Vila Militar do Chaves (Adnet satiriza Bolsonaro)

Imprensa lavajatense reage mal a depoimento de Tacla Duran

Por Miguel do Rosário

03 de novembro de 2017 : 10h57

Para entender a Lava Jato, é preciso atentar para o fato de que ela nunca foi apenas uma operação policial.

A Lava Jato é uma operação midiática.

Foi concebida para derrubar o governo Dilma, criminalizar o PT e destruir a indústria brasileira de óleo e gás, com objetivo de beneficiar multinacionais do petróleo, em especial as norte-americanas.

A Lava Jato foi concebida para dar o golpe no Brasil e entregar o poder político a bandidos do mercado financeiro e à Globo.

Depois do golpe, ela tenta disfarçar, fingindo que investiga ali, investiga acolá, sabendo que tudo irá resultar em pizza.

Mas o objetivo foi cumprido: houve o golpe e o Brasil foi entregue a bandidos sem nenhum tipo de compromisso com a população e totalmente obedientes às diretrizes do mercado financeiro, lá fora, e à Globo, aqui dentro.

As histórias de que o golpe foi dado com objetivo de “parar a Lava Jato” são ingênuas. O golpe foi dado pela Lava Jato. E agora que não importa mais se a Lava Jato continua ou não, porque o serviço já foi feito.

Depois da Lava Jato, o Brasil suspendeu projetos de construção de refinarias, paralisou as refinarias já construídas, e passou a importar quantidades recordes de derivados de petróleo de refinarias norte-americanas.

Depois da Lava Jato, o Brasil iniciou a entrega do pré-sal, já vendeu partes importantes da Petrobrás, já destruiu ou quase destruiu suas principais indústrias, paralisou o projeto de energia nuclear, e agora se prepara para privatizar a Eletrobrás, entregando ao estrangeiro a matriz energética mais limpa do mundo.

Os “prêmios” de Sergio Moro na Globo e nos Estados Unidos tem essa explicação.

A Lava Jato sempre atacou pela mídia, que ela também corrompeu, desde o início.

Ao escolher a dedo para quem irá entregar vazamentos ilegais, a Lava Jato corrompe e controla a mídia, que se deixa corromper e se deixa controlar, até porque entendeu que tinha os mesmos objetivos políticos.

A mídia brasileira, corrupta, plutocrática e antinacional, identificou-se imediatamente com a Lava Jato.

Hoje, a Lava Jato planta uma matéria na Folha, intitulada “Fugas e cidadania estrangeira atrasam processos da Lava Jato com Moro“, que não passa de uma tentativa grosseira de atacar Rodrigo Tacla Duran.

A matéria não traz nenhum fato novo, nenhuma denúncia, nenhum documento, nada.

É apenas uma matéria chapa-branca em relação a Sergio Moro.

Uma matéria, em suma, vendida à Lava Jato.

Ora, Tacla Duran fez denúncias importantes.

Tem documentos.

Tacla Duran não está preso nas masmorras da Globo em Curitiba. Ou seja, não está sob tortura, como ocorre com todos os delatores da Lava Jato.

Não está fazendo “delação premiada”, pelo menos não com o Brasil.

Tacla Duran está simplesmente apresentando a sua versão dos fatos, de maneira livre e espontânea.

O que disse Tacla Duran?

Que a Lava Jato ameaçou sua família.

Que a Lava Jato falsificou documentos, ou aceitou, deliberadamente, documentos falsos.

Ele poderia simplesmente não falar nada. Silenciar-se.

Não.

Recebeu dois deputados brasileiros críticos à Lava Jato e gravou um depoimento franco e corajoso.

Como reage a imprensa brasileira?

Está curiosa para saber o que aconteceu?

Informou seus leitores sobre o teor das denúncias de Tacla Duran?

Não.

A imprensa lavajatense reagiu com silêncio e omissão, num primeiro momento.

E agora, com essa matéria na Folha, com um contra-ataque chapa-branca-policial da… Lava Jato.

Lava Jato e imprensa lavajatense sentiram o golpe.

Daqui a pouco, publicaremos, aqui no Cafezinho, a transcrição completa do áudio de Tacla Durán.

Leia o resumo do áudio escrito por Romulus Maya e publicado aqui no Cafezinho.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Vitonatulo

04 de novembro de 2017 às 14h23

Interessant a conclusao desta coluna, as acusacoes contra lula com todas as provas existentes daa falcatruas desvio de verbas direcionamento de licitacoes sao ilacoes agora vem aesma dizer que lava jaro e desonesta que jair bolsonaro recebeu dinheiro da jbs sem provas entao obrasileiro e oarvo mesmo im ser imbexilizado em que so axresita naa provas conte o pt. Saudacoes

Responder

Claudio da Silva

03 de novembro de 2017 às 23h41

A Lava jato é um bando de traidores da pátria, travestidos de heróis contra a corrupção. Estão acabando com a democracia e a soberania de nosso país!!!!

Responder

Jaco

03 de novembro de 2017 às 22h55

O malho bandido da nação cego mora e seus promotores vai acaba com Brasil vamos ser escravos dos americanos .Sérgio mora pio que alcalino em Chicago .

Responder

OMAR TELADA

03 de novembro de 2017 às 21h01

A Lava Jato até agora só lavou os verdadeiros RATOS DA OPOSIÇÃO DO PT.
ELE FOI CRIADA PARA EXTERMINAR O PT E SÓ CONSEGUIU EXTERMINAR TUDO DE BOM QUE O BRASIL CONQUISTOU DESDE 1500.
OS BANDIDOS DA POLÍTICA E OS BANDIDOS DE TOGAS, QUE NFORAM SEUS FORTES ALIADOS NO GOLPE QUE TIROU O PT DO GOVERNO, AINDA VÃO SENTIR O PESO DA DEMOCRACIA EM SEUS ATOS ILEGAIS.
2018 VEM AÍ E A DEMOCRACIA HÁ DE VENCER E CONTINUAR NO BRASIL.
FORA BANDIDOS DA POLÍTICA
FORA BANDIDOS DA MÍDIA
FORA BANDIDOS DE TOGAS.

Responder

OMAR TELADA

03 de novembro de 2017 às 20h52

Da última eleição e após o discurso do corrupto bandido derrotado Aécio NEVERr, o BRASIL foi sistematicamente estuprado pelos corruptos e pelos seus aliados bandidos de togas.
Queriam destruir o PT e todos petistas, mas só conseguiram destruir tudo que o BRASIL conquistou desde 1500.
A DEMOCRACIA VAI VOLTAR A VALER APÓS A PRÓXIMA ELEIÇÃO E TUDO VAI SER MUITO BEM INVESTIGADO E TODOS CORRUTOS, TODOS BANDIDOS DA POLÍTICA E TODOS BANDIDOS DE TOGAS RECEBERÃO O DEVIDO TRATAMENTO DEMOCRÁTICO QUE NUNCA SOUBERAM USAR EM SEUS CARGOS E COM CERTEZA MUITOS DELES VAO MORRER EM CELAS DE CADEIAS BRASILEIRAS.

Responder

Maria Rita

03 de novembro de 2017 às 14h04

Quando ouvi o programa de ontem sobre o fim da lava jato, pensei logo: vai aparecer alguém que diga que a CPI serve aos interesses de golpistas que estão interessados em se safar da tal operação. Hoje vejo que a Rede, por intermédio de seu senador Randolfo, diz que querem transformar suspeitos em vítimas e acabar com a lava jato, censurando a CPI da JBS. Tem razões contraditórias nessa afirmação. A primeira é a de transformar em vítimas parlamentares e empresários. Depende de quem é acusado e dos delatores, além das provas. Depende e muito. Não resta dúvida, no entanto, de que a CPI foi criada como vingança e não como fiscal e apuradora dos fatos. Mas, além da vingança, temos vítimas de fato e os crimes de lesa pátria. Inegáveis. A segunda é que querem acabar com a lava jato e desmoralizar o MPF. E precisa de CPI para isso, diante dos fatos? Torço- embora por motivos diferentes de Cunha, Temer, Jucá, Benício e o quadrilhão inteiro, pelo fim imediato da lava jato. Pelo mal que fez ao país e pela armadilha de poupar o STF da vergonha de mais um mensalão que nunca, atenção! NUNCA investigou o mensalão original do PSDBosta. E a gente viu a covardia do STF diante de matérias graves como a do impeachment e de Aécio. Dois pesos, duas medidas? Bobagem, o STF se desgasta diariamente a olhos nus. O MPF é outra bosta a afligir o país. STF de um lado e MPF e lava jato do outro lado representam o policial bonzinho e o policial crápula, né isso? Desculpa, senador, não tem como desmoralizar essas instituições judiciárias melhor do que elas próprias fizeram. Ninguém faria um serviço melhor, principalmente depois da morte de um reitor de universidade federal.

Responder

Newton

03 de novembro de 2017 às 13h03

Resumindo a fala da deputada. O PSB é um partido entreguista

Responder

Reginaldo Gomes

03 de novembro de 2017 às 12h31

Pare de perder tempo com mídia!!!!!!
A solução foi dada pelo drácula temer.
O temer tá dando conversor digital e antena pra todo povo assistir a globo.
Então , os progressistas devem estatizar ou criar uma empresa de telefonia e dar de graça pra todo povo smartphone e internet pra assistir o CAFEZINHO.
ESSA É A DEMOCRATIZAÇÃO REAL DA MÍDIA.

Responder

Marco Aurélio

03 de novembro de 2017 às 11h52

Passou da hora da sociedade exigir a anulação do golpe!

Responder

    axl

    03 de novembro de 2017 às 16h34

    Concordo! Tem que prender todos os CORRUPTOS!!!!! O corrupto temer,o CORRUPTO MULA,a CORRUPTA ANTA Rousseff,a JUMENTA CORRUPTA gleisi…. E por aí vai!!!!!
    PS.: Eu disse todos,de todos os partidos!!!!!!!

    Responder

      Miguel do Rosário

      03 de novembro de 2017 às 16h41

      tem que prender os corruptos do judiciário, do MP, da mídia, isso sim.

      Responder

        Eloiza

        03 de novembro de 2017 às 18h38

        Isso, além de lembrar que a lista dos políticos CORRUPTOS da DIREITA, não tem fim. Corrupção é com eles mesmos.

        Responder

Deixe uma resposta