Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Molon critica PT, ressalta força do antipetismo e afirma que Ciro é o único a bater de frente com Bolsonaro

Por Redação

09 de janeiro de 2021 : 20h06

Neste sábado, 9, o líder do PSB na Câmara, Alessandro Molon (RJ) criticou o posicionamento do PT nas eleições de 2018 e afirmou que o país chegou ao ‘fundo do poço’ com Bolsonaro graças a falta de humildade do partido.

“Infelizmente, nós não estamos nesse fundo do poço apenas pelos erros dos nossos adversários. Chegamos a esse fundo do poço também pelos erros de uma parte da esquerda que não entendeu a necessidade de colocar no 2° turno uma candidatura que pudesse vencer Bolsonaro”.

Em seguida, Molon afirma que o erro não pode se repetir e ressalta que o vice-presidente Nacional do PDT, Ciro Gomes, é o único nome a bater de frente com o presidente Jair Bolsonaro.

“O fundamental é poder apostar no candidato que tenha chances de vencer o 2° turno e não fizeram isso em 2018. Eu apoiei no 1° turno o Ciro Gomes, mas não foi para o 2° turno. Agora, eu acho que ele têm mais chances de vencer o Bolsonaro do que o Fernando Haddad (PT), pois o antipetismo era e ainda é uma força muito presente na sociedade brasileira”.

Assista a entrevista completa!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

37 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Lincoln

08 de maio de 2021 às 23h17

Ciro teve a chance de ir ao segundo turno em 2018, era só ter aceito o convite do Lula pra ter sido o vice e depois o candidato a presidente em 2028 com o apoio do PT.

Agora vai ter menos votos pois já tá polarizado em 2022
Lula x Bolsonaro
Civilização x barbárie

Responder

Thiago

11 de janeiro de 2021 às 11h29

Não bate. Alias poderia bater, mas nao vai para o segundo turno de novo. Nada vai mudar em relação a 2018, pt e Bolsonaro no segundo turno. Pessoal tá achando que ganhar algumas prefeituras em eleição municipal, vai tirar a força do pt no âmbito nacional, não vai. A única chance seria a famigerada frente de esquerda com chapa única , mas como não vai rolar , é Bolsonaro reeleito. No final do dia , Ciro não bate nem 15 pontos sozinho, e qualquer um do pt, ainda na força do Lula , bate 20-25 pontos e vai pro segundo turno fácil. INFELIZMENTE

Responder

joaopssp

11 de janeiro de 2021 às 11h26

Meu Deus! O Brasil está ferrado…quanto comentário advindo de FANÁTICOS! FANÁTICOS PETISTAS CEGOS DA PAIXÃO E EVAÍDOS DA IRRACIONALIDADE!

Responder

Eneusa Maria da Costa Lima

11 de janeiro de 2021 às 10h52

NAO ADIANTA OS PARTIDOS DE ESQUERDA NO BRASIL SAO PT ,PSOL E PC DO B DEFENDEM OS MAIS POBRES ,OS TRABALHADORES FAZEM POLITICAS PUBLICAS VISANDO AS CLASSES POBRES E TRABALHADORAS O QUE VEM DEPOIS DISSO E BALELA, E POLITICAS VISANDO A MELHORAR A VIDA DE BANQUEIROS,EMPRESARIOS E AS ELITE DESSE PAIS OU SEJA DIREITA NISSO SE INCLUEM TODOS ELES PDT,PSB,PSD E OUTROS PARTIDOS NANICOS DO CENTRAO SAO TUDO DIREITA VEM COM ESSE PAPINHO DE SOCIALISTAS QUE NAO TEM NADA DE SOCIALISTA EM 2022 OS POBRES E QUE VAO DECIDIR DE NOVO SE QUEREM SER ENGANADOS POR FAKE NEWS DIZENDO QUE O PT E RESPONSAVEL POR TUDO DE RUIM QUE ACONTECEU NO PAIS OU QUEREM VOLTAR A SER FELIZ ASSIM COMO ERAMOS NOS GOVERNOS LULA E DILMA SIMPLES O QUE VEM DEPOIS DISSO E TUDO BALELA

Responder

Luiz

10 de janeiro de 2021 às 23h00

Parece que se está dizendo que a exposição de um burguês honrado como sendo socialista não é coisa pouca, ainda mais em tempos de bolsonarismo. Nada se relaciona à economia chinesa ou à economia norte-americana. Tampouco a tentativa fracassada das elites econômicas nacionais de dosarem o avanço desgovernado do neoliberalismo com ardis éticos parece significar a razão do embate na esquerda. Uma dose de nacionalismo industrial seria talvez a solução tardia em vista? Aí, depende.

Responder

Ivan Monte

10 de janeiro de 2021 às 22h07

Pode ser que com os votos do Molon e o apoio do Cafezinho, um dia o Ciro chegue ao segundo turno.

Responder

    Lincoln

    08 de maio de 2021 às 23h19

    Kkkkk

    Responder

      Lincoln

      08 de maio de 2021 às 23h21

      Lembro bem que Molon não apoiou a frente pró Democracia com Freixo em 2020

      Responder

Nilson Martins

10 de janeiro de 2021 às 16h52

O PSB não elegeu nenhum vereador na cidade do Rio de Janeiro, só elegeu o Prefeito de Petrópolis e mesmo assim está sob judice no TSE , queria perguntar ao Molon se foi por causa do anti petismo esse resultado pífio do PSB no Estado do Rio de Janeiro a qual ele é Presidente ?

Responder

Roberto

10 de janeiro de 2021 às 14h55

Esse aí só está onde está hoje graças ao PT onde iniciou sua carreira política.
Mudou de lado, tem todo o direito, mas lembre a ele que o Ciro nem ao segundo turno nunca foi e nem eleição em puteiro ganha. Então se não existe. Se eu fosse milionário também teria um Porsche, uma Ferrari. Outro ponto, o PDT hoje está mais perdido que cego em tiroteio e não sabe de que lado está, se da direita neoliberal, do centro ou da PQP. Sem Brizola o PDT não é mais nada, vide os votos de parte de parlamentares do partido contra o povo. Virou legenda de aluguel.

Responder

Luciane Pedroso Perlin

10 de janeiro de 2021 às 13h44

Molon, cara decente da política, sabe que Ciro é o homem certo pra ser nosso presidente do Brasil ???

Responder

Christiane

10 de janeiro de 2021 às 13h20

De onde isso, Molon?!?

CIRO GOMES FOI PRA PARIS DEIXAR O BOLSONARO SER ELEITO, PRA DEPOIS VOLTAR COMO SER SUPERIOR!

Vergonha!

Responder

    Lincoln

    08 de maio de 2021 às 23h23

    Bem lembrado

    Responder

Márcio

10 de janeiro de 2021 às 11h18

Tudo começou quando ele ajudou no golpe de 2016, pra salvar um bando de corruptos a se salvar e eleger um idiota incitando o antipetismo, esse aí e criador de trouxas

Responder

José de Souza

10 de janeiro de 2021 às 09h25

Wishfull thinking do Molon (um bom parlamentar, diga-se), como dizem os gringos. Alguns equívocos: Ainda não chegamos ao fundo do poço, vai piorar. Dizer que Ciro é o único a bater de frente com Bolsonaro é desonestidade intelectual. Boulos fez isso todo o tempo nas eleições municipais enquanto os candidatos que se prestaram a ser palanque do Ciro nada fizeram, com o discurso cínico de que as questões locais é que deveriam ser tratadas nas eleições municipais (muitos dos quais depois saíram dizendo que Bolsonaro foi o grande derrotado nas eleições de 2020…). Nem vou falar da bizarrice do “chame a delegada”. Dizer que Ciro teria vencido em 2018 é balela. Qualquer análise dos mapas eleitorais, por região, classe social, faixa etária, etc., demonstra sem dificuldade que o Bozo ganharia de qualquer um (lembrem-se que teve 45% no primeiro turno). No máximo se poderia aventar a hipótese de que ganharia por uma margem menor do ex- ministro do governo do PT (sim, isso seria usado à exaustão) .Acerto do Molon: o antipetismo ainda é muito forte. O Bolsonarismo também. Mas ambos os fenômenos estão em processo de corrosão. Mas Bozo e PT ainda são fortes o suficiente para chegarem ao segundo turno. Ao PT resta ter a humildade de abrir mão da cabeça de chapa, como na Argentina. Só que ela não não pertence ao Ciro, como ele quer fazer parecer, talvez por algum direito divino,.

Responder

    Marco anthonio Sá

    10 de janeiro de 2021 às 11h23

    Tanta imbecilidade num só texto. Com esse pensamento simplista PT vai pro buraco novamente. Mas graças a deus, as forças progressistas enxergaram um novo caminho, um novo horizonte. E vamos marchando com CIRO e todas as correntes sensatas e inteligentes deste país.

    Responder

      Lincoln

      08 de maio de 2021 às 23h26

      Marchando pra onde ?

      Os vôos a Paris foram cancelados

      Responder

    Sinval Moreira

    10 de janeiro de 2021 às 15h10

    Por direito divino não dá para Ciro. Visto que essa unção já foi determinada para o Pt por vc, pelos fanáticos listas e principalmente por Bolsonaro. “Qualquer um menos Ciro”…! Por que tanto medo??

    Responder

    Jaciara Rosa Rodrigues

    10 de janeiro de 2021 às 15h12

    Muito obrigada, José, por trazer outro ponto de vista. Eu ia mesmo trocar essa ideia com amigos porque achei nada a ver a fala do Molon.

    Responder

    Rosane Vaz Figueiró

    10 de janeiro de 2021 às 19h48

    Eu entendi e concordo, nesse momento o antipetismo é muito forte e Ciro, além de ter um excelente projeto de desenvolvimento para o Brasil é o que tem menos rejeição. Se nos unirmos com Ciro teremos chances de bater de frente com Bolsonaro porque Ciro não tem telhado de vidro! estou com você Molon!

    Responder

Alan C

10 de janeiro de 2021 às 09h25

Uma verdade inconveniente.

Responder

Lucila

10 de janeiro de 2021 às 01h25

Grandes bostas Molon e o cirismo de modo geral. Ciro 12% ser saída pra vencer direita é delírio de cínicos e de rolos. Cafezinho entrou nesse bloco dos cinicos, posto que rolo não é. Molon caminha à direita…

Responder

    Marco Antonio Sá

    10 de janeiro de 2021 às 11h25

    Comentário imbecil de um idiota ressentido!

    Responder

      Sá Pinto

      11 de janeiro de 2021 às 14h08

      Próximo dos fatos, portanto, bem melhor que o comentário ressentido de um imbecil idiota ao tentar calar a comentarista através do constrangimento, que pode ser de dupla mão, quando se faz por merecer, como no caso.

      Responder

    Marcia Eloy

    08 de março de 2021 às 13h00

    O PSB e um partido que não se define. E direita? É esquerda? Nas votações se dividem sempre.Conheço Molon há muito tempo e ele se fez politicamente dentro do PT. Saiu do PT, dito por ele, por causa do mensalão. E agora que o mensalão esta sendo desmontado. O que ele tem a dizer ?

    Responder

EdsonLuiz.

10 de janeiro de 2021 às 00h43

Faz de conta que não sabemos matemática, mas os discursos de totalitários exclusivistas do PT (isto deve ser pleonasmo, não?) não têm lógica nenhuma.

VOCÊS! VOCÊS TODOS! CADA UM DE VOCÊS!
Se ficarem contra o PT ….
SERÃO, todos vocês, cada um de vocês,
CULPADOS PELA VITÓRIA DE bOLSONARO!
– seja em qual ano vocês nos negarem, seus Judas, vamos denunciá-los, golpistas, traidores. VOOOCÊÊÊÊSSSS fazem isso por terem inveja porque nós do PPT somos os ungidos de Deus.
E nós (do PT) vamos repetir isso para sempre (como repetiremos para sempre muitas outras palavras de ódio contra qualquer um de vocês, imbecis, rentistas, neoliberais, burgueses, imperialistas, …).

Eleições 1989.
Resultado 1º turno:
fernando collor:…..20.611.011 votos……………30,47%……..PRN.
Lula……………………11.622.673 votos…………….17,18%…….PT.
Brizola………………..11.168.228 votos…………….16,51%……PDT.
Mário Covas……….. 7.790.392 votos……………..11,51%…..PSDB.

Mário Covas imediatamente declarou o apoio dele é o do PSDB a Lula.

Pesquisa 2º turno: 1989
fernando collor vencia fácil Lula e Brizola. Perdia fácil para Covas.
Proposta clara de Brizola: não podemos deixar o collor ganhar.
Lula ficou em primeiro lugar e é o candidato, mas perde. Se Lula retira a candidatura, o candidato passa a ser eu, Brizola, que fiquei em segundo, mas perco. Se eu também retirar a candidatura, o candidato passa a ser o Covas, que ganha do Fernando Collor. Fica a minha proposta de retirarmos, eu e Lula, nossas candidaturas, e apoiarmos Covas para derrotar o Fernando color.

A decisão do Lula e do PT foi a decisão magnânima que todos podem imaginar. É perdemos, o collor ganhou.

Pano rápido. Passemos à eleição de agora, ano de 2018.

Eleições 2018.
Resultado 1º turno:
bolsonaro 46,03%.
Marina Silva 1%; Geraldo Alckmin 4,76; Ciro Gomes 12,47; Haddad 29,28.

Pesquisa 2º turno:
Datafolha.
Marina 46% x 39% bolsonaro.
Alckmin 41% x 37% bolsonaro.
Ciro 45% x 38% bolsonaro.

bolsonaro 41% x 40% Fernando Haddad.

PoderData:
Ciro 46% x 41% bolsonaro.
Alckmin 42% x 42% bolsonaro.
bolsonaro 46% x 41% Fernando Haddad.

Se os candidatos fossem Fernando Haddad e Ciro Gomes, então, aí o resultado seria um massacre (pelo PoderData):
Ciro Gomes 41% x 28% Fernando Haddad.

Mas o PT, para a traggggéédiiiiiaa não acontecer. Para o bolsonaro nnnãããoo ganhar, manteve a candidatura.
Se você acompanhou tudo com atenção, provavelmente concorda que com o PT só indo para Paris.
Provavelmente concorda também que eles só insistem em colocar a culpa nos outros porque são…………. (cada um pode completar com o adjetivo que quiser. Não sinta culpa, um monte de petistas só sabe se referir a quem dele discorda com adjetivos).

Podemos ver que:
i) a rejeição ao PT nada tem a ver com Lava Jato, Mídia, Imprensa, nada nada.
Da imprensa profissional todos apanham, mas ele tem que ser responsável porque quem a financia somos nós que consumimos notícia. Se ela nos desinformar, a abandonamos (será que as paixões doidas aceitam isso ou vão me xingar de ingênuo, infantil, etc – o que vocês acham que vão fazer?
Quem apanha mais é o – vou falar igual a vocês, meninos – quem apanha mais é o Bozo. Porque tem mais motivos ainda que o PT, que nos anos anteriores a ganhar e durante muitos anos de mandato foi muito apoiado, principalmente pela Folha.

ii) Tanto em 1989 quanto em 2018, era só ter deixado disputar quem ganhava para não termos as tragédias do color e do bolsonaro… quer dizer, do Bozo.

Responder

    Batista

    10 de janeiro de 2021 às 15h40

    Que ‘realismo fantástico’, que nada, bom mesmo é essa tal de ‘mediocridade paralela’, à moda, na lata, sem sequer um laivo de medo ou vergonha de revelar-se desinformado, infeliz e raso, ao mesmo tempo.

    Fatos, ora os fatos, pensar, pra que pensar, se a narrativa phode tudo ao nivelar abaixo da linha da cretinice adestrada?

    Ah, ia esquecendo, por ora é bom concordar, enquanto não chegam os profissionais, certamente chamados pela família, ou será caso de se cobrir ou cercar, a residência?

    Responder

      EdsonLuiz.

      11 de janeiro de 2021 às 12h57

      Batista,
      Você xingando sem se importar sequer em raciocinar os dados, sem pensar as verdades que vomita (desculpe a deselegância, prometo que não haverá mais nenhuma porque, nesse despreparo e nesse tom, você não é um interlocutor e eu nunca mais resposto a você)… continuando: xingando sem sequer medir as verdades não pensadas que você vomita, você só consegue expressar seu ódio a quem não pensa como você por, estudando os dados, pensando os fatos, chegar a conclusões completamente diferentes das suas.

      A mim, o que passa é que você estruturou a sua ‘formação política’ nos discursos, perorações, panfletos, ‘notícias’ e análises dos blogues sujos e abusados de petistas na internet. Olha Batista, trocando os sinais ideológicos, e nem todos estes sinais precisam ser trocados, a forma, a retórica, o tom é o mesmo do trumpismo, do erdoganismo, do chavismo, do bolsonarismo. Aliás, até os eleitos como inimigos, sejam partidos políticos, sejam pessoas, sejam instituições em geral, costumam ser os mesmos.

      Desculpe, eu sei até que você vai repetir um monte de adjetivos e adjetivações desqualificadoras, mas sem fundamentar. Porque essa é a prática mesmo de um bolsonarista, de um petista, de um trumpista.

      Doutrinados são assim.
      E doutrinarismos costumam tornar as suas vítimas disfóricas.

      Quando eu quiser um petista para conversar, vou procurar algum autêntico. Tenho alguns bons conhecidos que o são; você é só um lulista desses que impediu que os marxistas conseguissem ter no PT o seu partido de esquerda.

      Abraço, tenha um bom dia.
      p/s: leia o comentário que deixei na matéria sobre iniciativa de Edmilson Rodrigues, do PSOL, aqui, um pouco mais abaixo, publicada no dia 09.

      Responder

        Batista

        12 de janeiro de 2021 às 01h27

        Por falar em, “sem pensar as verdades que vomita”, nada melhor que fundamentar com resultados de, “estudando os dados, pensando os fatos, chegando a conclusões…”:

        “a rejeição ao PT nada tem a ver com Lava Jato, Mídia, Imprensa, nada nada.”

        “Da imprensa profissional todos apanham, mas ele tem que ser responsável porque quem a financia somos nós que consumimos notícia. Se ela nos desinformar, a abandonamos.”

        “Quem apanha mais é o… Bozo. Porque tem mais motivos ainda que o PT, que nos anos anteriores a ganhar e durante muitos anos de mandato foi muito apoiado, principalmente pela Folha.”

        “Tanto em 1989 quanto em 2018, era só ter deixado disputar quem ganhava para não termos as tragédias do color e do bolsonaro…”

        E pra terminar, com elegância: “mas os discursos de totalitários exclusivistas do PT (isto deve ser pleonasmo, não?) não têm lógica nenhuma.”

        Cinismo ou desinformação convicta?

        Responder

    SIRIA MOURÃO DO MONTE

    10 de janeiro de 2021 às 22h05

    Ciro nunca pensou em chegar ao segundo turno?

    Responder

Paulo

09 de janeiro de 2021 às 21h48

É evidente que o antipetismo é uma força muito presente na sociedade brasileira. E permanecerá sendo. O PT está condenado e não percebe. Terá que mudar de nome e se reinventar. Por mais estripulias que a ultradireita faça. Por isso, para vencer Bolsonaro, precisamos de um candidato no espectro político da centro-esquerda à centro-direita, com capital popular, minimamente carismático e agregador.

Moro poderia ser o candidato ideal – não necessariamente pra mim, que não sou liberal, no campo econômico (e também não sei na verdade se ele é), além das pautas cultural e de costumes que ele defende, até aqui uma incógnita, pra mim. Mas ele conta com ampla rejeição da esquerda, inclusive a supostamente democrática.

Ciro também talvez pudesse ser esse candidato, embora lhe falte o caráter agregador, na percepção dos analistas, mas não necessariamente na do povo. Mas seria enxovalhado pela imprensa, pelo medo que desperta na classe dominante.

Hucks da vida não passam seriedade, e creio que não conseguiriam conquistar o coração do povo, muito embora possam contar com o “staff” global, que também já foi bem maior. Prova é que até Bolsonaro ninguém havia ousado peitar a Platinada, nem o PT.

Portanto, mais por falta de adversários que por méritos próprios, o Capetão continua com um pé no 2º turno, em 2022. Lamentavelmente…

Responder

    Batista

    10 de janeiro de 2021 às 17h05

    O problema é que “no meio do caminho tinha uma pedra…”, e para removerem essa pedra do caminho deles, utilizaram um lawfare mais que anunciado, produzido por uma operação jurídica-midiática de quinta categoria, que insustentavelmente permanece no ar até hoje e, pior, começa a esfarelar-se, apesar dos esforços para prolonga-la e manter a população desinformada da verdade dos fatos.

    Na medida que essa farsa jurídica-midiática lavajateira desmancha-se no ar, por motivos mais que óbvios e esperados, a pedra vai retomando o espaço no caminho, interrompido desde que tentaram remove-la do caminho, deixando o caminho obstruído e o país atolado econômica e politicamente.

    Uns começam a perceber que a pedra no caminho é imaterial e portanto irremovível através de golpes de marreta, e portanto, permanece onde sempre esteve, outros desconfiam e começam a exercitar o sagrado direito ao ‘jus esperneandis’ sentindo que tem cheiro de queimado no ar e a pedra de novo no caminho, daí o desespero.

    Responder

    Elisabeth

    10 de janeiro de 2021 às 23h51

    Verdade… seu comentário é bom! Mas acho realmente que o Ciro além do melhor é o único que pode peitar e ganhar Bolsonaro! Ele é bom em oratória , explica bem seus planos, personalidade forte , impressiona! E acho q muitos q até então ñ votaram e ñ era simpatizante dele, vão mudar de ideia, olhando bem seus planos e o ouvindo falar de seus projetos para tirar o brasil deste atoleiro!

    Responder

Sebastião

09 de janeiro de 2021 às 21h14

E como surgiu o anti-petismo? Quem ajudou a propagar? A mídia, movimentos como MBL, o PSDB… Não retirando a responsabilidade de Dilma. Daí, veio a Lava-Jato e prendeu a figura mais poderosa do partido. Já foram derrubadas 7 denúncias por falta de materialidade, e haverá a suspeição de Moro, melhorando a imagem de Lula e refletindo favoravelmente o PT. Pra alguém ser eleito na esquerda, que não seja do PT. Precisará primeiro ir pro segundo turno primeiro, e é justamente o que muitos da esquerda querem, que é limar um nome do PT, pois sabem que pra ir ao segundo turno, precisará do apoio do PT. E vão demasiadamente usar esse anti-petismo, pra que o PT abra mão de algum nome do partido. Quem vota na direita, jamais irá votar em Ciro, Dino ou Boulos. Será alguém do PSDB ou Bolsonaro. Corrupção pra esse povo que justificam o anti-petismo é conversa fiada, é mentira. Só olhar que no MDB tem caciques poderosos presos, com provas, como: Cabral, Pezão, Cunha, Pisciani, Geddel… Assim como no PP… E esse povo que falam em honestidade, continuam votando nesses dois partidos. Nunca foram contra a corrupção.

Responder

    Tiago Carvalho

    10 de janeiro de 2021 às 18h39

    Em 2014, Marina Silva estava em segundo lugar , indo para segundo turno, o PT adotou a tatica de queimar a imagem de Marina, para Aecio ir ao segundo turno, para poder polarizar com ele e vencer a eleição. Aecio foi para segundo e turno, teve muito palanque, perdeu por muito pouco, por menos de 1%, quase ganha. No dia seguinte, no Senado fez um discurso golpista. Se Marina tivesse ido pro segundo turno, Aecio não teria tido tanto exposição. Talvez Marina poderia até ter ganho a eleição, diminuindo assim o antpetismo e Brasil cpontinuava no nosso campo, mas a sede de poder do PT queimou a Marina com mentiras, diga-se de passagem, e aumentou o antpetismo. PT em 2018, mais uma vez escolheu polarizar com o Adversário da Direita, boicotando as alianças do Ciro e isolando-o, não atacando Bolsonaro como deveria, substimouo-o e PERDEU . Perdeu em 2020 mais um vez. Se não mudar a estrtaegia, vai jogar o país no colo do Doria ou Bolsonaro., Se doria entrar ficará facilmente 8 anos. Deixem de teimosia, se não vão jogar o país no lixo.

    Responder

Cesar Antonio sanches

09 de janeiro de 2021 às 20h59

Molon que é você só consegui u alguma coisa na politica ,agora vem babar ovo desse canalha do Ciro da arena esrrustido

Responder

Alexandre Neres

09 de janeiro de 2021 às 20h49

Sempre defendo o Molon. Em meio a abutres, sua figura destoa positivamente no seu partido.

Deive me ver se entendi o que ele disse: se existe o anti-petismo, então o PT não pode lançar candidato? É isso? O partido político deve se abster de ter candidato porque durante o seu governo pretos, gays e mulheres obtiveram uma série de benesses que violaram os interesses dos donos do poder?

O que em termos concretos ele pretende fazer para se opor ao Bolsonero? Que armemos barricadas? Em Paris?

Responder

Deixe uma resposta