Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Tabata Amaral no Roda Viva

Por Redação

15 de outubro de 2019 : 10h01

No canal do Roda Viva:

No Roda Viva da próxima segunda-feira, às 22h, Daniela Lima recebe a deputada federal Tabata Amaral, do PDT-SP.

Na linha de frente da renovação política no País, foi uma das candidatas mais votadas para a Câmara Federal, em São Paulo.

Com apenas 25 anos, Tabata Amaral, formada em Ciências Políticas e Astrofísica pela Universidade de Harvard, é uma das fundadoras do movimento Mapa Educação, que luta para que todos os brasileiros tenham acesso a uma educação de qualidade. Na Câmara, integra o grupo de rebeldes que defende o fim do controle dos caciques partidários sobre o voto dos deputados.

Da Vila Missionária, na periferia de São Paulo, até a Universidade de Harvard, ela abriu caminho pelo próprio esforço. Foram as notas altas nas escolas e o bom desempenho nas Olimpíadas de Ciência que garantiram as bolsas de estudo para os cursos que a família não poderia proporcionar.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

João Ferreira Bastos

16 de outubro de 2019 às 17h01

Tabata já decidiu que vai sair do PDT.

Está estudando entre o Itaú ou o Nubank que é mais moderninho

Responder

fabio maia

15 de outubro de 2019 às 21h59

É a comprovação do suicídio editorial deste blog. Fez, sem querer, propagando gratuita da fritada do próprio partido e divulgou para seu público a saída despudorada dela anunciada ao vivo para todo o país. feio, muito feio.

Responder

    Redação

    16 de outubro de 2019 às 14h53

    Eu queria entender o que se passa pela cabeça de quem faz um comentário desses. Eu sei muito bem o que a deputada falou, e respeito a opinião e a posição dela. Tampouco o blog tem partido.

    Responder

Paulo

15 de outubro de 2019 às 18h30

E aquele lance do nepotismo, com o namoradinho colombiano ou coisa que o valha? Menina vazia…pena!

Responder

Netho

15 de outubro de 2019 às 16h34

Especializada em percorrer a “linha do muro”.
Marinheira da canoa de Marina Silva já configurada em sua primeira viagem.
A caminho de lustrar as penas no ninho tucano.

Responder

Alexandre Neres

15 de outubro de 2019 às 14h42

Vou ser franco: tinha até um pouco de paciência, de tolerância e de boa vontade com a Tabata, devido ao vácuo de lideranças que temos. Mas ela ultrapassou todos os limites, não tem a mínima noção do que vem a ser um partido. É neoliberal com força. É tão enviesada nesse sentido que para ela o caso da Irmã Dulce é de empreendedorismo. Que se vá a infiltrada do Guedes no PDT. Tabata é a nova cara da velha direita que sempre se metamorfoseia para enganar os incautos.

Responder

J Fernando

15 de outubro de 2019 às 14h07

Decepção eleitoral: Tábata.
Já está procurando um meio de deixar o PDT sem perder o mandato.

Responder

Evandro Garcia

15 de outubro de 2019 às 13h18

Essa moça tá muuuuito vrrde ainda, não tem caráter, pouca personalidade e é monótona mas dá 10-0 a Cirolipa e os companheiros de asilo dele.

Responder

NeoTupi

15 de outubro de 2019 às 12h34

Extrema falta de caráter o argumento da Tábata ao dizer que o PDT “conhecia as posições dela”.
Ora, e ela não conhecia as posições do PDT quando se filiou? O ato de se filiar significa aderir ao estatuto e programas do partido.
Se ela admite que tinha posições diferentes, cometeu uma fraude ao se filiar e um estelionato com o eleitor que votou nela acreditando que defenderia direitos trabalhistas, previdenciários, o patrimônio e a soberania nacional.

Responder

Deixe um comentário