O Cafezinho

sexta-feira

10

novembro 2017

175

COMENTÁRIOS

Cafezinho no Almoço conversa hoje com o vereador Reimont (PT-RJ)

Escrito por , Postado em Cafezinho no Almoço, Miguel do Rosário, Vídeos

(Foto: Inverta)

A entrevista começa em alguns minutos.

Foto apresentada no programa, de moradora de rua assassinada covardemente em Copacabana. Abaixo da foto, reproduzo texto do vereador Reimont, explicando melhor o crime e a vítima.

***

Nosso mandato tomou conhecimento na noite de ontem, através do movimento social em defesa da população em situação, sobre o assassinato de uma moradora de rua, conhecida como “Fernanda” (sua identidade completa ainda está obscura, mas divulgaremos aqui no post em breve), em Copacabana.

Nos últimos meses, temos recebido notícias de diversas manifestações violentas e preconceituosas contra cidadãos em situação de rua, notadamente nos bairros da zona sul. Tais casos foram objetos de repúdio e denúncia pública do nosso mandato na tribuna da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Como Presidente da Comissão Especial para a População em Situação de Rua da Câmara dos Vereadores, enviei os seguintes ofícios:

– Ao Instituto Médico Legal (Exmo. Sr. Diretor Reginaldo Franklin Pereira) solicitando a garantia de que o corpo de “Jaqueline” receba um tratamento digno e seja liberado para sepultamento através de reivindicação de nossa comissão, uma vez que, por sua condição, não será um processo simples e rápido a identificação de seus familiares. Solicito também o laudo que será emitido a partir da autópsia e que servirá para a realização dos processos investigativos.

– À Delegacia de Homicídios da Capital (Exmo. Sr. Dr. Delegado Fabio Cardoso Junior), solicitando a garantia de que os processos investigativos sejam feitos de forma mais acurada possível. Somente a apuração e a consequente penalização dos criminosos garantirão que novos casos como esse não se repitam em nossa cidade e é nosso dever zelar pelo direito à vida e à dignidade humana de toda população, especialmente daqueles que se encontram em extrema vulnerabilidade.

O movimento social em defesa dos direitos da população em situação de rua não permitirá que o assassinato da “Fernanda” fique impune.

#reimont

sexta-feira

10

novembro 2017

175

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

175 COMENTÁRIOS