Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Transposição do Rio São Francisco é adiado para 2018, mesmo com 90% das obras finalizadas

Por Redação

27 de setembro de 2016 : 12h51

Rio São Francisco tem 89,9% das obras finalizadas, mas início da operação é adiado para 2018

Faltam 10,1% para finalizar o projeto que garante o abastecimento regular para mais de 12 milhões de pessoas. (Foto: Primeira estação de bombeamento do Eixo Norte em Cabrobó-PE)

no Clube da Engenharia

A Agência Nacional de Águas (ANA) prorrogou até 26 de março de 2018 o início da operação do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF). A mudança de prazo consta da Resolução nº 1.133/2016, publicada no Diário Oficial da União da última quarta-feira, 21 de setembro de 2016. É o terceiro adiamento do início de operação do projeto.

Até agora, o Projeto de Integração do Rio São Francisco alcançou 89,9% de execução física, considerando o avanço de obras civis, instalações eletromecânicas e ações ambientais. Do orçamento total de R$ 10,7 bilhões, 78,2%, ou R$ 8,371 bilhões, já foram gastos. Os dados são da edição de agosto do Sumário Executivo do Projeto, divulgado pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional.

Durante vistoria às obras, em junho deste ano, representantes do governo federal previram para dezembro a conclusão dos dois eixos do empreendimento – Norte e Leste. Com isso, a expectativa é de que os novos reservatórios estejam abastecidos no primeiro trimestre de 2017. Seria possível, neste caso, apoiar o abastecimento dos reservatórios de Orós e do Castanhão, com repercussão nas áreas com maior densidade populacional do Ceará.

Segundo informações da Agência Nacional de Águas, o Semiárido do Nordeste continua em situação crítica de disponibilidade hídrica. O nível dos reservatórios da região, em setembro deste ano, mostra nova queda de volume no Ceará, na Paraíba, em Pernambuco e no Rio Grande do Norte, em comparação a 2015. Mantida a economia pelos usuários, as regras definidas pela ANA devem ser suficientes para levar os estoques até abril de 2017, quando as águas da transposição do rio São Francisco já deverão abastecer as localidades beneficiadas pelo projeto.

Para o conselheiro do Clube de Engenharia Jorge Rios, a situação mais grave é a do Agreste pernambucano. “Embora o Eixo Leste da transposição do São Francisco também seja a solução estruturante para a região, o início de operação da obra ainda não será suficiente, pois para a água chegar até essas localidades é preciso construir o ramal e a adutora do Agreste”. As obras do Eixo Norte estão mais adiantadas e, segundo ele, podem ser ainda neste ano de 2016 “um bom reforço para o grande problema crônico do abastecimento de água de Fortaleza e regiões circunvizinhas”.

A integração do São Francisco abrange a construção de nove estações de bombeamento, 27 reservatórios, quatro túneis, 13 aquedutos, nove subestações de 230 kV e 270 quilômetros de linhas de transmissão em alta tensão. De acordo com o Sumário Executivo do Projeto, no Eixo Norte a taxa de execução era de 90,7% em agosto, e, no Leste, de 88,7%.

Evolução
Ainda com base no Sumário Executivo, entre outras obras concluídas, Rios destaca, no Eixo Norte: a estação de bombeamento EBI-1 (pré-operação em andamento); o reservatório Tucutú cheio, e pronta a concretagem dos canais até ele; aquedutos Saco da Serra e Mari; aquedutos Mari até Terra Nova; aquedutos Logradouro, Saco da Serra, Mari e Terra Nova; reservatório Terra Nova e estação de bombeamento EBI-2 concluídos em abril deste ano, iniciando a etapa de testes; canais com concretagem concluída entre EBI-2 e reservatório Mangueira (18 km), além do próprio reservatório finalizado; trecho entre EBI-3 e Galeria Transnordestina (16,9 km); reservatório Serra do Livramento; aqueduto Salgueiro.

No Eixo Leste, teria maior relevância a conclusão dos reservatórios Moxotó, Mandantes, Salgueiro, Muquém, Cacimba Nova e Barro Branco (este último, em fase de execução da casa de comando e aterro de transição entre a via e a ponte sobre vertedouro).

A perspectiva é assegurar o abastecimento de água a 12 milhões de habitantes, em 390 municípios, nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A proposta é gerar emprego e promover inclusão social, atendendo a grandes centros urbanos como Fortaleza, Juazeiro do Norte, Crato, Mossoró, Campina Grande, Caruaru, João Pessoa, e beneficiando também outras cidades do Semiárido e áreas do interior do Nordeste, em uma política de desconcentração do desenvolvimento nacional.

Ação ambiental
A evolução dos 38 programas e/ou planos ambientais que compõem o Projeto Básico Ambiental (PBA) da integração do São Francisco registrou avanço de 84,11% de execução física, nos eixos Norte e Leste.  Cerca de 14% do orçamento total do projeto, o equivalente a R$ 1,493 bilhão, são destinados aos programas ambientais. Já foram gastos, até agosto, R$ 909,3 milhões.

O PBA foi elaborado a partir das recomendações do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e do Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), estudados por comissão do Clube de Engenharia coordenada pelo conselheiro Jorge Rios, e tendo como relator o conselheiro Paulo Poggi. “Uma das características do projeto analisado pela nossa comissão é o respeito aos cidadãos que tiveram de ser reassentados, às populações tradicionais, à fauna e à flora da caatinga e aos bens arqueológicos”, diz Rios.

Ele também chama a atenção para “a manutenção das ações emergenciais para as pequenas comunidades isoladas e afastadas dos eixos dos canais, que são aquelas de socorro, de assistência e de serviços essenciais em municípios em situação de emergência, como a Operação Carro-Pipa, a construção de cisternas e a perfuração de poços em pontos estratégicos”.

A Operação Carro-Pipa distribui água potável para a população situada nas regiões afetadas pela seca ou estiagem, especialmente no Semiárido nordestino e norte de Minas Gerais. A ação é uma parceria do Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil, com o Exército Brasileiro.

1474926065

A integração do São Francisco abrange a construção de nove estações de bombeamento, 27 reservatórios, quatro túneis, 13 aquedutos, nove subestações de 230 kV e 270 quilômetros de linhas de transmissão em alta tensão. No Eixo Norte a taxa de execução era de 90,7% em agosto, e, no Leste, de 88,7%.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

64 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Fernando

26 de junho de 2020 às 12h14

Bolsonaro concluiu a obra que era utilizada pelo PT como mecanismo de capital político e propaganda política. Isso é eficiência.

Responder

amadeu soares

28 de junho de 2017 às 14h37

só acredito vendo,se essa obra vai funcionar

Responder

Erialdo Silva Candido

18 de maio de 2017 às 10h55

Ameniza muito grande parte dos agricultores das regioes beneficiadas pelo aguas do rio sao francsco!!!

Responder

José Leopoldino Neto

23 de março de 2017 às 14h58

Você sabe, que água que vai ser transportada do nosso Rio São Francisco,(AINDA É NOSSO) O golpista mor já quer privatizar: è uma média de1 a 3%? e vai saciar a sêde muitas vidas naquela TERRA TÃO SOFRIDA MAS BOA.

Responder

jOSÉ Carvalho do Rêgo

18 de março de 2017 às 13h38

A transposição do Rio São Francisco. Esse projeto vai ser o fim da vida do Rio São Francisco, pois se abrir a vasão dele vai esgotar mais rápido do pouco das águas que ainda resta.

SOU UM GESTOR AMBIENTAL.

Responder

    Carlos Roberto Gonçalves

    12 de março de 2018 às 16h06

    é só vocês colocarem políticos que não sejam esses velhos lobos que estão lá há 35 anos ou mais e exigirem que reconstruam a mata ciliar e façam leis rígidas de proteção sem proteção para os latifundiários de lá. É preciso limpar o Congresso Nacional das famílias que dominam a política e a economia . Todos se preocupam com o Presidente da República e se esquecem do Congresso e Senado.

    Responder

    RAIMUNDO

    23 de agosto de 2020 às 16h20

    Agora que o bolsonaro acabou a obra e inaugurou, inaugurou sem roubar diga-se de passagem, o rio ta seco? e a agua que despeja direto no mar sem uso?

    Responder

Marcio cezar

16 de março de 2017 às 12h17

Não vejo a hora dessa transposição ficar pronta para amenizar o sofrimento de tanta gente

Responder

Anônimo

09 de março de 2017 às 14h39

puta

Responder

jose fernandes da silva

16 de fevereiro de 2017 às 10h01

o poblemas da obras do rio são franscico nunca vai acabar multivo quando o calo canca agalinha canta encima esse é os problemas politico do brasil vai vem vai é isso e projeto de cafeitão e de trevesti

Responder

O Velhinho in:

30 de janeiro de 2017 às 19h47

Nasci no Ceará, fui criado em Aracaju, e já viajei por vários estados do Nordeste… Através da nossa Literatura e da convivência com a seca, vendo animais e plantações mortos, causando a miséria no sertão e no ser tão nordestino, foi crescendo em mim, que sempre que via um pequeno córrego [e córrego já é diminutivo], fazia um desvio com o pé ou pedaço de madeira…. Depois tentava diminuir a vazão da água…. O tempo foi passando, e eu já adolescente dos meus 14/15 anos, não existia computador, a imaginação tomou conta de mim. E eu me perguntava, por que diabos não diminuíam a desembocadura do Rio São Francisco, já que o mar não precisa da água dele, tão vital para a terra?…. Assim a água voltaria para a terra e canais seriam feitos para não alagar as terras… Não lembro-me se já falavam em transposição, pois já se passaram mais de 50 anos dessas minhas “viagens” pré-computador.
Mas assim que começaram a pensar em ajudar os nordestinos, um monte de babacas que não sabem o que é viver no Saara de um país tão maravilhoso e com o maior aquífero do mundo, cacarejaram as opiniões mais estapafúrdias!…
O nível do Velho Chico só baixará ou ele morrerá com a sangria se os responsáveis por este País quiserem!
Infelizmente, há muito tempo pesquiso sobre os números, extensões, medidas da desembocadura, tem um monte de blá-blá-blá sugado da Wikipédia e nada de informações! Agradeço muito se alguém souber!
Como tudo o que é obra pública no Brasil é superfaturado, cheio de cambalachos e corrupção, quando escrevi uma crônica “O Sertão vai virar mar”, citei os mais de cem escândalos financeiros do Brasil, dinheiro mais que suficiente para a minha barragem imaginária… Bastaria contratar engenheiros chineses, que constroem as mais espetaculares obras da terra por R$ 1,99
O Velhinho in:

Responder

Renê

19 de dezembro de 2016 às 15h51

Houve prorrogação? Sim houve; porém, muitos milhões foram desviados pelos espertalhões bandidos, envolvidos, quer direta ou indiretamente nesse projeto, que já deveria estar finalizado e em plena operação desde 2007. A pergunta que fica é: por que o Temer não busca esses recursos para fazer jus, a um ajuste fiscal digno de honra? por que nesse ajuste, querer atacar a previdência para prejudicar milhões de trabalhadores honestos, sem buscar os sugadores que da previdência mamam, mamam, mama, mamam e mamam? Mas não: o canhão só é apontado em direção aos verdadeiros contribuintes trabalhadores honestos, que deram um duro nesse país, pra depois ter que pagar as rombos do cofre público em detrimento de roubos por canalhas deste país e que nunca são, devidamente punidos!?!!?!?!?!?!?

Responder

Renê

19 de dezembro de 2016 às 15h47

Houve prorrogação? Sim houve; porém, muitos milhões foram desviados pelos espertalhões bandidos, envolvidos, quer direta ou indiretamente nesse projeto, que já deveria estar finalizado e em plena operação desde 2007. A pergunta que fica é: por que o Temer não busca esses recursos para fazer jus, a um ajuste fiscal digno de honra? por que nesse ajuste, querer atacar a previdência para prejudicar milhões de trabalhadores honestos, sem buscar os sugadores que da previdência mamam, mamam, mama, mamam e mamam? Mas não: o canhão só é apontado em direção aos verdadeiros contribuintes trabalhadores honestos, que deram um duro nesse país, pra depois ter que pagar as rombos do cofre público em detrimento de roubos por canalhas que nunca são, devidamente punidos!?!!?!?!?!?!?

Responder

Wagner Souza

18 de dezembro de 2016 às 11h48

Ninguém fala nada do exercito né
Ninguém vai lembrar que o exercito pegou as obras com 35% concluída e superfaturada e andou de 3 a 5 vezes mais rápido e com menos da metade fez mais, melhor e mais rápido que todas empreiteiras juntos, tendo que refazer obras pois estava uma merda e eu disse que:
Em fase de termino do mesmo sendo que assim que faltar pouco tempo para o termino vai acontecer o que sempre acontece eles vão tirar o exercito de canto e colocar empreiteiras e terminar e inaugurar as obras como ser eles tivessem terminado.

http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2012/02/exercito-anda-mais-rapido-que-empreiteiras-na-obra-da-transposicao.html

Responder

    BERNARDO FERREIRA DOMENICI

    21 de fevereiro de 2017 às 19h59

    Aparentemente o exercito fez 7% inicias as obras.

    Responder

Wagner Souza

18 de dezembro de 2016 às 11h47

Transposição do Rio São Francisco Faltava 90% das obras para concluir o EXERCITO QUE FAZ MAIS RÁPIDO, MELHOR, COM A METADE DA METADE DOS GASTOS E EU DISSE QUE IRIA ACONTECER O QUE MESMO
Não precisa ser adivinho quando eu falei que faltando pouco para o exercito concluir as obras da transposição do Rio são francisco, eles tiram o exercito de canto e colocar empreiteiras e terminar e inaugurar as obras como ser eles tivessem terminado.
Ninguém vai lembrar que o exercito pegou as obras com 35% concluída e superfaturada e andou de 3 a 5 vezes mais rápido e com menos da metade fez mais, melhor e mais rápido que todas empreiteiras juntos, tendo que refazer obras pois estava uma merda

Responder

Gold Reboques Ademar III

14 de novembro de 2016 às 15h23

Não fosse o total descaso do PT e sua corja, certamente boa parte do povo nordestino não estariam nessa atual situação. Quem esperou até agora, se realmente funcionar em 2018 é um avanço e o fim dessa novela…

Responder

Ednaldo da Silva

14 de novembro de 2016 às 07h28

Eu acredito que a experiencia vivida na pele pode fazer muitos comentaristas que acham que conhecem muito, mudar de ideia. Vao viver la

Responder

Apiano Morais

11 de novembro de 2016 às 18h05

Há… mas o problema das aguas principalmente no Ceará e Rio Grande do Norte é que são paleoaguas. Ou seja, são reservatórios que estão represeados e não são interligados a aquiferos. Logo, com o decorrer dos anos esses poços iriam secar. Outra coisa, o estudo de impacto ambiental infelizmente mostrou que a espécia dominante nos rios perenes todos é dominado por tilápias (peixe africano), de tal forma que as espécies nativas que ali vivem já estão ameaçadas.

Responder

Marco Aurélio Orlando

07 de novembro de 2016 às 11h57

E assim vamos para mais uma eleição com a mesma promessa… kkkkk
E os otários vão votar de novo…..

Responder

Roberto

07 de novembro de 2016 às 08h35

Graças aos atrasos permitidos por Lula e Dilma, quem vai entregar a obra será Temer, o novo “Salvador do Sertão”!

Responder

    Emerson Lins

    11 de novembro de 2016 às 14h52

    Se ele resistir até o ano que vem…

    Responder

      Roberto Luiz

      25 de abril de 2017 às 22h57

      já foram quase 6 meses!

      Responder

      Roberto Luiz

      25 de abril de 2017 às 22h58

      Já são quase 6 meses kkkkk

      Responder

    Jurema

    15 de janeiro de 2017 às 15h44

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk Temer ?? kkkkkkkkkkkkk conta outra piada porque essa e ultrapassada O Objetivo do Temer e acabar com nossas conquistas .. Lula começou e Lula vai terminar . porque a direita so presta pra escravizar o povo

    Responder

      Roberto Luiz

      25 de abril de 2017 às 22h52

      E não é que foi mesmo temer

      Responder

      ROSANGELA MARIA DA SILVA MARQUES

      16 de novembro de 2017 às 22h11

      Desculpa,mas quem escraviza NOSSAS conquista não é a direita e sim teus representantes que diz te representar,mas representou apenas os países vizinhos e as grandes empresas de empreiteiras​

      Responder

Manuel Luiz Lopes

29 de setembro de 2016 às 17h42

Uai sô! E o Brasil sabe disso?

Responder

    felipe serra

    09 de dezembro de 2016 às 22h25

    E essa água do rio são Francisco que vai para o oceano atlântico sem aproveitamento,essa mesma água tem que ir para quem precisa concordam.não importa quem fez ,o importante é que essa água vá para casa de cada brasileiro que precisa dela.

    Responder

Rodrigo Cabrera da Silva

29 de setembro de 2016 às 01h12

Eu sou contra golpe e contra todos retrocessos. Mas não tem como negar os erros do PT. 3 deles são inexplicáveis. O novo código florestal que é um atentado de óbito ao ecossistema, às matas ciliares e aos rios, além de praticamente anistiar antigas multas por descumprimento da lei de produtores rurais. As outras questões são as obras superfaturadas, como hidrelétrica de Belo Monte e transposição do Rio São Francisco, além de ser pretexto para desvio, causam impacto ambiental imensurável. Em Belo Monte o resultado será alagamento em área fitofisionômica do bioma daquela região, com drástica diminuição da heterogeneidade ambiental, morte de espécies e desalojamento de indígenas e povos tradicionais. E no Rio São Francisco será o impacto gerado para espécies do rio e a diminuição da drenagem do rio até chegar ao ponto de secar um dia. Ambientalistas, ativistas e intelectuais alertaram sobre os enormes prejuízos e o governo cagou em cima. Inadmissível esses erros e vou acusar o PT eternamente por compactuar com isso. Hidrelétricas como as que constroem hoje em dia são de tecnologia militar, ultrapassadas e devastadoras. Existem muitos projetos mais baratos, mais eficientes e sem impacto ambiental significante. Já em relação ao rio São Francisco, podiam ter zelado por esse rio e o mantido intacto, extraindo as águas do subsolo nordestino, que é riquíssimo. Profissionais competentes apresentaram projeto desse tipo e foram menosprezados. Com isso eu digo não ao golpe, mas também não compactuo com as cagadas petista.

Responder

    Val Vieira

    15 de outubro de 2016 às 06h47

    Penso como você. Se há equipamentos para perfurar e encontrar petróleo como não encontrar água? Moro em Aracaju – Sergipe há 22 anos. Nada mudou para amenizar o sofrimento das pessoas que vivem na seca. Passou recentemente uma reportagem local mostrando o Exército fazendo poços. O que sei é que entregaram cisternas. Mas a água nunca chegou.

    Responder

    Diogo

    07 de dezembro de 2016 às 12h00

    https://www.youtube.com/watch?v=w1iTKfLAwGc

    Responder

JOHN J.

28 de setembro de 2016 às 23h49

FAZ PARTE DO GOLPE, SUCATEAR TUDO QUE LULA E DILMA FIZERAM PARA O BEM DO POVO BRASILEIRO.
FORA TEMER
FORA GOLPISTA
LUGAR DE GOLPISTA É NA CADEIA.

Responder

    Jurema

    15 de janeiro de 2017 às 15h45

    Concordo contigo fora temer fora golpista

    Responder

EUS

28 de setembro de 2016 às 19h35

O PROJETO DE 2007 COM PREVISÃO PARA INAUGURAR EM 2012… TÁ NO PRAZO, SERÁ QUE VAI?!

Responder

Thales Fagundes

27 de setembro de 2016 às 21h57

Só queria um dia entender por que não fizeram inaugurações do sistema parciais!
Para que esperar terminar milhares de km de obra?
Já Era para o pt ter calado a boca de muita gente levando água a uma comunidade ou várias como projeto piloto.
Usariam isso em propagandas, mostrariam resultados a todos, ao mundo.
Daria confiança e eu duvido que alguém cancelaria isso depois.
Mas um dos males do pt é a falha na comunicação.

O que acham?

Responder

    Pedro Magalhaes

    28 de setembro de 2016 às 11h07

    Olha Thales! Uma obra se inaugura quando está pronta… Do mesmo modo que vc acha (e eu tb) que a inauguração parcial melhoraria a vida de milhões de nordestinos…100 vezes mais pessoas, imediatamente, viriam a público contestar que se está fazendo inauguração com fins eleitoreiros,…O q vc acha?
    Outra coisa, tb de se notar… eu nem sabia que estava tão avançada assim a obra dos 02 eixos de transposição! Vc viu alguma mídia mostrar? Claro que não! A mídia golpista ia querer botar azeitona na empada do PT? Mas é nunca!
    Agora neste aspecto da propaganda e comunicação com a população, vc está absolutamente certo! Este setor nos governos do PT é um fracasso! São neófitos neste assunto, que é fundamental para um governo se auto proclamar, a propaganda e comunicação… mas muito… muito tempo antes de Joseph Goebbels (ministro da Propaganda nazista) já se sabia que a propaganda “…é a alma do negócio!”

    Responder

      Claudio Orem

      02 de novembro de 2016 às 19h10

      Neófilos?? Você tem noção da asneira que fala?? Gastaram tubos de dinheiro desviando recursos através de agencias de propaganda, produtoras, blogs vagabundos iguais a este aqui. Sabia que o PH Amorim ganhava 600 nil mês do desgoverno petista??? Sabe qual era a audiencia do canalha?? Não?? Procure e veja se vaçia o investimentoChamam a Globo de golpista e encheram os cofres daqueles crápulas. Só se via roubo amigo. Se abrir uma lavajato para a área de comunicação verão que estamos sendo assaltados sistematicamente desde o governo sarney, Esquerda, centro, direita são todos ladrões.

      Responder

    José Roberto Oliveira

    13 de novembro de 2016 às 20h46

    E vc acha que tem alguma coisa, de fato, acabada e pronta pra ser inaugurada?

    Responder

    David

    25 de dezembro de 2016 às 14h59

    O viés cognitivo e o pensamento desejoso são um grande problema dos que defendem o PT. O PT ainda possui o domínio acadêmico de setores ligados à comunicação social, são mestres nisso, então não é falta de comunicação. Vocês já abriram a cabeça para uma outra possibilidade? De que Lula não estava preocupado com a seca? Que ele é igual aos outros? Que o intuito do PT era apenas inventar obras para desvio de dinheiro público? A Odebrecht e a Braskem estão aí com uma enxurrada de evidências demonstrando isso. As obras da Copa, os desvios no Rio de Janeiro, as isenções e Medidas Provisórias que beneficiaram empreiteiras e empresários amigos. Mas não, ao invés de se basear no que as evidências objetivas estão mostrando, os defensores (explícitos ou implícitos) preferem fazer de conta que o PT não tem o domínio da comunicação social acadêmica pervasiva no Brasil, que eles não têm os melhores marketeiros. Ficam tentando inventar desculpas para se enganar ao invés de ter que enfrentar o mais doloroso emocionalmente: que o tão admirado Lula deixou de ser o príncipe para se revelar o sapo que sempre foi.

    O PT usou a mesma metodologia dos coronéis: alongar as obras ao máximo para desviar o máximo. Refinaria, Transposição, Ferrovia Transnordestina. Todos exemplos de obras adiadas e que se mostraram mal planejadas, feitas apenas porque tinha que fazer ($$$$). Se o propósito fosse melhorar a seca, pode ter certeza que já teriam terminado, pois o que não faltou foi dinheiro.

    Responder

José De Almeida Bispo

27 de setembro de 2016 às 20h35

Já era! Vão deixar sucatear tudo; enferrujar tudo, rachar tudo e se tornará um elefante branco.
À República Fascio-Paulista só interessa, além dos contratos de entrega aos gringos, o que se situa entre os paralelos 20 e 30. Só. O resto? Voltará a ser lugar de caça de mão de obra como o foi desde o século XVII até que os resultados do nacional-desenvolvimentismo tardiamente lá chegassem.
Este aqui é o Brasil que interessa aos fascio-paulistas: https://uploads.disquscdn.com/images/0c0ecdd9e4eee5da4d928a91878a8875f50fa4c1e4680fb10127fc50007774bc.jpg

Responder

    Roberto

    07 de novembro de 2016 às 08h40

    Se Dilma não tivesse deixado atrasar, ela teria inaugurado a obra com Lula em 2012

    Responder

    David

    25 de dezembro de 2016 às 14h38

    Mas seu ídolo não prometeu terminar a Transposição até 2010? Ou foi 2012? Nem lembro mais. Quer culpar os outros agora pelas suas besteiras é? O próprio governo Dilma já tinha adiado pra depois de 2014. Mas bilhões de isenções e Medidas Provisórias para Odebrecht, isso não faltou né? Bilhões para estádios de futebol serem usados por 1 mês também não. Os milhões em jóias do grande amigo do Lula, Sérgio Cabral (viviam juntinhos aparecendo para as câmeras), isso também não faltou. As empreitadas do Eike com dinheiro a perder de vista também não. Conta outra vai. A ferrovia nordestina também foi a mesma coisa: o PT fez tudo nas coxas, sem planejamento nem preocupação alguma com o funcionamento, o que deixa claro que o propósito só serviu para uma coisa: desviar muito dinheiro. Mas o Porto de Cuba não, esse ficou pronto e funcionando bem rapidinho.

    Responder

Atreio

27 de setembro de 2016 às 14h40

maior obra da história brasileira. feita no momento em q pagamos nossa dívidas c FMI e saímos do mapa da fome da ONU.

golpistas falam q a ditadura fez mais…é, construiram uma ponte. e deixaram o pais devendo por mais de 50 nos.

ah! teve uma estrada no norte tb. especulação imobiliária q não ligou nada à nada.

Responder

    Pedro Magalhaes

    28 de setembro de 2016 às 11h10

    … Na verdade ligou nada … a porra nenhuma…!

    Responder

    EUS

    28 de setembro de 2016 às 19h34

    O PAÍS DEVE DESDE A SUA INDEPENDÊNCIA. QUANDO PAGARAM A DIVIDA EXTERNA TRIPLICARAM A DIVIDA INTERNA, TIVERAM QUE PEDIR EMPRESTADO DE NOVO O DOBRO, FALOU BESTEIRA, POR QUE A SITUAÇÃO SÓ MELHOROU UM POUCO POR CAUSA DA CRISE DAS FINANCEIRAS AMERICANAS, E MESMO ASSIM FOI O MENOR CRESCIMENTO DA AMERICA LATINA… PARE DE REPETIR ASNEIRAS SEM CONHECIMENTO PRÉVIO!!!

    Responder

    Claudio Orem

    02 de novembro de 2016 às 19h02

    Esquerdinha cego. Essa gente é feia e não morre nunca. Vão insistir nessa porra de ideologia de esquerda até o mundo acabar. Raça que não vê que essa bosta de socialismo não deu certo em lugar nenhum a não ser para os camaradas se locupletarem nas tetas do estado

    Responder

    Marco Aurélio Orlando

    07 de novembro de 2016 às 11h54

    Pelego massa de manobra… Só enxerga a ponta do iceberg… Esse tipo de otário com título de eleitor nas mãos é que levou nosso país à pior crise da história…

    Responder

Antonio Passos

27 de setembro de 2016 às 13h51

Foi a primeira coisa que pensei depois do golpe: será que teriam coragem de assassinar este projeto ? Agora já tenho certeza que sim.

Responder

    Pedro Ivo

    11 de novembro de 2016 às 22h44

    É a terceira vez que sofre um adiamento cara, pela logica foi uma pra cada presidente do brasil

    Responder

    David

    25 de dezembro de 2016 às 14h44

    Ninguém assassinou nada. Como o próprio Lula falou, a obra estará pronta para acabar com a sede do nordestino ainda em 2007, ou 2010. Não não, 2012. Não, não, espera aí… é só esperar um pouquinho. Em 2014 ela já apresentava falhas estruturais que precisariam de reconstrução, por causa do descaso e falta de planejamento, então não adianta você querer inventar uma realidade alternativa no melhor estilo petista de mentir.

    Responder

Torres

27 de setembro de 2016 às 12h55

a morte do São Francisco.
infelizmente, tratado com irresponsabilidade.

Responder

    Antonio Carlos Lima Conceicao

    27 de setembro de 2016 às 14h08

    O problema do São Francisco é assoreamento. Transposição não vai piorar nada.
    Pelo menos no projeto há previsão de restabelecimento de mata ciliar.
    Ou seja, nunca fizeram nada pelo SF e agora falam que vão matar o rio que estaria morrendo há décadas.

    Responder

      Torres

      27 de setembro de 2016 às 14h16

      o problema do São Francisco é ser tratado, por todos, com irresponsabilidade.
      a transposição é apenas mais um ato rumo à morte desse importante rio.
      infelizmente…
      está morrendo há décadas, ninguém fez nada para melhorar.
      daí, como já está morrendo, deram mais um tiro nele.
      parabéns aos governantes.

      Responder

        Sérgio Silveira

        27 de setembro de 2016 às 18h35

        É impressionante como seus comentários são ridículos!
        Voce sempre querendo dar uma de “acima de todos”, o certo, o iluminado que vem clarear nossas mentes, que é o único por estas bandas que tem um pensamento superior… Patético
        Voce tem noção que os governos de Lula e Dilma fizeram todo o mapeamento do Rio Sào Francisco, junto aos estados, por onde ele passa? E sabe para que, ser patético? Para REVITALIZAR o São Francisco, da nascente até a sua foz (voce sabe o que é isso?)
        E sabe de quem será a responsabilidade? Dos Estados!! Cobre deles, ser patético.
        Então pare de (continuar a) falar M****!

        Responder

          Torres

          27 de setembro de 2016 às 18h43

          Sérgio, o que tento ser é isento, e não lambedor de saco de um lado ou de outro, como a maioria aqui.
          se vc não gosta, me ignore.
          o governo de Lula e o de Dilma fizeram o mapeamento?
          que coisa enorme.
          parabéns aos governos. mudou tudo agora.
          mapeamento.
          realmente, o governo federal fez muito bem!!!
          mapeamento e depois a transposição.
          não sei se é incoerência ou hipocrisia.

          Pedro Magalhaes

          28 de setembro de 2016 às 11h41

          Não sei, realmente, de quem é a incoerência ou a hipocrisia, aqui nesta discussão! A política da seca no nordeste foi (e ainda é) utilizada por coronéis “políticos” do nordeste com o beneplácito agora deste (des)governo central…mas a troco do apoio político destes coronéis… Não mudou nada!
          Na verdade até mudou, uma vez que a utilização dos caminhões pipa, está a cargo do exército brasileiro! Mas após Lula e Dilma!
          Agora, achar que a transposição do RSF é que vai matá-lo… é um pouco demais! A quem interessa divulgar estas inverdades? A quem interessa que 12 milhões (ou mais) de pessoas fiquem a mercê da “política da seca” e de seus coronéis? A quem interessa o atraso no nordeste? Porque razão os governos progressistas têm muito…mas muito mais votos no nordeste?

          Então vamos para pra pensar! Vamos ser ingênuos ou hipócritas?

          Torres

          28 de setembro de 2016 às 12h12

          os governos progressistas tem bastante votos por causa da política populista.
          a transposição vai matar o rio mais rápido, e aí acabou a água para muitas regiões, inclusive as que serão beneficiadas pela transposição.
          o São Francisco já está bem fraco, não aguenta mais essa exploração.
          quando acabar, acabou.
          vai ter muita gente chorando…

          Torres

          27 de setembro de 2016 às 18h44

          e para vc, Sérgio:
          “É hora do BASTA!!
          Morte ao moro!!”

          parabéns!!!
          vc merece!!!

        Pedro Magalhaes

        28 de setembro de 2016 às 11h20

        Repito a vc: o Rio São Francisco não está morrendo! Um rio não morre assim não! Basta cuidar das nascentes… e das respectivas nascentes dos seus afluentes! E de suas matas ciliares (RSF e seus afluentes)

        Responder

          Torres

          28 de setembro de 2016 às 12h13

          bem, aí vc vai ter que provar para os especialistas que dizem que o São Francisco está para morrer.
          basta cuidar, não é mesmo.
          e ninguém cuida.
          todo mundo apenas explora ao máximo.

    Pedro Magalhaes

    28 de setembro de 2016 às 11h12

    Um rio não morre assim não! Basta cuidar das nascentes… e das respectivas nascentes dos seus afluentes!

    Responder

    Pedro Magalhaes

    28 de setembro de 2016 às 11h17

    Não fie na novela da Globo, não, meu amigo! O sujeito tem que optar! Ar condicionado, geladeira , freezer, lava roupas , micro ondas, tv, computador , internet, tv a cabo etc… etc… etc… Ou se faz uso de Xingó meu amigo, ou a se abre mão do conforto… Os dois regalos não cabem na mesma terrina…!

    Responder

      Torres

      28 de setembro de 2016 às 12h14

      que novela da Globo, Pedro…
      eu lá assisto Globo? seu comentário não faz o menor sentido.

      Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Bolsonaro O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade