Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Oposição articula instalação de CPI contra Ricardo Salles

Por Redação

28 de abril de 2021 : 11h49

Os líderes da oposição na Câmara se reuniram na tarde desta terça-feira, 27, para traçarem estratégia com intuito de instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra a gestão de Ricardo Salles a frente do Ministério do Meio Ambiente. O texto para coletar as assinaturas ainda está sendo elaborado.

Os líderes calculam que é necessário cerca de 171 votos para que a investigação seja aberta na Câmara dos Deputados. Como a bancada de esquerda no Parlamento tem 130 parlamentares, ainda faltam 40 deputados para fechar a conta. Para isso, os líderes Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e Alessandro Molon (PSB-RJ) devem buscar colegas independentes que estão no DEM, PSDB e Cidadania.

Na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa da Câmara, o delegado da PF Alexandre Saraiva, afirmou que Salles tentou “legitimar” a ação de criminosos que atuam no mercado ilegal de madeiras extraídas na floresta Amazônica.

“O ministro tornou legítima a ação dos criminosos. Temos mais de 70% da madeira apreendida em que não apareceu nenhum dono. Se ninguém reivindicou, como é que ele pode falar que aquilo está legal? Não apareceu dono”.

Responsável pela Operação Handroanthus, o delegado apreendeu a maior quantidade de toras do Brasil, mais de 214 mil metros cúbicos de madeira ilegal. Recentemente, Saraiva foi exonerado do cargo de superintendente da PF do Amazonas por decisão do Governo Bolsonaro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

29 de abril de 2021 às 10h15

O povo brasileiro é muito e mais burro é o animal que o levou pra batizar nas águas do rio Jordão, segundo deuteromio (20:19) é proibido se cortar árvores, árvores são sagradas, se um jumento que não conhece a cultura do seu país como vai entender uma cultura tão rica e lá eles conciliam a lição e a ação.

Responder

Carlos Jose

29 de abril de 2021 às 10h01

Esse ministério tem que ser investigado, CPI já, para não passar todas as boiadas.

Responder

Paulo

28 de abril de 2021 às 19h06

Esse é outro que tá precisando…

Responder

    Valeriana

    28 de abril de 2021 às 22h03

    …ser enforcado em praça pública.

    Responder

Jataí

28 de abril de 2021 às 13h37

E com Renan Calheiros relator tbm!!!

Responder

Bandoleiro

28 de abril de 2021 às 12h14

Sò rindo mesmo de um elemento como Freixo.

Responder

Deixe um comentário