Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Imprestável, Bolsonaro tenta justificar aumento na conta de energia

Por Redação

01 de dezembro de 2020 : 17h16

Nesta terça-feira, 1, o presidente Jair Bolsonaro tentou justificar o aumento na conta de luz decretada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) nesta segunda-feira, 30.

“As represas estão (com) níveis baixíssimos. Se nada fizermos poderemos ter apagões. O período de chuvas, que deveriam começar em outubro, ainda não veio. Iniciamos também campanha contra o desperdício……”, disse em resposta a um seguidor que criticou a medida.

O núcleo da estatal decidiu acionar a bandeira vermelha no segundo patamar, a mais alta cobrança onde a taxa extra vai ser de R$6,2 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

01 de dezembro de 2020 às 19h07

Pedir pra esse imprestável explicar algo é a mesma coisa que pedir pra uma mula falar.

Mula não fala.

Responder

Dinho Daudt

01 de dezembro de 2020 às 18h34

Cara mais parece um zumbi. Tá quieto como guri cagado, como dizem lá no sul. As coisas parecem estar andando mal pro país e para o prestigio politico dele e do PT. É a urna que dish, broah

Responder

Jerson

01 de dezembro de 2020 às 17h57

Essa eu não entendi, tá incompleta…

Segundo essa “matéria” a justificativa da ANEEL para o aumento do custo da energia (escassez de chuva e nível baixo das represas que produzem a mesma) não é verdadeira…mas a mesma materia não diz qual é o motivo real.

Qual é o motivo então…?

Responder

Paulo

01 de dezembro de 2020 às 17h27

Esse sujeito é completamente indiferente ao sofrimento da população. Foi assim nas reformas trabalhista e da previdência, durante a atual pandemia está sendo assim e esse aumento desmesurado é apenas mais uma bucha no gado, bolsonarista e não-bolsonarista. Ela em nada questiona a área da economia, engole tudo sem pestanejar…E essas Agências Reguladoras, hein!? Não servem pra nada e ainda atrapalham…

Responder

Deixe uma resposta