Debate entre presidenciáveis na RedeTV! 22 horas

Alckmin vai levar metade do fundo eleitoral

Por Miguel do Rosário

09 de agosto de 2018 : 09h03

Geraldo Alckmin terá 48% de todo o fundo eleitoral, ou R$ 828 milhões, exatamente o triplo do orçamento disponibilizado para a campanha de Lula, que terá R$ 270 milhões.

Henrique Meirelles, que atua quase como um zagueiro de Alckmin, defendendo as mesmas ideias, terá quase a mesma coisa que Lula.

As informações, incluindo o gráfico abaixo, constam de reportagem da Folha.

Há muito tempo não se via uma eleição tão desequilibrada entre os principais candidatos.

Em 2014, por exemplo, o PT informou a despesa de R$ 350,5 milhões com a campanha de Dilma Rousseff. A campanha de Aécio custou, segundo dados informados ao TSE, R$ 223,4 milhões.

As campanhas de 2002, 2006 e 2010 registraram orçamentos eleitorais equilibrados para os dois principais rivais: PT e PSDB.

As informações revelam que o jogo vai ser muito duro.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Felipe Pansano

15 de agosto de 2018 às 13h27

Eu já disse eu vou votar em Geraldo Alckmin, pois é o único com comprometimento com a população e que sabe trabalhar por todos.

Responder

devanir marchioli

09 de agosto de 2018 às 10h32

Soma-se a isso to tempo de TV e toda a mídia a favor, e os ataques que a direita irão fazer a Lula, e temos o caminho aberto para termos uma segundo turno entre Bolsonaro e Alkimim, ainda não engoli essa estrátegia do PT… Tinha quer Ciro/Haddad essa chapa, ou Ciro/Wagner….

Responder

Alan Cepile

09 de agosto de 2018 às 10h06

O picolé de chuchu ainda não tem voto, mas é o candidato mais perigoso, pois tem a máquina toda a favor dele (atual governo golpista, mídia, mercado financeiro, elite).

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com