Live do Cafezinho (18 h): Pós-verdade na política brasileira (uma conversa com Fabio Palacio)

Foto: reprodução.

Itamaraty distribui material didático ideologicamente alinhado

Por Redação

14 de julho de 2020 : 19h00

Através da Rede Brasil Cultural, uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores de promover o idioma português e a cultura brasileira em outros países, o Itamaraty distribui material didático com inclinações ideológicas à direita.

“Se eu soubesse que Lula seria tão corrupto e se envolveria com o Mensalão, eu não teria votado nele”, afirma o exemplo de um dos exercícios de língua portuguesa, acompanhado da nota de rodapé que define o “Mensalão” como “o maior escândalo de corrupção já descoberto no Brasil”.

Frase associando Lula a corrupção e definindo o “Mensalão”. Fonte: Rede Brasil Atual / Twitter de Júlia Dolce

Além desta, frases mais associáveis a ideologias conservadoras ou liberais estão presentes ao longo dos exemplos em exercícios de concordância verbal presentes entre os conteúdos do material didático.

“Se o governo cobrasse menos impostos, as pessoas sonegariam menos”. Afirmação de raciocínio liberal.
Fonte: Rede Brasil Atual / Twitter de Júlia Dolce

“Se o governo cobrasse menos impostos, as pessoas sonegariam menos”, afirma uma. “Se as mulheres não abortassem, haveria menos clínicas clandestinas”, diz outro exemplo.

Afirmação que atribui natureza pejorativa ao MST. “Se o MST se apropriar de nossas terras, nunca mais conseguiremos reavê-las”. Fonte: Rede Brasil Atual / Twitter de Júlia Dolce

A denúncia sobre o conteúdo foi feita por Júlia Dolce, da Agência Pública, em seu Twitter.

“Se as mulheres não abortassem, não haveria tantas clínicas de aborto clandestinas”. Fonte: Rede Brasil Atual / Twitter de Júlia Dolce

O material destacado pode ser encontrado no site do Rede Brasil Cultural.

Além destes aqui enunciados, o material exposto faz alusão a outras figuras e instituições da política brasileira.

Contudo, todas as menções a Lula ou petistas (no caso, Zé Dirceu) são associadas a corrupção.

FHC e o STF são outras partes mencionadas em orações presentes na apostila, mas sem associação pejorativa ao que representam.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Everaldo

15 de julho de 2020 às 09h02

F
O
R
A

B
O
L
S
O
N
A
R
O
S

Responder

Vixen

15 de julho de 2020 às 07h36

Isso seria ideologia ?

Tens certeza que vocês sabem o que é ideologia ?

Responder

Paulo

14 de julho de 2020 às 22h45

Desonestidade intelectual para manter a narrativa do combate à esquerda. A esquerda brasileira tem que ser combatida, de fato, mas pelo perigo que ela efetivamente representa, ou seja, um coágulo no caminho da pátria brasileira, não pelo ataque a moinhos de vento…

Responder

Deixe uma resposta