Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

O chanceler chinês, Wang Yi (dir.), com o chefe político do Taleban, mulá Baradar, em Tianjin - Li Ran/Xinhua

China anuncia que vai manter relações ‘amistosas’ com o Talibã no Afeganistão

Por Redação

16 de agosto de 2021 : 14h16

Nesta segunda-feira, 16, o governo da China anunciou que deseja manter relações diplomáticas “amistosas e de cooperação” com o governo do Talibã no Afeganistão.

O grupo fundamentalista islâmico tomou o controle do país durante o final de semana após travar uma guerra contra os EUA desde 2001.

A decisão do governo chinês foi ocasionado pelo fato dos países dividirem uma pequena fronteira de 76 quilômetros, especificamente com a província de Xinjiang, uma das áreas mais sensíveis da China onde reside uma minoria muçulmana.

O governo de Xi-Jinping não deseja que o Talibã exerça influência na região com o intuito de insuflar movimentos separatistas.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China disse que o país quer manter “a política da boa vizinhança e a cooperação amistosa” e que o governo “respeita o direito do povo afegão de determinar de forma independente seu próprio destino”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário