Entrevista de Haddad ao SBT

O debate dos presidenciáveis no BTG Pactual – dia 2

Por Miguel do Rosário

09 de agosto de 2018 : 13h26

É muito importante que os internautas assistam aos debates para conhecerem as propostas de cada candidato. Assistam e comentem.

Falaram hoje, dia 2 do debate, os seguintes candidatos:

📆 Dia 09/agosto

09h00 – Abertura com Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual
09h10 – Fernando Haddad (PT, Representante do Partido)
09h55 – João Amoêdo (Novo)
10h40 – Painel de encerramento com ministro Nelson Jobim, Bolívar Lamounier, Murillo Aragão e Carlos Andreazza

Jair Bolsonaro e Marina foram convidados mas recusaram a participação.

O dia 1 está aqui.

No dia 1, falaram os seguintes candidatos:

📆 Dia 08/agosto

17h30 – Abertura com Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual
17h45 – Geraldo Alckmin (PSDB)
18h30 – Alvaro Dias (Podemos)
19h15 – Ciro Gomes (PDT)
20h00 – Henrique Meirelles (MDB)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Diogo

12 de agosto de 2018 às 15h33

Foi comunicado que Bolsonaro e Marina foram convidados mas recusaram o convite. Está faltando o nome de Eduardo Boulos. Ele foi convidado?

Responder

maria cristina fernandes santos

09 de agosto de 2018 às 16h51

Confesso que assisti esse segundo dia pra entender o que, em Amoedo, encanta tanto alguns amigos. Ele tem uma boa verve. Mas, em termos de proposta e forma de governar, é tão aleatório quanto a Luciana Genro em tempos passados. A insistência no discurso anti petista e citações à Lava jato é abjeto. Não se pode pensar num País como quem pensa numa empresa. Já Hadadd ainda está muito preso a questão de como deve se apresentar, o que inevitavelmente cria uma arapuca para ele frente a um entrevistador mal intencionado. Precisa se soltar mais. Ele pode e deve brilhar pelo que é, assim não fosse Lula não o teria posto na linha de frente.

Responder

manoel

09 de agosto de 2018 às 15h57

Tava eu assistindo as entrevistas do segundo dia. Veio o Haddad e o Reinaldo. Até legal, Reinaldo um cara claramente anti petista entrevistando um petista. Pluralidade…
Daí veio o tal do Amoedo e o entrevistador Nunes. Ah tá…parei.

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com