Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

PDT oficializa João Santana como marqueteiro do partido

Por Gabriel Barbosa

22 de abril de 2021 : 17h18

Após uma reunião com o presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, e o ex-governador Ciro Gomes em Salvador (BA), o jornalista e publicitário João Santana foi oficializado como marqueteiro dos trabalhistas. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira, 22.

Jornalista de formação, João Santana, 67, é natural de Tucanos (BA) e trabalhou em grandes jornais como a Folha de São Paulo, Jornal do Brasil, O Globo, Veja e na revista Isto É. No marketing político, Santana desenvolveu suas aptidões na publicidade e trabalhou nas campanhas de Lula (2006) e nas duas campanhas de Dilma Rousseff (2010-2014) no Brasil.

No exterior, o publicitário também fez campanhas para Hugo Chávez (Venezuela), Duhalde (Argentina, 1999) , Maurício Funes (El Salvador, 2009), Danilo Medina (República Dominicana, 2012), Jose Eduardo (Angola, 2012), Jose Domingos Árias (Panamá, 2014) e Danilo Medina (República Dominicana, 2016).

A primeira sinalização do marqueteiro ao ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foi feita publicamente ao programa Roda Viva em outubro de 2020. Naquela ocasião, Santana defendeu a tese de que uma chapa Ciro-Lula (como vice) seria “imbatível”.

“Impossível ser isso [vice de Ciro], mas essa chapa seria imbatível. É imitar a solução genial eleitoral, que a Cristina fez na Argentina”.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

23 de abril de 2021 às 08h40

É incrível como Ciro e o PDT são ingênuos em várias frentes. É como querer abrir uma venda na esquina do Wall Mart pra tentar fazer concorrência. É o que o PDT faz.
Repito o que disse algumas vezes neste espaço, Ciro deveria pensar seriamente em apoiar alguém que defenda – DE VERDADE – um projeto nacional desenvolvimentista, coisa que não existe em nenhum pré-candidato e provavelmente nem existirá.

Responder

Rodrigo de Albuquerque

23 de abril de 2021 às 00h17

João Santana é nosso!! E os petralhas acusaram o golpe…

Responder

Patrice L

22 de abril de 2021 às 23h38

Bizarro total! E tratando a todos e todas como idiotas que não percebem!

Ciro com esse alguém tão destacado do que ele chama de “lulopetismo corrupto” e do qual fala cobras e lagartos?

E mais: ao mesmo tempo, num grupo de zap com o Marreco parcial que perseguiu e condenou esse mesmo alguém?

Responder

JOHN JAHNES

22 de abril de 2021 às 19h40

A justiça foi feita, mesmo ainda não completa, provou que LULA não é o ladrão que MORO mostrava e que CIRO prega em todas suas falas. Será que o CIRO agora vai delatar o LULA e usar esse conecido “marqueteiro” para mostrar as provas que ele tem mas nunca teve coragem de mostrar?

Responder

Efrem Ventura

22 de abril de 2021 às 19h02

Parece alguem que acabou de sair da cracolandia.

Responder

Tiago Silva

22 de abril de 2021 às 17h53

Pode valer cada centavo para Cirolipa deixar de ser um Biruta de Aeroporto (que Ciromínions seguem muitas vezes sem reflexão)… E então se ter uma estratégia menos atrapalhada.

Tomara que não seja tarde demais ou que não seja só Marketing (como aconteceu no caso de Dilma que se pintou algo que não era: “Coração Valente”)…

Porém, ainda assim ainda faz muita falta Brizola no PDT.

Responder

    Alexandre Neres

    22 de abril de 2021 às 19h13

    Meu amigo Tiago Silva, queria uma explicação, pois não consigo entender.

    Vira e mexe vejo o Ciro bradando contra a corrupção. Pra se ter uma ideia, toca mais no assunto do que Merval Pereira.

    João Santana foi condenado. Praticou o famigerado crime de lavagem de dinheiro.

    Não sei. Para mim, a conta não fecha. Confesso que tinha acreditado na retórica do Ciro.

    Acho que perdi alguma parte da história e não consigo pegar o gancho. Você poderia me esclarecer o que houve?

    Responder

      Tiago Silva

      23 de abril de 2021 às 20h03

      Talvez seja um dilema entre idealismo versus pragmatismo… que, como bem alertou, pode esvaziar o encantamento para alguns que acham que a sociedade brasileira não seja complexa, principalmente o sistema político que o PT teve que conviver e que Ciro também tem que conviver.

      Porém, antes disso já se advogava pelo “nacional desenvolvimentismo” mesmo correndo atrás do DEM ou PSDB ou Centrão que não quer mudar as estruturas dessa sociedade também desigual.

      Cada vez mais Ciro se aproxima do que ele criticava no PT, mesmo no momento em que mais critica o PT… E vai ver a confusão que não deve estar ocorrendo na cabeça de Ciromínions!!! Kkkkk

      Responder

      Tiago Silva

      24 de abril de 2021 às 00h47

      O pior, caro Alexandre Neres, é que o Ciro tinha toda uma legitimação de ser o melhor candidato para expor a Farsa a Jato e, assim, fazer com que a classe média radicalizada que já se desvincula do Bozo… Também se desvincule do Marreco Corrupto.

      Ocorre que ao se associar com o Marqueteiro do PT, aí que essa classe média radicalizada fica com mais ódio do Ciro e acreditaria que o “anti-sistema” seria outro representante do sistema (ao invés do Bozo, a boiada vai pro Marreco Corrupto com menos vergonha ou ainda para o arremedo de Beppe Grillo misturado com Berlusconi que é o Danilo Gentilli).

      Daí, mesmo com a competência do João Santana… pode ser tarde para que o Ciro consiga algo além do que seus algo em torno de 10% histórico de eleitores (que cada vez mais podem se decepcionar à esquerda, decepcionar à direita ou ainda se decepcionar no centro dos ciromínions ou neotrabalhistas que podem se confundir com o excesso de pragmatismo para um projeto idealizado que está mais próximo do pensamento/projetos de Dilma do que de pensamentos/projetos de Jango/Brizola).

      Responder

Kleiton

22 de abril de 2021 às 17h26

Já saiu da cadeia ?

Responder

Deixe uma resposta