Coletiva de Rodrigo Maia (ao vivo) sobre medidas contra a crise

Dia 15/03/2020. Bolsonaro dá a mão a manifestantes em frente ao Palácio. Divulgação redes do próprio Bolsonaro.

Em meio à pandemia, Bolsonaro desafia Maia e Alcolumbre a “saírem às ruas”

Por Miguel do Rosário

16 de março de 2020 : 09h42

O presidente Jair Bolsonaro divulgou hoje vídeo de sua entrevista à CNN Brasil, filial da rede americana que estreou ontem no país.

Perguntado o que achava das críticas dos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, David Alcolumbre, Bolsonaro os desafiou a também saírem às ruas.

Bolsonaro parece estar sofrendo de grave déficit cognitivo.

Confiram a sequência de tweets de Rodrigo Maia:

O presidente da Câmara criticou o presidente da república por desprezar as advertências do ministério da Saúde de seu próprio governo. O ministério pediu à população, em nome do combate à pandemia, evitar aglomerações. E o que faz o presidente? Abandona uma quarentena, em que estava confinado porque mais dez pessoas com quem ele interagiu nos últimos dias testaram positivo, despreza os alertas oficiais, e participa de manifestação em frente ao Palácio, interagindo com quase 300 pessoas (segundo reportagem do Estadão).

Bolsonaro acaba de voltar de uma viagem aos EUA na qual 11 pessoas com quem teve contato contraíram o Covid-19, tanto que ele mesmo fez um teste e recebeu orientação médica de permanecer em quarentena durante o final de semana.

É importante observar que a quarentena imposta a uma pessoa que teve contato com indivíduos contaminados com o coronavírus é feita sobretudo para proteger o coletivo.

Em todo o mundo, presidentes, primeiro-ministros e autoridades governamentais usam as redes sociais para divulgar informações úteis, fazer advertências, transmitir orientações e prestar contas das ações do governo.

E o que faz o nosso presidente? Passa o dia divulgando vídeos de manifestações altamente inoportunas (por causa do risco de ajudarem a disseminar o coronavírus).

O irônico (é um tipo de ironia mórbida, triste, mas ainda assim, ironia) é que o próprio Ministério da Saúde, no mesmo dia, divulgava em suas redes as seguintes advertências e orientações: que idosos são o grupo mais vulnerável ao coronovírus (Covid-19), e que, por isso mesmo, deveriam evitar aglomerações humanas, ou seja, o contrário do exemplo mostrado pelo presidente.

A atitude de Bolsonaro tem consequências graves. Repare que na entrevista à CNN, que ele mesmo divulga em suas redes, ele critica o fechamento de estádios, qualificando a decisão da CBF de “histeria”.

Nas manifestações realizadas ontem, a favor de Bolsonaro, onde se viu sobretudo pessoas mais velhas, locutores apregoavam mentiras como “o coronavírus nunca matou ninguém”, e teorias conspiratórias. Alguns chamavam de “comunavírus”.

Tudo isso é muito grave, porque implica que o governo federal, através de seu comandante maior, o presidente da república, está transmitindo mensagens confusas, contraditórias, à população.

Se o presidente não tem noção da gravidade do momento, ele também não vai tomar as decisões necessárias para conter seus efeitos.

Um dos efeitos mais crueis do coronavírus é o econômico, sobretudo num país onde a maioria dos empregos gerados nos últimos meses são de informais, numa magnitude tal que eles já respondem por 41% de todos os trabalhos, correspondendo a mais de 38 milhões de brasileiros. Nas regiões mais pobres, ou seja, nas mais vulneráveis a epidemias e disrupções econômicas, a informalidade chega a mais de 50%, o que significa que essas pessoas não poderão “ficar sem trabalhar”, porque não tem nenhum tipo de proteção trabalhista. Precisam trabalhar para comer.

A impressão que se tem é que Bolsonaro, no fundo, sabe de tudo isso, e justamente por saber está em pânico, em fase de negação, talvez por pressentir que a lua de mel da população com seu governo terminou. Até o momento, Bolsonaro tinha conseguido “empurrar com a barriga” a sua administração, usando de todo o tipo de artifício desonesto, polarizando, inventando inimigos imaginários. Agora não dá mais. Agora será preciso governar.

Mesmo essas manifestações de domingo, medíocres, minúsculas, mas presentes em muitas cidades, serviram mais à oposição do que ao governo. A oposição teve alguma coisa para a qual apontar o dedo: vejam todos como os bolsonaristas são irresponsáveis, toscos, delirantes, e como o próprio presidente apoia essa atitude!

Na entrevista à CNN, Bolsonaro fala que os políticos precisam ser “quase escravos” da vontade popular. É uma definição muito interessante do neopopulismo reacionário que o guia, sobretudo porque ele não estava se referindo ao povo, de maneira geral, e sim a seu próprio eleitorado, que não resistirá muito tempo a tanta incompetência e mania de grandeza.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

55 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ivan

17 de março de 2020 às 14h04

O assunto abordado por Maia e Alcolumbre é evitar contato por precaução acerca do COVID-19.
O bozo responde pra eles irem às ruas para testar a popularidade.
O que uma coisa tem a ver com a outra???
Que ser deprimente é esse bozo.

Responder

Corona Alerta

17 de março de 2020 às 12h24

DENÚNCIA: A repórter Marina Dias, da Folha de São Paulo, estava no evento CPAC, perto de Washington, nos EUA, e no dia 7 de março recebeu um alerta de que foi detectada na reunião uma pessoa contaminada por coronavírus.
Neste mesmo dia 7 de março, mesmo depois de receber o alerta, e já sabendo que estivera em ambiente com corona vírus, a repórter foi para a Flórida e se incorporou na comitiva de jornalistas e autoridades brasileiros e estadonidenses que participavam do encontro entre os presidentes Bolsonaro e Trump. A repórter teve contato com várias autoridades e colegas de cobertura. Ficou em contato com essas pessoas até o dia 10 de março.
Agora resolveu se submeter a uma autoquarentena, mas NÃO fez o exame de coronavírus até hoje !!
O que pretendia a Folha com esta atitude? O que pretendia a irresponsável repórter Marina Dias? Foi desleixo com a saúde dos outros ou foi um crime internacional contra a saúde pública, principalmente expondo trabalhadores locais, colegas e autoridades dos dois países?

Responder

dcruz

17 de março de 2020 às 06h53

Não adianta querer recuperar o Bozo e falando ad nauseam que ele é louco. Instruído por marqueteiros e olavos de carvalhos da vida ele vai continuar falando besteira e se desdizendo conforme a maré, e fala assim porque seus eleitores querem, portanto, há que se educar, ou pelo menos tentar, esses idiotas que estão por aí insuflados pelo medo do comunismo que eles nem têm ideia do que seja e uma ambição secreta inalcançável de pobre que quer galgar à classe média a todo custo.

Responder

yuri canastra

16 de março de 2020 às 19h14

Ou os brasielrios possuem alguma tara mental ou sexual com os Presidentes da Republica ou é sò o reflexo da imaturidade de um povinho ridiculo.

Responder

    Onyx 3.0

    17 de março de 2020 às 08h24

    Que o diga os bolsominions com o Lula né jumento.

    Responder

Evandro Garcia

16 de março de 2020 às 19h11

Pandemia é so na Italia.

Responder

    Gilmar Tranquilão

    17 de março de 2020 às 08h23

    E no cérebro de minhoca dos bolsotários kkkkkk

    Responder

augusto2

16 de março de 2020 às 15h48

Gente, o Robert Kennedy Jr teria escrito um artigo , tal – a conferir- dizendo que o CDC norte americano, é uma agência ou sub agência nao sei, e seus cargos de direçao funcionam no sistema de porta giratória com a ind Farmaceutica no USA. A chamada
‘Big Pharma’. E que tem patentes de medicamentos da area e lucra com eles.
E diz tambem, a conferir se é verdade, que a OMS, de sigla inglesa WHO é uma extensao do big Pharma tendo mais de 50% de seu orçamento vindo dessa industria.
Coisa séria, não?
As duas perguntas seguintes são: da para o publico americano ameaçado pelo virus acreditar agora n CDC? e daria para nosotros confiar inteiramente nas orientaçoes da OMS?

Responder

    Marcio

    16 de março de 2020 às 15h50

    Nada, o Boulos disse claramente que Cuba já tá com a vacina pronta.

    Responder

      Bozo O Korno

      16 de março de 2020 às 16h43

      E que não estupra tua mae pq ela é feia

      Responder

        Marcio

        16 de março de 2020 às 19h10

        Controle-se mongoloide.

        Responder

          Bozo O Korno

          16 de março de 2020 às 23h41

          Estupra e mata

      Dolar Mitou R$ 5,00

      16 de março de 2020 às 19h07

      Se tem vacina eu não sei, só sei que o bolso já pediu a volta do médicos CUBANOS. RIDICULO.

      Responder

      El Bartho

      16 de março de 2020 às 19h12

      Interferon Alfa-2b é um medicamento cubano que se tem revelado eficaz na terapia de doenças virais.

      Responder

        Marcio

        17 de março de 2020 às 11h00

        Voce toma ele com gelo nè Militonto…Kkkkkkkkkkkkkkkkk

        Responder

          El Bartho

          17 de março de 2020 às 11h17

          Vc é muito fraco, sem argumento um verdadeiro zé ruela.

Everaldo

16 de março de 2020 às 15h41

Bolsonaro falando que parar o futebol é extremismo. Que grande babaca nazifascita;

Responder

dcruz

16 de março de 2020 às 13h41

Não adianta as pessoas de bom senso ficarem recriminando o bozo por suas atitudes insanas, ele faz isso obedecendo a uma lógica, a lógica de se reeleger e se perpetuar no poder como todo ditador, aliás, todas as suas atitudes seguem esse mecanismo, daí a aparente contradição de se desdizer, é o tempo necessário de consultar os “oráculos”, leia-se Olavo de Carvalho et caterva. . Ele é louco sim, mas só faz as loucuras que os que o colocaram no poder aprovam e isso é o que conta em termos eleitoreiros, as pessoas de bom senso, se é que existiram, que votaram nele, estas sim, não votarão mais, mas seu número não dá para ganhar eleição, os ensandecidos continuam ensandecidos e aplaudindo esses gestos tresloucados e estes, catástrofes das catástrofes, o elegerão..

Responder

    Alan C

    16 de março de 2020 às 15h30

    Típico dos covardes, faz uma tentativa, quando vê que não colou ele recua, assim como o #ForaTemer fazia toda hora, típico desses borra calças medrosos.

    Responder

Alexandre Neres

16 de março de 2020 às 13h37

“Se me contaminei, a responsabilidade é minha. Ninguém tem nada a ver com isso.” Apertem os cintos porque o piloto sumiu. Tá atacando as instituições democráticas e a população ao mesmo tempo.

Responder

    Marcio

    16 de março de 2020 às 13h56

    “Se me contaminei, a responsabilidade é minha. Ninguém tem nada a ver com isso.”
    Aí ele vai e interage com 300 pessoas num único evento.
    É um boçal sem a menor noção da realidade.

    Responder

Andressa

16 de março de 2020 às 12h34

O Botafogo estava no evento de estreia da CNN com 1.300 pessoas semana passada….kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

    Gilmar Tranquilão

    16 de março de 2020 às 12h55

    A direita só tem animal assim mesmo, relaxa gleisi kkkkkkkkkkkkk

    Responder

Alan C

16 de março de 2020 às 12h21

O bozo é um completo idiota, todo mundo já sabe disso faz tempo, nenhuma novidade.

Responder

Andressa

16 de março de 2020 às 11h57

Entrevista completa pois extrapolar e criar narrativas no que interessa é expertice ridicula: https://www.youtube.com/watch?v=ZOYLWhXHuJk

Responder

Essa é facil...

16 de março de 2020 às 11h46

Guedes estima 80% da população contaminada, ora se 14.000.000 (de pobres com sorte) morrem estaria resolvido o desemprego, a fila do INSS, aposentadoria, a falta de moradia, falta de assistência etc etc… Então teríamos no coronavirus (já que de economia ele não entende nada) a SOLUÇÃO FINAL, que nem hitler conseguiu implementar? Brilhante…

Responder

    putin

    17 de março de 2020 às 16h44

    sempre teve a soluçao final aqui: o idiota e omicida costume de ter “acompanhante” ao lado de hospitalizados 24/24… até nas UTI!!!

    Responder

Assis

16 de março de 2020 às 11h45

Edir Machedo diz que corona virus é tática de satanas. Cadeia neste charlatão.

Responder

Paulo

16 de março de 2020 às 11h42

Pelo que vi em Brasília o comparecimento foi ridículo – mas é preciso dar um desconto por causa do coranavírus (nem todos são ignorantes) e das contrainformações sobre a suspensão das manifestações. Seja como for, o grupo mais íntimo ligado ao Capetão não passa de 15% da população, segundo calculo. Pode, entretanto, se ampliar nas eleições dependendo dos adversários.

Quanto às manifestações em si, é uma pena que venham sendo conduzidas por um lunático, cada dia mais fora da realidade e vivendo num mundo paralelo, porque faz tempo que o Congresso precisa ser chamado à razão. O presidencialismo de coalizão é uma distorção política que foi sendo alimentada por décadas, chegando ao auge do esbulho dos cofres públicos nos Governos PT. Ou alguém aqui acha que, institucionalmente, os srs parlamentares deveriam receber mais do que seus subsídios estipulados na lei (além de cortarem gravemente na carne esses aspones, de que o próprio Bolsonabo se valeu para enriquecer à custa dos contribuintes)?

Responder

    Alexandre Neres

    16 de março de 2020 às 13h43

    Paulo, seus comentários nonsense e lugar-comum chegam a me assustar. Será que não viu aonde a demonização da política nos levou? Tá querendo agora justificar essa manifestação de patetas contra o estado democrático de direito? Saia do mundo dos sonhos e da ilha da fantasia, tenha ao menos uma noção básica do que vem a ser a realpolitik. De boa. É por pessoas como você que chegamos onde chegamos.

    Responder

      Marcio

      16 de março de 2020 às 14h56

      Que isso coronete, não gosta de manifestação democratica ou gosta só quando convém ?

      Responder

        Alexandre Neres

        16 de março de 2020 às 15h05

        Pô, Andressão, larga do meu pé, chulé

        Responder

          Márcio

          16 de março de 2020 às 15h10

          Oxi…cadê a oposição manifestando…?

          Cadê o Cirolipa o Dória, o Botafogo e o Huck nas ruas…? Kkkkkkkkkkk

          Gilmar Tranquilão

          16 de março de 2020 às 15h32

          Bozotários querendo empurrar seu heróis mofados pra esquerda, ridículo kkkkkkk

      Paulo

      16 de março de 2020 às 15h59

      De boa, Alexandre! É por pessoas como você que chegamos ao ponto que chegamos. “Realpolitik”? Quem dera tivéssemos um Bismarck!

      Responder

    Abdel Romenia

    16 de março de 2020 às 14h51

    Falando de esbulho dos cofres públicos….com qual dinheiro o Brasil vai enfrentar a crise desse vírus ?

    A desgraça que foram os governos de bandidos dos últimos 20 anos será paga pela eternidade.

    O Brasil está a anos na UTI ligado aos aparelhos de respiração artificial, esse vírus será a tesoura que corta a energia.

    Boa sorte para vocês aí.

    Responder

Volin Rabáh

16 de março de 2020 às 11h41

Bom, analisado os fatos, nem mesmo o medo do coronavirus foi capaz de conter o povo nas ruas, e para desespero dos orfãos da corrupção petista, estavam em apoio ao governo e criticando o congresso e stf. isso mostra que essas duas instituições estão a perigo, se eles forçarem um pouco mais a corda arrebenta e ai vai sobrar tiro, porrada e bomba para essas duas instituições. enquanto esse crítico do presidente não podem sair as ruas, Bolsonaro surfa tranquilamente entre o povo… Será que o congresso e STF vão encarar essa parada???? duvido

Responder

    Marcio

    16 de março de 2020 às 11h53

    Queremos o Novo Centrao nas ruas jà…Botafogo, Cirolipa e Luliano Huck no carro de som !! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

    Capitão Cocô

    16 de março de 2020 às 14h02

    Conter o povo kkkkkkkkk um bando de velhotes alucinados, que pelo andar da carruagem na semana que vem serão bem menos, que Deus os tenha kkkkkkkkk ,que o congresso é uma M…. ninguém dúvida mas não esqueça que foram ELEITOS e a GRANDE maioria é de direita…

    Responder

      Salamandra

      16 de março de 2020 às 14h46

      Olha o esperneio Biba…kkkkkkkkkkkkkk

      Quem deveria manifestar é a oposição e não quem está no Governo… cadê o dinheiro desviado para pagar 30 R$ a clack, os ônibus, a mortadela, etc…acabou ?

      Não precisava de nenhum tipo de manifestação para entender o apoio que o Governo tem.

      Responder

        Capitão Cocô

        16 de março de 2020 às 15h13

        ??????? KKKKKKKKKKKK parece aqueles manifestoches velhotes que não falam coisa com coisa, tentar desviar o assunto é muito primário kkkkkkkkkkk

        Responder

Marcio miliciano

16 de março de 2020 às 11h23

Égua… os robots pena paga vieram com tudo hoje. Só dá eles! Com suas mentiras e canalhices típicas de corruptos metidos a honestos! Salafrários de quinta catiguria!!1

Responder

    Gilmar Tranquilão

    16 de março de 2020 às 12h31

    Os robots não, o robot, é só um, o guilherme gleisi kkkkkkk

    Responder

    Marcio

    16 de março de 2020 às 15h12

    Olha a birra militonto…kkkkkkkkkk

    Responder

      Gilmar Tranquilão

      16 de março de 2020 às 15h34

      Ok gleisi kkkkk

      Responder

Essa é facil...

16 de março de 2020 às 11h19

Intoxicação por mercúrio é triste…

Responder

Luiz

16 de março de 2020 às 11h14

Tome cuidado para não reencarnar na Idade Média!

Responder

Essa é facil...

16 de março de 2020 às 10h50

Governo Bolsonaro pede socorro aos médicos cubanos e eles serão recontratados pelo Mais Médicos

Responder

Marcio

16 de março de 2020 às 10h45

Nào precisava fazer essas manifestaçoes, foi mais que suficiente ver a reaçào dos brasileiros ao se reparar com o Presidente nos ultimos feriados do Carnaval para perceber o apoio ao governo.

Congresso e o STF nào estào acima de nenhum tipo de critica, resolveram se meter a “vedettes de novelas” da politica brasileiras agora aguentem as criticas ou ops elogios de quem paga o bilhete.

Nào vejo onde està o problema.

Responder

Paulo

16 de março de 2020 às 10h36

Chega de neofascismo. Fora bolsonaro. Irresponsável.

Responder

    Wellington

    16 de março de 2020 às 13h23

    Olha o esperneio coronete…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

Abdel Romenia

16 de março de 2020 às 10h30

Quer dizer…o Botafogo é o novo lider da oposiçào !!! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Evandro Garcia

16 de março de 2020 às 10h18

Nossa gente…tudo isso é muito grave, chega de fascismo ninguem suporta mais !! Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

E’ de morrer de rir o esperneio da bibaiada…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Wellington

16 de março de 2020 às 10h15

“A impressão que se tem é que Bolsonaro, no fundo, sabe de tudo isso, e justamente por saber está em pânico, em fase de negação, talvez por pressentir que a lua de mel da população com seu governo terminou. Até o momento, Bolsonaro tinha conseguido “empurrar com a barriga” a sua administração, usando de todo o tipo de artifício desonesto, polarizando, inventando inimigos imaginários. Agora não dá mais. Agora será preciso governar.”

A gente vé isso nas pesquisas…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Tulipa

16 de março de 2020 às 10h12

Grande Estadista Botafgo,

novo idolo sa esquerda tupiniquim e proximo candidato a Presidencia da Republica do Novo Centrao com PDT, PSB DEM…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Deixe uma resposta