Cafezinho 2 minutos: Posse de Bolsonaro e alegações finais contra Lula

A 1ª live de Ciro pós-eleições

Por Redação

04 de dezembro de 2018 : 21h19

O ex-candidato do PDT soltou o verbo em sua primeira live feita após as eleições de outubro. Assista e comente!

A live foi feita originalmente no facebook (ver aqui, se preferir), mas já foi transplantada para o youtube.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jonatan

08 de dezembro de 2018 às 08h50

Ciro Gomes novamente preciso em suas análises. Expôs a soberba petista e lulista. Tá coberto de razão. Do resto é buscar seus outros vídeos onde analisa o desastre do governo Bolsonaro p poder aguentar esses quatro anos. Dai-nos forças, não vai ser fácil. Em 2022 é 12 Ciro presidente.

Responder

Joao

06 de dezembro de 2018 às 10h54

Esse sempre candidato sem voto, se acha a ultima bolacha do pacote. Sempre pulou de partido conforme sua conveniencia e agora se acha o maior conhecedor dos males do nosso pais.
O mal deste pais e ter politicos como ele que ficam pulando de galho em galho e nunca encontram o caminho certo por nao saberem onde querem chegar.

Responder

Cecília Carmen Pereira Novaes de Paula Santos

05 de dezembro de 2018 às 20h02

Ciro Gomes sendo o eterno Cangaciro.Deixa de ser hipocrita coroné .A quem vc pensa que engana? Trairão.So o cafezinho inhoeingresso pra repercutir o que esse trairão fala.

Responder

Waldomiro

05 de dezembro de 2018 às 18h38

O Ciro como sempre tem uma visao muito clara das coisas… acho que ele devia apenas dar um pouco mais de credito ao Bolsonaro… mas meu voto pra 2022 é ciro12

Responder

Joao

05 de dezembro de 2018 às 16h21

Visão perfeita sobre o cenário atual, parabéns Ciro

Responder

Marcelo

05 de dezembro de 2018 às 11h25

Visao mais do que correta da atual situação do país, um partido de esquerda que se corrompeu e o povo na sua revolta elegeu um governo despreparado e incompetente, vamos ler o livro que o Ciro está pra lancar, creio que teremos projetos fantásticos pra sair do buraco

Responder

CezarR

05 de dezembro de 2018 às 10h00

É de chorar percebermos que esse cara não foi eleito e temos um Bolsonaro presidente! E o PT o escolheu como inimigo, ao invés de centrar esforços no Bolsonaro

Responder

Alan Cepile

05 de dezembro de 2018 às 09h19

Muito bom o que ele disse entre 26’50” à 28’15”.
Chega dessa política mesquinha petista (e incluo MDB e tucanos nessa), o Brasil precisa sair disso, pena que nessa eleição saiu pro lado errado e vamos aprender da pior maneira.

Responder

Antônio Silva e Costa

05 de dezembro de 2018 às 09h06

Eu sempre fui petista, mas cancelei o meu registro semana passada.
Enquanto o PT se tornou testa-de-ferro de vagabundo pra fazer algo pelos mais pobres, eu engolia. Mas depois que comecou a combater os aliados pra “mostrar quem manda”, percebi que o partido se tornou um câncer. Por conta de tudo que fez, o Bolsonaro ganhou e, agora, tudo contra o quê lutamos a vida inteira (protecao do trabalhador, soberania política e econômica do Brasil) foi pro brejo.
O PT agora podia se fundir com o PSDB, o primeiro partido a nunca mais ganhar uma eleicao pra presidente.

Responder

    CezarR

    05 de dezembro de 2018 às 10h04

    Putz, exatamente isso!

    Responder

Melina

05 de dezembro de 2018 às 08h19

Essa é a oposição que o Brasil precisa; Ciro expôs claramente como se faz oposição de forma inteligente; temos que fortalecer às instituições para combater qualquer tipo de atentado à democracia. Cada día aprendo mais que críticas construtivas são muito diferente de saboteo; embora muitos não tenhamos votado no Bolsonaro; ele é o presidente eleito pelo que as consequências cairão sobre nós se não fizermos uma oposição inteligente e não oposição do medo como tem feito o PT e o mesmo PSL com a sua estratégia anti-comunismo; esses discursos são difíceis de desconstruir para iniciar um diálogo ou debate. Temos que continuar apelando ao diálogo e ao análise inteligente dos fatos sem idolatrias a nenhum partido ou personagem.
Essa nação merece respeito e somente conseguiremos crescer através do diálogo.

Responder

Matheus Santos

05 de dezembro de 2018 às 08h11

Ciro, mais uma vez, coerente e assertivo. Parabéns

Responder

Nostradamus ( banquinho & bacia )

05 de dezembro de 2018 às 07h40

Onde esse badejo pensa que vai parar ? Na moqueca do bolsodebosta sem dúvida, fazendo o povo brasileiro de semovente. Cada lógica, cada flexão, cada conclusão, cada pensar pela gente que é de abobar, que é de explodir o saco! Muito pior que a Cristiane da Globonews querendo nos explicar o inexplicável!

Responder

Chauke Stephan Filho

04 de dezembro de 2018 às 23h11

Assisti à cibertransmissão do Ciro. Por isso nem liguei meu televisor.
Normalmente eu veria o telejornal da Record News com Heródoto Barbeiro, mas acompanhar Ciro foi muito melhor.

As entrevistas de Heródoto são muito neutras politicamente. Não quero dizer que sejam imparciais, porque não o são. Elas são, isto sim, desenxabidas, inocentes, acríticas, porque não refletem o conflito político no Brasil e no mundo. O telejornal de Heródoto poderia ser chamado de “Jornal dos advogados”, ou “Jornal da Maçonaria”, ou ” Jornal do PSDB”. Por isso não liguei meu televisor dos anos noventas (o novo, ladrões levaram).
Mas não perdi nada sem a televisão.

As televisoras só alienam e distraem. A informação que busco, eu não encontro na televisão. Ela está no meu bolso. Junto à informação, encontro a oportunidade de manifestação e reunião. Então penso o mundo e passo a agir sobre ele. Não preciso mais de Heródoto Barbeiro.

Por que abandono a televisão, enfim? Porque a televisão me abandonou. Só que não. Na verdade, a televisão nunca esteve comigo, desde que deixei de ser criança.

Responder

    Guilherme

    05 de dezembro de 2018 às 10h17

    Belas palavras! Também acompanhei a live do Ciro e não me arrependi por um segundo. Muito melhor do que a programação da TV aberta, sem dúvidas…

    Responder

Deixe uma resposta