Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Edilson Dantas

Ciro diz que se eleito não vai ‘se render’ ao Centrão

Por Redação

20 de agosto de 2022 : 09h05

O ex-ministro e candidato do PDT a presidência, Ciro Gomes, disse nesta sexta-feira, 19, que não vai se render ao Centrão caso seja eleito para a presidência da República.

A declaração foi dada durante entrevista coletiva em Osasco (SP). Segundo o pedetista, as negociações no seu governo serão feitas “a luz do dia”. Ciro voltou a defender um novo modelo de governança política.

“Eu vou propor um outro caminho, um outro modelo de governança para encerrar essa história de que a Presidência da República do Brasil é a testa de ferro da quadrilha de ladrões que assalta o nosso País eternamente”, declarou.

Na última pesquisa do DataFolha, o ex-ministro tinha 7% das intenções de voto, bem distante dos 32% de Jair Bolsonaro e 47% do ex-presidente Lula.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

20 de agosto de 2022 às 19h26

Desde que Ciro Gomes, Simone Tebet ou qualquer outro candidato não converse com o Centrão fazendo barganha envolvendo corrupção, como Lula fez, ou fazendo barganha com fisiologismo, como está fazendo jair bolsonaro, é legítimo conversar com qualquer força política.

Não ser sério não é conversar; não ser sério é conversar sobre entregar o dinheiro público a certo tipo de gente em troca de apoio político e, pior ainda, em troca de receber parte do dinheiro ou de roubarem juntos.

Responder

Sebastião

20 de agosto de 2022 às 17h27

Por isso Ciro não é levado a sério. O cara estava há pouco tempo conversando com Bivar, com ACM Neto e tantos outros de partidos do centrão.

Responder

EdsonLuíz.

20 de agosto de 2022 às 13h05

O Centrão é uma força política, tanto quanto PP, PT, Cidadania23, PDT ou outro partido qualquer, e tanto quanto banqueiros, movimentos religiosos, trabalhadores, movimentos identitários e todas as inúmeras forças políticas na sociedade.

É obrigatório, na democracia, conversar com todos, mas com todos prezando a democracia.

Pode e é obrigatório conversar com o Centrão, sendo o Centrão uma força política como é. O que não pode é se impor a uma força política, cooptá-la e dominá-la com corrupção, como Lula e o PT fizeram, ou com fisiologismo, como está fazendo jair bolsonaro.

Edson Luiz Pianca.

Responder

Deixe um comentário