Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

27/07/2016- Brasília - Presidente da Petrobras, Pedro Parente, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto após encontro com o presidente interino Michel Temer (José Cruz/Agência Brasil)

“Pedro Parente deveria renunciar ao cargo de presidente da Petrobrás”

Por Redação

02 de agosto de 2016 : 16h52

 

Zé Maria: “Parente deveria renunciar ao cargo de presidente da Petrobrás”

na FUP

Depois de o presidente interino da Petrobrás, Pedro Parente, ter doado o Campo de Carcará, estimulando a privatização e o desmonte da empresa, que representa um dos maiores bens públicos brasileiros, o coordenador geral da FUP, Zé Maria, repudiou a negociação, dizendo que essa entrega foi um absurdo.

Além disso, Zé Maria comparou a política de Parente com a de FHC, e deixou o recado para o presidente atual da Petrobrás: “Parente, já que o senhor quer estabilidade, você deveria retirar sua fala a favor de mudanças na lei da partilha e também deveria renunciar ao cargo de presidente, já que você chegou a ele a partir de uma instabilidade jurídica”, afirmou Zé Maria.

Zé Maria afirma que Parente deveria renunciar ao cargo de pres…

O coordenador geral da FUP, Zé Maria, dá o recado ao presidente interino da Petrobrás, Pedro Parente, indicado pelo golpista MiShelL Temer."Parente, já que o senhor quer estabilidade, você deveria retirar sua fala a favor de mudanças na lei da partilha e também deveria renunciar ao cargo de presidente, já que você chegou a ele a partir de uma instabilidade jurídica", afirmou Zé Maria.

Publicado por Federação Única dos Petroleiros em Terça-feira, 2 de agosto de 2016

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Oliveira

03 de agosto de 2016 às 08h46

Para esse idiota bom era o tempo em que reinavam Nestor Cerveró, Renato Duque, Sérgio Gabrielle, quando rolava superfaturamento nos contratos, as propinas de 3% !

Responder

    Vale

    16 de janeiro de 2017 às 21h31

    Jornal GGN – Pedro Parente, novo presidente da Petrobras, é réu em ação popular civil desde 2001, juntamente com outros diretores e conselheiros da estatal, incluindo Maria Silva Bastos, nova presidente do BNDES. A ação foi movida por petroleiros em razão de uma operação na qual a Petrobras trocou ativos desvalorizados da Repsol-YPF na Argentina por ativos brasileiros valorizados, causando um prejuízo de R$ 790 milhões, oficialmente registrado no balanço da empresa de 2001. Corrigido, esse prejuízo chega a mais de R$ 2 bilhões.

    Além de Parente e Maria Silva, também são réus na ação popular José Jorge de Vasconcelos Lima, que foi senador, ministro de FHC e também do TCU – e relator do caso Pasadena), Delcídio do Amaral, ex-senador e ex-diretor da Petrobras no governo FHC, entre outros.

    Na época, Pedro Parente era ministro da Casa Civil de Fernando Henrique Cardoso e fazia parte do Conselho de Administração da Petrobras. Em 2002, foi promovido a presidente do Conselho, quando a empresa realizou a compra da Perez Companc, negociação que foi alvo de ao menos duas delações premiadas na operação Lava Jato. Segundo Nestor Cerveró, o negócio rendeu US$ 100 milhões em propinas para integrantes do governo FHC.

    Leia mais abaixo, em matéria de Helena Sthephanowitz para a Rede Brasil Atual:

    Responder

João Luiz Brandão Costa

02 de agosto de 2016 às 18h06

Zé Maria, bota a macacada na rua! Eles só entendem essa linguagem. Deixa passar os jogos. Guarda para o dia da consumação do golpe.

Responder

Deixe um comentário