Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Fotos: Reprodução

Levantamento mostra chances de algum nome da terceira via chegar ao 2° turno

Por Gabriel Barbosa

26 de janeiro de 2022 : 13h59

Na tarde desta quarta-feira, 26, a InfoMoney divulgou a nova rodada do Barômetro do Poder, levantamento que compila mensalmente as avaliações e expectativas de consultorias de análise de risco político e de analistas independentes sobre temas relevantes no Brasil.

Em um dos pontos levantados, a pesquisa mostra a avaliação desses agentes sobre as chances de algum nome da terceira via chegar ao 2° turno das eleições presidenciais deste ano.

É interessante apontar que esse levantamento foi feito entre um público, digamos, mais “suscetível” a uma alternativa que não seja Lula ou Jair Bolsonaro. De acordo com os dados, nenhum dos candidatos desse campo tem fortes chances de chegar ao veredito final do pleito.

Os nomes que ainda resguardam alguma perspectiva de que podem chegar ao 2° turno contra Lula ou Bolsonaro são os pré-candidatos Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB) e o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos). Porém, vale ressaltar que essas expectativas ainda são muito baixas.

No caso do pedetista, apenas 7% responderam que a chance dele chegar ao embate final é “alta”. Já 47% avalia que tem “baixa” e “muito baixa” perspectiva de passar do 1° turno. No caso de Doria, o índice “baixo” é de 67%, “regular” com 13% e apenas 7% que ele tem chance “muito alta” de chegar ao 2° turno.

Ocupando o terceiro lugar nas pesquisas eleitorais e com forte exposição em alguns veículos de mídia, Moro também apresenta uma possibilidade sofrível de travar um embate contra um dos dois principais candidatos. Apenas 7% acredita que ele tem fortes chances de chegar ao 2° turno. Outros 40% avaliam como regular e 47% como baixa.

Por outro lado, o cenário de polarização também se cristaliza entre esses agentes. No caso do ex-presidente Lula (PT), suas chances de chegar ao 2° turno são praticamente certas, com índice de 87%. Entre os entrevistados, nenhum acredita que o líder progressista estará fora da disputa final.

Fonte: Barômetro do Poder
Fonte: Barômetro do Poder

O Barômetro do Poder foi realizado entre os dias 17 a 19 de janeiro e contou com 15 participantes, sendo 10 casas de análise de risco político e 4 analistas independentes.

Acesse o relatório completo clicando aqui.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Cesar Bonaventura Cesar

27 de janeiro de 2022 às 14h10

Onde,Qndo,E,Quêm,Vái indenizar,Os Herdeiros do 👉 MARIO WALLACE COCHARNE SIMONSEN”,MEGA-EMPRESARIO BRASILEIRO,DONO/LTDA/de 👉 46 EMPRESAS SURRUPIADAS,QNDO DO GOLPE MILITAR/1964/TENDO COMO GOLPISTA/LÍDER👉👮HUMBERTO ALENCAR CASTELO BRANCO👮/DENTRE ELAS 👉EMPRESAS /ESTÁ👉EXCELSIOR REDE DE 👉 TV 📺 E RADIO 📻 HOJE👉🌎 REDELIXO 🌎 👈BANCO NOROESTE->HOJE->SANTANDER-BR./🍪 BISCOITOS 🍪AYMORÉ 🍪👉📚CÍA.DE LIVROS📚MELHORAMENTOS 📚👉PANAIR 🛫 CÍA.🛫 DE 🛫 AVIÕES 🛫🛫

Responder

Netho

26 de janeiro de 2022 às 23h59

O teto de Lula é de vidro, palha e papel. Nem começou o jogo e o já ganhou está na ordem do dia.
O pessoal esquece Paulo Francis: Todo otimista anda mal informado.
Até agora o ex-metalúrgico capitaliza a catástrofe anunciada pelo frentista do Posto Ipiranga.
A campanha deixará claro que Lula e o PT foram os parteiros dessa encrenca com os erros crassos de Dilma e Lula.
A ponto de Lula ter reconhecido hoje, expressamente, em entrevista, que Dilma não faz parte da campanha, sob a cortina de fumaça de que “não tem jogo de cintura”.
Vale lembrar que Lula empurrou Dilma goela abaixo do partido em 2010 e 2014.
Já chegou a temporada conhecida em Minas como “tempo de Valadares”:
É quando “vaca começa a desconhecer o próprio bezerro”.
.

Responder

JULIANA BATISTA SILVA

26 de janeiro de 2022 às 16h37

A chance é próximo a zero

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes