Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

O general puxa saco e o voto impresso

Por Redação

14 de julho de 2021 : 08h22

Para manter suas benesses com Jair Bolsonaro, o general da ativa Luiz Eduardo Ramos que é o atual titular da Casa Civil começou a defender com unhas e dentes o famigerado voto impresso.

Na manhã desta terça-feira, 13, Ramos esteve com o relator da PEC do voto impresso, deputado bolsonarista Filipe Barros (PSL-PR).

Em coletiva de imprensa na segunda, 12, Bolsonaro voltou a atacar o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso, e ameaçou novamente às eleições de 2022 caso o voto impresso não seja aprovado no Congresso Nacional.

“Eu estou com um problema só com um ministro aqui, que está tendo um ativismo legislativo na questão do voto impresso”, disse.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Cláudio

14 de julho de 2021 às 09h17

Vi o nível desse general um dia no programa do Datena ele leu um post de whatsap para justificar a realização da Copa América no Brasil, vergonhoso. Pra integrar esse desgoverno bozo tem que ter no máximo 3 neurônios.

Responder

Deixe um comentário