Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagens: Divulgação

Genial/Quaest: Lula lidera em MG, mas Bolsonaro cresce e diminui vantagem

Por Redação

09 de setembro de 2022 : 09h15

A pesquisa da Genial/Quaest divulgada nesta sexta-feira, 9, revela que o ex-presidente Lula continua liderando entre os eleitores de Minas Gerais, oscilando de 42% para 43%.

Enquanto isso, Jair Bolsonaro cresceu três pontos, saindo de 33% para 36% das intenções de voto entre os mineiros. Ou seja, a distância de Lula para Bolsonaro caiu para 7 pontos percentuais.

Na terceira colocação, aparece o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) com apenas 7% das menções, Simone Tebet (MDB) com 4% e Felipe D’Avila (Novo) com 1%.  

O cientista político e CEO da Quaest, Felipe Nunes, observa que “aproximação de Bolsonaro a Lula em Minas se dá nas classes de renda média e renda alta. A diferença entre eles nos setores médios caiu de 22 para 0 e o empate nos setores de renda alta se transformou em vantagem de 13 pontos para Bolsonaro”.

A Genial/Quaest ouviu 2000 eleitores mineiros, de forma presencial, entre os dias 3 e 6 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bandoleiro

09 de setembro de 2022 às 10h59

A pergunta a qual os “cientistas politicos” deveriam responder é simples…

Que dia o petralhume imundo enfrentou alguem que movimenta tanta gente quanta Bolsonaro em qualquer canto onde anda ?

Que dia o petralhume imundo enfrentou alguem sem ter apoio do Congresso (sabendo que com a vitoria do PT rolaria dinheiro facil para todo mundo) ?

Que dia o petralhume imundo enfrentou alguem sem estar no poder e sem ter os cofres cheios de dinheiro roubado para financiar todo a aparato (sindicatos, MST, MTST, ONG, e outra imundicia…) ?

Que dia o pertralhume imundo enfrentou alguem sem ter o monopolio da informaçao ?

Responder

Deixe um comentário