Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

Marina Silva elogia Ciro Gomes e defende um projeto de país

Por Redação

11 de setembro de 2020 : 10h54

Na última quarta-feira, 9, a ex-senadora Marina Silva (Rede) concedeu entrevista a editora-chefe da Marie Claire, Maria Laura Neves, e falou sobre sua relação política e de amizade com o vice-presidente Nacional do PDT, Ciro Gomes, e defendeu um projeto de país.

“Ele é uma pessoa que temos relação de amizade e que eu tenho feito é o debate. Nós precisamos pensar o Brasil. Nesse momento, eu acho que não é pensar o projeto de poder, é de país. O que a gente tem feito é um debate: Rede, PSB, PV, Cidadania, PDT e eu sempre digo: se a gente faz o dever de casa, as sementes vão prosperar. Obviamente, o Ciro, desde que terminou a eleição, ele se colocou como candidato. É legítimo. Ele está nesse lugar, mas eu sinto que ele tem se colocado no lugar de se discutir o Brasil do que falar da candidatura dele”

Em seguida, Marina falou sobre uma possível aliança para ocupar a vice na chapa do pedetista.

“Eu já contribuí três vezes e já saí três vezes, e estou tranquila para contribuir da melhor maneira possível. Agora uma coisa é certa: nas três vezes que eu saí, quem escolheu o vice, foi eu. O vice tem que ser escolhido pelo próprio candidato e essa é uma pressão que ele não deve sofrer. Cada um tem a sabedoria de escolher. Quem for candidato a presidente, tem que ter, pelo menos o direito de escolher o vice”

Além da questão política, Marina também falou sobre a crise do meio ambiente causada pelo governo Bolsonaro.

“O que levou o país para essa situação ambiental foi o desmonte que o governo fez. Um desmonte deliberado de toda a governança ambiental brasileira. Durante esses anos todos, nos últimos 30 anos, em diferentes governos a gente sempre conseguiu acrescentar algo positivo para a gestão ambiental. Uns fizeram mais e outros fizeram menos”

Assista a entrevista completa.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Vixen

11 de setembro de 2020 às 19h15

Apologia da derrota.

Responder

Camundongo

11 de setembro de 2020 às 13h34

O melhor, simples assim.

Responder

Batista

11 de setembro de 2020 às 13h19

Na Marie Claire, é?

Faz recordar ‘bons tempos’ nos governos do PT, quando dia sim e o outro também, aparecia em tudo quanto era página, tela e áudio, de ávidos órgãos de ‘informação’, para falar do ‘Bagre Ensaboado’ do rio Madeira no governo Lula a carta aberta contra a política ambiental do governo Dilma, acusando-a “pelo maior retrocesso da agenda socioambiental desde o final da ditadura militar.”

Após o golpe, sumiram com a ‘fadinha’, escafederam-na…

Vá ver pelo fato que a então, até a atual, política ambiental ‘venham a ser as de maior avanço da agenda socioambiental desde o final da ditadura militar’, afinal hoje, mais uns ajustes aqui, outros ali no INPE, outros acolá por aí, como o novo satélite de controle das queimadas na Amazônia, pelo Exército, e chegaremos ao desmatamento zero e talvez até mesmo as queimadas negativas, né mesmo?

Quem sabe agora voltem com a ‘fadinha’ pra valer, colocando-a novamente em cartaz, afinal os ruídos que o ‘anunciado condenado’ insiste em emitir, cada vez mais fortes, para desassossego da classe dominante que planejara-o destruído nessa altura do campeonato nacional, da sentido a que tornem-na à antiga parceria laranja, né?

Responder

    Miramar

    12 de setembro de 2020 às 00h46

    “Desassossego da classe dominante” Essa é pra rir!
    Se a classe dominante quiser, ele devolve o “anunciado condenado” pra cadeia com um peteleco.

    Responder

Paulo

11 de setembro de 2020 às 11h47

Marina seria um ótimo nome para vice de Ciro…

Responder

    Germano

    11 de setembro de 2020 às 14h03

    É o sonho de todos os brasileiros…kkkkk

    Responder

    O Demolidor

    11 de setembro de 2020 às 22h11

    Concordo…na ultima vez que foi vice virou cabeça de chapa…….

    Responder

Ronei Silveira

11 de setembro de 2020 às 11h02

Nao està na hora de deixar para tras esses cadaveres politicos inuteis desde sempre, mofos, anacronisticos…?!?!

Responder

    O Demolidor

    12 de setembro de 2020 às 19h51

    O PDT tem um nome novo ai bombando….chama-se Tabata Amaral….você conhece?

    Responder

Deixe uma resposta