O depoimento de Lula à juíza Gabriela Hardt

Ciro diz que é adversário de 1º turno, mas não inimigo do PT

Por Miguel do Rosário

14 de agosto de 2018 : 19h59

O presidenciável disse que é “adversário” do partido por estarem em candidaturas distintas, mas afirmou que “nem remotamente” é inimigo da legenda.

O presidenciável afirma ainda que não vai “dar uma de Marina em 2014”, e apoiar a direita no segundo turno.

Na Carta Capital

‘O que o PT armou é uma fraude’, diz Ciro sobre candidatura de Lula

por Redação — publicado 14/08/2018 18h00, última modificação 14/08/2018 18h12

Candidato do PDT afirma que considerou um “insulto” ser convidado para ser vice da chapa do PT após ter se lançado ao Planalto

Em entrevista a CartaCapital, realizada na tarde desta terça-feira 14, Ciro Gomes, candidato à Presidência pelo PDT, fez duras críticas à estratégia do PT de manter a candidatura de Lula e registrá-la nesta quarta-feira. “Eu não participo de fraude. Isso que o PT armou é uma fraude. As pessoas têm direito de ser respeitadas”, afirmou.

Ciro disse que é “adversário” do partido por estarem em candidaturas distintas, mas afirmou que “nem remotamente” é inimigo da legenda. Ele criticou, porém, a cúpula do PT por estar fazendo um esforço de “manipulação da população” e disse que o partido “não tem projeto de país”, mas aproveitou-se de uma “liderança extraordinária”.

O candidato do PDT afirmou que foi “bombardeado” por convites do PT para ser vice de Lula, mas já com sua candidatura à Presidência homologada. “Eu considerei um insulto”, afirmou. Apesar das críticas ao partido, Ciro lembrou que Lula é seu “amigo”.

Ele disse que não esteve presente no Sindicato dos Metalúrgicos antes da prisão do ex-presidente por estar em uma viagem aos Estados Unidos. “É duro falar de um amigo e me dói muito. Eu estava nos EUA no dia em que ele foi preso, comecei a levar grosseiras pancadas por estar ausente. Depois, a juíza me proibiu de visitá-lo.”

A entrevista exclusiva com o candidato vai ao ar às 20h desta terça-feira 14 nas redes sociais de CartaCapital. Acompanhe na íntegra pelo Facebook, Youtube e Twitter.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

65 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Virgilio

15 de agosto de 2018 às 18h32

Uma outra versão da mesma entrevista!

Ciro de Tróia

Soa inacreditável, a quem considera Ciro Gomes um dos baluartes do combate ao golpismo no Brasil, sua entrevista à revista Carta Capital. Trechos da conversa já estão disponíveis na rede. Em alto e bom som.

Como de costume, Ciro Gomes deixa de lado meias-palavras: a candidatura Lula é uma fraude, o PT armou uma grande farsa para enganar a população, pois sabe que Lula não pode ser candidato. Qualquer pessoa medianamente informada sabe disso, conclui ele.

Estarrecedor. Tanto quanto o argumento esgrimido em seguida. Para Ciro, a culpa disso é do próprio PT, que impulsionou a aprovação da lei da ficha limpa. Agora degusta o próprio veneno.

Um porta-voz da direita feroz não faria melhor. O problema é que Ciro sempre se apresentou como soldado da fileira oposta à da quadrilha do Jaburu. Aparentemente, deu meia-volta, ou mais uma volta, embora tente manter a imagem de redentor do país.

Seus novos argumentos não param de pé, sob o ponto de vista das forças progressistas. O primeiro ponto, e de longe o mais importante, que Ciro minimiza ou simplesmente ignora: antes de se falar de ficha limpa, o fato crucial é que Lula foi condenado de modo farsesco, sem provas, sem evidências, sem documentos nem atos determinados.

O processo de Lula se assemelha a casos históricos de fraudes jurídicas, como o célebre caso dos Irmãos Naves no final da década de 30. Para quem não se lembra, os irmãos Naves foram torturados e seviciados até o limite do insuportável nos porões policiais para confessarem a morte de Benedito Pereira Caetano, cujo cadáver nunca aparecera. Anos depois, Benedito apareceu vivinho da silva, naquilo que passou a ser considerado um dos maiores erros judiciários da história nacional.

Guardadas as proporções e com as devidas adaptações, Lula é vítima de uma armação de natureza parecida. Está na cadeia por um crime sem cadáver. O cadáver, neste caso, seria o tal tríplex do Guarujá. Mas assim como os irmãos Naves nunca mataram Benedito, Lula nunca possuiu tal apartamento.

Por isso foi montada uma farsa jurídica monstruosa, a lembrar sumariamente: o próprio Moro reconhece que o caso não tem a ver com a Petrobras (portanto nem deveria estar na jurisdição dele); não há um documento comprovando a posse do imóvel por Lula; não se identificou nenhum ato administrativo, conta bancária ou dinheiro aqui ou lá fora como pagamento da propina imaginária. Nada.

Restou apenas a delação premiada de um empreiteiro ameaçado de mofar na cadeia caso não incriminasse Lula, conforme fizera em sucessivas delações anteriores. Foi essa a base da condenação. Voltando ao paralelo histórico, Léo Pinheiro, no processo Lula, fez as vezes de Orcalino da Costa, o amigo de Benedito que sugeriu que os responsáveis pelo desaparecimento da suposta vítima eram os irmãos Naves. Por conveniência, o delegado preferiu acreditar nele contra todas as evidências. Tal qual o juizeco Moro dos dias de hoje. Ignorar esse enredo, ou reduzir isto a um detalhe, como faz Ciro Gomes, é um descalabro completo.

Tudo isso antecede a aplicação ou não da lei da ficha limpa. Pode-se discutir à exaustão se ela é certa ou errada, se foi oportuna, demagógica. Mas o fato MAIOR é que Lula é inocente. É isso que garante ao ex-presidente, aos olhos do Brasil, a preferência esmagadora nas intenções de voto e move milhares e milhares de pessoas pelo país e pelo mundo em defesa da sua candidatura.

O combate não escolhe trincheiras. A relação de forças do momento exige também que se explorem, ao lado da mobilização de massa, os recursos jurídicos que a própria lei da ficha limpa abre para impor a candidatura Lula. É um dos fronts da guerra em curso. Desprezá-lo de antemão é entregar a cabeça de Lula de bandeja aos algozes. Espanta que Ciro Gomes se curve sem combate diante de usurpadores adeptos do império da ilegalidade. E transfira para o PT, organizações populares e democratas em geral a pecha de fraudadores que vale para os conspiradores que no Executivo, Legislativo, Judiciário, mídia –todos a soldo do grande capital—avançam sobre a soberania do povo e arruinam o Brasil.

Ciro surpreende novamente. E novamente para pior.

Responder

    JOÃO BATISTA

    15 de agosto de 2018 às 19h55

    Mortadela, Ciro é candidato a presidente porque tem seus direitos políticos ativos. É adversário de Lula, como explicou na entrevista. Simples assim.

    Responder

      Joeleagle

      17 de setembro de 2018 às 21h00

      “Adversário”???? kkkkkkkkkkkk Sabe de nada, inocente!!

      Responder

Sergio

15 de agosto de 2018 às 16h24

O Ciro não-consensuais aprende mesmo. Apanha todo dia e não consegue amadurecer politicamente.
O maior adversário dele e ele mesmo. Desde o PSDB até hoje.
E tem pessoas que insistem em apoiar esse coronel disfarçado de democrata.
Isso muda mais de direção do que bananeira em dia de brisa

Responder

faust

15 de agosto de 2018 às 16h23

é risível, se não fosse tambem extremamente trágico, pensando nos próximos quatro anos, a posição da cúpula do PT e consequentemente de alguns de seus militantes mais ceguetas. O PT no poder deixou de fazer coisas ESSENCIAIS para um partido dito de esquerda, são passíveis de críticas, os elogios se refletem na liderança do LULA nas pesquisas, acontece, que o Lula está preso, e mesmo nessa encalacrada a direção petista (com aval e movimentos de peão do líder) não quer perder a ”hegemonia” colocando as eleições para o dito campo progressista e para a maioria da população pobre e miserável do Brasil um risco gravíssimo. Infelizmente aqui não existe a liderança das ruas com a esquerda e os movimentos populares. Desde 2013 existe um claro ascenso dos movimentos de direita que se mostraram decisivos para a derrubada do governo Dilma. O Haddad não se reelegeu contra um farsante em São Paulo. Risco gravíssimo.

(não sei se foi o comentário)

Responder

faust

15 de agosto de 2018 às 16h17

é risível, se não fosse tambem extremamente trágico, pensando nos próximos quatro anos, a posição da cúpula do PT e consequentemente de alguns de seus militantes mais ceguetas. O PT no poder deixou de fazer coisas ESSENCIAIS para um partido dito de esquerda, são passíveis de críticas, os elogios se refletem na liderança do LULA nas pesquisas, acontece, que o Lula está preso, e mesmo nessa encalacrada a direção petista (com aval e movimentos de peão do líder) não quer perder a ”hegemonia” colocando as eleições para o dito campo progressista e para a maioria da população pobre e miserável do Brasil um risco gravíssimo. Infelizmente aqui não existe a liderança das ruas com a esquerda e os movimentos populares. Desde 2013 existe um claro ascenso dos movimentos de direita que se mostraram decisivos para a derrubada do governo Dilma. O Haddad não se reelegeu contra um farsante em São Paulo. Risco gravíssimo.

Responder

Ultra Mario

15 de agosto de 2018 às 14h26

Mais uma que eu discordo do Ciro.

O PT deve ser inimigo sim, assim como o PSDB. Grandes responsáveis por jogar a democracia brasileira no lixo.

Agora temos pessoas pedindo por ditadura militar e os dois partidos (e suas militancias) se fazendo de santos como e não tivessem responsabilidade alguma.

Responder

    Dulce

    15 de agosto de 2018 às 14h53

    Ihhhh…
    Isso de antagonizar com o pt pra ver se ganha alguma relevância está tão batido…
    Alckmin vem fazendo isso desde o começo dos anos 2000 e olha onde está agora…
    Não ganhar amor do pt desse jeito não
    Xoxo

    Responder

      Joeleagle

      17 de setembro de 2018 às 21h10

      Só tem “amor” ao PT quem vive do PT, de resto essa quadrilha ou partido deveria ser extinto de uma vez por todas! E Ciro é amigo sim dos petralhas e, principalmente do Luladrão, pois se não fosse o Ciro articulando nos bastidores, o presidiário Lula, nem mesmo com tanto dinheiro comprando votos á época, teria escapado da cadeia á época do Mensalão. Agradeça ao Ciro a pouca liberdade que obteve depois disto, e contam agora também com o Ciro pra livrá-lo da cadeia.

      Responder

Felipe

15 de agosto de 2018 às 12h05

Sou de Sobral e conheço bem o modus operandi dos Ferreira Gomes de fazer política. É a velhaca política.

Responder

    CezarR

    15 de agosto de 2018 às 12h18

    Então a velhaca está fazendo bem à educação de Sobral. Ou o Ciro comprou o IDEB?

    Responder

      Sandro

      15 de agosto de 2018 às 13h24

      Deve ser um velhaco sobralense que saiu da escola há meio século e que assiste a Globo 24/7. Vá lá comentar no MBL bolsominion analfabeto político

      Responder

        Joeleagle

        17 de setembro de 2018 às 21h11

        Tem alguma coisa a dizer sobre o IDEP, ou vai se calar??

        Responder

gbs

15 de agosto de 2018 às 10h55

Tão falso quanto uma nota de três reais:
https://www.conversaafiada.com.br/brasil/joaquim-xavier-ciro-de-troia

Responder

    CezarR

    15 de agosto de 2018 às 11h35

    Como diz o Ciro, a vida é dura! Há uma falta absoluta de compreensão das coisas que ele diz por parte de pessoas supostamente inteligentes. Se não é falta de compreensão é canalhice mesmo. O colunista afirma que a tese de que a culpa é do PT por ter aprovado a Lei de Ficha Llimpa não se sustenta em pé, na medida em que a condenação do Lula é farsesca. Pois bem, só que ninguém reparou que o Ciro, ao começar a explanar seu ponto de vista, começa com o seguinte exemplo: – Imagine que um político qualquer seja vítima de uma condenação de cunho político por um Tribunal qualquer. Estará inelegível. Com essa afirmação Ciro avisa que Tribunais podem ter motivação política para condenar alguém, e que nesse sentido, a Lei de Ficha Limpa é um risco para a democracia, diz mais, que avisou o Zé Cardoso (mais uma do petismo jurídico) desse absurdo, de se permitir efeitos deletérios contra quem ainda se levanta a presunção de inocência. O verdadeiro Cavalo de Tróia são esses colunistas ligados ao petismo.

    Responder

      Jonas

      15 de agosto de 2018 às 12h49

      Vejo vc sempre defendendo ciro das atrapalhadas q ele diz no presente com os acertos q ele fez no passado. Assim como vejo atacando o pt com suas burradas do passado a cada crítica às burradas de ciro no presente.
      Como se existisse um banco de acertos e erros, e ciro está com crédito por causa de seus 16 anos de lealdade com a democracia…
      Não é assim.q funciona…

      Eu e muita gente est(á/eve) dispostos a confiar em ciro, mas é dificil…
      Qual confiar?
      https://www.diariodocentrodomundo.com.br/qual-dos-ciros-vale-o-que-quis-levar-lula-a-uma-embaixada-ou-o-que-agora-lhe-nega-indulto-caso-eleito-por-kiko-nogueira/

      Responder

        Gustavo

        15 de agosto de 2018 às 12h59

        O Ciro que vale é o que representa um projeto nacional de desenvolvimento.

        Responder

          Sandro

          15 de agosto de 2018 às 13h26

          Petista acusando adversário de defender trapalhadas é de me fazer rir. Petistas ainda se comportam como se o PT fosse a única virgem do puteiro (excuse my french). Bons tempos em que a ética norteava o Partidos dos Trabalhadores!

          Responder

        CézarR

        15 de agosto de 2018 às 13h28

        Talvez por eu acompanhar suas palestras, entrevistas, redes sociais, eu tenha muito mais noção sobre o Ciro do que a maioria de vocês que se deixam levar pelas manchetes sem olho no conteúdo. Da mesma forma como é fácil desarmar com a verdade e a técnica as denúncias e sentenças contra o Lula, também é fácil com a verdade e a técnica desarmar as fake News que aprontam contra oCiro. Não há trapalhada alguma no que ele disse, há trapalhada ou sacanagem de quem o interpreta. A maioria de vocês nem mesmo viu ou ouviu a entrevista dele e se guiam pelas matérias dos colunistas petistas. Vejam se na entrevista ele não traz a condicionante que mencionei. O PT foi vítima das armadilhas por ele mesmo criadas, e será de mais uma nessas eleições.

        Responder

    Ultra Mario

    15 de agosto de 2018 às 14h17

    Quer que eu linke umas matérias da VEJA falando mal do Lula?

    “Discutir” assim eu também sei.

    Responder

Ricardo JC

15 de agosto de 2018 às 08h34

Bom dia. Acho que o Ciro falou pelo menos uma coisa boa na entrevista. É preciso muita calma nesta hora. E me deu a impressão que vai estar do lado progressista no segundo turno. Precisamos ter consciência de que não adianta brigar com Ciro neste momento. Vamos estar juntos no 2o turno. Eu acredito no PT, mas se ele me surpreender e for ao segundo turno contra Bolsonaro ou Alckmin, certamente estarei com ele. Não tenho a menor dúvida que este é o caminho correto. Por outro lado, também fala um monte de bobagens, que claramente jogam contra a unidade. Ele prega que façamos política com a cabeça e não com o fígado…e no momento seguinte diz que o PT está tentando cometer uma fraude eleitoral (jogando, evidentemente, contra a unidade no campo progressista). Isso é fazer política com o fígado!! Mais…defendeu, malandramente, a inelegibilidade de Lula e, contraditoriamente a meu ver, também tenta surfar na popularidade de Lula, ressaltando, sempre que pode, que é amigo de Lula, que esteve com Lula nos bons momentos. A entrevista é um carnaval de idas e vindas. Com isso, repito, temos que ter muita calma, pois não há porque não apoiar Ciro se ele for ao segundo turno contra a direita, mas ele ralmente torna as coisas sempre difíceis.

Responder

    CezarR

    15 de agosto de 2018 às 09h04

    Sem dúvida o Ciro estará do lado progressista, seja por ele, seja apoiando o PT. A questão é que vejo que não haverá progressismo no segundo turno.

    Responder

      devanir marchioli

      15 de agosto de 2018 às 10h35

      Concordo, pela configuração que está tomado as eleições, corremos uma risco grande de termos Bolsonaro e Alkimim

      Responder

    Harry Heart

    15 de agosto de 2018 às 14h11

    Não voto em POSTE do PT… Se Ciro não for ao segundo turno nem me farei o trabalho de ir votar… Ou até considero votar na oposição… Que se dane o PT e sua política supremacista !!!

    Responder

Fred

15 de agosto de 2018 às 08h27

Hoje vejo que Ciro realmente tem algo bom para o Brasil… Bastou abrir a boca, treme a direita, treme a esquerda, ambos sem projeto…

Responder

    Ricardo JC

    15 de agosto de 2018 às 08h43

    Tentar tomar isto como verdade é uma insanidade. Quer dizer que só ele, o bonzão, tem projeto para o país? Estás brincando!! A direita tem um projeto muito claro, só não vê que não quer. Ela tem o projeto de entregar o país para outrem. Isso é um projeto e que é defendido por mujita gente, principalemnte entre os formadores de opinião. O que temos que fazer é desconstruir este projeto. Se ficarmos repetindo que a direita não tem projeto, estaremos cometendo um erro. Quanto ao PT, os seus governos falam por si só. Não à toa, Lula tem o percentual de intenções de voto que tem. Isso não veio de um governo sem projeto!! Essa conversa de que o PT não “institucionalizou” as conquistas é conversa para boi dormir, pois até as pedras no caminho sabem que o Congresso Nacional jamais apoiou de verdade estas propostas. Elas foram toleradas pelo conservadorismo como uma expectativa de poder. Depois que esta expectativa se foi (na verdade, mudou de mãos), as conquistas se foram e se tornara aquilo que os atuais donos da caneta tem como propostas. Como Temer acabou já faz um ano, nada mais andou. A expectativa de poder se esvaiu, as possibilidades de mudanças também se foram. E não pensem que será muito diferente daqui para frente, pois as possibilidades de elegremos um parlamento com visão estratégica do Brasil são mínimas em minha opinião.

    Responder

      Fred

      15 de agosto de 2018 às 12h50

      Tudo que escreveu , tanto da direita quanto do PT, só ratifica o que disse… Desde quanto entregar, entregar, entregar e deixar a ” vida me levar” da direita é projeto?
      Sobre o PT seria hilário se não fosse trágico, acha mesmo que um cabra que saiu com mais 80% de aprovação não conseguiria aprovar umas reformas descentes?
      Ah! Filho, assuma logo que o filho é teu e começa a pagar pensão…

      Responder

        JOÃO BATISTA

        15 de agosto de 2018 às 19h51

        Em 2010, Lula tinha 87% de ótimo e bom, como ele mesmo gostava de dizer pra se autoelogiar, antes de tomate o rumo da cadeia. Pois naquela eleição Lula poderia eleger chapa puro-sangue do pt e levar para a Câmara e para o Senado uma base política capaz de promover as reformas necessárias, sobretudo a política e das comunicações, esta que livraria o Brasil e Lula da globo. Mas optou por Dilmãe, o poste, e pelo conchavo, pelo compadrio com o pmdb, tirando Temer do ostracismo, para tentar se viabilizar para voltar em 2014, e reuniu a escória política pp, pr e outros, reforçando o tal centrão que veio a dar as cartas e se impor ao pt, em 2014. Deu com os burros nágua, em 2016. Lula acertou bastante, mas errou feio e o país está pagando caro. Poderá pagar mais caro com essa aventura caudilhesca é irresponsável de sua candidatura fake. Ciro está certíssimo em não embarcar nessa fraude, pois é ficha limpa e tem futuro, ainda em 2018 ou depois.

        Responder

Manoel

15 de agosto de 2018 às 08h08

Miguel, ouso dizer, que a maioria dos comentaristas aqui, bebem no de

Responder

TRAZIBULO MEIRELES DE SOUSA

15 de agosto de 2018 às 06h06

Ciro Gomes mostra o que verdadeiramente é um coronelzinho do Ceará, não se iluda Miguel! Acenou com o centrão, achou que com a prisão de Lula ia ser o substituto, ficou na estrada empacado nas pesquisas. Ciro Gomes é a elite, acabou confundido o editor do blog, Miguel do Rosário, que em certo momento fez análise de conjuntura que ia na direção do PT apoiar o coronel cearense.

Responder

    Miguel do Rosário

    15 de agosto de 2018 às 08h31

    Trazibulo, acho preconceito contra nordestino chamar Ciro de “coronel”. O centrão esteve com Dilma até o impeachment. E não fiquei “confundido” em nenhum momento.

    Responder

      Virgilio

      15 de agosto de 2018 às 19h07

      Miguel, você continua convicto que Ciro, de fato, é a melhor alternativa? Mesmo que seja a chapa Hadadd/Manoela, vc vai continuar defendendo a candidatura de Ciro? Vc acha correto Ciro dizer que a candidatura de Lula é uma fraude ao invés de aliar-se com toda a esquerda que diz que é fraude a eleição sem Lula? Eu que sempre o tive como um grande analista da conjuntura político, ainda me sinto perplexo com o caminho que você tomou!

      Responder

        Miguel do Rosário

        15 de agosto de 2018 às 19h46

        Por que perplexo? Eu defendo Lula e tenho enorme solidariedade pelo que lhe aconteceu, e faço o possível para lutar por sua liberdade, mas discordo respeitosamente do caminho tomado por ele e pelo PT. Perplexo estou eu!

        Responder

Alberto Jorge

15 de agosto de 2018 às 01h06

Fico imaginando no dia que ele se declarar inimigo do PT!

Tenho aprendido muito com o Ciro Gomes…

O bom disso tudo é que pelo menos Haddad não será surpreendido num eventual debate com Ciro Gomes.

O “estrategista” quer apenas reconhecido como um homem de coragem e sem freio na língua.

Mais um potencial desperdiçado nesse guerra contra a vilania jurídica que despreza o caráter público da Constituição Federal

Responder

JOÃO BATISTA

15 de agosto de 2018 às 00h53

Ciro tem direitos políticos ativos e vai exercê-los na plenitude.
Tem currículo, biografia e perceptível desejo de contribuir com o país, neste momento, em que a democracia fragilizada pelo golpe de 2016 compromete a economia, retirando de parcela expressiva da população as condições dignas de vida.
Ciro caminhou de 2002 a 2016 junto a Lula, mas agora apresenta suas ideias, propostas e compromissos à sociedade, que decidirá.
Lula e pt seguem seu caminho, Ciro e pdt seguem o deles.

Responder

Damião Bonfim

15 de agosto de 2018 às 00h31

Os religiosos do PT, que não cansam de tirar de contexto as colocações do Ciro, a fim de atrair o ódio petista a ele, deveriam orientar seus sectários, por honestidade intelectual, PRIMEIRAMENTE a acompanhar o trecho da entrevista que foi disponibilizado no youtube. E só depois, comentar.
Quanto ao gosto pela fraude, e essa história de “Fernando Lula Haddad”? O que é isso, senão uma tentativa de sugerir ao eleitor incauto que estará votando em quem, na verdade, não pode ser candidato?
O PT deveria se envergonhar de conduzir uma eleição sugerindo que se Haddad for eleito, quem governará é Lula.
Já pensou se o vice da chapa fosse o Temer? (“Temer é Lula” – hoje isso é feio de dizer, mas em outra situação, seria lindo! Tal como parece lindo dizer que Haddad é Lula).
Eleitor inteligente avalia plano de governo e ideologia partidária. Mas, hoje, o PT sugere que seu eleitorado avalie apenas um nome e quem o indica (o QI desejado). Então, Haddad é Lula – só que não! E se for eleito, tomara que Haddad seja Haddad, não um “presidente faz de conta”.
Ciro tem incomodado o PT, porque o PT não está preocupado com o País. Se tivesse, não se faria oposição a Ciro. Deixa que Ciro exerça seu direito de ser candidato, sem essa de traição só porque não faz campanha para o PT (Ciro é candidato do PDT e não está na mesma condição que Boulos ou Manuela – Tem todo o direito de pleitear o 2º turno).
Ler a choradeira do PT a cada vez que Ciro diz a verdade já enxeou o saco. O Partido tricota todo tipo de artimanha para sabotar a candidatura do Ciro, mas parece querer que em resposta, Ciro peça perdão, porque ousou contrariar a vontade do PT, que hoje se resumi a ludibriar seus eleitores quanto a quem realmente representará o PT na chapa dos “hegemônicos”.
Chega de brincadeira, o Brasil não precisa de poste.
Ciro 12!

Responder

Sanchez

14 de agosto de 2018 às 23h49

Payaso.

Responder

Daniel Dantes

14 de agosto de 2018 às 22h57

Este blog virou de fato cabo eleitoral do CINCO Gomes? Nunca me enganou coxinha enrustido.

Responder

    CezarR

    14 de agosto de 2018 às 23h44

    É um blog que dá espaço ao Ciro e ao Fernando Henrique Cardoso Hadadd.

    Responder

    JOÃO BATISTA

    16 de agosto de 2018 às 01h03

    Já é Dez (10) Gomes!
    Atualize-se, mortadela!

    Responder

Jonas

14 de agosto de 2018 às 22h06

Ciro, comprovadamente, não é de esquerda.
Cisca pra lá, cisca pra cá…
Não demonstra ser tb de direita.
Talvez seja de centro…
Peraí, ele mesmo disse q centro não existe, é uma “invenção matemática”.
Já sei! Talvez centrão, ah, isso ecziste!

Responder

    CezarR

    14 de agosto de 2018 às 22h34

    Quem disse que golpe é um palavra muito forte?
    a) Ciro Gomes;
    b) Michel Temer;
    c) Fernando INSPER Hadadd.

    Quem disse que a Venezuela não é uma democracia?
    a) Michel Temer;
    b) Fernando Me Dou Bem com Tucanos Hadadd;
    c) Aécio Neves;
    d) todos os anteriores.

    Responder

      Jona

      14 de agosto de 2018 às 22h55

      “a culpa é do pêtê, curupaco!”

      Responder

        Brasileiro da Silva

        14 de agosto de 2018 às 22h59

        Que bom. O ptminion já assume que é somente um papagaio. Não deixa de ser uma evolução.

        Responder

hocuspocus

14 de agosto de 2018 às 21h58

O ciro sendo ciro ,se declara amigo de Lula e critica a estratégia elaborada por Lula em relação a sua candidatura.Isso é tão óbvio que acaba revelando ,mais uma vez,o caráter deste sujeito.
Um macaco armado é mais confiável que o coronel.

Responder

Jandui Tupinambás

14 de agosto de 2018 às 21h58

Quando Ciro diz que Temer é culpa do PT pois não foi ele que o colocou lá, ou que a candidatura de Lula é fraude ou quando diz que não concorda com Haddad participando dos debates ou quando diz abertamente que, se eleito (sic), vai dar todo apoio à operação Lava jato, na verdade, Ciro está dizendo aos Yankees que ele é um candidato confiável.

Ciro está se tornando o plano B da direita.

Triste fim.

Responder

Alan Cepile

14 de agosto de 2018 às 21h44

As verdade machucam a “hegemonia”.

Ciro presidente

Responder

    hocuspocus

    14 de agosto de 2018 às 22h00

    Ainda bem que esse é só um sonho dos ciristas,e por sorte ficará nisso.

    Responder

      Alan Cepile

      14 de agosto de 2018 às 22h16

      Bem provável que fique, pra Ciro e pra sei lá quem é candidato a presidente ou vice na chapa frankstein do PT, pq depois da pataquada que fez com a Marília Arraes (e vinha fazendo com Vanessa Grazziotin) a direita tá com a mão na taça.

      Responder

        hocuspocus

        14 de agosto de 2018 às 22h29

        Como definiriamos a atitude cirista de procurar o centrão ?? por que se eu quero o apoio de um partido político,em lugar de me mostrar totalmente afinado com ele ,volta e meia solto as patas pra cima dele ??

        Responder

          Brasileiro da Silva

          14 de agosto de 2018 às 22h46

          Como vc define a atitude de quem se associa com o MDB em vários estados?

          Responder

            Alan Cepile

            15 de agosto de 2018 às 14h02

            Ciro foi procurado pelo centrão, cuidado com o que vc lê no 247, eles só querem enganar o eleitorado de esquerda.

            Responder

    Jandui Tupinambás

    14 de agosto de 2018 às 22h01

    Pode tirar as aspas da palavra HEGEMONIA. O PT detém hegemonia da esquerda na América Latina e vai continuar lutando por mantê-la.

    Como já diria Henfil ainda na década de 70:

    QUEREMOS O PODER!

    e vamos continuar lutando por ele.

    Responder

      Alan Cepile

      14 de agosto de 2018 às 22h18

      Ah sim, a gente acompanhou a “hegemonia” nas eleições municipais.

      Responder

        Jandui Tupinambás

        15 de agosto de 2018 às 08h30

        Como estava dizendo, não custa repetir:

        Temos a hegemonia na América Latina (independentemente dos resultados das eleições municipais) e vamos continuar lutando pois:

        QUEREMOS O PODER!!

        Valeu, Henfil!!!

        Responder

          Alan Cepile

          15 de agosto de 2018 às 14h03

          Nada de novo, vale o meu comentário anterior.

          Responder

Nelson Quintanilha

14 de agosto de 2018 às 21h30

O Ciro é quase uma cópia perfeita do Pelé, com a boca fechada chega ser um poeta.

Responder

Brasileiro da Silva

14 de agosto de 2018 às 20h30

Parece que ele falou a verdade. E ptminions tem dificuldades com a realidade.

Responder

Dio

14 de agosto de 2018 às 20h27

É fraude mesmo, seu gomes?
É fraude buscar seus direitos?
É fraude insistir só pq ” já sabe q vai perder”?
É esse tipo de conselho q vc dá àquela mulher q apanha do marido? “Não procure a delegacia, não vai dar em nada.”
Ou ao cliente lesado: “pra q incomodar o judiciário, vai perder mesmo.”
É isso?

Responder

ari

14 de agosto de 2018 às 20h16

Não é inimigo do PT
Imagine se fosse
Infelizmente não dá mesmo para conviver com esse cidadão. Desisto; Quem quiser que o compre

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com