Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha
Salem WSL

Salem WSL

Paixão nacional

Por Luis Edmundo

19 de maio de 2016 : 17h39

Foto: Salem/WSL

por Luis Edmundo Araujo, editor de Esportes do Cafezinho

Em tempos  de retrocesso, de 7 a 1 na bola, na política e na história, há uma certa tribo que ultimamente vem afagando nosso tão combalido orgulho nacional. São brasileiros os dois últimos campeões mundiais de surfe: Adriano de Souza, o Mineirinho, em 2015, e Gabriel Medina em 2014, o primeiro representante do País a conquistar o título desde que o Mundial é disputado. Os dois fazem parte do que, entre os adeptos e amantes do esporte, vem sendo chamado de brazilian storm, a tempestade que chacoalhou o mundo do surfe com talentos brasileiros que vão além dos campeões mundiais, como o segundo colocado no atual campeonato mundial, Italo Ferreira, e Caio Ibelli, quinto no Circuito Mundial de Surfe de 2016, que vem sendo liderado pelo australiano Matt Wilkinson.

Outro nome de destaque é o de Filipe Toledo, paulista de Ubatuba que no ano passado venceu a etapa brasileira do Circuito Mundial de Surfe e viveu a glória de ser ovacionado pelo maior público já registrado em campeonatos da Liga Mundial de Surfe, como mostra a foto aí de cima, cerca de 100 mil pessoas que se espremeram no Postinho da Barra da Tijuca, a mesma praia onde foi definido, hoje, o vencedor da etapa deste ano do Mundial. O havaiano John John Florence venceu a bateria final contra o australiano Jack Freestone e levou o título pela segunda vez, ele que já havia vencido a etapa brasileira do Circuito Mundial em 2012.

As provas do Mundial no Rio começaram a ser disputadas na pacata, isolada Praia de Grumari, distante cerca de 25 quilômetros do hotel na Barra da Tijuca onde os surfistas estavam hospedados. Com as ondas baixas, a transferência foi inevitável, para satisfação dos competidores que, mesmo preferindo a proximidade bem mais calorosa do Postinho, em plena Barra, sabiam, no entanto, que não encontrariam por lá nada nem perto de ondas gigantes, quesito, aliás, em que outro brasileiro é fera.

Mas pelo menos as ondas foram maiores do que o mar calmo da Praia de Grumari, que se fosse mantido como local das provas proporcionaria algo como as cenas deste vídeo. Não foi o caso e as ondas foram, inclusive, suficientes para que Medina fizesse história na bateria que disputou contra seu compatriota Alex Ribeiro. O campeão mundial conseguiu uma nota 10 na bateria, válida pela repescagem do torneio, ao acertar um backflip, manobra que pela primeira e até agora única vez foi realizada, inteira, numa prova do Circuito Mundial.

Depois de um início ruim nas primeiras etapas do Mundial, na Austrália, Medina começa a se recuperar e passou da 18a para a nona colocação após a etapa carioca. Ele está a três posições de Mineirinho, que ultrapassou sete competidores e chegou à sexta colocação. Os dois últimos campeões mundiais, aliás, quase fizeram a final do Oi Tio Pro 2016. Chegaram às semifinais, cada um numa bateria, mas foram derrotados, Medina por Freestone, e Mineirinho pelo campeão John John Florence. Nada que esmoreça a paixão da torcida brasileira pelos seus campeões, bem medida nas palavras de Medina após a bateria contra Alex Ribeiro, a da manobra perfeita, inédita.

Feliz de estar perto deles. A galera qui é demais, eles torcem pesado. Acho que não temos nada parecido em nenhum outro lugar do mundo.

Contato: luis.edmundo@terra.com.br

Luis Edmundo

Luis Edmundo Araujo é jornalista e mora no Rio de Janeiro desde que nasceu, em 1972. Foi repórter do jornal O Fluminense, do Jornal do Brasil e das finadas revistas Incrível e Istoé Gente. No Jornal do Commercio, foi editor por 11 anos, até o fim do jornal, em maio de 2016.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Neto Neto

20 de maio de 2016 às 15h11

Os pelegos estão desesperados…Perderam a fonte de renda…kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

JOHN J.

19 de maio de 2016 às 23h04

NOTARAM COMO TODOS ESTÃO FALANDO EM FALTA DE DINHEIRO.
ESTÃO PREPARANDO O POVO PARA A FINALIDADE REAL DO GOLPE.QUE É USAR A MENTIRA DE ROMBO ENORME PARA FICAR COM O DINHEIRO E DEPOSITAR EM SUAS CONTAS EM PARAISOS FISCAIS.
Lembrem-se que FHC e sua quadrilha saquearam e sucatearam o Brasil.
Aécio saqueou e sucateou Minas Gerais.
Alckmin está saqueando e sucateando o estado de São Paulo.
Riicha saqueou e sucateou o Paraná. e onde tem tucano governando (AGORA SÃO ALIADOS DO PMDB DO TEMER, QUE TANTO CRITICARAM ANTES) tem roubo de grana publica sem o menor pudor.
POR ISSO QUE O SERRA DEU PASSAPORTE PARA INVESTIGADO DA LAVAJATO QUE JÁ TEM CONTAS LÁ E SABE COMO FAZER AS TRAMÓIAS E PREPARAR O TERRENO.
********* GENTE, TEMOS QUE FAZER UM MOVIMENTO PARA DERRUBAR ESSE GOVERNO ILEGITIMO E FEITO ESSENCIALMENTE POR CORRUPTOS, URGENTEMENTE.
ELE NÃO PODE COMEÇAR A EDUTAR LEIS E DECRETOS QUE VÃO ESTUPRAR A CONSTITUIÇÃO.

Responder

Marcio Pinheiro Nascimento

19 de maio de 2016 às 21h14

Toda vez que sou bloqueado nas páginas do Facebook destes sites esquerdopatas defensores da PTRALHADA, percebo que cada vez tenho mais razão em encurralar esses distoadores da informação.
Obrigada O Cafezinho, assim como Nossa Época, O Esquerdiata, Jean Willys entre outros que me bloquearem por se sentirem constrangidos em mostrar o quão deficientes esse mídia esquerdalha é.

Responder

    Thiago Melo Teixeira

    19 de maio de 2016 às 22h09

    Fazem a mesma coisa comigo no G1, iG, Abril, mas aqui está você destilando seu ódio contra a esquerda e teve seu comentário publicado.

    Responder

      Marcio Pinheiro Nascimento

      19 de maio de 2016 às 22h21

      Tem sites de esquerda como Carta Capital (moderado) e a Mídia Ninja (radical) que não restringem suas publicações, o Brasil 24/7 também não, porém é o mais imundo dos mentirosos.
      Nunca soube de ninguém bloqueado na Veja ou Época, mas tenho informações de comentários sensurados pela Globo!

      Responder

        Aliança Nacional Libertadora

        20 de maio de 2016 às 13h23

        Nunca soube? Não te falaram? Kkkkkkkkkkkk hipócrita. Pode criticar, mas não pode mandar no site….ainda mais sendo contra sua linha editorial. A direita xinga, ofende com racismo, misoginia, homofobia, classismo e tripudiações se utilizando de nome fake simplesmente para descarregar seu ódio interno.

        Responder

          Marcio Pinheiro Nascimento

          20 de maio de 2016 às 14h49

          Mais um que utiliza a bengala do vitimismo para se amparar.
          Kkkkkkkkkkkkk.
          Daqui a pouco começa a falar em capitão do mato, mucama e Casa Grande e depois reclama quando são chamados de cadelas que mordem a mão dos que te alimentam!
          Kkkkkkkkkkkkk.
          Quem divide e segrega as pessoas e os povos são os Esquerdopatas e os Esquerdalhas repetem seu falatório até esquecerem o que é real e acreditarem na babaseira que defendem!
          Utilizando nome Fake? Aliança Nacional Libertadora seria o que o Mané?
          É o Fake do Fake?
          É um pleonasmo?
          Me diga aí vítima oprimida da misogenia, do racismo, da homofobia e do classismo!
          Já sei, sou um capitão do mato a mando do senhor dono da Casa Grande, ou sou o propício Dono da Casa Grande!
          Talvez eu seja hipócrita, agora você é uma patético hipócrita incongruente!

          Aliança Nacional Libertadora

          10 de junho de 2016 às 12h44

          Bengala é pro Temer, vitimismo….a palavra dos ignorantes levianos. Tá crack história hein amigo? Esse helicoca trouxe da boa pelo visto. Cada burrice (opinião) é falada no microfone como se fosse fato. Você não é nada, porra nenhuma fala dos esquerdopatas como se os direitoputos fossem ungidos por seus preconceitos. É importante se reconhecer como hipócrita o que te resume a um medíocre inconsequente. Se ofendeu quando exacerbei seus preconceitos?
          A Aliança é a união de todos os alvos do seu preconceito e isso não é fake.

          Marcio Pinheiro Nascimento

          11 de junho de 2016 às 21h55

          Kkkkkkkkkkkkkkk.
          União dos alvos dos meus preconceitos?
          Kkkkkkkkkkkkkk.
          Pai de Santo tu pelo menos deve ser, e dos bem ruim, daqueles tipos incompetentes que precisam vender Natura e Herbalife para compor renda!
          Entendeu mané, esquerdopata incompetente que usa os artifícios capitalistas para ganhar um extra!
          Vai fazer alguma coisa de útil!
          Já sei, sou um incauto, arauto e mais o que?
          Me ajude a aumentar o repertório do meu Aurélio!
          Tudo o que você disfarçar conhecer, nada mais é que um retórica autêntica ao seu próprio reflexo!
          Kkkkkmmmmmmm

Jair Fonseca

19 de maio de 2016 às 20h56

Em memória de Ricardinho, surfista assassinado pelas costas por um PM de folga, em sua terra e perto de seu mar, na Guarda do Embaú, SC.

Responder

Deixe um comentário