Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

O desespero da mídia para defender o golpe

Por Miguel do Rosário

06 de setembro de 2016 : 15h44

(Foto: Jornalistas Livres)

Arpeggio – Análise Diária da Conjuntura, 06/09/2016

O vício adversativo da mídia voltou, agora com sentido inverso. Antes era sempre algo assim:

“Vendas aumentam, mas analistas prevêem que alta não irá durar”.

“Comércio cresce 4% no mês, mas é pior dos últimos três anos”.

Agora, a coisa vem assim, como nessa chamada no site da Folha:

ScreenHunter_274 Sep. 06 14.02

“Mas ritmo de piora desacelera…”

Miriam Leitão estreou o novo estilo. Todo o dia, diante das novas quedas na economia, ela fala em “desaceleração” do desastre. Como não é possível que a economia continue caindo até desaparecer, um dia ela vai acertar.

No Estadão, Eliane Cantanhede aposta mais alto e diz que “o insucesso de Temer seria o insucesso geral”.

ScreenHunter_276 Sep. 06 14.19

O chapa-branquismo da mídia tradicional, após os primeiros meses de transição, em que o ritmo frenético imposto pela Lava Jato ainda não fora controlado, voltou ao que sempre foi nas últimas décadas.

Não podemos esquecer que a mídia brasileira de hoje é a a mídia que apenas sobreviveu à ditadura porque aderiu à ela – entusiasticamente até o momento em que verificou que seria bom para os negócios começar a posar de crítica.

Entretanto, o cenário econômico não é nada bom. O PIB do segundo trimestre caiu 0,6%, mais do que o esperado, e o mercado – segundo boletim apurado pelo Banco Central – agora projeta uma queda de 3,20% do PIB em 2016.

Para o ano que vem, porém, o mesmo mercado ajustou para cima o crescimento, que passou de 1,23% para 1,30%. Em 2018, o crescimento continua estimado em 2%.

Nos últimos 12 meses, a conta do golpe foi terrível: queda de 4,9% no PIB. Esse é preço de um processo de instabilidade política poucas vezes vivido na história brasileira, alimentado por setores do judiciário acumpliciados a uma agenda político-midiática.

Por falar em agenda político-midiática, a Procuradoria Geral da República decidiu estender a Lava Jato até setembro de 2017.  A alta meganhagem do Estado atingiu, com a Lava Jato, o ápice de seu poder e não quer mais largá-lo.

A Lava Jato dominou de maneira espetacular a agenda política, e, na medida em que seus operadores priorizam, deliberadamente, alguns órgãos de imprensa, ajudou a mídia tradicional, até então decadente, com declínio acelerado de audiência, a voltar ao centro do poder.

A operação foi uma das articuladoras principais do golpe, visto que suas prisões, conduções coercitivas, entrevistas coletivas, vazamentos, seguiram uma agenda estritamente conectada aos objetivos das forças midiáticas que trabalhavam pelo impeachment.

O aspecto paradoxal da situação é que a força dessas instituições que se tornaram golpistas veio exatamente dos governos do PT, embora não seja possível mensurar até que ponto o partido poderia resistir a um movimento maior que ele: o conservadorismo brasileiro usa, historicamente, as bandeiras da corrupção para criminalizar os adversários.

O risco real corrido pelo país é que a Lava Jato, ou operações similares, continuem o processo de criminalizar tudo que vêm pela frente: qualquer conversa, qualquer negociação, no Brasil ou no exterior, é tratada como delinquente, as operações da empresa são paralisadas, suas contas são congeladas, seus principais executivos são presos preventivamente até que confessem alguma coisa. Isso inviabilizará a economia nacional, como já aconteceu, abrindo espaço para um brutal e acelerado processo de desnacionalização, a preço de banana, com transferência de lucros, tributos,  empregos e soberania para o exterior.

O nível de ingenuidade do capitalismo nacional, engolfado numa onda de preconceito político e ideológico que nunca fez sentido real em nossa conjuntura, é assustador. Em nome da luta para destruir o PT, setores autoritários do Estado destruíram grandes empresas de engenharia e, com elas, setores inteiros da economia, como as fábricas de navios e a indústria de gás e petróleo. A Globo chegou ao cúmulo de tratar empreiteiras criadas na ditadura e que sempre financiaram o PSDB e o PMDB  – o fato de terem construído o Brasil  e deterem um patrimônio tecnológico inestimável é tratado como apenas um detalhe – como “empresas companheiras” ou “empresas da Lava Jato”.

Criminaliza-se partidos políticos por seu esforço democrático, legítimo e necessário para alcançar o poder e mantê-lo, e louva-se corporações aristocráticas, não eleitas, que violam direitos e garantias fundamentais para ampliar o seu.

As manifestações contra Michel Temer certamente surpreenderam o governo e a mídia. É impressionante quando se as compara com as marchas coxinho-midiáticas, que são anunciadas previamente, semanas a fio, pelos grandes jornais, rádio e tv, com chamadas a cada minuto nas principais concessões públicas de tv. Metrôs são liberados. A polícia brasileira – uma das instituições mais assassinas e corruptas do mundo – é vista como “aliada” desses protestos, enquanto, nas manifestações contra o golpe a polícia faz todo o tipo de provocação e promove violências. Todos os números das manifestações coxinhas são inflados, pela polícia e mídia, que faz uma cobertura  jornalística intensa, favorável, entusiástica, enquanto os protestos antigolpe são sistematicamente sabotados pela grande imprensa.

Mas o sucesso das manifestações de domingo serviram a dois propósitos importantes na longa luta de resistência democrática que se inicia:

1) os editoriais da mídia pedindo repressão, mais os esforços da mesma, em particular a Globo, para diminui-los, ajudam a aprofundar a consciência política de setores crescentes da sociedade, sobre o papel da mídia no golpe e no processo contínuo de manipulação da informação.

2) ajudaram a coesionar os movimentos de resistência democrática em torno do objetivo único de denunciar o golpe e pedir novas eleições. Até mesmo Luciana Genro, que foi candidata presidencial pelo PSOL, e é um dos quadros mais hostis ao PT, deu hoje entrevista ao Brasil Post (filial do Huffington Post) em que, além das pancadas tradicionais no PT, faz declarações sólidas contra o golpe e em favor de novas eleições. O Psol, apesar de fraco no Congresso, tornou-se um partido forte entre os jovens, sobretudo nas principais capitais.

O golpe hoje parece uma força invencível, avassaladora, porque ele conseguiu fazer emergir, das trevas profundas da nossa tradição autoritária, todos os morto-vivos que nos assombraram durante séculos: uma polícia homicida, um judiciário profundamente aristocrático, uma mídia entreguista e mentirosa, todos associados por uma cultura política que não esconde sua aversão aos valores democráticos.

Entretanto, a fragilidade narrativa do golpe salta aos olhos de qualquer um. Seus próprios operadores hoje o admitem. A truculência da polícia paulista contra as manifestações se volta, evidentemente, contra o governo Temer, visto que o ministro da Justiça é ligado diretamente à secretaria de segurança de São Paulo, da qual foi titular até pouco tempo.

O escritor Fernando Morais declarou, em entrevista ao blog DCM, que não vê chances dos golpistas, depois de tudo que fizeram, depois de todas as violações que cometeram, permitirem a eleição de Lula em 2018.

A democracia representativa é um sistema que já nasceu em crise, porque apresenta um grau baixo de democracia. Segundo Kelsen, ídolo liberal, que escreveu alguns ensaios clássicos sobre o tema, a principal crítica que se faz à democracia representativa é que “os direitos políticos –  isto é, a liberdade – reduzem-se a um simples direito de voto”.

Nem este simples direito, no Brasil, foi respeitado.

Mas ao se verem forçadas, por seus próprios fracassos eleitorais, a violentar a única e última liberdade política que a democracia representativa reserva a seus cidadãos, o voto, as forças do conservadorismo criaram, para si, um fantasma com o qual terão de conviver durante muito tempo.

Daí a força do termo golpe: o erro da mídia tem sido atribuir “ao PT” a narrativa de golpe, quando não estamos mais, em verdade, diante de nenhuma “narrativa”, e sim diante de uma violência política real, objetiva, contra a liberdade política de um dos maiores eleitorados do planeta.

A dor de perder a única liberdade política palpável que possuíamos, o direito de escolher nossos próprios governantes e, com eles, o programa de governo, é a dor política suprema, e, como tal, a mais poderosa de todas, a mais fértil parteira de herois e ideias na história da humanidade.

***

Recado aos assinantes: volto a fazer a Análise Diária de Conjuntura, renomeada para Arpeggio, assim nesse estilo. Hoje o texto ficará aberto, mas doravante fecharemos o conteúdo para assinantes.  Ajude o Cafezinho a continuar forte! Faça uma assinatura!

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

29 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Coralina

07 de setembro de 2016 às 19h36

Resumindo, todos os números das manifestações coxinhas são inflados, pela polícia e mídia, que faz uma cobertura jornalística intensa, favorável, entusiástica, enquanto os protestos antigolpe são sistematicamente sabotados pela grande imprensa.

Responder

maria nadiê rodrigues

07 de setembro de 2016 às 08h48

E ainda tem gente achando que petista é comunista. Um bando de medíocre, sem estudo,sem um mínimo de senso crítico. Democracia pressupõe liberdade, e o que mais os brasileiros viram durante os governos petistas foi liberdade de expressão, de manifestação e até mesmo de agredirem diretamente Dilma como presidente. em que país comunista um manifestante, se houvesse, faria o que vocês, coxinhas, teriam feito? Fascismo é o que estamos vendo, com as forças ditas de segurança agredindo violentamente uma manifestação pacífica.
Nunca é tarde para se estudar História. Até o livro O Homem que Amava os Cachorros poderia servir a esses imbecis para eles entenderem o que significa comunismo, fascismo e nazismo. Leiam, e depois apareçam pra ditarem suas imbecilidades.

Responder

    fabio

    07 de setembro de 2016 às 10h54

    Ô grande inteligente. Vc viu mesmo as manifestacoes ou so leu aqui nesse site manipulador? Nao viu que tocaram fogo,, quebraram mesas de restaurantes, quebraram vidros de lojas, carros privados, bancos, jogaram pedras e coquetel molotov na policia, etc??? Viu nao ne???vcs do pt nunca sabem de nada, somente o que lhes convem!!! Vcs sao uns manipulados e cegos

    Responder

      Coralina

      07 de setembro de 2016 às 18h57

      O Brasil já está vandalizado pelos ratos que tomaram o pais de assalto! Os prejuizos são bem maiores do que algumas paredes de vidros quebradas! A grande mídia é que tem o poder de manipular, já que é ela que tem poder de midiotizar! Os minusculos blogs e sites não tem a força da vocalização das notícias que estas grandes corporações da comunicação possuem! Se elas não dão o mesmo destaque destas manifestações ‘foratemer’, como aconteceu, como podemos confiar!?

      Responder

    fabio

    07 de setembro de 2016 às 11h28

    Saber que os politicos, seja de qual partido for, e seus advogados, nao gostarem da lava jato eu ate entendo. Mas ouvir de um cidadao que a lava jato veio pra destruir o brasil me faz pensar que sao irracionais.

    Responder

      Coralina

      07 de setembro de 2016 às 18h45

      Às vésperas da votação que pode cassar Cunha, Cláudia Cruz compra dois pares de sapatos Prada a 5 000 cada. Cadê a coercitiva desta fulana seu juiz!??
      Percebe-se agora a diferença!? Sou a favor da lava Jato, desde que as coercitivas atinjam todos os partidos! AH, se fosse Dona Marisa!

      Responder

fabio

07 de setembro de 2016 às 06h27

Dilma e pt eral lixo. Nao sabem administar um predio. Incompetentes e vivem do modelo administrativo de paises como cuba, , venezuela, equador, bolivia. Paises que nunca deram certo e nunca darao. Serao paises subdesenvolvidos, vivendo na miseria. Socialismo e comunismo nunca deram certo em lugar nenhum do mundo. É uma politica fracassada, E NAO É PORQ EU ACHO QUE SOU O DONO DA VERDADE E ESTOU DIZENDO. É FATO, É HISTORIA. A economia esta ja nelhorando porq ninguem confiava em uma presidentE e um partido que tinham modelo de governar incompativel com a realidade. Ahh, pra lembrar. ATE CUBA JA ESTA PRIVATIZANDO SEUS AEROPORTOS RS. ACORDEM, SOCIALISMO E COMUNISMO É COISA DO PASSADO. UMA ILUSAO

Responder

    Moro Canalha

    07 de setembro de 2016 às 10h34

    kkkk que economia que ta melhorando carapalida. acorda pra vida so no mes de agosto mais 90 mil desempregados, nova previa de recessão do pib, que economia ta melhorando cara. aquela que a midia golpista quer lher impor. e vc como pato aceita.

    Responder

      fabio

      07 de setembro de 2016 às 10h55

      Era bom quando a grande administradora governava ne??? Me faz rir

      Responder

C.Poivre

06 de setembro de 2016 às 23h49

Milhares de brasileiros denunciaram no portal do G20 o falso e GOLPISTA Temer, e a sua ilegitimidade:

http://noticia-final.blogspot.com.br/2016/09/milhares-de-brasileiros-invadem-pagina.html#more

Responder

hb cwb

06 de setembro de 2016 às 21h52

Eles (PIG) controlam as informações, o que divulgar e como noticiar, para os coxinhas e trouxinhas é como se ouvissem músicas.

Responder

    fabio

    07 de setembro de 2016 às 07h54

    So vcs sabem pensar kkk. Os mais inteligentes. Os que acreditam que
    Lula e sua trupe nada fizeram, nada desviaram, nao lenharam com a BR, bndes, previdencia banco brasil, correios, da propia BR…. Realmente. Nos que acreditamos em tudo que lemos e ouvimos. Burrice viu

    Responder

      Moro Canalha

      07 de setembro de 2016 às 10h36

      esquece o lula, o temer atual presidente é investigado, acusado de receber propina, junto com todos seus ministros e aliados deputados inclusive aquele que movimento 100 mi em propinas para emplacar emendas beneficiando empresas, e a mulher gastando dinheiro publico em nova york, vc não tem vergonha na cara fabio.

      Responder

        fabio

        07 de setembro de 2016 às 10h56

        E o lula?? Santo??? Na epoca da dilma os ministros nao eram investigados

        Responder

puts

06 de setembro de 2016 às 21h02

nunca li tanta merda na minha vida. impeachment não é golpe, só é uma forma de tirar toda a escrotidão do governo. ah, não gostei do site.

Responder

Jst

06 de setembro de 2016 às 16h31

Esta lava jato ainda vai destruir o Brasil. Já provocou uma queda acumulada de uns 8% do PIB, destruiu as maiores empresas do país, se prepara para destruir o fundos de pensão e enterrar de vez a economia do país.
Sempre achei que operadores do direito eram BURROS porque só sabem aquilo que decoram dos livros. Não tem a menor capacidade de elaborar cenários econômicos ou coisas mais complexas que um artigo de uma lei.
Se ninguém parar estes mentecaptos vamos todos para o abismo, incluindo a mídia golpista.

Responder

    Caramba!

    06 de setembro de 2016 às 19h24

    isso mesmo. análise de apenas dois lados sendo que há mais variáveis. Impressionante!

    Responder

    Marcelo Figueiredo

    06 de setembro de 2016 às 21h38

    Eles são burros e cafajestes.

    Responder

      fabio

      07 de setembro de 2016 às 07h55

      Burros sao o que prendem
      Nao os bandidos. Muita paciencia

      Responder

        Marcelo Figueiredo

        07 de setembro de 2016 às 10h08

        Abram as portas dos presídios e fechem as do judiciário que o Brasil melhora. Muita paciência com os globotomizados.

        Responder

          fabio

          07 de setembro de 2016 às 10h56

          Entendi. Vc esta dentro do presidio

          Marcelo Figueiredo

          07 de setembro de 2016 às 12h21

          Você também está mas ainda não percebeu. Quem sabe um dia.

          fabio

          07 de setembro de 2016 às 13h40

          Para de falar bobagem. Um cara que defende ladrao no lugar da justica. E nao venha me falar que é o Mouro o rrsponsavel. Todas as instancias superiores mantiveram praticamente todas as decisoes dele. Dai vc com essa mania de perseguido e coitadinho acha que todos os juizes, desembargadores e ministros sao corruptos, safados e estao prejudicando o pais. Nao vi vc falar de toda vagabundagem da oas, odebrecht etc, junto com os petistas que estavam no governo e nas estatais( e outros partidos tb), que roubaram BILHOESSSS. ISSO VC NAO COMENTA NADA. Desculpe, mas vcs sao ridiculos. Dao moral pro marginal e nao pra justica. Sem comentarios

          Marcelo Figueiredo

          07 de setembro de 2016 às 14h53

          Vamos lá. A Cláudia Cruz, mulher do Cunha, movimentou milhões em contas na Suìça. O juiz da globo nem sequer a chamou para depor e devolveu seu passaporte, sendo que por muito menos, quer dizer, por nada, prendeu a cunhada do Vaccari e depois teve que soltá-la.
          O Léo Pinheiro da OAS delatou ter depositado 23 milhões no exterior para Serra e pago propina também para Aécio e o juiz da globo recusou a delação. Aécio já foi delatado inúmeras vezes nessa farsajato, ele e sua irmã. O juiz da globo finge que não vê.
          O juiz da globo participou de um convescote tucano oferecido pelo Dória, como se fosse a coisa mais natural do mundo. Recebeu prêmio da rede globo, sonegadora de impostos, sustentáculo da Ditadura.
          Quando a investigação do tal triplex chegou na Mossack e que fatalmente ia parar na Parati House o juiz da globo parou por aí.
          O juiz da globo grampeou ilegalmente a Presidenta da República.
          O juiz da globo, no entender do coxinha média, deveria ser considerado um incompetente completo pois até hoje não conseguiu um fiapo de prova de corrupção contra o Lula, apenas ilações.
          O juiz da globo foi o juiz do caso Banestado, com desvio de bilhões de reais. Ele não indiciou nenhum político, condenou meia dúzia de diretores e absolveu o Presidente do Banestado, cupincha de Jaime Lerner, por falta de provas (pausas para risos).
          Enfim, o juiz da globo é uma fraude completa, mas para um coxinha globotomizado é um herói.

          fabio

          07 de setembro de 2016 às 20h48

          Meu caro. Esses politicos que vc citou tem foro previlegiado. Estao no stf, na hora que o lento stf tomar parte vc vera o aecio, serra,, tds eles. Mas vc vir me falar que somente tem ilacoes contra o lula é de uma estupidez sem tamanho. Ta bom. Vc esta preocupada com os sapatos da mulher do cunha. Mas fala ai do vacari, delubio e do outro tesoureiro do pt, tds presos. Fala ai do delcidio do pt. Fala do baruso. Do duque. Todos eles sao ilacoes tb??? Vc defende bandido. Ja vi tudo. Impossivel dialogar com marginal

          Marcelo Figueiredo

          08 de setembro de 2016 às 10h22

          Só prende tesoureiro do PT, como se os outros fossem santos. TODOS os partidos sempre receberam dinheiro dessas construtoras, o psdb foi delatado várias vezes, o pmdb, o PP tem inúmeros políticos delatados. O pior cego é aquele que não quer ver. Esse juiz só tem um objetivo, acabar com o PT. Ademais tu devia dar uma olhadinha no salário dele, totalmente fora da lei. 87 mil reais, sendo que o máximo permitido na constituiçào seria de 37 mil. Mas você deve achar normal, assim como acha normal ele ir a convescotes tucanos, receber prêmio da globo, grampear a Presidenta da República, devolver o passaporte da jornalista meliante, absolver o Presidente do Banestado, cancelar a delação da OAS porque entregou tucanos e tantas lutros absurdos cometidos por esse pseudo juiz.

    fabio

    07 de setembro de 2016 às 07h54

    A lava jato que é a culpada por td!!??? Onde vcs aprendem tanta estupidez??!

    Responder

      Moro Canalha

      07 de setembro de 2016 às 10h37

      e a claudia cruz e os depositos, assinaturas, extratos e notas fiscais de compra de roupas de grife em nova york, vai ser presa pela lava rato quando

      Responder

    fabio

    07 de setembro de 2016 às 11h29

    Entendo que os politicos e seus advogados nao gostem da lava jato, é natural. Mas ouvir de um cidadao essa estupidez. Nao da!!

    Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?