Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

(Foto: Fabio Rodrigues PozzebomAgência Brasil)

Pacheco reconhece crise entre os Poderes e manda recado a Bolsonaro

Por Redação

16 de agosto de 2021 : 21h29

Após dias em silêncio diante dos arroubos golpistas de Jair Bolsonaro contra as instituições democráticas e a realização das eleições de 2022, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), finalmente reconheceu a crise entre os poderes e mandou um recado para o Palácio do Planalto.

No seu comunicado, Pacheco reiterou que o Congresso Nacional não vai aceitar “retrocessos” e que vai continuar numa “vigorosa vigilância” do regime democrático.

As afirmações do demista acontecem após mais um final de semana conturbado pelos delírios golpistas de Bolsonaro, que começou logo no sábado, 14, de que iria levar ao Senado um pedido de abertura de processos contra Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

Leia o comunicado de Pacheco na íntegra!

“O diálogo entre os Poderes é fundamental e não podemos abrir mão dele, jamais. Fechar portas, derrubar pontes, exercer arbitrariamente suas próprias razões são um desserviço ao país.

Portanto, é recomendável, nesse momento de crise, mais do que nunca, a busca de consensos e o respeito às diferenças. Patriotas são aqueles que unem o Brasil, e não os que querem dividi-lo.

E os avanços democráticos conquistados têm a vigorosa vigilância do Congresso, que não permitirá retrocessos”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário