Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

O lado revolucionário de Jesus

Por Pedro Breier

16 de abril de 2017 : 18h11

(Defensor dos pobres e excluídos, Jesus certamente seria taxado de comunista se resolvesse voltar)

Por Pedro Breier, colunista do Cafezinho

“Amai ao próximo como a si mesmo”.

Você pode ser ateu, umbandista, agnóstico, católico ou professar qualquer outra religião. Mas se você sonha com um mundo diferente, mais justo, onde todas as pessoas tenham o direito de viver com dignidade, você também é um adepto do grande ensinamento de Jesus.

Afinal, é o amor pelo próximo que nos motiva a lutar contra a tirania, a injustiça e a desigualdade.

Para muitos historiadores, entretanto, o personagem histórico Jesus Cristo não foi somente um cara paz e amor que pregava o oferecimento da outra face como resposta à agressão, mas sim um militante revolucionário.

É o que defende o escritor norte-americano de origem iraniana Reza Aslan. Aslan fez mestrado em teologia na Universidade de Harvard e doutorado em história das religiões na Universidade da Califórnia.

Em seu livro “Zelota: a Vida e a Época de Jesus de Nazaré”, de 2013, o autor defende que o principal objetivo de Jesus era político e revolucionário: libertar a Palestina da dominação de Roma.

Alguns trechos desta entrevista de Aslan:

(Jesus) formou um movimento forte pelos pobres, doentes e marginalizados. Um movimento tão ameaçador aos religiosos e políticos do período que fez com que ele fosse procurado, preso, torturado e executado por crimes de sedição (organização de rebeliões, incitamento das massas), o único crime pelo qual alguém poderia ser crucificado sob a lei romana.
(…)
o fato é que o Jesus da história não era um simples pacifista que pregava a palavra de Deus, mas um líder revolucionário que desafiou o estado, não apenas ‘pregou’ para ele – e é por isso que o estado quis a sua morte.

O próprio Jesus não deixa muita margem para dúvida a respeito do caráter revolucionário de sua pregação, segundo o Evangelho de Mateus: “Não penseis que vim trazer paz à terra. Não vim trazer paz, mas a espada.”

Nos tempos sombrios em que nos encontramos, de golpes, injustiças, aumento da intolerância e explosão da desigualdade, é importante termos dentro de nós os dois lados, por assim dizer, de Jesus: amar ao próximo como a nós mesmos mas ter a consciência de que o amor não basta: não há libertação possível sem luta.

Pedro Breier

Pedro Breier nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo. É formado em direito e escreve n'O Cafezinho desde 2016, sendo atualmente um dos editores do blog.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

95 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Esquerda sem Censura

05 de abril de 2021 às 01h47

Ele não veio trazer paz à terra, mas veio trazer ao coração do pecador redimido a paz com Deus (cf. Mateus 11:29). Por isso Ele diz: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não a dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” (João 14:27). O apóstolo Paulo escreve que tendo sido justificados pela fé, temos paz com Deus por nosso Senhor Jesus Cristo (Romanos 5:1), a espada é meramente simbólica seu significado real é a separação do pecado do homem.
Twitter @esquerda_ativa

Responder

Raul

09 de fevereiro de 2021 às 02h59

Reza Aslan está errado, o Jesus Histórico não foi um zelota revolucionário, o Jesus Histórico foi um hassid do segundo templo. O livro que condensa de forma resumida mais de um século de estudos sobre o Jesus Histórico é o Jesus de David Flusser. Reza Aslan não tem conhecimento técnico necessário para se aprofundar no estudo do Jesus Histórico, tudo o que ele escreveu sobre o tema foi projeção e as pessoas só dão ouvido a ele sobre esse tema por conta de viés de confirmação.

Responder

    Tião

    21 de maio de 2021 às 20h04

    Há quem diga que seus pais eram Essênios. que a morte dele foi uma farsa e que ele tornou-se sacerdote Essênio

    Responder

Igor

02 de novembro de 2019 às 00h55

Pelo que eu sei sobre o comunismo : é que eles querem destronar Deus e destruir o cristianismo , pois segundo o fundador dessa seita satânica que é o comunismo, karl marks disse : “a religião é o opío do povo” .então o que se pode espera de pessoas de esquerda , que mentem e deturpam todas as verdades , e agora querem profanar a Cristo, vocês deveriam tomar vergonha na cara por publicar tamanha idiotice , perante aos cristões, e a Jesus Cristo , parem de falar merda , e assumam o que vocês querem fazer , uma ditadura do proletariado , na qual Deus e Jesus foram extirpados , e só o Estado é deus, porém eu falo aqui esta passagem bíblica para você comunista de araques ; Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
Mateus 16:18,19.

Responder

    Eliel,socialista cristao.

    07 de agosto de 2020 às 14h14

    na propia biblia jesus foi contra a religiao,os religiosos mataram jesus e a religiosidade deixou as pessoas alienadas e conservando costumes q o propio filho de deus rejeitava,como por exemplo o individualismo ,apedrejamento e machismo.sendo assim as opinioes de marx e jesus sobre a religiosidade coincidem,mesmo em alguns paises socialistas,figuras autoritarias tenham perseguido cristaos,realmente,o primeiro revolucionario foi satanas,mas se fizermos uma analise ,satanas pregava um sistema anarcocapitalista.no livro de atos vemos q os dicipulos de jesus viveram em um socialismo propio,algumas pessoas dizem q aquele sistema n era socialista pois havia propiedade privada,mas aquelas propiedades n eram privadas,mas sim pertenciam aos lideres dos dicipulos,q seriam o estado,e as propiedades pessoais n seriam propiedades privadas,sendo assim ,sua casa ainda sera sua,mas todos terao uma casa para si.

    Responder

    UBERG DERIO

    02 de setembro de 2020 às 15h01

    Pensei até em tecer alguns comentários ao “texto” do Igor, mas infelizmente seria em vão. O cara simplesmente não sabe do que fala. Isso é no que dá a falta de leitura, deixar que leiam e interpretem por ele. Usa o termo “proletariado” como se fosse sinônimo de “satanás”. Talvez ele não saiba que faz parte do proletariado, a não ser que não precise cumprir horário de trabalho, levantar cedo para trabalhar ou dar satisfação ao seu empregador, ou seja, é patrão… aí, faz todo o sentido do mundo o comentário dele.

    Responder

    Fernando Boufleuer

    30 de setembro de 2020 às 11h25

    Comunista é burro

    Responder

    carlosband

    30 de julho de 2021 às 09h09

    Raul (toca raul… kkk).
    Vc tem mestrado em teologia ou ideologia? NÃO? então acho que é muita PREPOTÊNCIA dizer que um MESTRE nessas áreas não tem CONHECIMENTO TÉCNICO.
    Acontece que VOCÊS NÃO QUEREM ACEITAR AS COISAS COMO ELAS SÃO.
    Esquerda e Direita como conceitos ideológicos surgiram NA REVOLUÇÃO FRANCESA, porém as ideias do SOCIALISMO, defesa dos mais necessitados, distribuição de renda e etc, SURGIRAM COM PLATÃO, cerca de 300 anos antes de cristo. E elas tem mais a ver com o EIXO ECONÔMICO, mas vocês insistem em polarizar ESQ e DIR com o EIXO DAS LIBERDADES SOCIAIS.
    Duvide-o-dó com 2 ós, que JESUS SE SENTASSE À DIREITA, OU ATÉ MESMO AO CENTRO DURANTE AS REUNIÕES DO PARLAMENTO NA REVOLUÇÃO FRANCESA.
    Não é porque seu FANATISMO IDEOLÓGICO é maior que o RELIGIOSO que você vai negar essas verdades, é só fazer uma revisão nos seus conceitos e nos seus valores éticos e morais.

    Por último e só para perturbar, O PLURAL DE CRISTÃO É “CRISTÃOS” E NÃO “CRISTÕES”….

    Responder

Pavão

10 de julho de 2019 às 00h17

Jesus amava as pessoas, não o Estado

Responder

joão bublu

17 de novembro de 2018 às 20h05

catolicos metidos a inteligentes so leva no fucinho bem assim:
https://www.youtube.com/watch?v=YJaIzcQoaTk https://www.youtube.com/watch?v=_eZfO7SitQ8&t=1130s
para se ser um bom catolico igual a este que fez o video são 3 requisitos basicos obrigatorios 1-ser hipocrita, 2-mentiroso, 3-burro, tendo estes requisitos tenha orgulho de ser catolico e vc entedera melhor vendo aqui https://www.youtube.com/watch?v=DHrJN2-omF0 e pra melhor entendimento aqui é bem explicativo https://falavaticanosite.wordpress.com/ https://sercatolicoe.wordpress.com
https://quemeaigrejacatolicaapostolica.blogspot.com

Responder

Dan

25 de julho de 2018 às 11h48

Jesus é uma criação romana para pacificação de mentes e corações rebeldes.

Responder

    Kleber

    23 de junho de 2019 às 16h04

    não faz sentido algum romanos inventarem um messias vindo de um povo dominado (os romanos eram dominadores… dominadores são soberbos e arrogantes). o messias romano seria romano.Questionar a divindade de Cristo é uma coisa, negar sua existência histórica é burrice.

    Responder

Manoela

12 de junho de 2018 às 21h20

…falam de Jesus como se fosse um homem. Ele é Deus!!…

Responder

Oliveiracs

01 de abril de 2018 às 15h14

O único erro foi afirmar que o Estado quis sua morte. Pilatos lavou as mãos, quem pediu sua morte foram os judeus.

Responder

Fábio

31 de março de 2018 às 21h16

Pai…..perdoai a todos…….eles não sabem do que falam do que ouvem do que veem e do
que fazem………….AMÉM. ….

Responder

Rogerio Vaz

19 de abril de 2017 às 02h08

Responder

luciana farias

18 de abril de 2017 às 07h42

Com direito a aposentadoria tbm .

Responder

luciana farias

18 de abril de 2017 às 07h37

Jesus em suas pregações sempre falava ; eu vim para q todos tenham vida , q todos tenham vida plenamente . Uma vida digna com direito a saude , educação , alimentação , habitação , emprego , lazer , enfim , uma vida plena . Coisa q os golpistas estão tirando do povo .

Responder

Anônimo

17 de abril de 2017 às 23h15

Deus seja louvado!!!

Responder

Felipe Ângelo

17 de abril de 2017 às 21h31

O filho do Deus Vivo, o Deus que se encarnou no humano, Jesus Cristo, veio para salvar o homem integralmente. Portanto, combater as injustiças e os sinais de morte corroboram o caráter revolucionário do Mestre de Nazaré. E isto, para nós cristãos, é sempre atual; é missão de todos nós…

Responder

Patrícia Tavares

17 de abril de 2017 às 21h22

Interessante!

Responder

Ana Ribeiro

17 de abril de 2017 às 19h15

Se os “evangélicos” fossem realmente instruídos como de fato deveria, jamais seriam estas marionetes de pastores de direita, pois Jesus Cristo foi o primeiro socialista revolucionário da nossa história.
Está na hora de correntes históricas de esquerda, adentrar estes espaços permeados por conservadores e preconceituosos de direita, e mostrar a verdadeira face e luta de Jesus.

Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h05

    Mostre os textos afirmando sua ideia… vou lhe mostrar que você não entende de nada da Bíblia. Pra começar… você já leu a Bíblia toda?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h06

    Quando Jesus disse tudo o que tens aos pobres, Ele falou sobre uma conduta voluntária ou uma invasão de terra?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h07

    Quando Jesus disse que não tem pecado atire a primeira pedra, Ele estava falando sobre perdão ou apoiando o pecado?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h07

    Quando Jesus aceitou ser crucificado, Ele fez algum complô para sair da condenação?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h08

    Jesus quando ressuscitou falou sobre sabedoria humana ou divina?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h09

    Várias pessoas seguiram a Jesus? Quantas?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h09

    Jesus tirou alguém da pobreza?

    Responder

    Ana Ribeiro

    17 de abril de 2017 às 21h26

    Quanta asneira…E quem lhe disse que ler a Bíblia é indicativo de saber e entender o que ali está escrito? Você é um exemplo claro que não! Jesus foi um revolucionário, socialista como nenhum outro. É só questão de interpretação, se realmente souber interpretar, verás que vocês alienados e manipulados seguidores de pastores, estão equivocados.

    Responder

    Ana Ribeiro

    17 de abril de 2017 às 21h30

    A principal questão da sua equivocada e distorcida fala, é que você não sabe o que é socialismo. A sua ideia de socialismo foi construída pela mídia direitista e manipuladora. Se estudar acerca do socialismo, verá que aquilo que Jesus pregou e fez, é exatamente igual ao que nós socialistas defendemos. Só não fazemos milagres, claro. Rsrs

    Responder

    Oton Luiz

    18 de abril de 2017 às 02h53

    Deveria estudar mais antes de falar o q não sabe. pôr aceitar Jesus não signfica que as pessoas são manipuladas põr pastores, a biblia fala que Jesus é o propio Deus que se materealizou e abitou entre no?, êle veio para curar os doentes e espulsar demonios e Pregar o amor para os que crê.

    Responder

    Ana Ribeiro

    18 de abril de 2017 às 10h03

    Oton Luiz, e você deveria voltar para escola para não assassinar a nossa língua pátria. O pior é se achar no direito de mandar alguém estudar, sendo visivelmente um analfabeto funcional. E outra, aceitar Jesus? Kkkkkk Só vocês marionetes de pastores aceitaram Jesus, né? Nós católicos não? Vocês são uns coitados manipulados e ignorantes.

    Responder

Aurélio Moreira de Sousa

17 de abril de 2017 às 16h01

O Jesus que me seduz é o que chama “bem-aventurados os que lutam por justiça…” que veio para “que todos tenham vida e a tenham em abundância…”. Daí a necessidade constante de lutarmos com todas as nossas forças para que todas as riquezas em cada nação sejam compartilhadas para que não continue a lógica capitalista exposta em documento do Concílio Vaticano II em 1.962 “ricos cada vez mais ricos, às custas de pobres cada vez mais pobres”

Responder

Comunismo? Aonde?

17 de abril de 2017 às 14h22

Sim, no sentido de lutar sem violência. Jesus nunca pegaria em armas, assim como Gandhi nunca pegou mas conseguiu ajudar a libertar a Índia dos ingleses.
O verdadeiro comunismo nunca pegaria em armas, nunca utilizaria da violência e autoritarismo.
Dizer que existiu comunismo ou existe em algum lugar desse mundo é uma grande mentira. Nunca existiu, porque sempre existiu o autoritarismo, a repressão, a ditadura. Dizer que Lênin, Stalin e outros governos pelo mundo foram comunistas ou são comunistas é a mesma coisa que dizer que a Terra é quadrada. Uma grande farsa.
Comunismo será a sociedade do futuro, verdadeiramente democrática, com lideranças que ouvem as necessidades da população e discutem com ela. Nunca tivemos uma verdadeira democracia, portanto nunca vivemos o comunismo.
Enquanto existir uma elite que cria e pratica a corrupção, sempre embolsando bilhões da população honesta e sem ter nenhum interesse no progresso da nação, não haverá democracia e não haverá comunismo. Aliás, vamos dizer apenas democracia, afinal, fizeram do comunismo algo semelhante ao fascismo, que na verdade são sistemas totalmente diferentes: um prega a paz e o outro a violência.

Responder

    Comunismo? Aonde?

    17 de abril de 2017 às 14h53

    Então com certeza, Jesus, Gandhi, Sócrates, Buda, Confúcio, Einstein e tantos e tantos outros grandes humanos foram comunistas, porque defenderam a paz, a democracia, a não-violência.
    Se você concorda com os ensinamentos e atitudes de algum destes mas você apoia um sistema que cria o oposto, então existe um conflito de ideias.

    Responder

Antonio Pupo

17 de abril de 2017 às 17h17

Falar o quê…! Imaginem só ,até o lula se comparou a Jesus.

Responder

Anônimo

17 de abril de 2017 às 13h29

Assim como o autor tem sua interpretação da Personalidade Jesus, que é excelente em diversos pontos e rica de fatos e argumentos esclarecedores; outros escritores enfatizam o seu objetivo Espiritual. Ter a visão das idéias de Jesus pelas palavras registradas por homens, considerar o contexto sociopolítico e espiritual e entender a sua ação humanitária nos a ver diferente do autor. Temos alguns exemplos que permitem ver por outro ângulo os objetivos de Jesus. Citemos : Gandhi, Madre Teresa em Calcutá entre tantos que decidiriam ser úteis ao próximo e ao mundo trabalhando para solucionar as divergências humanas com elementos opostos aos que até aquelas datas eram e ainda são utilizados. Eles, Jesus, Tereza Gandhi pensaram exclusivamente no próximo, na caridade , na paz , na igualdade, no direito, na justiça, na educação , no respeito, no amor na erradicação de preconceitos e na evolução da sociedade com suas criaturas. Entendiam que o Amor é a mais legítima e correta ferramenta para a construção da Felicidade na Terra. Fosse pelo espirito belicoso e revolucionário que o autor nos fala, seria pois Barrabás o personagem condenado; visto que seu histórico de elemento problemático e desordeiro eram bem conhecidos e afamados. O Império Romano que já foi inglês e é agora EUAN , que guardam o mesmo símbolo, a Águia rapinante, se eximiu da morte de Jesus, simplesmente porque os maiores interessados eram Fariseus, Saduceus e Zelotas que com os seus problemas internos e fanatismo exigiram o sacrifício e sob ameaça de rebelião. O povo como sempre, infiltrado, ignorante e manobrado deixou-se levar pela farsa, mas muito mais pelo medo. Jesus marcou Eras, as de Antes e as de Depois d’Ele, sua Revolução está em andamento, que é alcançar a Paz Universal, o Amor em todos os Corações e a Fraternidade entre os Povos. Falta apenas aos homens Quererem colaborar com a sua Transformação e BoaVontade.

Responder

Deblu

17 de abril de 2017 às 13h18

A estória de Jesus foi escrita por um sujeito de esquerda.

Responder

Humberto Rolo Paulino

17 de abril de 2017 às 16h12

Franklin

Responder

Claudio

17 de abril de 2017 às 12h23

Perfeito!
Para compreender o caráter revolucionário de Jesus Cristo é necessário compreender como age aquele que o enviou.
Vamos volar para o cativeiro do povo Hebreu no Egito, pois de lá surgiu a páscoa cujo significado é passar por cima ou por algo.
A páscoa representa a libertação do povo Judeus do grande império egípcio que tinha o maior e melhor exército da época.
Deus enviou através de Moisés 10 praga que vão se repetir na nova vinda de Jesus Cristo.
Então Deus derrotou o exército egípcio e libertou o povo.
Os Hebreus na época de Jesus esperança alguém que fizesse o mesmo.
Mas vamos entender a mente de Deus, pois Deus pensa muito diferente do pensamento dominante.
Primeiramente sempre agiu de forma diferente e por isso Jesus Cristo como afirma no capítulo 52 e 53 de Isaías afirma que ele era muito feio aparentemente, era proletário. Proletário observando o conceito da antiga Romas como da atualidade.
Ele era feio, pobre e semianalfabeto que representa um antagonista ao estereótipo do mundo que vivemos.
E não só era oposto ao mundo material como era opositor das religiões da época o que coloca ainda em sua situação de oposição aos religiosos e governantes da época.
Nesse ponto observamos que Jesus era muito diferente daquele homem de olhos azuis e daqueles que frequentam igrejas e dizem que Cristo era comunista, pois Jesus jamais daria um centavo para os Fariseus, Saduceus e doutores da lei.
Voltando a questão da Páscoa da época de Moisés: então Deus mantou matar um cordeiro e colocar seu sangue nas portas que seus primogênitos não morressem.
Pois bem, hoje Jesus representa esse cordeiro morto e seu sangue seu exemplo de vida e suas palavras sua carne.
E vemos que Jesus disse em que seus discípulos seriam reconhecidos por amar seu próximo como a si mesmo e não por comer ovo de chocolate no mês de abril e março. Ou ainda por esquentar um banco de uma igreja e ficar orando em pé nas igrejas e ruas como fazem o que ELE chamou de hipócrita. ( EV. João. 13:35 em diante)
Assim esse messias voltará conforme está escrito e derrubará os impérios, acabará com suas forças armadas e matará todos, exceto aqueles que tem a marca na testa que os anjos colocarão.
Qual marca? A marca será o sinal de salvação e libertação. (ICO 15:45-58

Responder

    Joao Maria

    17 de abril de 2017 às 15h26

    Nao consigo imaginar Jesus MATANDO TODOS, homens, mulheres, velhos e crianças.

    Responder

      Galvão

      17 de abril de 2017 às 16h38

      Como não? Jesus matou milhares no velho testamento, tá lá, leia! “Ah, mas não foi Jesus, foi Jeová!” Uai e a santíssima trindade? Jesus é Deus e não sei quê mais, portanto é um assassino também!

      Responder

Iraque Melo

17 de abril de 2017 às 15h19

Amai o próximo, quando o próximo não está próximo !!!

Responder

Enock

17 de abril de 2017 às 10h32

Os coxinhas da época eram mais mais inteligentes ,ele crucificara m Cristo , mas o seguiram depois . Enquantos os cozinhas de hoje querem crucifica Lula para seguir o Bolsonaro

Responder

Moabe

17 de abril de 2017 às 10h30

Essa foto ai é uma blasfêmia com Jesus! Jamais deve ser comparado aos cabeças de merda, Lenin, Marx e Che Guevara, a revolução que Jesus veio fazer foi totalmente diferente! Até isso os analfabetos não entendem…

Responder

    Atreio

    17 de abril de 2017 às 11h07

    mais educação, menos ofensa meu filho. se ficar nervoso, ofereça a outra face. ame, não odeie.
    sua mamae não te ensinou a conversar, não?

    se liga rapá.
    leia mais e converse com mais pessoas de origens de origens diferentes da sua.
    bjão! desejo melhroas!

    Responder

      Cassius

      17 de abril de 2017 às 14h00

      Boa!

      Responder

Vitor

17 de abril de 2017 às 09h22

Com todo o respeito a quem acredita, mas é muito mais plausível entender Jesus como um político do que como um suposto filho de Deus…

Responder

Carrapa-VK

17 de abril de 2017 às 08h57

A RCC vai odiar este artigo. Hehehehehehehe….

Responder

Hilário Sousa

17 de abril de 2017 às 07h38

Eu estudei aqui na paraíba. E digo com toda certeza, não precisei estudar em Harvard,para saber que Jesus nunca foi um revolucionário. Também nunca foi defensor só dos pobres e excluídos mas, também dos ricos, dos caluniadores, mentirosos e, até dos iranianos, não é incrível? Sabe por que? Porque ELE ama a todos por igual. ELE não sabe separar seu amor, a uns mais e outros menos.
Esse doutor, por ele ser iraniano, até que foi generoso com Jesus. No entanto,sei que não vai me responder, mas Pedro Breier pode, será que ele nunca leu outros livros, que diz exatamente o contrário?
A mídia tem seu lado de culpa. Se quer saber, estou pronto à luta seja ela como for, você está?

Responder

    Carrapa-VK

    17 de abril de 2017 às 09h00

    Hilário, Jesus foi crucificado não porque pregava o amor e porque ama a todos, mas porque ENFRENTOU PODEROSOS e seu privilégios, dianta da pobreza de outros. Se voltasse hoje, as Igrejas (e pode incluir a minha, a Católica!) o taxariam de comunista e o crucificariam de novo moralmente e talvez fisicamente.

    Responder

      Hilário Sousa

      17 de abril de 2017 às 10h20

      Não Carrapa, não se deixe ser levado, as vezes, por algo que não conhece, ou que não deseja conhecer. O motivo pelo qual ELE foi crucificado, não tem nenhuma relação dos citados por você mas, por algo muito maior e melhor.

      Responder

      Rasta

      18 de março de 2018 às 03h00

      Pior que, com a mente que estão sendo criados nas “tais casas de deus” de hoje. Te falo+ rsrs
      Me arrisco a afirmar, que Jesus não seria reconhecido por ninguém, se entrasse para pregar num púlpito.
      Isso, posso generalizar para todas as denominações mesmo! Rsrs
      Você frizou muito bem, quando expôs por esse ângulo.
      O amor que Ele veio cobrar, é de pararmos mesmo de olhar apenas para nós, pois Ele sim, veio nos alertar de como o mundo se tornaria capitalista! Foi a forma que acharam para dividir o povo de Deus.

      Para mim, quem matou Jesus foi, unicamente o capitalismo e quem lucrava com o taL.
      É assim até hoje.. . A vereadora morta essa semana é uma prova disso!

      Responder

Jorge Nascimento Nascimento

17 de abril de 2017 às 10h32

Vai ter coxinha deixando de ser cristão.
Vai virar muçulmanos..?

Responder

EDILBERTO PIRES

17 de abril de 2017 às 03h37

É NISSO QUE ACREDITO, JESUS REDENTOR NÃO SALVADOR, um revolucionário da LEI DE AMOR,JUSTIÇA E CARIDADE. É
O QUE PREGA, UNICA RELIGIÃO A DO AMOR. COMO BEM NA HOMÍLIA DO PADRE, EM MINAS GERAIS, DE OURO PRETO, FOI CRUCIFICADO ENTRE DOIS LADRÕES, AQUI REPRESENTADO PELO POVO O MESTRE, OS ALGOZ: O CONGRESSO NACIONAL E O SENADO FEDERAL E O TRAIDOR O PRESIDENTE DO BRASIL”. O PADRE DE OURO PRETO ILUSTROU MUITO BEM, CARACTERIZOU COM MUITA PROPRIEDADE E ATUALIZOU. ESPERA-SE QUE OS EVANGÉLICOS TAMBÉM NÃO APOIE O MAL E MALDADES QUE FIZERAM COM JESUS AQUI REFERINDO-SE AO OVO BRASILEIRO. DINHEIRO DE CORRUPTORES E DA CORRUPÇÃO NUNCA FOI D[DÍZIMO E SIM AS TRINTA MOEDA DA DA TRAIÇÃO. FORA TEMER. SE HOJE JESUS, ELE VOLTASSE, NÃO SE DECLARARIA CRISTÃO, ORA COMO NÃO? É FÁCIL, QUEM ESTÃO COM PRÁTICA DE TANTA CORRUPÇÃO, POLÍTICOS CRISTÃOS OU NÃO?, O CUNHA DECLARA EVANGÉLICO, OUTROS, PASTORES, DE PARTIDO CRISTÃO, OS RECENTES BATISMO DE AFOGAMENTO, IMERSÃO, DIZ-SE CANDIDATO A PRESIDENTE!!! OS DONOS DA ODEBRECHT: EMÍLIO E FAMÍLIA OU NÃO SÃO CRISTÃOS??? OU MAL FEITORES, FORA DA LEI?? E AI QUASE TODO CONGRESSO NACIONAL PARTE DOS SENADORES federal, juízes e promotores, DESEMBARGADORES etc. como que professam o cristianismo só se for a moda da casa ora!!!!QUERO CRER QUE JESUS NESTES MODOS OPERANDI, SE VERGONHARIA DECLARAR-SE CRISTÃO. NESSAS ALTURAS SÓ O POVÃO PODE NEM A JUSTIÇA É ACREDITADA, E SÓ MANIFESTANDO FORTE RECLAMAR – REIVINDICAR FORA TEmEr Eleições Já.eleições gerais já

Responder

Edvan N. Menezes

17 de abril de 2017 às 03h48

Revolucionário? KKKK

Pelo contrário, Jesus sempre seguiu aquilo que estava escrito nas Escrituras.

Responder

    Ana Ribeiro

    17 de abril de 2017 às 19h16

    O que? Quais escrituras anta? Estude e verá que Jesus foi o primeiro socialista da nossa história.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h53

    Ana Ribeiro, Jesus pra começar disse que o Reino dele não ERA DESTE MUNDO!

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h53

    SEGUNDO O REINO DE DEUS É MONÁRQUICO.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h55

    Terceiro, Jesus nunca falou em Ditadura!!! Uma coisa que o socialismo prega!

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h56

    Jesus não cria um Reino compatível com todos, ele faz um Reino que nós nos adaptemos a Ele.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h57

    Aonde na Bíblia Jesus aprova a morte na dispensação da graça?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h58

    Aonde na Bíblia Jesus disse que não haveria pobres?

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h58

    Jesus nunca falou sobre REINO POLÍTICO.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 20h59

    Jesus CUMPRIU A LEI.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h00

    JESUS DISSE QUE TERÍAMOS QUE PAGAR IMPOSTO A ROMA… Se fosse hoje falariam que Jesus aprovava CAPITALISTAS destruírem com impostos os mais pobres.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h01

    Jesus não fez nenhuma revolução nesse sentido. Ele era Deus e estava revelando a ideia de nascer de novo.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h02

    Jesus curou tanto ricos como pobres.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h03

    Jesus nunca agrediu ou bateu em ninguém. E sobre o texto no templo, Jesus destruiu os materiais de trabalho e as mesas, não as pessoas.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h04

    Jesus NÃO IMPÔS UMA OBRIGAÇÃO QUE ACEITÁ-LO.

    Responder

    Edvan N. Menezes

    17 de abril de 2017 às 21h04

    Quem impõe são os socialistas.

    Responder

    Ana Ribeiro

    17 de abril de 2017 às 22h52

    A principal questão da sua equivocada e distorcida fala, é que você não sabe o que é socialismo. A sua ideia de socialismo foi construída pela mídia direitista e manipuladora. Se estudar acerca do socialismo, verá que aquilo que Jesus pregou e fez, é exatamente igual ao que nós socialistas defendemos. Só não fazemos milagres, claro. Rsrs

    Responder

Marcos Da Rocha Carneiro

17 de abril de 2017 às 02h31

Pior que não conhecer, é achar que sabe… Instrua-se a respeito de Jesus. Leia, com humildade, o Evangelho.

Responder

    Mayra Barbosa

    17 de abril de 2017 às 11h03

    rapaz, pare de passar vergonha… o artigo fala sobre um estudioso, teólogo, doutor de HARVARD. Foi ele quem escreveu essa tese. Quem é você na fila do pão pra mandar alguém estudar sobre isso? Quanta arrogância…

    Responder

    Ana Ribeiro

    17 de abril de 2017 às 22h54

    E desde quando bolsominion consegue entender aquilo que lê? E outra, bolsominion acredita que seu ídolo, um tirano assassino e defensor de extermínio, é adepto da teoria cristã. Daí já viu, né? Kkkkk

    Responder

Galvão

16 de abril de 2017 às 23h20

Amigos, por favor deixem-me publicar meu mais novo artigo: O lado humanitário do Saci-pererê! O artigo trata dentre outras coisas, que apesar dele ter uma perna só, consegue ajudar o próximo… enfim aguardo uma posição do blog. Grato!

Responder

Paula Peixoto

16 de abril de 2017 às 23h10

????????. Bem certinho. Como diz também no nosso hino: povo que não tem virtude, acaba por ser escravo. Mãos à obra então!!!! Bora…….

Responder

Amaro Gonçalves

16 de abril de 2017 às 21h09

Poxa,um site serio como esse publicar uma bobagem dessas,por favor…ta, tudo bem ,nada é perfeito…jesus histórico…….

Responder

    Marcílio

    16 de abril de 2017 às 21h56

    O texto deixa claro a visão particular de alguns historiadores e não de de religiosos dogmáticos.

    Por enquanto, a nossa constituição ainda nos garante a liberdade de consciência e de expressão…

    Responder

Cléber Policarpo

16 de abril de 2017 às 23h35

Comunas ateus fazendo referência a Jesus? Infames, oportunistas e vigarista!

Responder

    Paulo Barbosa

    16 de abril de 2017 às 23h50

    Oi Cleber, boa noite, se pensarmos melhor, a maioria das ações de Jesus Cristo foram de cunho socialista, ensinando a coletividade e o cuidado com os mais humildes e necessitados, também pensar no fato que seu flagelo foi capitalizado na troca de 30 moedas.

    Responder

    Magaiver Welington

    16 de abril de 2017 às 23h50

    Conservador é que ele não era.

    Responder

    Hannibal de Sousa

    17 de abril de 2017 às 00h20

    Cara, ninguém suporta mais o seu analfabetismo. O artigo versa sobre a tese de um norte-americano na área de teologia, apenas isso. Toda vez que você se manifesta, só escreve besteira. Não tem vergonha em expor a sua burrice em público?

    Responder

    Marcos Da Rocha Carneiro

    17 de abril de 2017 às 02h27

    Paulo Barbosa Socialista nada, Jesus nunca pregou o ódio de classes, a tomada violenta do poder, a revolução sangrenta e totalitária. Mas Ele o ama ainda assim… Procure saber, realmente, quem Ele é.

    Responder

    Onésia Maria Pimenta Figueiredo

    17 de abril de 2017 às 02h52

    Responder

    Cléber Policarpo

    17 de abril de 2017 às 03h22

    Grande Hannimal de Souza! Analfabeto, besta e burro és tu, meu caro!!!

    Responder

    Jorge Nascimento Nascimento

    17 de abril de 2017 às 10h34

    Responder

    Iraque Melo

    17 de abril de 2017 às 15h22

    Cuidado com Jesus; ele é um perigoso COMUNISTA(nem sei qual é o etimológico significado desse termo) !! Meu nome é CAPITALISTA FASCISTA !!!

    Responder

    Carlos Maia

    17 de abril de 2017 às 16h52

    O gajo Hannibal de Sousa também está aqui chamando de analfabeto aqueles que não defendem os seus bandidos vermelhos que pagam pela sua feira.
    Esse cara é o maior analfabeto político, além de completo ignorante doutrinado pela facção vermelha criminosa banida do poder.
    Vai cuidar do seu país, o lixão mais próximo da Europa!

    Responder

    Ana Ribeiro

    17 de abril de 2017 às 19h18

    Coxinha analfabeto, para de demonstrar sua perene diarréia verbal, pois essa ideia de comunista ser anti cristianismo é invenção de mente limítrofe como a tua. Sou socialista e sou cristã, católica praticante com muito orgulho.

    Responder

      Rildo

      03 de julho de 2018 às 02h19

      O primeiro grande revolucionário foi satanás.

      Responder

    Jorge Nascimento Nascimento

    17 de abril de 2017 às 19h27

    Os Coxinhas estão vivendo em um inferno astral.
    Foram usados para dar um golpe no país e viram seus direitos irem ralo abaixo.

    Responder

    Paulo Barbosa

    17 de abril de 2017 às 22h01

    Olá Marcos da Rocha, não disse que Jesus era socialista, até porque o socialismo só surgiu séculos depois, disse para reflexão sobre as ações de Jesus que se assemelham mais ao socialismo do que o capitalismo. Faça uma observação e veja a sua volta o que a individualidade e ganância em relação ao capital, principalmente de muitos que se dizem Cristãos, não foi bem assim que Jesus pregou.

    Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?