Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

MBL vai se filiar em massa no Podemos para apoiar Moro

Por Redação

18 de janeiro de 2022 : 09h49

O Movimento Brasil Livre (MBL) decidiu se filiar em massa ao Podemos, legenda da direita lavajatista, apara apoiar a candidatura do ex-juiz e ex-ministro Justiça, Sérgio Moro. Atualmente, boa parte do grupo está filiada ao Patriota.

Já no que diz respeito a filiação ao Podemos, o ato vai ocorrer no próximo dia 26. Provavelmente, Moro vai participar do evento.

Alem do MBL, também devem se filiar ao Podemos lideranças de outros partidos como PSL, DEM e do Partido Novo. Contudo, alguns parlamentares vão aguardar a abertura da janela partidária, em abril, para trocar de legenda.

O vereador paulistano Rubinho Nunes (PSL), confirmou a tendência de mudança. “A gente deve caminhar com o Podemos. As conversas têm evoluído bastante nos últimos dias”, disse ao UOL.

“A condição para a nossa filiação é justamente que a gente tenha liberdade para atuar e que a gente não fique adstrito, refém da decisão do partido”, conclui.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

MT viegas

18 de janeiro de 2022 às 23h53

Agora vai !todos morrendo abracados

Responder

Paulo

18 de janeiro de 2022 às 19h22

Gosto do MBL. Acredito na rapaziada. Só não comungo de seus ideais liberais, em matéria econômica. Politicamente, erraram ao aderirem de primeira hora ao Capetão, mas souberam se desvincular no momento certo, de forma clara e insofismável. Políticos normalmente só rompem com o governo quando têm seus interesses econômicos contrariados, e eles romperam por convicção política…

Responder

Paulo

18 de janeiro de 2022 às 17h11

Agora vai!!

Responder

Bassam

18 de janeiro de 2022 às 13h04

Não adianta….vão morrer todos abraçadinhos . Quando a rejeição é gigantesca a soma é negativa….fim de linha

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Maranhão O Xadrez para Governador do Rio Grande do Sul O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro