Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Reprodução

Moro embolsou R$200 mil por parecer contra a Vale

Por Redação

27 de janeiro de 2022 : 18h08

O ex-juiz declarado suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e pré-candidato a presidência, Sérgio Moro (Podemos), recebeu R$200 mil por um parecer de 54 páginas.

O documento foi emitido em novembro de 2020 como resposta a uma consulta do empresário israelense Beny Steinmetz, peça chave de um litígio internacional contra a mineradora brasileira Vale.

Pra variar, o parecer elaborado por Moro foi prejudicial aos interesses da Vale e favorável ao empresário estrangeiro. O documento veio a público dias após o pré-candidato encerrar a quarentena de seis meses devido a sua participação no governo Bolsonaro, como ministro da Justiça.

O parecer de Moro teve o papel timbrado pelo seu escritório de advocacia, a Wolff Moro Sociedade de Advocacia. O ex-juiz disse que os executivos da Vale prestaram informações falsas para o mercado e seus acionistas, de forma fraudulenta, sobre as reais condições em que fechou o negócio com israelense.

Com informações da Folha

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

27 de janeiro de 2022 às 22h03

Falta maior detalhamento da coisa. Em que consiste a sugerida ilicitude?

Responder

canastra

27 de janeiro de 2022 às 19h56

Suspeitos antés e pluricondenados em todos os graus foram os animais que o Moro enrabou.

O STF inventou a suspeiçào de Moro como manobra clara para soltar o Pilantrao e tentar contrapor alguém a Bolsonaro.

Responder

Fanta

27 de janeiro de 2022 às 19h39

Fez bem…qual seria o problema ?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro