Paulo Gala e Fausto Oliveira comentam riscos de “livre comércio” com a China

Deputada estadunidense nega reconhecer Guaidó

Por Tulio Ribeiro

03 de março de 2019 : 01h42

A congressista estadunidense por Minnesota Ilhan Omar, recusou apoiar uma intervenção militar na Venezuela, e afirma que ela não reconhece o deputado Juan Guaidó como presidente no cargo.

Numa entrevista à “Intercept digitais”, revista estadunidense publicada na quinta-feira, Omar disse “absolutamente não” em resposta a perguntou se ela reconhecia Guaidó como presidente interino da Venezuela.

“O que devemos nos envolver é ter conversas diplomáticas e trazer pessoas para a mesa e ser um parceiro para facilitar isso. Mas estamos ameaçando, estamos ameaçando intervir “

“Acredito na ideia de mudar o governo, porque acredito que mudanças devem ser feitas de dentro, não do exterior”, acrescentou.

Omar salientou ser contrária a planos de intervenção militar em outros países, “pois isso levará à morte de seres humanos”. Segundo a parlamentar, seu país deve cumprir o direito internacional e respeitar a integridade territorial dos países.

“No que deveríamos estar envolvidos (na Venezuela), é ter conversas diplomáticas e trazer pessoas para a mesa e ser um parceiro para facilitar isso. Mas nós estamos ameaçando, estamos ameaçando intervir “, disse a deputada estadunidense Ilhan Omar.

A deputada de origem somali, segue o mesmo conjunto de ideias do senador Bernie Sanders, que refutou o golpe ao anunciar sua aspiração à presidência nas eleições de 2020. Ele também se recusou a reconhecer Guaidó, como presidente interino e pede a Casa Branca suspenda o seu apoio para o golpe na Venezuela.

Tulio Ribeiro

Túlio Ribeiro é graduado em Ciências econômicas pela UFBA,pós graduado em História Contemporânea pela IUPERJ,Mestre em História Social pela USS-RJ e doutorando em ¨Ciências para Desarrollo Estrategico¨ pela UBV de Caracas -Venezuela

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »