Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros

O relator da PEC da reforma da previdência, senador Tasso Jereissati, durante reunião da comissão de constituição e justiça do Senado.

Após consulta, Tasso Jereissati é eleito o parlamentar mais influente da bancada cearense

Por Redação

21 de setembro de 2020 : 19h48

O senador Tasso Jereissati (PSDB), foi escolhido o político mais influente entre a bancada cearense de 22 parlamentares no Congresso Nacional.

O levantamento feito pelo Anuário do Ceará, consultou 22 deputados eleitos pelos cearenses e pediu para que cada um elaborasse uma lista, com nomes da própria bancada e selecionar os três mais influentes. 

Como regra básica, também foram incluídos os 3 senadores do Ceará: Cid Gomes (PDT), Eduardo Girão (Podemos) e o próprio Tasso.

O objetivo da consulta é conceder aos parlamentares a responsabilidade de selecionar o político que exerce o poder de liderança e influência na própria bancada. 

Dos 22 parlamentares que participaram do desafio, cerca de 11 citaram primeiramente o nome de Tasso Jereissati e pelo segundo ano consecutivo, o tucano foi eleito como o mais influente.

Ao O Povo, Tasso falou sobre a escolha dos colegas.

“Todos nós parlamentares, somos influentes e influenciados. Todavia, acredito que por ser o mais antigo entre os parlamentares do Ceará, eles generosamente fizeram menção ao meu nome”

Em outro momento, o senador ponderou que a bancada cearense no Senado, apesar das divergências políticas, estão unidos para defender os interesses do estado. 

“Somos três senadores diferentes, com visões diferentes sobre o enfrentamento dos problemas, mas que quando os interesses do Ceará estão em jogo estamos totalmente unidos.”

Em parceria com o Jornal O Povo, o Anuário do Ceará é feito anualmente com personalidades e políticos influentes. 




Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

22 de setembro de 2020 às 06h24

Eu só estranho, é o fato do senador ser líder no Ceará e realmente é, e a nível nacional dentro do seu partido é desprezível a ponte de perder para o político mais insignificante que é o José Serra.

Responder

Paulo

21 de setembro de 2020 às 22h09

Nada contra. Mas acho que passou da hora de discutirmos o nº de parlamentares, no Brasil. A Itália acaba de votar um referendo pra reduzir o nº de representantes políticos. Os EUA, a título de comparação, com uma população de mais de 300 milhões de pessoas, têm 435 deputados, enquanto nós, com uma população de pouco mais de 200 milhões de pessoas, temos 513. Faz sentido?

Responder

    Paulo

    21 de setembro de 2020 às 22h15

    E mais, S. Exas. querem amplificar a Reforma Administrativa, atingindo juízes e procuradores. Nada contra (especialmente em relação a verbas indenizatórias e férias dobradas). Mas que tal aproveitar a oportunidade e reduzir drasticamente, ou mesmo zerar, o nº de assessores parlamentares? Seriam todos funcionários de carreira, com formação em Administração de Empresas, Economia e Direito, sendo rodiziados sazonalmente pelos nossos digníssimos representantes. Não é o correto?

    Responder

      Ari

      22 de setembro de 2020 às 11h07

      Sem os assessores (que eventualmente podem ser reduzidos), aí é que eles nada irão fazer, pois muitos não têm capacidade para elaborar um projeto ou redigir um pronunciamento. Suas atuações se restringem a costurar acordo de bastidores, geralmente em prol de grupos econômicos e nunca em benefício da coletividade.

      Responder

Fábio maia

21 de setembro de 2020 às 22h02

O jabá dos Ferreira Gomes tem produzido debates nacionais nuncadantes imaginado

Responder

Deixe uma resposta