS DO LULA E DILMA ..

BORA MORO .. CADEIA NA DILMA ANTES DO LULA P FICAR LINDO .. BANDO DE PILANTRAS.. NÃO PASSARÃO…
DORIA PRESIDENTE..
MORO MINISTRO DA JUSTIÇA..
AECIO NA CADEIA TBEM.. FODASSE TODOS .. MAIS PRINCIPALMENTE O PT NE .. LOGICO .. VAMOS DESTRUI LOS

Responder

    Geovane Santos

    05 de abril de 2017 às 13h52

    Prezado SERGUI MASCARENHAS, não se apresse…gostaria que você humildemente considerasse minhas palavras, concordar não, pois você não esta pronto: suas palavras estão em contradição com o pensamento racional, livre de paixões e sentimentos, seus argumentos apenas expressas as “verdades” que a globo divulga…já parou para refletir por que muitos, digo muitos, não concordam contigo e tem argumentos superiores aos seus?

    Responder

    Edilso de Araujo

    05 de abril de 2017 às 14h06

    Esse é fascista também.
    De qual Brasil essa besta quadrada está falando ?
    Que pátria Moro está salvando ?
    Quanta asneiras , gente !!!

    Responder

    Melissa

    05 de abril de 2017 às 14h07

    Acorda cara!! O tempo de fama dele já acabou… Só continua acreditando nele, fascistas e idiotas q só sabem ler gibis e nem o português conhece, como vc.

    Responder

    Miguel do Rosário

    05 de abril de 2017 às 14h15

    Olha o tipo de doente mental que idolatra Moro…

    Responder

    FABIO BATISTA SOARES

    05 de abril de 2017 às 14h20

    Quanta asneira… Vá estudar !

    Responder

    Anônimo

    05 de abril de 2017 às 16h06

    Va se fude

    Responder

Adriano Jobar

05 de abril de 2017 às 13h11

Parabéns, caro Pensador.
Ainda não tinha lido uma análise e uma reflexão tão clara do que está acontecendo no país com essas manobras política do PDDB/PMDB e outros facistas.
A partir de agora passo a me engajar na tarefa de esclarecer aqueles que ainda estão com olhos e a mente embasados pelas manipulação das informações que até nossos lares pelos canais de TV.
Obrigado!!

Adriano Jobar

Responder

Conceição Aparecida Gonçalves Da Silva

05 de abril de 2017 às 13h03

É realmente não sabemos em quem confiar, pois quando pensamos ou achamos que apareceu alguém que podemos confiar, me aparece com uma pérola dessa, triste, muito triste..

Responder

andré

05 de abril de 2017 às 13h01

VAMOS AS RUAS / CURITIBA 3 DE MAIO

Responder

Eduardo Almada

05 de abril de 2017 às 16h00

Flávia Azevedo

Responder

Anônimo

05 de abril de 2017 às 12h58

Não consegui ler até o fim… ataques como esse acima a qualquer situação, circunstância ou evento é mera diarréia mental. Só quer atacar, atacar, atacar… não constrói nada, não luta por nada, não coloca a mão na massa por nada. Isso é somente uma verborragia insana

Responder

Edem

05 de abril de 2017 às 12h35

Esse cara é bom e deve ser por isso que causou tanto incômodo. Ele não utiliza as mesmas armas da direita que a esquerda muitas vezes adora xafurdar.

Responder

Linno Parker da Silva

05 de abril de 2017 às 15h35

O crime compensa?
Depende o quão organizado seja, disseram no morro ao apontar para baixo.

Responder

Luis Carlos Patricio Ribeiro

05 de abril de 2017 às 15h30

Assino embaixo.

Responder

Carlos Antonio Alves de AQUINO

05 de abril de 2017 às 12h06

Outro dia eu comentei numa postagem q recebi pelo wattzap, q nego-me participar d movimento virtual, ou nós ocupamos as ruas ou não mudaremos nada.
Precisamos resistir. Seu artigo relata a pura verdade q vimemos hoje.

Responder

Claudio

05 de abril de 2017 às 11h59

O que vemos é exatamente o que já foi visto e será revisto e reescrito.
No fim os arqueólogos irão escavar essa geração e discorrer nas mesmas dejeções pertinentes as civilizações antigas.
Vão exaltar os fabulosos monumentos e esconderam as barbáries dos crimes contra a humanidade que seus poderosos reis, faraós, príncipes, governadores, juízes cometeram no passado contra o povo.
Dessa forma desvia-se a atenção para os crimes atuais dos quais são cúmplices.
Oras bolas! Já temos na atualidade muita história escondida nas areias do deserto da ignorância para se ater aos cadáveres da antiguidade.
Esse relato será apagado e não entrará nos anais para prosperidade.
Não são os esquerdistas que escrevem a história, no máximo terá um livro lido por poucos, mas lá no concurso terão que decorar a história dos homens mentirosos, injustos e criminosos como Moro.
Não se iluda, meu caro.
O povo no fim não será lembrado, pois todos são pagos para transformar uma história nefasta em uma plausível.
Em vou optar pela fé, pois sem fé só existe o caminho da vingança e do sangue para trilhar.
Vou pensar no céu e no inferno. E quando estiver desiludido vou imaginar essa gente queimando viva no fogo e seus crimes escritos em letras grandes para todo mundo ver.
A vingança é divina.
AleluYAH

Responder

Malu Porto

05 de abril de 2017 às 14h57

Imperdível!

Responder

Das Geraes

05 de abril de 2017 às 11h35

O cara engole uma apostila e passa em um concurso. Pronto! Ele já se considera um Deus da justiça. Esse é o Moro, que distante da apostila decorada, não passa de alguém com inteligência e capacidade limitadíssimas. Vejam seus textos nos processos e suas falas artísticas. Dá para perceber que não passa de um juiz da roça. Um barnabé à moda mazzaropiana.

Responder

    Juba

    05 de abril de 2017 às 12h01

    Não passou nem no exame da OAB. É um analfabeto maléfico.

    Responder

Antonio David Cattani

05 de abril de 2017 às 11h23

Prezado Ponciano
Antes de mais nada, minha solidariedade à tua luta que é a luta de todos os democratas. Em segundo lugar, uma correção importante nas referências históricas. A análise de H. Arendt sobre Eichmann foi totalmente equivocada e até hoje o conceito de banalidade do mal mais atrapalha do que ajuda. Ela foi totalmente ludibriada. Eichmann não foi um simples executor de ordens. Ele era um nazista convicto, carrasco voluntário, tendo plena consciência do que estava fazendo. Em entrevista realizada na Argentina antes da sua captura, declarou que seu único arrependimento era de não ter sido mais eficiente na eliminação dos judeus.
Essa verdade não invalida teus argumentos, pelo contrário, pode reforçá-los.
Boa luta
A. D. Cattani

Responder

Eduardo Noguchi

05 de abril de 2017 às 11h19

Concordo com a análise. Um Zé Ninguém poder fazer o que está fazendo só é possível com apoio da Globo.

Responder

Marcos

05 de abril de 2017 às 11h16

Se nos atacam é por que, de alguma forma, incomodamos a livre implantação do projeto fascista da Direita. Não pode haver questionamentos, a minoria ( que na verdade é maioria, mas prefere não saber …) tem que ser silenciada….

Responder

telma carvalho garrido

05 de abril de 2017 às 11h00

Excelente texto, compartilho dessa análise sobre nossa sociedade há muitos anos e nunca fui compreendida. Quando me formei e comecei a advogar encontrei uma justiça estadual baiana comandada por ACM e fiquei perplexa. Como mudar em uma sociedade que adoece suas famílias e que por sua vez, adoece seus próprios filhos, enfraquecendo-os com pouco afeto que lhes é dedicado, porque também foram desumanizados. A desestrutura emocional que o nosso sistema capitalista impõe aos brasileiros (maioria esmagadora) retira nossa capacidade de enxergar e escutar, e por isso, não lutamos. É finalidade dele que sejamos sempre levados de um lado a outro, sem nos darmos conta do quanto somos manipulados para servir só ao capital e nunca à nossa própria humanidade. Telma Carvalho Garrido (facebook).

Responder

BENEDITO DE MELO SOUZA

05 de abril de 2017 às 10h54

REPETINDO
O assustador desta história é que o juiz Sérgio Moro não é um grande ator político, ao fim e ao cabo Moro é um Zé Ninguém (na acepção inclusive reicheana da miséria psíquica), um juiz de visão política turva, nenhuma envergadura intelectual, com inteligência limitada e visão zero de sociedade.

Um mero EICHMAN executor das ordens superiores.

JANOT TRAIDOR, MAL AGRADECIDO, EMBUTIDO!!! FORA TEMER E TODO CONGRESSO, ELEIÇÕES DIRETAS JÁ!!!

Responder

Luiz Melo

05 de abril de 2017 às 13h49

Não entendi nada desse rabisco!

Responder

    Anônimo

    05 de abril de 2017 às 11h42

    E a Globo o sr. entende?

    Responder

    Atreio

    05 de abril de 2017 às 14h32

    leia de novo.
    depois mostra prum amigo e conversa.
    aí volta e diz se melhorou.
    desejo melhoras, bjão!

    Responder

    Marcone Santana

    06 de abril de 2017 às 02h06

    Então troca de cérebro,ops é impossivel , então só lamento, não vou desenhar kk

    Responder

    Nelson Dos Santos

    06 de abril de 2017 às 02h12

    Deves ser um desses jumentos bipedes q encheram as ruas vestidos de verde e amarelo e agora vão ficar sem capim…

    Responder

    Well Machado

    06 de abril de 2017 às 04h07

    MARCONE E NELSON KKK MUITO BOM !!!

    Responder

PLEX

05 de abril de 2017 às 10h46

Moro se sente incomodado com quem demonstra mais inteligencia.foi assim quando impediu as filmagens sob a defesa do Dr Cristiano no constrangimento de ter recebido uma aula de direito.os seus argumentos e a maior evidencia da sua ignorancia. Assim como o promotor do power point cuja resposta quando indagado o porque de nao investigar o PSDB.o promotor nao sabe que LEGISLATIVO tambem e governo?

Responder

Lili Rebua

05 de abril de 2017 às 10h40

Este texto revela o puro retrato de um juiz que tem o seu lado obscuro pregando injustiças obedecendo ordens malignas.

Responder

Ana Tonel

05 de abril de 2017 às 10h39

Uma aula de fascismo. Uma obra literária.

Responder

Fernando Tolentino

05 de abril de 2017 às 10h28

Não há nada mais significativo para o texto do que exclamar “brilhante!”… e correr para as ruas.

Responder

Artur Guimarães

05 de abril de 2017 às 10h23

Temos que continuar lutando contra esta ditadura disfarçada que o Judiciário, o MP e os bandidos que tomaram o poder estão impondo ao Pais. Não tenho receio de me expressar como faço e sempre divulgo em minha página no facebook.

Responder

Anônimo

05 de abril de 2017 às 10h07

Não vi um só argumento justificando os 55 milhões na conta do instituto Lula depositados por empreiteiras. Nem os 250 milhões devolvidos por Barusco. Nem dos 120 milhões encontrados na conta de Palloci. Nem os 20 milhões pagos ao Marqueteiro Santana pela Camargo Correia. O resto blablabá.

Responder

    Artur Guimarães

    05 de abril de 2017 às 10h26

    Se você se informar melhor, ir a fundo e não ficar apenas se valendo das informações dos meios de comunicação golpistas, saberia que boa parte dessas informações são falsas. Se tiver provas condenem os culpados, mas agir como está agindo o MP e o Judiciário e em particuar Moro, na caça a Lula e ao PT, é perseguição política é ditadura.

    Responder

Sonia

05 de abril de 2017 às 10h06

Este artigo desentalou um nó na garganta, é brilhante e duramente verdadeira

Responder

Ary Pascoal Domingos

05 de abril de 2017 às 10h06

NEO LIBERALISMO X POLÍTICAS SOCIAIS.
PROVAS INCONTESTÁVEIS DE A AMÉRICA LATINA ESTÁ A CAMINHO DO CALABOUÇO!

Responder

Edio Vilmar

05 de abril de 2017 às 09h51

Esse texto diz tudo que se passa em nosso país. Temos que tomar as ruas em defesa da democracia.

Responder

Mário Cesar Serafim

05 de abril de 2017 às 09h48

MALDADE

O Moro
É medíocre,
Maléfico,
Um merda!

Responder

Seu Creysom

05 de abril de 2017 às 09h38

“o PSDB embarcou no golpe” O PSDB foi quem deflagrou o golpe!Foi quem articulou ! Lembram dá recontagem dos votos! Lembram do ” Vamos fazer esse governo sangrar todos os dias” ( Aloysio 300 mil) e todos os envolvidos supracitados no texto são todos tucanos!Ou são apenas coincidência a não envestigacao dos ladrões tucanos?… A ideia do artigo é ótima! Colocar o povo na rua contra essa SURUBA! Oque não podemos aceitar , que arbitrariedades sejam usadas para calar quem rema contra a maré! Temos que apoiar, e mostrar nossa indignação contra JUÍZES que usam de seu poder para para fins pessoais , corporativo e PARTIDARIO!Para aqueles que o apóiam Hoje, fiquem com a certeza de que amanhã, poderá ser mais uma de suas vítimas!

Responder

João Bovino

05 de abril de 2017 às 09h32

A verdade incomoda muito a quem está errado. As reações são as piores possíveis.

Responder

Anônimo

05 de abril de 2017 às 09h30

Extraordinário, descreve Moro perfeitamente: um falso moralista ou o moralista da oportunidade.

Responder

Helder

05 de abril de 2017 às 09h26

Brilhante . Há muito tempo não lia um texto tão bom , elucidativo , inteligente e coerente. Bravo !!!

Responder

fernando bastos

05 de abril de 2017 às 09h16

vc é um petra.lha vagabundo

Responder

Ivanaldo Xavier

05 de abril de 2017 às 09h14

Perfeito!

Responder

vitor f

05 de abril de 2017 às 08h48

?? muito bom o texto.

Responder

Hemerson Luiz Sousa do Carmo

05 de abril de 2017 às 08h45

Completo idiota o Sr. Foi pago por quem pra falar essas asneiras? Faz um favor, não ofenda a nossa inteligência com essa opinião fascista que é a sua.

Responder

Italo Rosa

05 de abril de 2017 às 08h43

Texto consistente, fundamentado. excelente. Sobretudo, verdadeiro. É preciso não esquecer que, além de uma classe domnante colonizada, autoritária e truculenta, e desses capatazes medíocres feito o juizeco, existem os interesses do imperialismo em dominar o país.

Responder

Analdeci Moreira dos Santos

05 de abril de 2017 às 08h40

Reflexão inteligente, contextualizada e realista..

Responder

Miriam

05 de abril de 2017 às 08h34

Texto simplesmente EXCELENTE!

Responder

Mario

05 de abril de 2017 às 08h07

Vai me desculpar, mas a charge é um deserviço. A polícia não tinha intenção de atirar na criança . Agora, se houve imprudência, deverá ser apurado se os políciais assumiram o risco devido a região em trocar tiro com os BANDIDOS COM FUZIS(não suspeitos). Porém naõ esqueçamos, infelizmente hoje, vivemos em uma guerra urbana, fruto de anos e anos da indeiferença de nosso governantes, sejam eles de esquerda, centro ou direita. Tenho duas filhas e certamente ficaria arrasado se viesse acontecer em minha família tal tragédia. Porém, não percamos a capacidade de discernir as coisas.

Responder

    Ana Costa

    07 de abril de 2017 às 10h53

    Essa charge é bem anterior ao caso da Maria Eduarda e atirar na direção de uma escola de periferia, cheia alunos no pátio, assumindo o risco de atingir crianças, é tão corriqueiro quanto executar crianças de periferia na frente de suas casas, levar crianças de periferia para o mato e executá-las, e outras barbaridades que lemos diariamente nos jornais. Depois arranja-se uma “ficha corrida” para a criança e pronto. Se não era bandido hoje, seria amanhã e está resolvida a questão.

    Responder

Helvécio

05 de abril de 2017 às 07h59

Tô bege!

Responder

Márcia Figueiredo

05 de abril de 2017 às 07h50

Nossa, texto fantástico! Não tinha lido antes, obrigada por republicar. Abraços fraternos

Responder

Ronaldo

05 de abril de 2017 às 07h01

Excelente!!!

Responder

EDILBERTO PIRES

05 de abril de 2017 às 03h24

DIANTE DE TEMA BEM ESCRITO NA MINHA POBRE CULTURA DEFENDO QUE PROFUNDA MATÉRIA ISSO É MAIS PARA TESE QUE UM COMENTÁRIO BEM ELABORADO. Conclusão FAÇO MINHAS PALAVRAS E BASTA. NA MINHA MODESTA, IMAGINO SERIA QUE OS BENEFICIÁRIOS DOS PROGRAMAS DE GOVERNO PERÍODO LULA/DILMA ESTARIA BATENDO PANELAS E HOJE ESTARIAM CONTRA POR MODISMO, POR GLOBISMO DOENTIO OU MORISMOS SEM MORAL. CUSTA ACREDITAR…………JESUS É MAIS. TAL DOCUMENTÁRIO, PEÇA ACIMA, PRA REFLEXÃO DESSA JUVENTUDE ENQUANTO PODE E OS MAIS VIVIDOS QUE TOME CONHECIMENTO A ESPERANÇA É DE QUE AINDA RESTAM ALGUMAS PESSOAS QUE PENSÃO NESTE PAÍS DAÍ. ESPERANÇA RENOVADA. NO DIA JÁ PARECE QUE SURGE, INTELECTUAIS/ TRABALHADORES EM GERAL/ PROFESSORES/ESTUDANTES – JURISTAS E ARISTAS ETC. NUMA CORRETE DEMOCRÁTICA E DEFENDER LULA, NÃO SIMPLESMENTE A PESSOA DE LULA E SUA FAMÍLIA, CONTUDO, A VERDADEIRA DEMOCRACIA. TUDO GEROU EM TORNO DE LULA O PAÍS PAROU PARA DESMORALIZAR LULA SUA FAMÍLIA, ASSISTIMOS VALOROSAS APOSTAS COM DATA APRAZADA PRISÃO, E LAMENTAR DONA MARIZA LETÍCIA. SÓ A PROVIDÊNCIA DIVINA É SÁBIA. UM DIA VÃO ENTENDER OUTROS NO PASSADO FORAM O TEMPO É CRUEL E SÁBIO. TODOS ASSISTIREMOS. TIRADENTES TEM CERTEZA.

Responder

Ednice Cruz

05 de abril de 2017 às 05h42

A verdade dói, Moro.

Responder

Vitor

05 de abril de 2017 às 02h40

Limitado. Valeu a tentativa.

Responder

Rejane Rivas

05 de abril de 2017 às 02h01

Belíssimo texto, expressou com muita força o perfil dos golpeadores dá nossa pátria! Descrição do justiceiro de Curitiba, perfeita! Parabéns!

Responder

Henrique Nunes

05 de abril de 2017 às 01h37

Ótimo, estamos em um lapso. O país a caminho do colapso político, ético e econômico.
Naufragamos à deriva de nós mesmos.

Responder

Luis Suarez Gambazza

05 de abril de 2017 às 04h18

Excelente análise!

Responder

Linda Maria Antoniazzi

05 de abril de 2017 às 01h10

Magnifico, Verdadeiro, Real….

Responder

Antônio Germano

05 de abril de 2017 às 00h52

O orador espírita Divaldo Franco disse que vários expoentes dá revolução francesa estão reencarnados no Brasil. Este cenário absurdo que vivemos fecha com esta ideia. Chegamos a um ponto de abuso de autoridade que desconhece limites.
Urgente guilhotinar a rede globo, executando esta maldita influência da formação de opinião em nossa pobre população.

Responder

LUCIANO ANTONIO FRAGA

05 de abril de 2017 às 00h48

A CARAPUÇA CAIU BEM, SOB MEDIDA

Responder

Marcos Neves

05 de abril de 2017 às 00h40

Leandro Karnal deveria ler isso, com certeza!

Responder

Daniel Lima

05 de abril de 2017 às 03h34

Por favor como faço para excluir esse cafezinho vermelho e nunca mais ter que ver esse imbecil comunista fascista.

Responder

    Gerson Cardoso Costa

    05 de abril de 2017 às 03h37

    É só não abrir a pg. e não ler, seu amestrado midiatico !

    Responder

    Daniel Lima

    05 de abril de 2017 às 03h38

    Opa!

    Responder

    Daniel Lima

    05 de abril de 2017 às 03h41

    Como eu posso ser amestrado se não sou partidário de nenhuma facção política.

    Responder

    Daniel Lima

    05 de abril de 2017 às 03h41

    Acho que quem é amestrado é o senhor.

    Responder

    Daniel Lima

    05 de abril de 2017 às 03h52

    Quero pedir desculpas ao “camarada” Gerson Cardoso Costa

    Responder

    Daniel Lima

    05 de abril de 2017 às 03h54

    Visitei o face do camarada e vi que o cara tem problemas. O cara é viciado em cafezinho… kkkkkk e vc vem me chamar de adestrado.

    Responder

      JWN

      05 de abril de 2017 às 08h32

      Visita meu face, seu porco nojento.
      Se quiser vamos marcar um encontro e vou te ensinar com quantos centímetros seu zoinho sai água. Pessoas asquerosas como você deviam se recolher na insignificância, fascistinha de merda.

      Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h43

    Daniel Lima kkkkk… Falou o paulista que mantém o PSDB corrupto há mais de 20 anos no poder em São Paulo… E quase morreu de sede pela incompetência deles… E até resolveram roubar merenda escolar…

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h44

    Daniel Lima kkkkkk… Paulista deve sofrer da síndrome de Estocolmo… Só elege corrupto do PSDB…

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h45

    Daniel Lima kkkkkk… Emílio Odebrecht confirmou o que todo mundo já sabe… A direita é corrupta… Nesse caso, desde 1940…

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h46

    Daniel Lima kkkkkk… Vc tem R$ 1 trilhão para ajudar o teu governo golpista corrupto a pagar a anistia dada a bancada escravocrata ruralista…

    Responder

    Marcos Vinicius Oliveira

    05 de abril de 2017 às 20h23

    Comunista fascista? Daniel Lima acaba de criar uma nova ideologia política! Conseguiu misturar água e óleo…

    Responder

    Daniel Lima

    05 de abril de 2017 às 20h39

    Ual! Vcs estão mesmo alienados mesmo! Prestem atenção no que argumentei, em nenhum momento direcionei a qualquer facção política. Não há polarização e sim uma MONOPOLARIZACÃO. VCS ESTÁ SÓ!!!! E os brasileiro querem outro modelo de política, é só isso.

    Responder

    Daniel Lima

    05 de abril de 2017 às 20h40

    * ESTÃO

    Responder

    Andre Massao Noce

    06 de abril de 2017 às 03h31

    Daniel Lima KKKKKKKKKK… vcs tem o PSDB corrupto como bichinho de estimação há mais de 20 anos….

    Responder

Girlene Morais

05 de abril de 2017 às 03h24

Rafael Eckert

Responder

Marlene

05 de abril de 2017 às 00h17

Muito bom mesmo …

Responder

Anônimo

05 de abril de 2017 às 00h14

Inegavelmente o texto atinge a artéria vital de quem se sente culpado, seja ou não aos moldes nazistas. Os responsáveis pelo extermínio de sete humanos ( grande parte deles Testemunhas de Jeová) declararam que obedeciam ordens superiores para o que faziam, logo concluiu-se que todo executor do tipo recebe ordens Superior e por isso é inimputável. Bem, o texto é esclarecedor e bem argumentado. Resta saber porque incomoda ! Tenho por principio que se não sou aquilo que dizem, peço esclarecimento. No caso esclarecimento não faltou, o que falta é correção de rumo e para tanto cumpra-se o Dever conforme a Lei e Respeite-se a Constituição Brasileira. Quem assim agir não dará margem a controvérsias e criticas descabidas e muito menos se sentirá no olho do vórtice, não precisando agir em retaliação. Não fosse a grande proximidade da gLobo…ta e certamente outra avaliação estaria posta. Todos sabem que o que é Bom para a gLobo… ta não é bom para o Brasil e vice versa. Diga com quem andas e direi quem tu És.

Responder

Andrea Marinho

05 de abril de 2017 às 03h10

COLOCAR ALGUÉM DE FRENTE A UM ESPELHO, NEM SEMPRE É AGRADÁVEL ENXERGAR O PREDADOR QUE SE É.

Responder

JOHN J.

05 de abril de 2017 às 00h07

BRILHANTE ARTIGO.
EXPRESSA O SENTIMENTO DE TODOS BRASILEIROS QUE PREZAM A DEMOCRACIA, VERDADEIRAMENTE, NÃO DA BOCA PARA FORA COMO FAZEM A OS DEFENSORES DO TAL JUIZ, QUE ATÉ AGORA NÃO TEVE A HOMBRIDADE DE INVESTIGAR NENHUM DOS MUITOS TUCANOS FARTAMENTE DELATADOS E INVESTIGOU PETISTAS QUE NÃO APARECERAM EM NENHUMA DELAÇÃO.

Responder

C.Poivre

04 de abril de 2017 às 23h56

Faltou na turma dos fascistas o Beiçola, a meu ver o maior deles:

https://www.ocafezinho.com/2016/12/14/beicola-e-os-cambalacheiros-de-toga/

Responder

Sérgio Rodrigues

04 de abril de 2017 às 23h38

Fascistasnão passarão!..`Todos pra Curitiba!….

Responder

Jose Fernando Lopes

04 de abril de 2017 às 23h34

SOLIDARIZO COM A POSIÇÃO DE ROBERTO PONCIANO E DIGO QUE O POVO ESCLARECIDO E UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO, TODA A MOBILIZAÇÃO PARA PARAR O BRASIL NO DIA 28 DE ABRIL DE 2017.

Responder

Ech Son Moubiu

04 de abril de 2017 às 23h17

Total, Exxon Mobil.

Coragem.

Responder

André Ricardo Vanessa Marani

05 de abril de 2017 às 02h15

O artigo perde a credibilidade pela banalidade/generalidade dá charge! Lastimável!

Responder

enganado

04 de abril de 2017 às 23h15

Diante de tudo aí escrito pergunto: “” Rasgaram ou não rasgaram a Constituição “”” ??? Rasgaram, sim!!!! Só esqueceram de rasgar os Artigo 142, ou seja, será que este do tal artigo são o que? Patriotas ou Vendilhões da Pátria ao Capital Estrangeiro? Será que estes do Artigo 142 não sentem vergonha de criarem a __rede Goebbels__ e ainda são seus capachos? Estão aí os medíocres/apátridas/nazistas/ … , çERjIO mO(U)RO e Janot, que ofendem a dignidade humana, não os faz sentirem nada pela tal Pátria e sua Constituição, Povão, . . etc, que jurarão defender sem que não esbocem o mínimo desagrado? E aí nada? O Boçalnaro está certo? Pois Vcs não passam de uma Tropa de Ocupação a serviço dos ANGLO_SIONISTAS.

Responder

Ausônia Schelini

05 de abril de 2017 às 02h01

Texto vil e tendencioso!

Responder

Marcelo Alencar

04 de abril de 2017 às 22h43

Parabéns Professor Ponciano!
Somente os historiadores e filósofos poderão deixar registrado para as próximas gerações que ocorreram resistência e luta contra os fascistas no tribunais em conluio com a mídia golpista.

Responder

Anônimo

04 de abril de 2017 às 22h27

“Os fascistas não passarão!”

É tarde, já passou. Estamos agora a ver os trens partirem da estação aos olhos atentos de PMs e CIVIs e Militares.

Responder

J GONÇALVES

04 de abril de 2017 às 22h12

CARO PONCIANO!
PALAVRAS DIGNAS DE UM MESTRE, MAS, PENSO QUE O TEMPO DE BLA-BLA-BLA JÁ NÃO TEM MAIS EFEITO, É HORA DE AGIR. É TEMPO DE ESTANHO E FOGO. ROUSSEAU DISSE QUE UMA SOCIEDADE SO E DEMOCRATICA QUANDO NUNGUEM FOR TAO RICO QUE POSSA COMPRAR ALGUEM E NINGUEM SEJA TAO POBRE QUE TENHA DE SE VENDER A ALGUEM. POIS CONCORDO COM ROUSSEAU E ME ARRISCO A DIZER QUE NESTE PLANETA NÃO HA UMA SÓ DEMOCRACIA, POIS SEMPRE HAVERA UM RICO PRA COMPRAR E UM POBRE PRA SE VENDER. ENTÃO A GUERRA…..

Responder

Emir Benenghelli

04 de abril de 2017 às 21h58

Só não assino em baixo porque não teria capacidade para o ter tão bem escrito.

Responder

Cristina Aquim

05 de abril de 2017 às 00h08

Maravilhosa análise!!! Se ele for preso por causa disso posso assinar em baixo para ir também. Será uma honra

Responder

Renato

04 de abril de 2017 às 21h06

É isso aí Moro, pau no rabo desses socilistas/filósofos de merda e fracassados !

Responder

    Miguel

    04 de abril de 2017 às 21h38

    Olha a categoria dos admiradores do justiceiro

    Responder

      Marcelo

      05 de abril de 2017 às 09h56

      Eu é quem digo : olhe a categoria de fracassados que odeiam Moro, o juiz !

      Responder

        JWN

        05 de abril de 2017 às 10h51

        Você fala é daquele agente da CIA?
        O destruidor do Brasil?
        Lesa Pátria?
        Ah tá…. Entendi

        Responder

    J. Sculder

    04 de abril de 2017 às 21h41

    Parabéns, Renato. Assine seu atestado de tolo submisso, grande vencedor e está recebendo o seu Saco de batatas como troféu. Aprenda algo nesta vida, Renato: não há vencedor quando o derrotado é a democracia, só os tiranos que se refestelam na escuridão. Vc é como uma criança , que ainda não aprendeu nada.

    Responder

    Luiz

    05 de abril de 2017 às 01h03

    Por serem socialistas/ filósofos ? Desde quando mesmo é papel do poder judiciário condenar quem é socialista/filósofo? Li a Constituição e o Código Penal e juro que não me recordo de sociologia e filosofia serem tipificados como crime.

    Responder

Valterlei

04 de abril de 2017 às 20h47

Tudo é uma questão de padrão. Um juiz no cargo mediante concurso público, que tem as decisões submetidas aos tribunais superiores, pode ser comparado ao Eichman?

Responder

    Miguel

    04 de abril de 2017 às 21h37

    Sim

    Responder

      Valterlei

      05 de abril de 2017 às 18h00

      Bem, você queira ou não, isso é crime contra a honra.
      Nada haver com censura. Eichman foi um dos maiores criminosos da história, Moro julga com poderes que lhe foram dados pela investidura no cargo, havendo vários recursos para os que discordem de suas decisões. Nem por licença poética é possível traças um paralelismo.
      Discordância da decisão judicial se pratica com o recurso cabível, não com ofensa ao magistrado.

      Responder

    Marcelo

    04 de abril de 2017 às 21h45

    Os tribunais superiores é que estão submetidos a ele. E ele à rede globo.

    Responder

marco

04 de abril de 2017 às 20h44

Pois professor Ponciano.Onde reside o seu EQUIVOCO CULTO? Todos os INGÊNUOS,ou NÉSCIOS,sempre que podem,invocam a DEMOCRACIA.Caro professor,onde a tal DEMOCRACIA resolveu qualquer problema das CLASSES POBRES E MISERÁVEIS ,ao longo do tempo?Não encontro em lugar nenhum,senão nos PAÍSES PODEROSOS EM ARMAS,que com sua propaganda ,armada até os dentes,vendem a ILUSÃO DEMOCRÁTICA, COM O PODER DAS ARMAS,ou no mínimo,com ameaças ARMADAS e se não obedecidos,invadem ARMADOS,os países desobedientes.Impõe com a ARMA DO CAPITAL,hoje AGIOTA,suas políticas,por todo o mundo,naturalmente usando a ameaça sutil,DAS ARMAS.Então senhor professor Ponciano,não são meras ilusões ,saudar-se as hipóteses de reverter essas contradições,também,COM AS ARMAS.Se ficarmos em atitudes NIILISTAS,que é irmão natural da INÉRCIA,sepultemos sonhos e esperanças,e vamos PASSEAR NA FLORESTA,que os lobos lá estão.

Responder

Pedro Ornilo Gambarra Filho

04 de abril de 2017 às 20h33

Uma obra prima! Em fim era isso que se queria ver exposto

Responder

Elisângela C M Dias

04 de abril de 2017 às 23h26

Zaca Junior Julio Teles

Responder

Patricer Lumumba Menezes

04 de abril de 2017 às 23h16

Excelente artigo…

Responder

Marcondes Fernando

04 de abril de 2017 às 23h08

Claudia Santos, Tassia Fernandes Paris, Gabriela Fernandes, Mônica Padilha, Josiane Aguiar, Murilo Fernandes. Bom texto, para pessoas com poder de dissernimento.

Responder

Anônimo

04 de abril de 2017 às 19h46

Muito pertinente.Fantástico. Vou compartilhar. Seria muito bom que as pessoas lessem com imparcialidade.

Yara Lago

Responder

Luciene Guarini

04 de abril de 2017 às 22h32

Isa Almeida Ferreira Joseph Vieira

Responder

Sebastião Felix

04 de abril de 2017 às 22h17

Boa colocação…. Arent

Responder

Mauro

04 de abril de 2017 às 19h08

O Juiz Sérgio Moro não é um político e não é o responsável pela crise econômica, politica e social que tem assolado o País. Os responsáveis são os políticos da esquerda, da direita e do centro que fazem as leis em benefício próprio, que desviam verbas públicas, que abusam do poder a eles investido. Bandido tem que ir pra cadeia seja ele quem for. A policia tem procurado fazer o seu papel que é protegar a população e prender o bandido, porém a justiça o solta. O problema é a impunidade. Não concordo com o que foi postado aqui. Não é verdade. Apoio a Lava Jato, apoio o Juiz Sérgio Moro, apoio as Policias Federal, Civil e Militar. Acredito em Deus e confio na Sua Justiça. Tomem cuidado com seus planos maléficos, pois não vão escapar da Justiça de Deus isso é certo.

Responder

cesar martins

04 de abril de 2017 às 19h03

“Desumanizar o adversário”
Resumiu nesta frase todo o ‘processo’ que ocorre em Curitiba.
Lá Lula, Dilma e PT não são os investigados, indiciados ou réus.
Eles são adversários, pura e simplesmente.
Dr Dallagnol entregou isto no seu powepoint…

Responder

    Emir Benenghelli

    04 de abril de 2017 às 22h04

    Quantas horas a tv gastou cobrindo os atentados na Europa em comparação com as vítimas do caos instalado nos bombardeios humanitários no oriente médio ?

    Responder

Matheus Alexandre

04 de abril de 2017 às 21h59

Clayton Mendonca Cunha Filho.

Responder

Matheus Alexandre

04 de abril de 2017 às 21h59

Ana Letícia Lins, Vanessa Pereira.

Responder

Ana Cristina Victória Barbosa

04 de abril de 2017 às 21h42

Gostei muito do texto: lúcido, faz uma honesta leitura da nossa preocupante realidade. Uma coisa tenho notado nesse último ano de golpes. A dificuldade das pessoas fazerem análises críticos da realidade, alguma leitura mais autônoma e complexa do momento. Nos comentários se vê muita grosseria, muita paixão, muito kkkk, muitas palavras de ordem e pouquíssima elaboração intelectual. Assim que parabenizo o autor por sua elaboração e por sua coragem. No

Responder

João Valente

04 de abril de 2017 às 21h39

Os maus, enquanto ignorantes, sempre ofendem e caluniam os bons.
Quem são os bons? Aqueles que não causam sofrimento aos outros.

Responder

André Albino

04 de abril de 2017 às 21h19

E seria essa charge ?
Vcs nao moram no RJ ? Moram?
15 anos de socialismo neste país. ..e esta ai
Vao falar que a política de quem ?

Responder

    O Cafezinho

    04 de abril de 2017 às 21h24

    socialismo? onde?

    Responder

    João Valente

    04 de abril de 2017 às 21h36

    15 de socialismo? Bateu com a cabeça no berço.

    Responder

    Werton Dias

    04 de abril de 2017 às 21h54

    Neném sabido de mainha…

    Responder

    André Albino

    04 de abril de 2017 às 23h12

    Esqueci vcs estao cobertos de razão populismo desenfreado e irresponsável

    Responder

    André Albino

    04 de abril de 2017 às 23h13

    Bolsonaro 2018 !

    Responder

    Roberto Neiva

    05 de abril de 2017 às 00h19

    O Cafezinho 13 anos PT-PMDB…………..PSDB,PDT……são o que ? Quanto R$ via Dilma a fanqueira vermelha.?

    Responder

    Alberto Jorge Lula da Silva

    05 de abril de 2017 às 00h39

    Acabou o Rivotril na casa do coxinha midiota alienado mblete kkkkk

    Responder

    André Albino

    05 de abril de 2017 às 00h49

    Cheio de humanas/maconheiro/fracassado

    Responder

    Estanislau Antonio Fazão

    05 de abril de 2017 às 01h12

    O cara digita um monte de besteira , aí quando ele digita bolsonaro 2018 , entendi da onde vem tanta besteira.

    Responder

      JWN

      05 de abril de 2017 às 10h56

      Ia dizer isso.
      Ódio é sua marca registrada.
      Esse sim é um Nazista de merda

      Responder

    André Albino

    05 de abril de 2017 às 01h17

    Bolsonaro 2018 e Lula pra presidente Prudente!

    Responder

    Jota Dan

    05 de abril de 2017 às 02h27

    Que coisa impressionante. Aquilo que o texto denuncia, a desumanização do outro, acontece em muitos comentários daqueles que são contrários a ele. Os fascistas nem percebem que ao tentar criticar o texto, tornam-se exemplo do que o texto denuncia.

    Responder

      Brasileiros que pagam o pato

      05 de abril de 2017 às 00h54

      Mandou bem!

      Responder

    Pedro Beja

    05 de abril de 2017 às 17h25

    Porque antes do PT não havia favelas?
    Não havia bocas de fumo?
    Não havia criminosos?
    Ganha juízooooo

    Responder

    Carvalho Portela

    05 de abril de 2017 às 18h44

    “O fascismo é fascinante
    Deixa gente ignorante fascinada”

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h38

    André Albino kkkkkk… Mais um apoiador do réu por incitação ao crime de estupro de mulheres… Gosta de viver na Idade Média… Bolsonaro, também é corrupto como o amigo Cunha corrupto, recebeu propina da lista de Furnas…

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h40

    Roberto Neiva kkkkkk… Emílio Odebrecht confirmou o que todo mundo já sabe… A direita é corrupta… Nesse caso, desde 1940…

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h41

    Roberto Neiva kkkkkk… Vc tem R$ 1 trilhão para ajudar o teu governo golpista corrupto a pagar a anistia dada a bancada escravocrata ruralista…

    Responder

Mauricio Sanches Silva

04 de abril de 2017 às 20h52

Moro na cadeia

Responder

nilzaenluarada

04 de abril de 2017 às 16h11

Com certez o Fabio Barreto não é o cineasta. É um simples homônimo…

Responder

Roberto RMartind

04 de abril de 2017 às 14h13

Excelente comentário. Acrescento apenas que as “ordens superiores” são claras: vem do norte, de onde Moro vai tomar cursos e receber orientações. Figura reles, realmente, mas agente indisfarçável do nosso velho e conhecido imperialismo. A geopolítica que o diga como estes serviçais são necessários…

Responder

Carlos Eduardo Gouveia

04 de abril de 2017 às 13h19

Excelente charge! Faltou só o fuzil na mão do estudante. Nem direita nem esquerda fez algo significativo pela segurança pública. Tudo só piorou!(seja com FHC, Lula, Dilma ou Temer) Os jovens são, sem dúvida, as maiores vítimas da falta de segurança, pois, além de sofrerem a violência que todos nós sofremos, também são alvos fáceis dos traficantes, tanto para se viciarem como para se tornarem criminosos. Mas a polícia, como instrumento dos políticos, também não consegue resolver nada! A polícia é feita para não funcionar, assim como a saúde e a educação. Os políticos, apesar de divididos em esquerda e direita, se unem para roubar. Mas tem gente que, mesmo assim, defende com unhas e dentes seu grupo preferido; o critério ideológico se coloca acima do da honestidade. Prefiro os ideais de direita, mas já votei em gente da esquerda, por achar que era o “honesto” da vez.

Responder

Anônimo

04 de abril de 2017 às 13h00

Só digo uma coisa, tenho plena convicção de que somos, fora algumas exceções, a geração mais covarde e egoísta dos últimos tempos.
Covardes, porque não reagimos, ficamos pusilânimes, como dizia o maluco beleza: ” sentados no trono de um apartamento, com a boca escancarada, cheia de dentes, esperando a morte chegar.
Egoístas porque, desfrutando de todos direitos e conquistas, ferreamente conquistadas por nossos avós e país, estamos deixando retirar da geração futura( filhos, netos, parentes), tudo isso que nos beneficia hoje.

Responder

Virginia Goncalves

04 de abril de 2017 às 09h55

Artigo de grande lucidez e sensibilidade para compreender o tempo sombrio em que vivemos com déspotas marionetes medíocres mas perigosos porque sustentados por outros poderes que colocam em risco uma frágil democracia.

Responder

Artur

04 de abril de 2017 às 08h37

Como será a verdade será que o esquerdista Quixote seria o equivalente aos líderes judeos que auxiliaram Eichmann?

Responder

Rita de Cássia P Arruda

04 de abril de 2017 às 08h02

Excelente texto , traduz o estado que vivemos . O endeusamento do togado traduz uma cegueira histórica e demonstra a limitação intelectual daqueles que têm como Bíblia a “revisteca ” e a rede Plin Plin como referencia . Triste e revoltante , porém , não desistiremos de lutar pela democracia.

Responder

Maria Luiza Quaresma Tonelli

04 de abril de 2017 às 07h18

Artigo excelente, luminoso. Parabéns ao autor do texto.

Responder

Brunior Alves

04 de abril de 2017 às 03h59

Eccellente. Gostaria de ler mais textos do autor… forte abraço. Bruno ir Alves

Responder

Luciano

03 de abril de 2017 às 22h30

A verdade realmente dói, e atingiu o juizeco em cheio.

Responder

Gustavo José Veras Falcão

03 de abril de 2017 às 21h40

Um juiz (Moro), que busca o reconhecimento através de métodos injustificáveis numa Democracia, suas atividades jurisdicional impõe restrições e exigências que ele nunca respeitou. Um fascista comprovadamente desmensurado, o seu legado vai ser o inferno legalizado por um traidor populista.

Responder

Regina Machado

03 de abril de 2017 às 15h23

Com Roberto Ponciano!

Responder

Maria dá Penha Souza

03 de abril de 2017 às 15h16

É um absurdo o abuso de poder em pleno século 21, pessoal não é o pt que está acabando com o Brasil até porque não é o pt ir está lá, largam de se acharem politizados,,,, e comecem a ler mais sobre as conquistas de cada governo,,,, o pior do ser humano e julgar sem conferir o que de fato o Orfeu,,,, é o pt que está assinando essas atrocidades aí,,,,, sabem porque vcs criticam o pt , porque são os pobres alienados e mediotizados, que votam num partido de rico que nem nunca pisaram numa periferia,,,, acordem ,,,, vcs são acomodados ,,,,porque sabem que o pessoal de esquerda luta pelos direitos dos brasileiros,,,, fala sério vão ler história e ver o que acontece em volta do mundo vão ver o estudante que foi atacado na Fatec por militares corrompidos pelo sistema Alckmin,,,,, pergunto ah vcs que reclamam tanto do PT,,,, que segurança vcs estão tendo hoje,,,,, se esse temer está acabando com tudo,,,, foi vcs analfabetos políticos que foram pras ruas pedir fora Dilma e colocar um louco no poder,,,,,,

Responder

Jose Ailton Pinto

03 de abril de 2017 às 08h54

kkkkkkkk. Texto inexpressivo do inicio de 2016 e só visualizado e comentado em 2017 apos noticiado pelos ligados ao autor que o mesmo foi intimado pela policia federal. Quanta necessidade de holofotes. Força nas tamancas. Huahuahua.

Responder

    Carlos Adonias

    04 de abril de 2017 às 22h52

    É mesmo? Pois o juizeco ficou entalado com a expressividade desse texto que retratou em profundidade sua alma pérfida de fascista, mentor e espelho de ignorantes como você.

    Responder

Marcos Cesar

02 de abril de 2017 às 23h16

É um ponto de vista! Respeito, mas não concordo, pois entendo que moro não é herói nacional e nem o esquema de poder da turma do lula é inocente. Apenas constato relações muita estranhas e nada republicana existentes entre o PT e PMDB! Sei apenas que turma do PT e PMDB devem dar as mãos e irem embora para prisão. É isso!

Responder

Willians Faustino

02 de abril de 2017 às 22h16

Lucidez total, sempre, exato Ponciano!

Responder

Celia

02 de abril de 2017 às 21h00

Resultado?
Vai dar PT.

Responder

Arnaldo Augusto Thoma Filho

02 de abril de 2017 às 20h58

Maravilhoso!!!! Estou compartilhando agora!!!

Responder

    Juarez Magalhães Brito

    04 de abril de 2017 às 21h44

    Texto excelente, este Moro tem que ser processado e sofrer prisão coercitiva.

    Responder

Marcus novaes

02 de abril de 2017 às 20h11

E ainda tem gente que questiona um texto desse dizendo que o autor é do mal francamente o texto é claro e notório do Mal são os cegos políticos que ainda tem o desprazer de dizer que na época da ditadura nunca foi preso nunca foi perseguido nunca foi torturado Claro viver simplesmente na hipocrisia vive de uma maneira morta não fez nada no passado e nem vai fazer nada agora neste presente Brutal em que vivemos que é herança de lembranças de xarais para teus filhos e teus netos lembranças de que não fizestes nada para um futuro melhor para Elis tu pensas que somente proporcionar alimento e educação é proporcionar um futuro camaradas a educação e alimentação que porventura pudestes ter proporcionado a teus filhos ou até os netos de nada servirá se não lutar diz por um país justo igualitário e democrático viva ao socialismo viva a liberdade de expressão viva aos direitos conquistados Pátria livre Venceremos

Responder

Marcus

02 de abril de 2017 às 19h47

Fico sinceramente procurando palavras para expressar o quanto é difícil de esclarecer um absurdo desse que acontece no Brasil pois não consegui não consigo encontrar palavras sinônimos que transmitam a minha indignação diante de tantos cegos políticos pessoas que não conseguem enxergar compreender essas a abominável transmissão golpista midiática que a cúpula de políticos e de grandes empresários que sucateia, roubam ,Elite esta que há muitos anos roubam os cofres públicos que há muitos anos exploram a classe trabalhadora Isto é desde a colonização do Brasil desde a criação das capitanias hereditárias que a camada dominadora financeira se apossam dos bens naturais e financeiro do nosso país e ainda tem gente que vem dizer que o o Sérgio moro Gilmar Mendes de toda esta cúpula atrelada às a Michel Temer vão transformar o Brasil num país melhor gera Mais Emprego e igualdade social francamente camaradas é muita cegueira política acreditar que a culpa de todo mal que está acontecendo no Brasil é de Dilma e de Lula francamente é muita cegueira política ainda hipócritas afirmar que na época da ditadura trabalhava era justo era Digno por isso nunca foi preso nunca foi perseguido nunca foi torturado simplesmente essas pessoas viveram na inércia da Mesmice do da conveniência de não lutar pelos seus direitos do Medo do receio inadimissível baixar a cabeça aceitando uma miséria desta e simplesmente ficar calado não se mexer para nada acorda Brasil sai do túmulo da sua residência sai do túmulo da sua cadeira de balanço que fica só com as pernas para cima se balançando esperando a morte chegar isto é uma injustiça que estão fazendo com o povo brasileiro vida justa morte digna quer ter dignidade Luther não seja hipócrita a ponto de cruzar os braços e deixar seus filhos e seus netos viver em um futuro incerto um futuro devastador e eles saberem que você não fez nada é vida vergonhosa É herança vergonhosa não deixe essa visão crítica de um ser inexistente no seu tempo no seu espaço uma figura nitidamente deplorável lute companheiros vocês são os guerrilheiros que a história nos deu

Responder

Regina Coutinho

02 de abril de 2017 às 19h19

Somos todos Ponciano.

Responder

Douglas Loiola

02 de abril de 2017 às 18h34

“Moro é um Zé Ninguém (na acepção inclusive reicheana da miséria psíquica), um juiz de visão política turva, nenhuma envergadura intelectual, com inteligência limitada e visão zero de sociedade. Um mero Eichman, executor das ordens superiores.”
“Moro é Eichman, um burocrata medíocre, de passado obscuro e de futuro tenebroso.”

AQUI ELE EXPLICA COMO “SER DIFERENTE”:

“Em todos os julgamentos de tribunal de exceção, antes de tudo é necessário retirar a humanidade do outro.”
“Desumanizar o adversário. Para que o terror fascista prevaleça é necessário que o adversário seja um cão, uma besta leprosa indesejável, que deve ser chutada e cuspida na rua.”
“Este é o cretinismo do pensamento. não se constrói debate democrático e ideais firmes para um embate político sério assim.”

Aí, mais uma vez:

“nosso Eichman dos tempos hodiernos, Sérgio Moro, é capaz de liberar os trens para os campos de concentração e tornar uma nação inteira refém dele. “

Responder

Marcos Aristides

02 de abril de 2017 às 11h02

Olá, esta interpretação é possível. Porém, não me parece que a conspiração tenha tanta habilidade de antecipação ao ponto de plantar um Moro completamente instrumentalizado. O Moro, a despeito de todas as suas limitações principalmente no que se refere à rasa concepção de suas teses, quer mesmo encarnar uma espécie de “senso comum”. Ou seja, ele quer ser a voz da indignação do “cidadão comum”, aquele que acha que se a lei não é eficaz que “se aja à margem da lei”, tenho ouvido isso com um frequência inquietante. E ele consegue ser este personagem. A análise do professor Ponciano, atribui à conspiração uma “organicidade” que me parece mais fortuita do que fruto de uma “inteligência antecipatória” do tipo “agora botamos um Moro para ferrar todo mundo”. A inteligência dos conspiradores, (incluo aí parte de nossos compatriotas) está no fato de conseguirem manter o debate na superfície, no nível do nervosismo epidérmico. E aí me parece que indicar o Moro como um facista ordinário, instrumento do mal etc. é um erro de perspectiva. Estamos vivendo uma conspiração difusa, cujos atores têm objetivos muito diversos e por vêzes incoerentes. O Bolsonaro não está nesta onda com o mesmo objetivo do Aecio ou do Nunes. A Globo não vai proteger mais o Temer etc. O GIlmar protege o PSDB e quer acabar com o PT, o Moro quer virar heroi e sua figura é utilizada por uns e por outros. O Nazismo foi fruto de um projeto minuciosamente construído sobre uma estrutura hierarquica implacável, os antagonismos eram sufocados pela autoridade representada por este projeto. Os mecanismos de desumanização, citados neste artigo, fizeram parte e caracterizaram o método de implantação dos regimes facistas, porém não se pode dizer que a presença destes mecanismos odiondos indica que estamos em processo de implantação do facismo. Dito isso, é claro que saúdo o espírito do artigo, pois o processo de desestruturação da nossa constituição, em nome de uma luta generalizada e cega contra a corrupção, favorece o aparecimento de projetos facistas e, neste caso, os mecanismos necessários já estariam sendo ajustados agora.

Responder

Ricardo Lima

01 de abril de 2017 às 23h17

Perfeito!

Responder

Debora Isis

01 de abril de 2017 às 21h28

Inteligente, esse Ponciano! Se expressa tão bem…mais uma INTELIGÊNCIA CANALIZADA PARA O MAL!!! Que pena…

Responder

    Willians Faustino

    02 de abril de 2017 às 22h18

    Sua besta-humana!Do mal foi o ventre que te ejetou!

    Responder

    Luiz

    05 de abril de 2017 às 01h10

    “Inteligencia Canalizada para o Mal”, isso parece até coisa de vilão de desenho animado. Vai com calma.

    Responder

Carlos Eduardo Gouveia

01 de abril de 2017 às 18h49

Uma mentira repetida mil vezes se torna verdade.
O Brasil ia muito bem com a Dilma.
Tudo o que está acontecendo de ruim foi feito pelo Temer.
E o Lula é honesto.
Agora, leia mais 999 vezes.

Responder

    Rogerio Almeida

    01 de abril de 2017 às 19h58

    Eu acho que vi um patinho amarelo.

    Responder

    Ricardo Lima

    01 de abril de 2017 às 23h18

    Ta aí mais um caso de inteligência reduzida…

    Responder

Abigail pereira nunes guerry

01 de abril de 2017 às 12h37

Foi uma das melhores análises que li sobre o tempo que estamos vivendo. Faço parte da turma dos pais que sofream prisão, exílio e viram companheiros sofrer torturas e morrer para derrotar o fascismo. Não consigo entender, não aceito, e não compactuo com esta omissão em que estamos vivendo e não aplaudo nem respeito aqueles que, apesar de se dizerem contra o fascismo são cumplices destes. Não há perdão para esta cumplicidade e covardia.

Responder

    Fabio Barreto

    02 de abril de 2017 às 08h23

    Com certeza se o seu pai foi preso, coisa boa ele não estava fazendo. Eu vivi no periodo da ditadura, assim como meu pai. Homem honesto e digno, trabalhador e responsável… Nunca foi preso e nunca pisou numa delegacia. Os que foram presos e torturados, com certeza não estavam cuidando de suas famílias e trabalhando, faziam parte de grupos revolucionários de terroristas, assassinos, ladrões, bandidos.

    Responder

      nilzaenluarada

      04 de abril de 2017 às 15h51

      Com toda certeza este Fábio não é o Cineasta…

      Responder

      ari

      04 de abril de 2017 às 20h51

      “…meu pai. Homem honesto e digno, trabalhador e responsável… Nunca foi preso e nunca pisou numa delegacia”
      Nelson Mandela, Tiradentes, Lula, Jesus Cristo, Frei Caneca, Luis Carlos Prestes, Carlos Marighella, Dilma, José Mujica…a lista de gente “irresponsável” é imensa. Nela também me incluo, como a tantos outros que conheci, muitos deles mortos sob tortura…certamente “assassinos, ladrões, bandidos”

      Responder

      Atchim

      04 de abril de 2017 às 21h27

      vai ver seu pai era dedo-duro e se beneficiava lambendo as botas dos mlitares. E tal pai, tal filho.

      Responder

      Sérgio Tadeu garcia

      04 de abril de 2017 às 22h24

      Com certeza sua progenitora conheceu general pe de meza

      Responder

      Sérgio Tadeu

      04 de abril de 2017 às 22h28

      Com certeza sua progenitora conhecia o General Tonhão pé de Mesa

      Responder

      Luiz

      05 de abril de 2017 às 01h15

      “terroristas, assassinos, ladrões, bandidos” Em qual desses grupos Vladimir Herzog se encaixava? Qual crime ele cometeu?

      Responder

Nubia

31 de março de 2017 às 15h56

Moro não é juiz é um carrasco amoral e sem nenhum prestígio.

Responder

    Paulo França

    04 de abril de 2017 às 13h38

    Não podemos esquecer que moro e os executores do golpe, participaram de um seminário internacional em Curitiba patrocinado pelo fbi em 2002, segundo seu chefe na época. Após o seminário, foram convidados pelo mesmo para um treinamento gratuito nos eua, onde devem ter recebido as informações e instruções de execução da car-washington na volta ao Brasil.

    Responder

Deixe uma resposta