Coletiva de Rodrigo Maia (ao vivo) sobre medidas contra a crise

Após motim miliciano, número de homicídios no Ceará salta de 6 para 22 por dia

Por Redação

23 de fevereiro de 2020 : 10h43

É difícil entender:

  1.  Que tenha alguém que apoie um movimento desse tipo.
  2. Que tenha alguém que não entenda o drama e o terror vivido pelas populações dos bairros mais vulneráveis, onde o número de homicídios explode.

No G1

Número de assassinatos durante motim da PM no Ceará passa de 100

Ao menos 15 mortes foram registradas neste fim de semana. Elas se somam a 88 que ocorreram desde quarta-feira. Batalhões seguem fechados neste domingo.

Por G1 CE

23/02/2020 10h08 Atualizado há 28 minutos

O Ceará registrou ao menos 103 assassinatos desde o início da paralisação de parte dos policiais militares. Neste domingo (23), sexto dia seguido do motim, ao menos 3 batalhões da Polícia Militar estão fechados.

Conforme o último balanço oficial da Secretaria da Segurança Pública do Ceará, ocorreram 88 homicídios entre a quarta-feira (19) e a sexta-feira (21). Já entre sábado (22) e a manhã deste domingo (23), houve ao menos mais 15, segundo levantamento do G1 em delegacias e com policiais que atenderam às ocorrências.

O governo do Ceará ainda não divulgou um balanço oficial neste domingo.

As 103 mortes registradas desde quarta-feira equivalem a 63% das 164 registradas em todo o mês de fevereiro de 2019.

Até a terça-feira (18), o Ceará vinha registrando uma média de 6 mortes por dia em em 2020, segundo o governo do Ceará. Entre quarta e sexta-feira – período coberto por balanços oficiais até aqui – esse número saltou para 22 por dia.

(…)

O motim dos PMs teve início na tarde de terça-feira, mas ganhou corpo a partir de quarta. Homens encapuzados que se identificam como agentes de segurança do Ceará têm invadido quarteis, impedindo o seu funcionamento, e esvaziado pneus de veículos oficiais.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Carmelo

25 de fevereiro de 2020 às 10h35

O que aconteceu no Espirito Santo em 2017 foi bem similar e até pior, alguem ouviu falar de milicias na época…?

Responder

Deixe uma resposta