Cafezinho & Cinema: conversa com Ducca Rios, diretor de Meu Tio José

Escândalo: Para manter base no Congresso, Bolsonaro cria orçamento paralelo

Por Redação

09 de maio de 2021 : 15h54

Um orçamento paralelo em emendas no valor de R$3 bilhões foi criado por Jair Bolsonaro para manter o aluguel de sua base no Congresso.

De acordo com o Estadão, parte considerável desse montante foi usado para compra superfaturada de equipamentos agrícolas e tratores com preços de até 259% acima do valor de mercado.

Ao todo, foram 101 ofícios enviados por deputados e senadores ao Ministério do Desenvolvimento Regional, comandado por Rogério Marinho, e outros órgãos ligados a pasta para indicar como eles desejavam usar os recursos públicos.

Por exemplo, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), solicitou a aplicação de R$ 277 milhões da pasta, passando por cima do próprio Marinho.

Em outro momento, o demista destinou outros R$ 81 milhões apenas à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), estatal que controla e mantém aliados políticos.

Noutro caso, o governo Bolsonaro aceitou desembolsar R$ 359 mil num trator que custaria apenas R$ 100 mil aos cofres públicos. No total, o deputado Lúcio Mosquini (MDB-RO) direcionou R$ 8 milhões.

Já os deputados do Solidariedade Ottaci Nascimento (RR) e Bosco Saraiva (AM) direcionaram R$ 4 milhões para Padre Bernardo (GO), cidade a mais de dois mil quilômetros dos seus redutos eleitorais. Se a tabela do Planalto fosse obedecida, a compra sairia por R$ 2,8 milhões.

Em outro ofício, a deputada federal e atual ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda (PL-DF), foi à Codevasf para ditar o destino de R$ 5 milhões em emendas. Ao jornal, Arruda diz não lembrar do ocorrido.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sebastião Farias

10 de maio de 2021 às 21h40

Somos um povo sem consciência, sem senso de cidadania e sem amor à nação e à pátria, nos falta senso crítico, com justiça imparcial e verdade, para agirmos nos termos do parágrafo único do artigo 1° da CF.
Nenhuma nação é feliz sem Deus. Para os cristãos que realmente, creem em Deus, não caiam no engano e entendam que, quando Jesus instruia Seus Apóstolos e, lhes explicava e dizia em S. João 10, o mistério Dele ser o Bom Pastor, está claro que Ele não se referia apenas, aos cuidados do povo sob a ótica religiosa.
Certamente que sim, Ele quer nos fazer entender que também, os cuidados plenos que todos os seres humanos que têm responsabilidades e obrigações de liderar o povo e instrui-lo no Seu Evagelho, e também de cuidarem do povo, do seu bem-estar, de sua segurança, de sua proteção, de sua felicidade, etc.
Pois sobre tudo isso acima, disse Jesus: “Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas. Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas. Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor” (S. João, 10,11-16).
Por isso, devemos ter bom senso e cuidado com o inimigo que está a espreita para nós desviar da verdade. “Rogo-vos, irmãos, que desconfieis daqueles que causam divisões e escândalos, apartando-se da doutrina que recebestes. Evitai-os”. “Esses tais não servem a Cristo, nosso Senhor, mas ao próprio ventre. E com palavras adocicadas e linguagem lisonjeira, enganam os corações simples”. (Romanos 16, 17-18).

À luz dessa orientação e exemplo de vida, todos nós cristãos e cidadãos, em respeito aos nossos irmãos na fé e na nacionalidade, devemos e, temos a responsabilidade de não só conhecer mas, de praticar o que diz e mandam, os Mandamentos de Jesus e a Constituição de nosso país, amparados na verdade e no amor ao próximo, possamos contribuir para uma nação fraterna, justa, soberana, focada no bem-estar comum, na justiça imparcial e feliz, que respeitem e implementem, principalmente, os 06 primeiros Artigos de nossa CF, os 03 primeiros aí estão, vejam.
Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: I – a soberania; II – a cidadania; III – a dignidade da pessoa humana; IV – os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; (Vide Lei nº 13.874, de 2019) V – o pluralismo político.
Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.
Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.
Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I – construir uma sociedade livre, justa e solidária; II – garantir o desenvolvimento nacional; III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm ;
https://jornalggn.com.br/brasil/links-para-a-historia-do-brasil-de-1894-a-2018/ ;
https://www.viomundo.com.br/blogdasaude/pesquisadores-denunciam-em-plena-pandemia-proposta-do-governo-privatiza-o-sus-e-faz-a-festa-dos-planos-de-saude-conheca-as-18-armadilhas.html ;
Paz, saúde e bençãos.
Sebastião Farias
Um cidadão brasileiro nordestinamazônida

Responder

Sergio da Matta

10 de maio de 2021 às 14h52

E imaginar que o Collor caiu porque roubou um Fiat Elba. O GENOCIDA tá roubando mais de 3 bilhões de dinheiro público, comprando aliados e não acontece nada. A nossa salvação é essa CPI e o STF. Pazuello vai entregar ele como responsável pelas ordens que levaram milhares de pessoas à morte, principalmente naquelas por falta de oxigênio em Manaus.

Responder

Ronei

10 de maio de 2021 às 07h47

#tratoraço

Responder

Alan C

09 de maio de 2021 às 20h04

Perdão, mas só dizer “De acordo com o Estadão” não é suficiente. O jornal tirou isso de onde? Qual evidência? Esse método PT247 não combina com o Cafezinho.

Tem que melhorar isso daí, talkey?

Responder

Paulo

09 de maio de 2021 às 18h23

Pois é! E, graças ao trabalho insano do Centrão, PSDB, esquerdas (PT à frente) e do próprio Bolsonaro, agora não tem mais Lava-Jato pra correr atrás desse prejuízo…

Responder

    Paulo Cesar Cabelo

    10 de maio de 2021 às 02h05

    Claro porque só a força tarefa iluminada pode combater crimes , não existe mais polícia nem ministério público hahaha.
    O gado lavajatista é menor mas é de longe o mais cego.

    Responder

Deixe uma resposta