Bolsonaro e Haddad na Redenews

Alerta: o título é irônico

Nova fake news dos bolsonaristas: “Socorro, o Haddad quer soltar bandidos!”

Por Pedro Breier

10 de outubro de 2018 : 14h19

Circula furiosamente um vídeo de poucos segundos em que Fernando Haddad fala o seguinte:

Nós vamos promover o desencarceramento de pessoas que cometem pequenos delitos, que é hoje o maior contingente de prisioneiros.

O vídeo seria, segundo quem o compartilha, a prova cabal de que o PT protege bandidos – mais que isso, quer soltá-los! – enquanto Bolsonaro quer matar os bandidos. Não há dúvida sobre quem está do lado do famigerado cidadão de bem, não é mesmo?

Calma lá.

Em primeiro lugar, essa é uma discussão bastante complexa. Há, no direito, todo um debate teórico sobre quais seriam as formas e as gravidades ideais das penas para diminuirmos a criminalidade. Ver um vídeo de 11 segundos e tirar uma conclusão – normalmente “bandido bom é bandido morto” – é uma atitude um tanto quanto precipitada.

Em segundo lugar, os pequenos delitos de que fala Haddad são crimes sem violência, principalmente o tráfico de pequenas quantidades de droga (especialmente a maconha, uma droga mais leve). Nem é preciso ver o vídeo inteiro – embora quem o compartilha deveria fazê-lo – para saber disso, uma vez que isso é consenso entre os que defendem o desencarceramento como estratégia para a redução da criminalidade.

Então não se preocupem, Haddad não quer soltar ladrões de carro ou de celular, como concluíram apressadamente alguns amigos bolsonaristas.

Em terceiro lugar, a lógica indica que Haddad está certo.

Reparem bem: um jovem preso vendendo maconha, sem estar armado, vai para a cadeia e é imediatamente cooptado pelas facções criminosas que controlam os presídios – é condição de sobrevivência, na prisão, filiar-se ao crime organizado. Resultado: a sociedade perdeu mais um cidadão para o crime e, por consequência, aumentou a insegurança para todo mundo.

Agora imaginem se o tratamento fosse outro. Se um jovem pego vendendo drogas fosse encaminhado para um órgão estatal que investigasse suas condições familiares, se está indo à escola, ou até de repente o encaminhasse para algum curso técnico, alguma oportunidade de trabalho. Teríamos um criminoso a menos na sociedade, estaríamos um pouco mais seguros e a vida do jovem não teria sido jogada no buraco.

É bastante óbvio que evitar a prisão desses jovens não violentos é benéfico para todo mundo.

A tendência mundial, aliás, é a flexibilização das leis sobre drogas.

A maconha já é totalmente legalizada em alguns estados dos EUA. Sua venda é feita em lojas autorizadas e gera o recolhimento de impostos para o Estado. O início da onda da legalização gerou, inclusive, uma onda de seriados sobre maconha. Passei por alguns no Netflix. Série sobre uma família que vende maconha, programa com maconheiros cozinhando, e por aí vai.

Enquanto isso, no Brasil, um jovem pode ser preso simplesmente por portar alguns gramas de maconha. Não é preciso nem comprovar que ele estava vendendo, já que a lei brasileira é muito subjetiva sobre quem é traficante e quem é usuário.

Percebem a discrepância?

Ou a maconha é uma droga como tantas outras – comprovadamente menos nociva do que muitas que são legalizadas, aliás – e deve ser regulamentada pelo Estado, servindo até como mote de seriados de humor, ou é uma substância maligna que deve ser a causa da prisão de milhares de jovens, os quais entregaremos de mão beijada para o crime organizado. Não pode ser as duas coisas ao mesmo tempo.

A guerra às drogas é uma política falida, o que foi reconhecido inclusive por economistas de direita como Milton Friedman. Se quiser ler o que Friedman pensa sobre o tema, dê uma olhada nesse link.

Os grandes traficantes – não os favelados, mas políticos que carregam cocaína em helicóptero, por exemplo – são os maiores interessados na continuidade da proibição. Afinal, quem não quer participar de um dos mercados mais lucrativos do mundo e ainda livre de impostos, não é?

O plano de Bolsonaro – prender ainda mais gente – simplesmente não funciona para diminuir a criminalidade.

E Haddad não quer liberar os bandidos violentos, não se preocupe não, ok?

Pedro Breier

Pedro Breier, colunista d'O Cafezinho, é formado em direito mas gosta mesmo é de jornalismo. Nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

69 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Valéria

14 de outubro de 2018 às 12h52

Essa matéria está um tanto contraditória, primeiro diz que o vídeo onde Haddad diz que vai promover o desencarceramento é fake:

O vídeo seria, segundo quem o compartilha, a prova cabal de que o PT protege bandidos – mais que isso, quer soltá-los! – enquanto Bolsonaro quer matar os bandidos. Não há dúvida sobre quem está do lado do famigerado cidadão de bem, não é mesmo?

Logo em seguida diz:

Em segundo lugar, os pequenos delitos de que fala Haddad são crimes sem violência, principalmente o tráfico de pequenas quantidades de droga (especialmente a maconha, uma droga mais leve). Nem é preciso ver o vídeo inteiro – embora quem o compartilha deveria fazê-lo – para saber disso, uma vez que isso é consenso entre os que defendem o desencarceramento como estratégia para a redução da criminalidade.

obs: crimes sem violência pode? Ou seja, pode roubar mas não matar!! kkkkkkkk

Só rindo mesmo.

Responder

carlos

14 de outubro de 2018 às 09h23

Eu vejo o perfil do Bolsonaro, como um satânico, aquele que através do marketing, é aquele cara que fez no exército ele joga uns contra os outros e de longe fica assistindo o circo pegar fogo, isso é ruim para o Brasil, nós já passamos por isso, nós precisamos de paz o Bolsonaro quer provocar um holocausto, ou seja uma guerra interna para dizimar o povo brasileiro, sobretudo os povos dos guetos, e favelas das grandes cidades.

Responder

Cafézim

13 de outubro de 2018 às 21h56

O que seria pequenos delitos?
“Bater” uma carteira? “Furtar” um celular quando ninguém tá vendi?
E a pessoa que perdeu todo o salário do mês por causa disso? E a pessoa que terá que financiar outro celular na Casas Bahia?
O vendedor de pequenas quantidades de drogas ilícitas está aliciando outras pessoas a caírem no abismo das drogas. Na maioria das vezes, esse pequeno traficante já foi aliciado pela turma de cima:
“não tem dinheiro pra comprar? seja nosso “vendedor”.
É só o cara não vender pequenas quantidades de droga que ele não vai pra cadeia, simples assim.
As “escolas do crime” em penitenciárias só serão destruídas quando alguém acabar com as facções criminosas e seus comandos de dentro da cadeia.
Mas parece que essa não é a “praia” do Haddad, não é mesmo?

Responder

Fabio

13 de outubro de 2018 às 19h02

Percebo que vc não sabe nada de lei, e nem da realidade do país hoje, e usa uma lógica bosta, pra tentar justificar um ato de barbarie, promovido pelo seu ladrão favorito, e de quebra, ainda caluniar o Bolsonaro, dizendo que é fake news.

Somente 2,8% dos presos hj, do país, são os que cometeram pequenos delitos, quem diz que a superpopulação carceraria, existe por conta de pequenos delitos, ou é um burro que não sabe checar as informações de fato, ou é um desonesto completo.

Responder

Maximiliano Kirchleitner

13 de outubro de 2018 às 18h14

https://www.youtube.com/watch?v=B8m1tvY81qI

Responder

Vilberto

13 de outubro de 2018 às 17h28

Olha no meu ponto de vista Lula não praticou um pequeno delito, ai já não tem como apoiar um cara desse. Bolsonaro no 2 turno

Responder

Cássio Ornelas

13 de outubro de 2018 às 03h04

AGENDA NACIONAL PELO DESENCARCERAMENTO

1. Suspensão de qualquer verba voltada para a construção de novas unidades prisionais ou de internação;

2. Exigência de redução massiva da população prisional e das violências produzidas pela prisão;

3. Alterações Legislativas para a máxima limitação da aplicação de prisões preventivas;

4. Contra a criminalização do uso e do comércio de drogas;

5. Redução máxima do sistema penal e retomada da autonomia comunitária para a resolução não-violenta de conflitos;

6. Ampliação das Garantias da Lei de Execuções Penais;

7. Ainda no âmbito da Lei de Execuções Penais: abertura do cárcere e criação de mecanismos de controle popular;

8. Proibição da privatização do sistema prisional;

9. Prevenção e Combate à Tortura;

10. Desmilitarização das polícias e da sociedade.

Fonte: https://bit.ly/2IgwjX4

Responder

Alexandra Motta

12 de outubro de 2018 às 20h58

Ninguem é preso hoje no Brasil por portar pequenas quantidades de drogas. Informe-se. A intensao por tras disso é soltar as pessoas que estao presas por crimes de corrupcao entre outros. A solucao para cadeias cheias é construir mais cadeias!!!

Responder

    Patricia

    12 de outubro de 2018 às 23h56

    Parabéns pelo comentário. Porque o inocente não vende picolé então.

    Responder

marcus

12 de outubro de 2018 às 17h40

https://m.youtube.com/watch?v=mYgFUBcHkW0

Responder

Leonardo

12 de outubro de 2018 às 16h31

Os crimes cometidos pelo Lula são pequenos delitos? Pois, pelo que eu sei, o próprio Haddad disse que se eleito, subiria a rampa do palácio do planalto ao lado de Lula. E sua vice, antes de se rebaixar a vice do vice, disse que se eleita iria dar o indulto ao Lula. Vai dizer que isto é fake também?

Sua paixão não é o jornalismo rapaz, mas sim o PT. Jornalista de verdade não fica se posicionando, mas mostra os fatos de ambos os lados. Vire advogado do PT, e pare de queimar os verdadeiros jornalistas.

Não sou um bolsominion, pois acho que o Bolsonaro fala muita merda. Minha indignação é de ver o nome do jornalismo no ralo com supostos jornalista mal intencionados.

Responder

Ana

12 de outubro de 2018 às 09h49

E isso é fake onde? Esta nos planos de governo do Haddad! Você já leu antes de falar merda? Ele quer reduzir a massa carcerária sim!!!! Se informe antes de dizer asneiras!

Responder

nal

11 de outubro de 2018 às 22h09

gente , se querem passar uma informação correta q acreditam ter sido alterada intencionalmente , devem mostrar o conteúdo original sem cortes , onde está o vídeo completo????quero ver e ouvir o haddad falando , os textos q vcs mostram n dão total confiança , parece até q foi o ponto de vista do próprio cara q esta a frente desse site ,quero ver o vídeo original , indiquem onde está o vídeo original, é tão difícil assim ??????

Responder

    Realidade

    11 de outubro de 2018 às 23h13

    Isso só mostra que os próprios eleitores do Haddad tem vergonha de seu plano de governo, até pq é lá ele diz que vai soltar criminosos que cometerem pequenos delitos para “diminuir a população carcerária.

    Responder

    Leopardo Júnior

    12 de outubro de 2018 às 18h06

    Eu não devia fazer isso, porque petista não tem senso de ridículo, são muito estúpidos para entender, por mais que ele veja, até hoje tem pessoas que acreditam que Dilma sofreu golpe apesar de nunca o MDB cortar relações políticas com o PT. O Michel Temer acaba de declarar apoio a Haddad que ta super feliz com a aliança com o “golpista”. Até hoje tem petistas que acreditam na inocência do Lula kkkkkkkk
    Dê uma olhada nesse vídeo o Haddad diz com todas as letras numa palestra a estudantes apresentando suas propostas de governo caso seja eleito presidente(Deus nos livre!):
    VIDEO —–> https://www.youtube.com/watch?v=2PvBqWc72yg
    À partir do 05′:08″:
    – “Vamos promover a politica do desencarceramento”;
    – “Hoje o maior contingente de presos são os considerados de menor potencial de risco à sociedade (aqueles que tem 30 passagens, inclusive latrocínio, feminicício, roubo, sequestro e que saem rindo pela porta da frente no dia da Audiência de Custódia(outra cria do governo PT);
    -Vamos federalizar as cadeias e deixar encarcerados “APENAS” os presos de alta periculosidade, com isso vamos fazer uma grande economia e esvaziar os presídios.

    https://www.youtube.com/watch?v=2PvBqWc72yg
    0′:00″ Haddad fala do Ensino médio;
    4′:16″ Haddad fala da Seguraça Pública – Federalização dos crimes;
    5′:08″ – 6′:32″ Desencarceramento do maior contingente para diminuir custos 5:08 – 6:32

    Responder

    Leopardo Júnior

    12 de outubro de 2018 às 18h10

    Vejam o vídeo da entrevista do Haddad a estudantes e façam seu juizo de que tipo de gente espalha noticias falsas:
    Eu não devia fazer isso, porque petista não tem senso de ridículo, são muito estúpidos para entender, por mais que ele veja, até hoje tem pessoas que acreditam que Dilma sofreu golpe apesar de nunca o MDB cortar relações políticas com o PT. O Michel Temer acaba de declarar apoio a Haddad que ta super feliz com a aliança com o “golpista”. Até hoje tem petistas que acreditam na inocência do Lula kkkkkkkk
    Dê uma olhada nesse vídeo o Haddad diz com todas as letras numa palestra a estudantes apresentando suas propostas de governo caso seja eleito presidente(Deus nos livre!):
    VIDEO —–> https://www.youtube.com/watch?v=2PvBqWc72yg
    À partir do 05′:08″:
    – “Vamos promover a politica do desencarceramento”;
    – “Hoje o maior contingente de presos são os considerados de menor potencial de risco à sociedade (aqueles que tem 30 passagens, inclusive latrocínio, feminicício, roubo, sequestro e que saem rindo pela porta da frente no dia da Audiência de Custódia(outra cria do governo PT);
    -Vamos federalizar as cadeias e deixar encarcerados “APENAS” os presos de alta periculosidade, com isso vamos fazer uma grande economia e esvaziar os presídios.

    https://www.youtube.com/watch?v=2PvBqWc72yg
    0′:00″ Haddad fala do Ensino médio;
    4′:16″ Haddad fala da Seguraça Pública – Federalização dos crimes;
    5′:08″ – 6′:32″ Desencarceramento do maior contingente para diminuir custos 5:08 – 6:32

    Responder

Luiz Cláudio Pedroso da Fonseca

11 de outubro de 2018 às 20h34

E agora o candidato Bolsonaro se jacta de estar solto.

Responder

claudevan ferreira

11 de outubro de 2018 às 20h02

soltar bandidos por menor que seja o delito não é o caminho.. que tal ele primeiro fazer o papel dele e cuidar da educação (sem influenciar as crianças ao caminho do sexo) outra coisa que tal ele devolver o dinheiro das obras superfaturadas como foi as ciclovias? quem sabe ao menos para de ir visitar bandidos no presidio… poxa, não posso continuar ou vou fazer um livro.. o fato é que o pt afundou o brasil e mesmo sendo Nordestino eu vou de #BOLSONARO17

Responder

    Temístocles Lopes Rafael

    12 de outubro de 2018 às 00h46

    Isso, já que você não tem, brio, nem orgulho próprio, nem vergonha na cara, e se acha que capim é bom alimento, que Bolsonaro te oferece, vá lá. Então Boa sorte.

    Responder

    murilo

    12 de outubro de 2018 às 11h32

    Para quem tem medo do KIT GAY esse projeto de diversidade que nunca foi aprovado no Brasil, inclusive está disponivel em pdf na internet “http://www.acaoeducativa.org.br/…/kit-gay-escola-sem-homofo…” é usado pelo Bolsonaro para assustar as pessoas, o que ele mostra nos vídeo é uma cartilha sexual que se quer faz parte do projeto. Ele promove o KIT GAY como um projeto do PT, que seria implementado nas escolas e que os pais seriam obrigados a deixar as crianças receberem a educação do kit gay.
    No projeto esta completamente diferente, se um projeto desse fosse aprovado teria que primeiro ser feito uma reunião com os pais dos alunos.
    A cartilha que o Bolsonaro mostra não tem nada a ver com o kit gay é uma cartilha sexual utilizada em toda a Europa, e não foi feita para crianças e sim adolescentes.
    Eu conheço o projeto pedagógico da escola dos meus filhos e nunca chegou essa cartilha do Bolsonaro e nem o projeto de diversidade. Qualquer um Brasileiro pode fazer um projeto. Mas isso não quer dizer que ele seja aprovado.
    Eu Jamais aceitaria que meu filho recebe-se uma orientação sexual que induzisse ser diferente ao qual ele nasceu.
    o KIT GAY assustou muita gente e acabou convencendo pessoas que jamais votaria no fascismo a votar no Bolsonaro porque consideram que é mais admissível votar no fascismo do que no KIT GAY.
    Nunca ouve propostas de KIT GAY para crianças de 6 anos de idade em nosso país.
    O BOLSONARO FALA MENTIRAS PARA SE PROMOVER POLITICAMENTE ESTA CARTILHA NÃO TEM NADA A VER COM O PT.

    Responder

    Joel Matthis

    13 de outubro de 2018 às 14h48

    Não posso crer que o jornalista seja isento em seu comentário. Obviamente a mente deturpada de esquerdopata tenta distorcer a realidade: A esquerda quer soltar o Lula e demais bandidos de “baixa periculosidade”.
    Tentam tambem acabar com a polícia Militar e demais orgãos de controle da bandidagem.
    Sm credibilidade nenhuma

    Responder

Gregory

11 de outubro de 2018 às 19h58

Hadddad não quer liberar bandidos violentos como quem escreveu a matéria disse.

Ele quer liberar o Lula. Façam-me o favor, não resolve o problema prendendo mais? Resolve soltando né? Deixem desse discurso. Ninguém aguenta mais ser roubado, trabalhar duro o mês todo pra imposto e sobreviver com o que sobra e vem um menino não violente me roubar e tenho que achar justo que ele não seja preso pq na sua cabeça isso não resolve. Por isso estão atrás na eleição, povo não aguenta mais esse discurso do pt que teve 14 anos e não melhorou. Esquecem que o herói Lula e mãe Dilma governaram esse país? Ou até 2016 o país era ótimo, seguro, sem desigualdades e o temer em dois anos que fez tudo isso? PT deveria assumir as merdas que fez e só assim talvez pudesse vencer.

Responder

Leandro

11 de outubro de 2018 às 11h06

Entendo o que o Haddad quis dizer, mas foi muito inocente na declaração, A escolha do PT por Haddad só não foi pior que a a Dilma. kkkk

Responder

    Mario Viana

    11 de outubro de 2018 às 12h23

    Sou PTista, mas a assessoria e o próprio haddad estão dando munição pro inimigo, estão no jogo deles entrando em assunto dominados pelo adversário. Muita engenuidade deles.

    Responder

Marcelo

11 de outubro de 2018 às 09h57

MENTIRA AONDE FILHO!?!?!

https://www.youtube.com/watch?v=tiexSUcMmD0

Bando de hipócritas!

Responder

    Rodrigo

    11 de outubro de 2018 às 18h47

    Marcelo… Peço que leia a noticia novamente, o video que você compartilhou é a primeira frase da noticia, e ela explica essa frase… TODOS os videos dessa frase dele estão cortados apenas nessa frase que, fora de contexto, da uma ideia errada. O texto deste site explica isso bem. Ele não é tão grande, vale a pena ler.

    Responder

Doda

11 de outubro de 2018 às 09h49

Tem vídeos no tal do zap falando que o Petrolão foi uma armação e que nunca existiu!!

Dizendo que Dirceu, Genoino, Palloci e cia são heróis injustiçados!!!!

Dizendo ainda que os governos Ptistas tiraram trilhões de pessoas da pobreza!!! (embora hj eles preguem que vão reconstruir o Brasil que eles governaram nos ultimos 4 mandatos)

Que o filho do pobre virou dotô!!!

Que o pobre anda de avião por causa do lula!!!!

OU seja no zap a fake new rola para todos os lados

Responder

vicente

11 de outubro de 2018 às 08h03

Se alguém manda no whatsapp que Haddad é filho de extraterrestres e vai trazer os ets pra dominar o Brasil esse povo burro acredita. Impressionante. Aí se tu fala que a lava jato foi uma fraude pra permitir o roubo de trilhões de dólares do nosso petróleo, pra devolver os juros altos aos rentistas e pra tirar o Brasil dos BRICS, as pessoas dizem que a gente é maluco. Eta povo ingênuo.

Responder

fabiane

11 de outubro de 2018 às 08h03

https://www.youtube.com/watch?v=tiexSUcMmD0
mentira o que meu filho? le fala com suas proprias palavras. foi mais que contestado que o pt so defende bandido. agr roubar celular nao tem pena, roubar a aposentadoria da sua avo na fila nao sera mais negociado com a justiça… é isso que o povo quer…

Responder

    Rodrigo

    11 de outubro de 2018 às 18h48

    Fabiane… Peço que leia a noticia novamente, o video que você compartilhou é a primeira frase da noticia, e ela explica essa frase… TODOS os videos dessa frase dele estão cortados apenas nessa frase que, fora de contexto, da uma ideia errada. O texto deste site explica isso bem. Ele não é tão grande, vale a pena ler.

    Responder

      nal

      11 de outubro de 2018 às 22h12

      por q vc simplesmente n mostra o vídeo original onde ele começa com essa frase e explica ??????

      Responder

        fui roubado

        12 de outubro de 2018 às 08h55

        Ele só quer soltar os bandidos “menos violentos” kkkkkk
        Caramba, mano!
        Como vcs são nojentos!
        Violento ou não, CRIME É CRIME e TEM QUE SER REPUDIADO!!!

        Responder

Stalingrado Lula da Silva

11 de outubro de 2018 às 06h35

E Ciro Jeirissati Gomes saiu de férias para a Europa, segundo o Brasil247.
O Brasil tem uma das maiores populações carcerárias do mundo, nem por isso melhorou a segurança.
Precisamos de mais empregos e escolas, o que será feito pelo PT no governo.

Responder

    Doda

    11 de outubro de 2018 às 10h02

    Será feito???
    Tiveram 4 mandatos para fazer e não fizeram, pq agora farão?

    Responder

Diego

10 de outubro de 2018 às 22h35

parceiro, não seja tendencioso, na primeira analogia tu diz que perdeu um cidadão para a criminalidade : ”Resultado: a sociedade perdeu mais um cidadão para o crime e, por consequência, aumentou a insegurança para todo mundo.”
depois na segunda analogia tu diz que ele é um criminoso: ”Teríamos um criminoso a menos na sociedade, estaríamos um pouco mais seguros e a vida do jovem não teria sido jogada no buraco.”
Afinal, ele é um cidadão ou um criminoso? Porque os dois ele não pode ser.

Responder

Rosa

10 de outubro de 2018 às 22h02

Ciro poderia vender o coisa.
Nadador não sei.
Vejo muito ódio da população ignorante contra o PT

Responder

PSYOPS

10 de outubro de 2018 às 21h55

SOCUALBOTS

Responder

Rosa

10 de outubro de 2018 às 21h34

Os ignorantes dominarão o Brasil por uma simples questão de superioridade numérica.

Responder

TELESFORO MATOS

10 de outubro de 2018 às 20h41

Nunca vi tanta bobagem em um post tão pequeno…
Por essa e outras a esquerda vai perder feio estas eleições.
Ah!…Quando o Brasil bater no fundo, lá onde está a Argentina, a mídia e toda a direita, inclusive o povo, culparão p PT…
Quem viver, verá!

Responder

Reginaldo Gomes

10 de outubro de 2018 às 20h28

É com muita tristeza e impotência que acompanho todos os blogs progressistas fazendo campanha pro bolsonaro e induzindo o povo a violência.
É algo que pertence ao ensino fundamental primário de campanha política, um assunto de nível até infantil.
Qualquer notícia / artigo com teor de violência é campanha pro bolsonaro!!!!!!!!!!!!!
Os blogs estão que nem satanás infernizando a vida do povo!!!!!
O único estado possível do povo perceber o perigo real do imaginário é no estado de PAZ!!!!.
Tamu fudidu.

Responder

    TELESFORO MATOS

    10 de outubro de 2018 às 20h44

    Concordo plenamente com você…
    A maioria dos Blogs de esquerda, propositalmente ou inadvertidamente fazem campanha prá bolsonaro….
    O último e maior apoio foi o do Ciro e do PDT com o “Apoio crítico”.
    Bando de moleques ressentidos….E já se preparando para embarcar no governo do Capitão.
    E quem viver, verá!

    Responder

Hudson

10 de outubro de 2018 às 20h03

O maior bandido é o que assassina a democracia.

Sem democracia, não há temas a tratar.

Bolso é o candidato dos criminosos, não tenhasm dúvida.

Responder

    Marcelo

    11 de outubro de 2018 às 09h59

    Haddad que quer soltar criminosos e Bolsonaro que é o candidato deles? Que incoerencia!

    Responder

    Doda

    11 de outubro de 2018 às 10h04

    Mas quem visita presidiário para pedir bênção é o Haddad do PT!

    Responder

Sergio

10 de outubro de 2018 às 19h37

O texto é bem otimista mais não é a realidade que vivemos, esse texto sim é um FAKE NEWS.
No próprio texto vc diz que as facções mandam nos presídios, quem deveria mandar nós presídios é o estado, o governo e não os bandidos, vc fala de uma forma tão natural como se fosse normal, quem esta preso não tem que mandar em nada, a penas ficar quieto e cumprir a pena que lhe foi dada.

A solução não é perdoar pequenos delitos, isso vai somente potencializar e incentivar a serem realizados.
Falta trabalho e estudo para a maioria, quem optou em não trabalha e não estudar esta cagando pra ideia de ser educado.

Se de fato o governo tiver condições de dar educação a um bandido que comece pelos que não ainda não cometeram crime algum, comece pelas creches, pelo ensino médio e superior, depois disso se ainda tivermos verba ai daremos atenção para os que fizeram a escolha de não trabalhar, não estudar e viver de pequenos delitos.

Responder

Hudson

10 de outubro de 2018 às 19h26

Espancar e matar não são crimes para Bolsonazis:

https://www.google.com/maps/d/embed?mid=1hNIxsASpLAxFjsWPMqFZtm-cuigr3jj9

(Furtar um chocolate dá cadeia, mas sonegar milhares de reais é mitar!)

Responder

Hudson

10 de outubro de 2018 às 19h23

Foi o Adraike que fez isto?

https://marceloauler.com.br/a-barbarie-chegou/

Responder

Francisco

10 de outubro de 2018 às 19h23

Então, tá!
Não basta os fake news para imbecis e lavajatistas ‘cerebrais’, agora o Cafezinho resolveu aceitar a pauta do bolsonazi, com esse esgoto que representa a campanha fascista para elegerem o presidente do país, e ficarmos aqui a discutir presos, é isso ou pior ainda que isso?

Responder

Thiago

10 de outubro de 2018 às 18h36

Boa noite. Primeiramente parabéns pelo excelente texto e pelo ponto de vista mais abrangente da ideia do candidato do PT. Mas deixando minha opinião não de especialista pois eu não sou, mas de cidadão e vítima do crime. Onde eu moro os traficantes da pesada usam a estratégia de portar pouca quantidade da droga traficada justamente para em caso de ocorrer o flagrante alegar que é pra uso próprio e ter pouco prejuízo na apreensão. Então no mundo real são essas pessoas que nós vamos ver se beneficiando dessa politica. Não sou a favor de desumanidades, mas acho que devemos priorizar quem trabalha e não comete crimes. Depois a gente olha pelo bandido.

Responder

    Hudson

    10 de outubro de 2018 às 19h32

    Boa noite.

    Bolsonaro defende desumanidades, e lava as mãos para os crimes cometidos por seus apoiadores, voltando a incentivá-los na primeira oportunidade.

    Você soube do caso do homem que foi baleado pelas polícia por estar segurando um guarda-chuvas? Com a “licença para matar” de Bolsonaro, maus militares (como o prólprio) farão a festa macabra.

    Por que será que Bolsonaro é apoiado por milicianos?

    Responder

      Hudson

      10 de outubro de 2018 às 19h36

      Em tempo: os traficantes realmente da pesada, ou seja, os líderes, nem encostam em droga.

      Muitos estão de terno e gravata, ocupando cargos políticos.

      Responder

Felipe

10 de outubro de 2018 às 18h11

Todos somos iguais perante a lei, com Bolsonaro 17 as leis serão mais rígidas! se cometeu crime tem que ir pra cadeia SIM, o PT sempre defendeu bandidos e agora está falando na cara, mas mesmo assim uma minoria menos esclarecida não acredita.

Responder

Arthur Neto B.

10 de outubro de 2018 às 17h31

Só passando para dizer que,,,
A turma da oposição gosta mesmo é de memes.
E na guerra de memes a esquerda esta perdendo feio.
Se a oposição fascista gostasse de ler e refletir não seriam como são.

Responder

ari

10 de outubro de 2018 às 17h07

No mínimo por bom censo, há que se observar que a dita guerra contra as drogas nunca funcionou. O Brasil vive hoje um moralismo idiota que está nos destruindo. A mesma pessoa que brada contra alguém que é detido com quase zero gramas de maconha, podendo, sonega o máximo de impostos possível. Aliás, para os que bradam contra “o Petrolão, o maior caso de corrupção do mundo”, lembro que os 6 bilhões supostamente retirados da Petrobras em 10 anos – por sinal, uma merreca quando comparado com o faturamento da empresa no mesmo período – é dinheiro de pinga perto dos 400/500 bilhões sonegados anualmente

Responder

    Paulo

    10 de outubro de 2018 às 17h53

    A sonegação está por toda parte, Ari. Desde o rico que manda a grana pra fora até o pobre que compra camisa de marreteiro. Se fôssemos prender todos os sonegadores deste país, faltariam carcereiros para confiná-los e cuidar deles…a solução é simplificar o sistema tributário e cobrar de todos, na medida de suas posses…

    Responder

    Hudson

    11 de outubro de 2018 às 00h09

    Um dos maiores casos de corrupção lesa-pátria do mundo foi a doação da Companhia Vale do Rio Doce por FHC.

    Além de entregar um tesouro mineral por um preço de banana, ainda deu o dinheiro para os “compradores” comprarem, através do BNDES!

    Responder

      Paulo

      11 de outubro de 2018 às 00h14

      E ainda teve que tolerar o desastre de Mariana. Um dos maiores casos de lesa-pátria da nossa história. Tomamos na tarraqueta e ainda financiamos…vergonha, vergonha, vergonha…

      Responder

fausto

10 de outubro de 2018 às 16h38

Bolsominions, e eu detesto esse termo, seguidores do facínora, são pragas.

Responder

José

10 de outubro de 2018 às 16h23

Você só esqueceu de uma coisa… pequenos delitos/crimes atualmente com a pena menor ou igual a 2 anos a pessoa acaba nem sendo presa… O que ele quer fazer é aumentar isso daí, para crimes um pouco mais pesados.

Responder

Paulo

10 de outubro de 2018 às 16h17

Concordo, em termos, sobre a possível liberalização da maconha (não me parece uma droga tão nociva, no mínimo, demanda maiores estudos e observações dos resultados obtidos em outros países). Mas, enquanto for crime, cumpre ao Estado penalizar a conduta de quem vier a traficá-la. Mas discordo totalmente da política de “abrir as portas da esperança” para os criminosos. Ao contrário, precisávamos ser mais severos, como a China e os EUA, ampliando as penas e reduzindo drasticamente os benefícios diretos e indiretos dos presos, tais como visita íntima, auxílio-reclusão (é um caminho aberto para o sujeito sem responsabilidade social se sentir isento), indulto de natal, redução progressiva sem contrapartida no trabalho, etc. Na verdade, para quebrar a “memória do crime” (mecanismo perverso que transforma as prisões em escolas de criminosos) teríamos que encarcerar cerca de 4 milhões de pessoas e mantê-las presas por longos períodos. O problema é que sai caro, e recursos não estão sobrando. Lembrando que, o que se aplica no sistema prisional, subtrai-se à educação e a saúde. O caixa é um só…

Responder

Luiz Cláudio Pedroso da Fonseca

10 de outubro de 2018 às 16h06

A maquiagem moralista do candidato Bolsonaro induz a esse tipo de trapaça. O candidato Bolsonaro terá de colocar em discussão, a bem da Democracia, os limites que o Estado dele pretende outorgar à sociedade no diz respeito à formação moral dos nossos jovens. Em sociedades pré-industriais e, supõem-se, sociedades pós-industriais este enfoque é pertinente. Será o caso do Brasil atual, ou a elite sovina prevarica e não admite?

Responder

Alexandre Neres

10 de outubro de 2018 às 15h57

Meu pai, é assustador. Este blogue está se tornando um antro de bolsominions. Por mais didático que tenha sido o Pedro Breier, os encarceradores furibundos não conseguem sequer conceber que outra realidade é possível. Aconselho a leitura de “Estarão as prisões obsoletas?”, da Angela Davis, ó almas encarceradas pra ver se se libertam dessa prisão mental.

Responder

    ari

    10 de outubro de 2018 às 17h00

    Alexandre Neres, temo e lamento muito, muito mesmo, mas receio estar assistindo o nascimento de uma nova Marina

    Responder

Paulo Junior

10 de outubro de 2018 às 15h16

Uma vergonha agora pode fazer pequenos delitos que vai esta liberado? não é este o Brasil que eu quero !!!!!

Responder

    cid elias

    10 de outubro de 2018 às 17h50

    vtnc imbecil

    Responder

    cid elias

    10 de outubro de 2018 às 17h50

    tu come bosta, hein asno?

    Responder

    Hudson

    10 de outubro de 2018 às 19h45

    Narcotraficantes e exploradores de trabalho escravo, com Bolsonaro, serão presenteados com propriedade de terras (p.32 do Plano de Governo, que propõ extinguir a possibilidade de expropriação de terras usadas para tais crimes).

    Sonegar impostos é um pequeno delito?

    Responder

Renato

10 de outubro de 2018 às 14h24

“Resultado: a sociedade perdeu mais um cidadão para o crime …”. Ué, mas quanto solto ele, o tal ” “cidadão” ( ah ah ah ), já estava no crime. Ou vender maconha não é crime ??

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com