Haddad e Dilma em Belo Horizonte

Guerra fria chega a mídia: Estados Unidos perseguem canal russo

Por Tulio Ribeiro

15 de novembro de 2017 : 03h04

(Crédito imagem: RT)
No dia 9 de Novembro o Departamento de Justiça dos Estados Unidos determinou que o canal russo RT (Russia Today), deveria se registrar como agente estrangeiro no país. A medida significa que passa ter a responsabilidade de remeter ao governo relatórios contábeis, relação de funcionários e descrição de investimento bem como contas e recursos. Esta determinação ocorre 7 anos do início da operação em Washington, o canal teve sua criação em 10 de dezembro de 2005.

A ameaça, caso não cumprisse, era a possibilidade de prisão da diretora da RT e também o bloqueio de contas bancárias. A administradora do grupo RT, Margarita Simonáv, declarou que : ¨Entre um caso penal e uma declaração com agente estrangeiro escolheu a segunda opção. Felicitamos pela liberdade de expressão nos EUA e os que creem nela. Agora estão sentindo como sopra o vento da liberdade?¨. Uma mensagem com clara conotação de ironia a perseguição. Neste 13 de novembro T&R Productions LLC, que opera a RT America, cumpriu a determinação segundo o governo dos Estados Unidos.

A determinação do governo estadunidense reflete na prática o crescimento da audiência do canal no país, que se reporta tanto inglês, como espanhol e árabe em suas plataformas. A porta voz da chancelaria, María Zajárova, externou a conclusão russa: Washington parece ser incapaz de competir de maneira justa, sem usar truques sujos, entenderam que não podem manter-se ao nível de concorrência e muito menos de vence-la.¨

Vladimir Putin qualificou a ação como um ¨ataque a liberdade de expressão¨ e Moscou informou estar preparando ¨um conjunto de medidas de represarias baseados na legislação russa¨. Literalmente a guerra fria que já se reapresentou em nossa História, alcança o grande poder: a mídia.

Tulio Ribeiro

Flávio Túlio Ribeiro Silva é graduado em Ciências econômicas pela UFBA,pós graduado em História Contemporânea pela IUPERJ,Mestre em História Social pela USS-RJ e doutorando em ¨Ciências para Desarrollo Estrategico¨ pela UBV de Caracas -Venezuela

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

17 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jararaca Morta

16 de novembro de 2017 às 01h33

A Rússia faliu e virou capitalista (glasnost, perestroika, etc.) Caiu o muro de Berlim…
A China está cada dia que passa mais capitalista e já mostra que quer ser imperialista, ou seja,
China quer ser imperialista,
Rússia quer ser imperialista,
USB quer ser imperialista.
E ainda tem otários que que escolhem lado.

Responder

    Jararaca Morta

    16 de novembro de 2017 às 01h34

    *USA

    Responder

    JOÃO CARLOS AGDM

    16 de novembro de 2017 às 11h32

    Caro “Jararaca”
    Nem todos que lem seu nhemnhem nhem são politicamente otários.
    Você não merece comentário, sei que está a trabalho, pago em dólares.
    Mas, para esclarecer as demais pessoas:
    1. China, Rússia (e em um futuro que já está se tornando presente Cuba, através do gigantesco complexo Mariel) adotaram o social capitalismo. O Estado é sócio com 50% das médias às altas empresas.
    2. As empresas não pagam imposto, e o Estado banca o empregado com tudo: residência a 2%, tickets para tudo: ticket refeição, ticket supermercado, ticket magazine, etc
    3. Com isto a China faz os produtos a preços imbatíveis
    4. China e Russia têm tranquilidade em suas populações. São SOCIALISTAS, o povo não precisa odiar seus vizinhos.
    5. Nem precisam cobiçar outros países e nações como faz o patrão do “Jararaca Morta” o qual paga a ele em dólares

    Responder

      JOÃO CARLOS AGDM

      16 de novembro de 2017 às 11h47

      Para quem gosta:
      A China está fabricando mais de 25.000.000 de automóveis por ano. Consulte a Wikipedia americana.
      Estados Unidos = 17.000.000 (mesma Wikipedia)

      Responder

    Octavio

    17 de novembro de 2017 às 16h47

    Não é a questão de escolher simplesmente um lado. É a questão de escolher o lado que irá te beneficiar. E este lado hoje é o lado do BRICS. Não é escolher o lado da China, nem o da Rússia. É escolher o lado do grupo que te fortalece. Mas a direita, que hoje diz que é centro, como se isto mudasse alguma coisa, escolhe os EUA. Por que?

    Responder

Mashida

15 de novembro de 2017 às 18h54

Crosstalk discutindo a matéria.
https://youtu.be/cPbtI-dReIc

Responder

Paul

15 de novembro de 2017 às 11h55

RT é antídoto contra a propaganda nazifascista americana muitas vezes regurgitada pela grande mídia brasileira. .

Responder

    Leandor

    15 de novembro de 2017 às 18h11

    Nazismo,fascismo,comunismo, socialismo tudo farinha do mesmo saco

    Responder

      JOÃO CARLOS AGDM

      16 de novembro de 2017 às 11h41

      Perfeito, beleza de sábio.
      Isto é que é maravilha de sabedoria política profunda.
      Para acompanhar sua profunda sabedoria acrescento a minha profunda sabedoria:
      Bom mesmo é o regime que existe no Brasil.

      Responder

JOÃO CARLOS AGDM

15 de novembro de 2017 às 10h57

Quem controla a Mídia americana a usa para engabelar/enganar o povo americano para que este aprove e concorde com as “conquistas” (se é que me entende, à la Pelé) Mundo afora.
Controla também o Governo americano.
Acha que vão deixar tudo isto barato pros russos????????????????????

Responder

    enganado

    15 de novembro de 2017 às 18h59

    O GAFE = rede GOEBBELS / ABRIL / FALHA DE SP / ESTADÃO , ou melhor, esses facínoras da mídia fazem o mesmo aqui no ___braZiUSA__ ; as famílias Abravanel (SBT), Barbalho (RBA), Dallevo e Carvalho (Rede TV), Civita (Abril), Frias (Folha), Levy (Gazeta), Macedo (Record), Marinho (Globo), Mesquita (O Estado de S.Paulo), Queiroz (SVM), Saad (Band), Sarney (TV Mirante?) e Sirotsky (RBS). A coisa aqui é mesma, só muda de endereço!!! Slogan::: “””MENTIR SEMPRE”””” .

    Responder

      JOÃO CARLOS AGDM

      16 de novembro de 2017 às 11h16

      Esses todos que você citou têm TODOS um PODER acima deles.
      E se eles todos não rezarem com a cartilha do PODER serão levados à falência por este mesmo PODER.
      O qual vem lá de fora………….

      Responder

albert Fanon

15 de novembro de 2017 às 10h53

Isso é resultado da imensa diferença na qualidade informativa entre a RT e a grande mídia americana., que se reflete no aumento da audiência da primeira.

Responder

Mar

15 de novembro de 2017 às 09h49

Isso se chama desespero! Será que está perto o dia que verei os EUA de joelhos?

Responder

Mar

15 de novembro de 2017 às 09h48

Isso se chama desespero. Será que está perto o dia que verei os EUA de joelhos?

Responder

    Abraão

    15 de novembro de 2017 às 12h23

    Ta cheirando muita cola…..

    Responder

Rafa

15 de novembro de 2017 às 03h49

Quando nada dá certo internamente acham uma forma de culpar os russos.
Será vão pedir para a BBC se registrar também?

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com