Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Desemprego aumenta 2% e bate novo recorde em novembro, diz IBGE

Por Redação

24 de dezembro de 2020 : 18h32

O IBGE divulgou nesta quarta-feira, 23, o PNAD Covid-19 e mostra que o índice de desemprego no país voltou a crescer. Segundo o levantamento, a quantidade de desempregados subiu 2% e chegou a 14 milhões de brasileiros. A taxa de desocupação é de 14,2%, novo recorde na série histórica.

No Nordeste é onde se concentra o maior número de pessoas desocupadas, a região têm 17,8% de sua população sem nenhum tipo de atividade. Em seguida, o Norte que apresenta 15,4%, Sudeste com 14,3%, Centro-Oeste, 12,2% e Sul, com apenas 9,3%.

Fonte: IBGE

O levantamento também mostra que “as regiões Norte e Nordeste apresentaram os menores valores de renda per capita (por cabeça), R$ 864 e R$ 865, respectivamente”. A região Sul ainda é a que apresenta maior renda per capita, R$1.606,00. No Brasil, a média foi de R$1.298,00 em novembro.

Fonte: IBGE

Outro dado que mostra a vulnerabilidade econômica da população, em especial dos estados mais pobres, é a quantidade de domicílios que receberam o auxílio emergencial durante a pandemia.

Fonte: IBGE

Recentemente castigado por um apagão, o estado do Amapá é o que têm maior número de domicílios (70,1 mil) beneficiados com algum programa social ou auxílio gerado durante a pandemia. Pará e Maranhão aparecem na sequência com 61,1 mil e 60,2 mil, respectivamente.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Gedeon

25 de dezembro de 2020 às 13h39

Em 2021 começará a ser paga a conta do #fiquemcasa…. idiotas.

Responder

Alan C

25 de dezembro de 2020 às 11h06

Não existe saída pra crise com a bozolândia no poder.

2021 vai ser o ano pós pandemia e, dissipada a fumaça, veremos a terra arrasada sem nenhuma saída possível para a maior crise da história desde Cabral.

Que Deus nos proteja.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?