Cafezinho & Cinema: conversa com Ducca Rios, diretor de Meu Tio José

Wajngarten causa irritação na CPI e sessão é suspensa após Aziz afirmar que ele mente

Por Redação

12 de maio de 2021 : 12h16

O presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM), suspendeu a sessão após o ex-secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten, irritar tanto Aziz quanto o relator Renan Calheiros (MDB-AL) por não ser objetivo nas respostas.

Em um dado momento, Calheiros questionou Wajngarten sobre o impacto na comunicação do governo após as declarações classificadas como “estapafúrdias” de Bolsonaro sobre as vacinas contra o novo coronavírus.

Após ser perguntado, o ex-secretário se evadiu da resposta e formulou especulações sobre os motivos de Bolsonaro.

O emedebista insistiu no questionamento durante alguns minutos até que Aziz teve que intervir para tentar arrancar uma resposta objetiva de Wajngarten. Sem sucesso, o presidente da CPI suspendeu a sessão por cinco minutos.

Mas o auge da irritação aconteceu após Renan ter perguntado sobre quem orientava Bolsonaro a fazer as declarações negacionistas a população.

“Eu acho que o senhor tem que perguntar pra ele, senador… eu não conversava”.

Após essa resposta, Renan lembrou que estava inquirindo ele e estava obrigado a responder por lei. Por sua vez, Omar Aziz afirmou que Wajngarten não podia tomar aquela atitude e o ex-secretário pediu desculpas sucessivamente.

Antes de suspender a sessão, o presidente da CPI disse que Wajngarten estava mentindo e que o seu depoimento só está acontecendo por causa da entrevista na revista Veja.

“Senhor Fábio, o senhor só está aqui por causa da entrevista da revista Veja. Se não a gente nem lembraria que o senhor existia, o senhor está me entendendo? É só por causa disso, não tem outra razão para você está aqui”, lembrou.

“Não faça isso com a gente, todo mundo aqui está aqui por uma qualidade, a única qualidade que não chega aqui é menosprezar a minha inteligência pelo menos nas suas respostas, então, o senador Renan está demorando demais porque vossa excelência não está respondendo. O senhor está mentindo aqui para todos nós”, ressaltou.

“E aí ele está aqui tangenciando sobre as perguntas, depois a gente toma uma medida mais radical e aí vão dizer que nós somos isso e aquilo, por favor, não menospreze a nossa inteligência, ninguém é imbecil aqui”, completou.

No retorno da sessão, Aziz advertiu que o ex-secretário teria que ser objetivo nas respostas, caso contrário, seria dispensado e deixaria de ser testemunha para ser investigado.

“Com todo o respeito que o senhor merece, se Vossa Excelência não for objetivo nas suas respostas, nós iremos dispensá-lo dessa comissão, pediremos a revista Veja que mande a gravação e o chamaremos de novo, não como testemunha, mas como investigado”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Kleiton

12 de maio de 2021 às 14h58

E tem gente que consegue levar essa palhaçada de quarto mundo a sério…. acredite quem quiser.

Responder

    Tony

    12 de maio de 2021 às 21h20

    Weeee!!!

    Responder

carlos

12 de maio de 2021 às 13h11

O Brasil é uma republiqueta de bananas porque eleger um senador, como Eduardo Girão, cuja a família não mora no Brasil, e ele mesmo fez questão de renunciar a presidência do Fortaleza porque estava com saudades da família que mora na Flórida Estados Unidos, qual é o interesse que ele tem apesar de cearense de defender o povo cearense, diferente de um Tasso Jereissati que mostra porque é cearense cabra da peste, e sempre defendeu o povo cearense.

Responder

Gilmar Tranquilão

12 de maio de 2021 às 12h31

as bozolete piraaaaaaaaaa kkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Deixe uma resposta