Fórum Reforma Tributária BandNews

Afranio Silva Jardim ao Cafezinho, sobre o golpe: “O STF poderia ter impedido”

Por Miguel do Rosário

19 de dezembro de 2017 : 15h56

O professor de Direito Afranio Silva Jardim, que leciona há mais de 30 anos, e é um dos profissionais mais respeitados na área de direito penal e processo penal no país, afirma que o Supremo Tribunal Federal (STF) poderia ter aniquilado, na raiz, no processo de impeachment conduzido por Eduardo Cunha.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marilaine Gonçalves

19 de dezembro de 2017 às 20h08

Mas o Juca não falou que era um grande acordo nacional, com judiciário e tudo? Então…

Responder

Luiz Doleron

19 de dezembro de 2017 às 18h27

Respeito muito esse senhor mas qual a parte do “grande acordo nacional com o supremo com tudo” ele não compreendeu?

Responder

Fatima Borges

19 de dezembro de 2017 às 18h18

como assim? qual a parte de “com o supremo, com tudo” as pessoas não entenderam?

Responder

Pedro Pedro Rodrigues

19 de dezembro de 2017 às 18h17

A justiça deu adeus, quando o supremo cruzou os braços na hora de fazer seu papel. Agora, serão década para o país recuperar a credibilidade…a economia, não se sabe, até porque, uma depende da outra.

Responder

Rodrigo Dos S. Rodrigues

19 de dezembro de 2017 às 18h03

Entrevista só de dois minutos?

Responder

Deixe uma resposta