Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Foto: VEJA.

Mensagens indicam que Queiroz era monitorado por Wassef

Por Redação

19 de junho de 2020 : 12h58

Ministério Público do Rio de Janeiro afirma que Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro, monitorava o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz.

Segundo o MP, Queiroz, preso ontem (18), buscava omitir de Wassef as saídas que fazia do imóvel onde morou nos últimos meses.

O MP ainda afirma que o ex-assessor e familiares desligavam seus celulares quando se aproximavam da casa para evitar eventuais monitoramentos de autoridades policiais.

Em um áudio captado, uma mulher identificada como “Ana” afirma não ter comentado com o “Anjo” sobre uma viagem de Queiroz e sua esposa para São Paulo.

Para o MP-RJ, “Anjo” é o apelido utilizado por Wassef.

A um homem identificado como Heyder, Queiroz teria dito: “se tiver alguma coisa para falar, fala pelo [telefone da Márcia] (esposa de Queiroz) ou por aquele telefone que tá com minha filha, tá bom?”

“Quando entro na cidade em que eu tô, desligo os telefones”, concluiria o áudio de Queiroz.

A presença de Queiroz na casa do advogado contraria todo o discurso da família Bolsonaro ao longo de um ano e meio, que afirmava não haver mais contato entre Flávio e os Bolsonaro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Miramar

20 de junho de 2020 às 18h54

Gostaria de entender o critério de moderação desse site. Quer dizer que aqui um sujeito pode ser acusado sem provas e não ver sua defesa publicada. Espero que não seja por causa dos palavrões. Meu detrator também os usou e em um nível abaixo do meu. Lembrando que diferente dele eu não acuso ninguém sem provas.

Responder

Miramar

20 de junho de 2020 às 10h36

Dado o fato do sujeito continuar insistindo em não reconhecer que atacou alguém injustamente, peço a moderação celeridade na aprovação do meu comentário. O mínimo que se espera é o direito de defesa.

Responder

Alexandre Neres

20 de junho de 2020 às 00h08

Os cães ladram, a caravana passa.

Radical dos teclados, aproveita-se do anonimato para fazer bravata.

Vou te dizer: tu é frouxo! E teria o maior prazer de falar na tua cara, seu cuzão!

Mais: tu falou que Lula era caduco porque havia dito que o Haddad teve 30% dos votos e que ele teve na verdade 28%. Eu afirmei que o Haddad teve 29,3%, o que é natural arredondar pra cima e tu não falou nada, não me rebateu a respeito de uma questão objetiva. Tu tergiversou como um rato. Assuma que falou besteira, como de costume, seu rato. Falei com toda educação que Lula estava mais próximo da verdade, mas o papo reto que tava jogando é que tu é um mentiroso do caralho.

A próxima vez que tu for me criticar, ao menos faça como homem tal qual dessa vez, não se esconda nas barras da saia de um codinome feminino, seu pulha.

Responder

Gontijo

19 de junho de 2020 às 15h58

“A presença de Queiroz na casa do advogado contraria todo o discurso da família Bolsonaro ao longo de um ano e meio, que afirmava não haver mais contato entre Flávio e os Bolsonaro”.

Entre Queiroz e os Bolsonaro eventualmente… coisa que a própria matéria confirma, os contatos do Queiroz eram com esse advogado e não com os Bolsnaro.

Responder

    Carluxo

    20 de junho de 2020 às 09h02

    Mas o Lulinha é dono da Friboi kkk

    Responder

Miramar

19 de junho de 2020 às 13h01

Alexandre Neres é um canalha que faz acusação sem provas.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?