Cafezinho 2 minutos: Posse de Bolsonaro e alegações finais contra Lula

A histórica entrevista do almirante Othon a Wadih Damous!

Por Miguel do Rosário

13 de novembro de 2017 : 17h32

É uma entrevista que todos os brasileiros com um pingo de amor pelo país devem assistir!

Estamos fazendo a transcrição.

Há denúncias de abusos que, numa democracia, deveriam significar a prisão de procuradores e juízes responsáveis por essas barbáries.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

94 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Leda Maria Lucas

16 de novembro de 2017 às 18h23

Boa noite,
não assisti a entrevista ao vivo.
Porém não deixei cair no buraco negro das informações diárias a oportunidade de ouvi-los.
Estou em São Paulo, capital e torço diariamente para que tais vozes sejam o mais rápido possível ouvidas para o bem do Brasil e do povo brasileiro.
Com imenso respeito, Leda
VIVA O PT!

Responder

Maria José Olegário

16 de novembro de 2017 às 15h29

Um deles está entrevista.
Qta manipulação é mentira vivemos nos tempos sombrios da ditadura e governos que a sucederam!!!!
PS: A voz do Almirante ficou muito baixa.

Responder

    Maria José Olegário

    16 de novembro de 2017 às 15h31

    Obs: um deleite está matéria

    Responder

chafith

15 de novembro de 2017 às 22h04

Tivemos grandes oficiais no Brasil, Capitão Lamarca, vários Brigadeiros, Almirantes, todos nacionalistas. Mas a nossa mídia golpista gosta dos medíocres coo Bolsonaro.

Responder

Mirtes

15 de novembro de 2017 às 12h42

Muito boa entrevista. Cabe ao blog especificar o conteúdo da denúncia contra ele e as falhas da lavajato com a intenção de incriminá-lo, pois precisa estar bem claro, junto à entrevista, os motivos de sua condenação e cercá-los por todos os lados. Quem sabe até juntando pareceres técnicos de terceiros.

Responder

Sérgio Lamarca

15 de novembro de 2017 às 11h25

Almirante, o desafio são as eólicas e o gás natural. A transformação de gás natural em combustíveis sintéticos também é o futuro.

Responder

Eunando de Azevedo

15 de novembro de 2017 às 02h07

A transmissão está péssima! Mas é importantíssima a entrevista para quem quer conhecer o assunto.

Responder

Renato

14 de novembro de 2017 às 21h29

Wadhi é um ardoroso defensor de corruptos; já defendeu a mulher de Cabral e agora defende o corrupto almirante !

Responder

    Carlos

    15 de novembro de 2017 às 01h22

    Falô seu comedor de bosta.
    Do Wadih conheço pouco mas ganhou pontos com esta entrevista.
    Do Almirante ,lhe digo: não conheces,não sabes a importância deste homem para o Brasil.
    Se é pra falar merda > fica quietinho.

    Responder

MARCOS

14 de novembro de 2017 às 19h09

BOA NOITE. SOU FUZILEIRO NAVAL DA MARINHA DO BRASIL,SOU PETISTA POR AMOR E RECONHECEDOR DO SOCIAL. HOJE VENDO A DEGRADAÇÃO DA JUSTIÇA ONDE MAGISTRADOS COMETEM CRIMES DE LESA PÁTRIA ONDE O MAIOR INTERESSE E O DE PARAR O DESENVOLVIMENTO DOS PROJETOS NUCLEARES QUE TANTO NO PRESENTE COMO NO FUTURO COLOCA O BRASIL EM AUTO NIVEL NOS PROJETOS E DESENVOLVIMENTO DA PRIMEIRA CENTRIFUGA DE ENRIQUECIMENTO DE URANEO CONSEQUENTEMENTE OS NOSSOS PRIMEIROS SUBMARINOS NUCLEARES PARA PATRULHAREM NOSSAS MILHAS E PRINCIPALMENTE O NOSSO PRÉ SAL. E MUITO ESTRANHO QUE LOGO O RESPONSÁVEL O ALMIRANTE CAIU NAS MÃO DO SERGIO MORO O MESMO FILIADO AO PSDB E QUE SEMPRE ESTA NOS ESTADOS UNIDOS E QUE EXISTE DENUNCIAS DE QUE ELE SEJA INFORMANTE DA CIA E DA MESMA FORMA JOSÉ SERRA E TEMER SÃO CITADOS NESSES CRIMES. ESSES CRIMINOSOS TEM QUE SER PRESOS. O BRASIL TEM QUE SER PASSADO A LIMPO E CHEGOU A HORA DOS MILITARES TOMAREM O PODER PRENDER TEMER E SUA QUADRILHA DENUNCIADA PELO PGR R.JANOT , PRENDER JUIZES , DELEGADOS E MINISTROS DO STF JUNTO COM OS POLÍTICOS ENVOLVIDOS NA DESTRUIÇÃO PREMEDITADA DO BRASIL PRA ENTREGAR NOSSAS EMPRESAS PUBLICAS , NOSSA ÁGUA, NOSSOS MINÉRIOS, NOSSO PETRÓLEO A EMPRESAS ESTRANGEIRAS

Responder

    Renato

    14 de novembro de 2017 às 21h26

    Fuzileiro Naval ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.Você é um merda ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

    Mirtes

    15 de novembro de 2017 às 11h27

    E devolver o governo para o PT, porque foi um golpe de estado e os militares não iriam fazer isso de novo, pois o PT é quem deveria estar governando. Aí sim, os militares teriam o povo, o povo de verdade, a seu favor. Quem sabe até lançar candidato pra nunca mais prenderem o general, o almirante e o do ar desse jeito.

    Responder

Paulo LIma

14 de novembro de 2017 às 15h44

Além de ser um grande patriota brasileiro, como mostra sua folha de serviços na Engenharia Naval, é um herói, pois esteve prestes a sacrificar sua vida para denunciar a ruptura do Estado de Direito pela Lavajato, como o reitor Cancellier. Sua vida e obra fortalecem a energia nacional e nacionalista. Saúde e força, almirante Othon Pinheiro, exemplo de dignidade para a sofrida gente brasileira vitimada solertemente pelo Estado de Exceção a serviço dos poderes hegemõnicos internacionais. Pela lei Cancellier, pelo Referendum Revogatorio, abaixo o golpe!

Responder

Pascual

14 de novembro de 2017 às 15h09

Tenho honra de ser brasileiro ao ver HOMENS PATRIOTAS como o senhor.
Parabéns ALMIRANTE OTHON!

A esperança é que um dia todos os BRASILEIROS de fato, tenham essa visão NACIONALISTA em prol de si mesmos.

Estaremos sempre juntos lutando pela INDEPENDÊNCIA do BRASIL, pela DEMOCRACIA que querem extinguir.
Muita saúde e forte abraço a esse ilustríssimo e genial CIENTISTA BRASILEIRO.

Responder

Moody

14 de novembro de 2017 às 14h12

Perpetual WAR.

Responder

Jorge Leite Pinto

14 de novembro de 2017 às 14h09

mas nada contra o deputado, excelente por sinal…

Responder

Jorge Leite Pinto

14 de novembro de 2017 às 14h04

Idéia excelente. Entrevistador ruim. Não deixa o entrevistado concluir. Parece estar preso a uma pauta externa, típica de programas de TV do PIG…

Responder

Celi

14 de novembro de 2017 às 13h19

Almirante Othon o senhor é iluminado. Com toda a maldade que tem sido atingido, com problemas de saúde ainda pensa em fazer novos projetos para a população mais carente do Brasil. Como projetos para tornar a energia mais barata. O senhor é um patrimônio do Brasil. Saúde!

Responder

Edison Tamashiro

14 de novembro de 2017 às 11h24

A tecnologia nuclear é um patrimônio do país e deve ser protegida e desenvolvida pelo governo, está claro que há forças externas que não querem que o Brasil avance nesta área e estão em conluio com os golpistas/entreguistas.
A população está manobrada pela mídia criminosa e não vê este crime contra a pátria.

Responder

Francisco

14 de novembro de 2017 às 11h02

A narrativa da perseguição ao Almirante Othon e seus reais motivos daria um formidável livro-denúncia.

Responder

    Pedrão Paulada

    14 de novembro de 2017 às 12h49

    10 dias após sua prisão, recebeu a visita de americanos. Eu escutei mal ou foi a recusa em atender as ordens do império que o levaram a ser condenado a 43 anos? Isso é uma prova absurda que a lavajato é made in USA?

    Responder

      Carlos

      15 de novembro de 2017 às 01h25

      Sim. Aí está MAIS UMA PROVA dentre outras dezenas.
      Foi e é uma FARSA A JATO.

      Responder

Alan

14 de novembro de 2017 às 10h46

Obrigado Wadih! Obrigado Miguel!

Responder

João Carlos Cardoso

14 de novembro de 2017 às 10h43

Parabéns, Damous! Seja fieme, Almirante Othon.

Responder

havatar

14 de novembro de 2017 às 08h05

Nós que amamos o Brasil, pedimos perdão ao senhor. E desejamos saúde aos seus familiares e equipe.

Responder

João Matos

14 de novembro de 2017 às 07h06

Quase que o herói vira mártir, consequência desse estado de exceção jurídico e midiático sem moral!

Responder

José cruz de Lima

14 de novembro de 2017 às 07h04

O áudio está um pouco baixo.

Responder

scheyla

14 de novembro de 2017 às 06h50

O Brasil desperdicando as joias que tem. Uma pena.

Responder

    Pedrão Paulada

    14 de novembro de 2017 às 12h44

    Vamos fazer o seguinte. Libertar os nossos heróis das garras da injustiça e colocar na cadeia as jóias da lavajato. Que tal?

    Responder

      Carlos

      15 de novembro de 2017 às 01h26

      Sim.Ótima ideia.
      Seria um PAULADA!

      Responder

Jurandir Goncalves Martins

14 de novembro de 2017 às 07h58

Ladrao e ladrao mesmo com formaçao Univercitaria

Responder

    Alan

    14 de novembro de 2017 às 10h42

    Temos muitos no governo, pena que nunca são investigados.

    Responder

    Pedrão Paulada

    14 de novembro de 2017 às 12h42

    Ignorante é ignorante mesmo com formação univerSitária.

    Responder

      Carlos

      15 de novembro de 2017 às 01h27

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!
      Boa garotooooooooooooo!

      Responder

Carrie Coleman

14 de novembro de 2017 às 06h04

Almirante Othon, Obrigado por tudo que o Senhor fez e continua a fazer pelo Brasil. Sinto muito pela humilhação que passou nas mãos de pessoas que não merecem estar na sua presença.

Responder

Carlos

14 de novembro de 2017 às 02h05

Viva o Almirante Othon!
O único vacilo foi usar esta plataforma.

Responder

David soares de souza

14 de novembro de 2017 às 00h57

escuto em alto e bom som eu tenho acompanhado suas entrevista com almiranteA histórica entrevista do almirante Othon a Wadih Damous! meus parabens sou muito privilegiados. esta é uma ferramenta muito boa parabens.

Responder

Nelson Raimundo Braga

14 de novembro de 2017 às 00h56

Estamos vivendo um momento histórico. O golpe direitista em execução é a última cartada desta elite retrógrada.
Este brasileiro é protagonista histórico de dimensão internacional. Gravemos seu nome e suas palavras.

Responder

Sérgio Rodrigues

14 de novembro de 2017 às 00h22

Inseto!.,..

Responder

Sérgio Rodrigues

14 de novembro de 2017 às 00h22

Bretas é um isento!

Responder

Ieda Ferreira

14 de novembro de 2017 às 00h21

Ansiei muito em ouvir o Almirante pois já sabemos há muito tempo das “pseudo-narrativas” que andaram virando “convicções” pelo Brasil afora !
Parabéns pela entrevista e, parabéns ao Almirante também, pela coragem (imagino o quanto NÃO FOI FÁCIL pra ele fazer essa entrevista!
E não nos esqueçamos também: vem aí –> #TaclaFuraBolha !

Responder

José Everaldo Dos Santos

14 de novembro de 2017 às 01h44

Oalmirante Othon tem o respeito de nós povo brasileiro

Responder

Acácia Reis

13 de novembro de 2017 às 23h33

Muito me intriga o porque a Marinha não o protegeu como fazem a polícia e o exercito quando os seus estão sendo acusados de atos ilícitos.

Responder

Sergio

13 de novembro de 2017 às 23h17

Realmente fantástico
Só as ruas resolvem isso

Responder

Veralice Santana

14 de novembro de 2017 às 00h47

capacidade de desenvolvimento de artefato nuclear já é um grande passo mas não temos tecnologia de lançamento e muito menos controle e coordenação a nível do que se vê dos países mais desenvolvidos.

Responder

Sidnei R. Castilho

13 de novembro de 2017 às 22h43

Num País dominado de cabo a rabo pelos EUA , qualquer um que faça algo para a evolução do Brasil será preso sem nenhuma explicação , será penalizado por amar o próprio País .

Responder

SANDO SALLLA

13 de novembro de 2017 às 22h31

SOLTARAM POR QUE ???
DEVIA MORRER NA CANA..
TRAIDOR DAS FORÇAS ARMADAS..
DEVIA VOLTAR HOJE MESMO P ISOLAMENTO ETERNO..

MORTE AOS CORRUPTOS…

Responder

    albert Fanon

    13 de novembro de 2017 às 22h56

    Caro leitor da Veja, os verdadeiros corruptos estão no poder agora. Abra os olhos!

    Responder

    Carlos

    14 de novembro de 2017 às 02h11

    Sando Salla ,
    Vá instruir-se ,monte merda.
    A pior forma de corrupção É NÃO QUERER SABER.
    Portanto o corrupto por aqui é você.

    Concordo : MORTE AOS CORRUPTOS VAGABUNDOS E ABESTADOS!

    Responder

Valter

13 de novembro de 2017 às 22h27

Oi Vadih sou de Osasco e queria saber se o Almirante sofreu algum tipo de agressão física enquanto esteve preso ou qualquer tipo de agressão.

Responder

gmek

13 de novembro de 2017 às 21h59

Favor melhorar o áudio

Responder

Franklin Rodrigues de Moraes Filho

13 de novembro de 2017 às 21h43

Não sei se é do meu telefone, o áudio está um pouco baixo. Ouvi com fone de ouvido, que tá excelente. Estou em João Pessoa, PB. Uma pena que alguém com tanto valor, conhecimento e patriotismo seja perseguido com tamanha violência. Os gringos são implacáveis com aqueles que não conseguem escravizar. Assim como o presidente Lula, o crime do Almirante foi o sucesso dos seus projetos e seu patriotismo. Parabéns pelo vídeo e continue divulgando.

Responder

Cunha

13 de novembro de 2017 às 21h29

Parabéns pela enorme contribuição!
Vemos assim quem está por trás do golpe.

Responder

cezar

13 de novembro de 2017 às 21h28

Quanto mais eu leio mais admiro esse cara..UM NACIONALISTA….Não existe mais

Responder

Carlos

13 de novembro de 2017 às 21h26

Anistia total ao almirante Othon!!!

Responder

Maria Lusia Rodrigues Pereira

13 de novembro de 2017 às 21h24

Parabéns ao Cafezinho por essa oportunidade. Fiquei emocionada, encantada, e revoltada por tudo que aconteceu e permanece. Cientista, Professor um grande brasileiro. Precisamos divulgar ao máximo. Não ficarmos quietos.

Responder

Neli Pereira da Silva

13 de novembro de 2017 às 21h20

Um batalhador

Responder

Ricardo

13 de novembro de 2017 às 21h15

O som pode melhorar com microfone de lapela.

Responder

raimundo ap.de ávila

13 de novembro de 2017 às 21h08

Olá Almirante Othon ,fico feliz em vê lo livre e disposto,quero q saiba q torci mto pelo SR,qto ao programa nuclear conduzido por Ti é d uma seriedade e comprometimento c/o país e o Sr é o verdadeiro patriota,espero q o Brasil saia das mãos desses picaretas e possa continuar o programa,tb espero q o Sr tenha discípulos tão capazes qto o Almirante,sem mais vai meu abraço.

Responder

Mar

13 de novembro de 2017 às 20h57

Wadih Damous, parabéns pela entrevista! Você como sempre trazendo esclarecimentos sobre sobre como o judiciário golpista vem trabalhando para satisfazer os interesses internacionais.
Revoltante saber que uma pessoa que tem uma história de vida dedicada ao país foi obrigado a passar por uma situação como essa. Bastou o cara trabalhar pela pátria, é perseguido, e o cara que trabalha nos bastidores para os EUA, ajuda no desmonte nacional, vira herói! Como pode? Temos que nos voltar contra a tirania do judiciário golpista! Se não fizermos isso o quanto antes dificilmente reverteremos os efeitos do golpe.
Almirante Othon o senhor tem todo o apoio das pessoas de bem desse país. Fico feliz de saber que mesmo passando por tudo isso, o senhor ainda trabalha em projetos para baratear a energia elétrica para beneficiar a população. Porém cuidado, pois nossas hidrelétricas estão sendo vendidas aos mercenários internacionais e eles podem não gostar de saber que aqui tem um cientista nacionalista querendo quebrar o lucro deles. estamos torcendo pela recuperação da sua saúde.

Responder

Jose Carlos lima

13 de novembro de 2017 às 20h47

.este entreguismo começou com o pau brasil como alvo de cobiça internacional…o alvo hoje é tudo que ainda nos resta: petroleo…agua…energia…base de alcantara…fogueres…saude…educacao….

chamam de “desnacionalizaçao” o entreguismo do que ainda nos restava

uma coisa que merece ser destacada e muita gente não sabe: esse crime de lesa patria teve como um dos seus arquitetos o juuz tucano Sergio Moro

no longiquo 2004 Moro ja sonhava com a desnacionalizaçao da nossa econimia, o que seria feito com a ajuda da midia ajudando na condenaçao de inimigos apontados por ele Moro e CIA
…ah sim, para que o regime entreguista continue, neste momento o postiço se enco tra reunido com o lixo Gilmar Mendes para que a eleiçao de 2018 seja suspensa atraves da segunda fase do golpe: a implantaçao do parlamentarismo, que sera chamado de semipresidencialismo

Como a Lava Jato foi pensada como uma operação de guerra, por Luis Nassif

https://www.cartacapital.com.br/politica/como-a-lava-jato-foi-pensada-como-uma-operacao-de-guerra-5219.html

https://www.cartacapital.com.br/politica/como-a-lava-jato-foi-pensada-como-uma-operacao-de-guerra-5219.html

Responder

Vic

13 de novembro de 2017 às 20h40

Excelente entrevista, Almirante Othon sim, herói brasileiro. Wadih Damus, brilhante deputado, advogado e agora também ótimo entrevistador, parabéns a ambos.

Responder

Francisco Alencar

13 de novembro de 2017 às 22h36

O áudio está péssimo

Responder

Acacia Cruz Silva

13 de novembro de 2017 às 20h23

parabéns !!!
Deus os abençoe e proteja o Almirante Othon e a todos nós.

Responder

Luiz Gomes

13 de novembro de 2017 às 22h14

Enquanto somos governados por bandidos, os nossos herois nacionais como o Almirante é perseguido por uma justiça parcial, insensivel e injusta.

Responder

Márcia Figueiredo

13 de novembro de 2017 às 20h10

Admiro a força do Almirante Othon! Um guerreiro!

Responder

Ruth Cavalcante Maranhão

13 de novembro de 2017 às 20h08

O áudio e imagem estão bons, estou assistindo de Brasília. Excelente entrevista, parabéns!

Responder

Roni

13 de novembro de 2017 às 20h00

Ótima entrevista.
Esta cada vez mais claro toma a trama do golpe.
O almirante é herói da pátria.

Responder

Seldon

13 de novembro de 2017 às 19h53

O Brasil deve sim desenvolver seus artefatos para criar um balanço da região
em contrapartida com outras regiões. Se não for o Brasil quem ira criar este balanço regional? Devemos também criar nosso sistema de defesa em conjunto com nossos vizinhos. A capacidade de desenvolvimento de artefato nuclear já é um grande passo mas não temos tecnologia de lançamento e muito menos controle e coordenação a nível do que se vê dos países mais desenvolvidos.
Gastar bilhões para desenvolver tecnologias de segurança militar para ficar em papel não é racional nem cientificamente nem economicamente.
O império e as forças imperiais não brincam em serviço já estão aqui dentro do pais há décadas com seis tentáculos midiáticos , judiciais, empresariais.

Responder

Carrie Coleman

13 de novembro de 2017 às 21h41

To esperando!

Responder

Carrie Coleman

13 de novembro de 2017 às 21h40

Não estou vendo nada! Ja começou a entrevista?

Responder

Will Santos

13 de novembro de 2017 às 21h35

HOJE UMA FUNCIONÁRIA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ME DISSE QUE O GOVERNO AOS POUCOS DEIXOU A CEF SOCIEDADE ANÔNIMA E AGORA TÃO QUERENDO PRIVATIZAR, E QUE NÓS(TRABALHADORES, POBRES) ESTAMOS PRESTES A PERDER MUITOS DIREITOS/BENEFÍCIOS.. ELA DISSE PRA AVISAR MEUS AMIGOS, PARENTE PRA APOIAREM A CAMPANHA DELES CONTRA PRIVATIZAÇÃO.

Responder

    Caio Cesar Ronconi

    14 de novembro de 2017 às 00h17

    Trabalhei na CEF quase dois anos, e a conversa que ouvia era que o FHC somente não privatizou a empresa por falta de tempo, visto que foi feito alteração de logotipo e venderam parte considerável da seguradora do banco….

    Responder

Will Santos

13 de novembro de 2017 às 21h33

Vou assistir! Gostoria também que depois abordassem o tema “Privatização da Caixa Econômica” pois “HOJE UMA FUNCIONÁRIA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ME DISSE QUE O GOVERNO AOS POUCOS DEIXOU ELA SOCIEDADE ANÔNIMA E AGORA TÃO QUERENDO PRIVATIZAR, E QUE NÓS(TRABALHADORES, POBRES) ESTAMOS PRESTES A PERDER MUITOS BENEFÍCIOS.. ELA DISSE PRA AVISAR MEUS AMIGOS, PARENTE PRA APOIAREM A LUTA DELES CONTRA PRIVATIZAÇÃO.

Responder

Simone Ambrósio

13 de novembro de 2017 às 20h50

Não começou…?

Responder

Roberto Szabo

13 de novembro de 2017 às 18h42

finalmente

Responder

Fausto Amaral DE Barros

13 de novembro de 2017 às 20h39

Janeiro de 2019 está aí.

Responder

Rubens Rodrigues Francisco

13 de novembro de 2017 às 18h20

Grande Herói 100% Nacional. A postos Almirante, vamos debelar o ataque Yankee !
Deputado, capricha nas perguntas, vamos desmascarar essa farsa a jato !

Responder

jose carlos vieira filho

13 de novembro de 2017 às 18h12

fui à pagina e não tem nada.
duvido que apareça no facebook.

Responder

Jorge Nascimento Nascimento

13 de novembro de 2017 às 20h12

Foi abandonado a própria sorte pelas forças lambe botas do tio San armadas.

Responder

Ademir Mattos

13 de novembro de 2017 às 20h10

Já começou?

Responder

Airan Perez

13 de novembro de 2017 às 20h09

Caro almirante nossa nação lhe deve desculpas.

Responder

Caio Cesar Ronconi

13 de novembro de 2017 às 19h57

Em qualquer lugar minimamente sério o almirante Othon seria um herói, afinal é o pai do programa nuclear nacional, que aliás tem a melhor centrífuga de enriquecimento de urânio do mundo. Mas o paneleiro se preocupa mais com os interesses americanos do que com o próprio. Paneleiro, quando for pra Miami comprar um iPhone novo fique por aí mesmo…

Responder

Fabricio Araujo

13 de novembro de 2017 às 19h55

Esse é exemplo de patriota diferente de uns otários q ficam com a camisa da seleção e com as panelas enfiadas no toba

Responder

André Furtado

13 de novembro de 2017 às 19h45

Vcs fumam muita maconha

Responder

    Caio Cesar Ronconi

    13 de novembro de 2017 às 19h54

    Um fake… Espero que o MBL esteja te pagando em dia.

    Responder

    André Furtado

    13 de novembro de 2017 às 19h56

    Tá em dia sim, sr Caranguejo! ? hahaha ridículo bombado!

    Responder

    Francisco Rosa

    13 de novembro de 2017 às 20h27

    Dinheiro mal gasto, mas deve ser muito pouco, proporcional ao talento.

    Responder

    Cristián Pablo Urtiaga

    13 de novembro de 2017 às 22h04

    Com isso da meritocracia. Não está dando para contratar fake de boa qualidade…

    Responder

    Pedrão Paulada

    14 de novembro de 2017 às 12h47

    Fume vc também, quem sabe por um milagre da natureza vc abre a sua mente.

    Responder

    Carlos

    15 de novembro de 2017 às 01h33

    Aí André Furado,

    E você come muita bosta.

    Responder

João Teotônio

13 de novembro de 2017 às 19h43

Com certeza vou assistir

Responder

Deixe uma resposta