Live com Marcio França, pré-candidato a prefeitura de São Paulo

Aldo Rebelo: uma crítica ao identitarismo, o papelão dos militares do governo Bolsonaro, e a alienação da esquerda nas questões rurais

Por Redação

27 de maio de 2020 : 18h15

A entrevista de Aldo Rebelo ao programa Repare Bem, de Ciro Gomes, traz elementos importantes para se entender a conjuntura política.

Aldo Rebelo tem uma visão crítica em relação à esquerda identitária e o distanciamento da maior parte do campo progressista da realidade do Brasil profundo, seja o Brasil rural seja o Brasil periférico.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

JOÃO LUIZ GARRUCINO

01 de junho de 2020 às 12h06

Planos com Corona: Salvar Capitalismo Financeiro Matar até 3 bilhões de pobres e impor governo do Deep State agora não mais oculto dos 1 % mais ricos
https://www.linkedin.com/pulse/planos-com-corona-salvar-capitalismo-financeiro-matar-garrucino/?fbclid=IwAR2eIQrq6-MroIGBqEUtGjcb423H0WTiYdUQ9Txr0b8aM_n91tx95VaSeX0

Responder

Marcos Borges

28 de maio de 2020 às 15h25

Prezados,

As forças armadas do Brasil tem um histórico golpista e anti povo. Como outras forças militares do país foram treinados para reprimir os trabalhadores e minorias (que, na verdade, são a maioria da população).
Canudos é o seu troféu.

Responder

Marco Vitis

28 de maio de 2020 às 10h00

Se existirem militares nacionalistas no comando das Forças Armadas, então estes precisam excluir das instituições os militares entreguistas, por meio de julgamento público. E imediatamente destruírem a doutrinação dos oficiais nas Academias (principalmente as vinculadas ao Exército).
Se não existirem militares nacionalistas, então é melhor que não existam as Forças Armadas.

Responder

Miramar

28 de maio de 2020 às 00h34

Ser cirista é saber das diferenças entre o Aldo Rebelo e a Marina Silva e adimirar a ambos.

Responder

Sebastião

27 de maio de 2020 às 21h24

Existem fanáticos, que são: MORISTAS, LULOPETISTAS, BOLSONARISTAS. Mas, está surgindo os CIRISTAS também. O negócio tá tão louco, que em todas as lives de jornalistas, agem iguais as três primeiras categorias, falando o tempo todo o nome de Ciro, semelhante aos outros fanáticos. Comprando briga. Enquanto houver esse fanatismo e essa idolatria, o Brasil vai continuar nesse ritmo alucinado de manifestações extremas. Ficam numa paixão cega pelos líderes, não enxergando erros, tendo-os como incorruptíveis e perfeitos. Porém, se houver erros, justificam ou, aceitam a justificação desses líderes.

Responder

    carlos

    28 de maio de 2020 às 15h57

    Nesse particular aí eu posso falar pq já votei na direita no centro é na esquerda, isto posto significa que eu não tenho partido mas tenho candidato, + que tenha projeto para o país, plano de metas, não adianta eu teorizar aqui tudo bonitinho é não compatibilizar com a prática, a começar pela composição de partidos uma coisa que o Ciro precisa saber é com que Campo ele ele vai contar, outro dia ouvi na mídia hegemônica que ele tanto criticou e tava participando lá de uma semana de entrevistas, outro dia saiu na mesma mídia que teria o apoio de Rodrigo Maia, aquele mesmo que teve a coragem de dizer que o brasileiro tinha condições de trabalhar até 80/90 anos e se fizerem cosega eu digo o nome da TV, eu não invento foi a Globo News. Não dá pra entender já votei no Ciro sempre faço questão de falar, que fui na cidade de Santa Quitéria, o Comício dele foi uma comitiva, o Bosco, o Nelson Martins, o agenildo o Inácio. Pra deputado federal já morando em Fortaleza votei nele, antes pra governador pra prefeito não estava em SP. Agora mais do que nunca só voto no projeto e a viabilidade dele.

    Responder

JOÃO LUIZ GARRUCINO

27 de maio de 2020 às 19h28

Acho este cara dos mais coerentes que sobraram na esquerda e ele até caiu fora do PCdB poste do PT e do Lula ou da pelegada fascista, stalinista ou igrejista.

Responder

Paulo Cesar Cabelo

27 de maio de 2020 às 18h35

Sabemos que esses coronéis ruralistas odeiam a verdadeira esquerda , que são homens brancos machistas , que não ligam para as mulheres , negros , ateus e usuários de drogas.
Aliás de drogas que não sejam as que eles usam , Ciro é conhecido pelo consumo de álcool.

Responder

    Redação

    27 de maio de 2020 às 19h08

    Que nível de babaquice hard hein!

    Responder

    Geraldo

    27 de maio de 2020 às 19h37

    Tá na hora de cortar esse cabelo.

    Responder

Deixe uma resposta