Acabou a brincadeira. Faturamento de Copa das Confederações pagou estádios | O Cafezinho

O Cafezinho

segunda-feira

7

abril 2014

35

COMENTÁRIOS

Acabou a brincadeira. Faturamento de Copa das Confederações pagou estádios

Escrito por , Postado em Conteúdo Livre



Bem, depois dessa, eu acho que a turma do #naovaitercopa pode botar o toddynho no saco e ir para casa. A brincadeira acabou.

Se a Copa das Confederações adicionou R$ 10 bilhões à economia brasileira, a Copa vai gerar no mínimo R$ 30 bilhões, segundo estudo da FIPE. Eu chutaria que será mais de R$ 50 bilhões. Os coxinhas mal humorados devem entender que o Brasil só terá mais dinheiro para saúde e educação se houver maior atividade econômica. Portanto, se a Copa gerar uns R$ 50 bilhões, este dinheiro gerará tributos que, por sua vez, poderão ser aplicados em saúde e educação.

Protestar contra corrupção, má gestão, baixa qualidade da política pública, tudo bem, porque precisam mesmo ainda melhorar muito. Mas a Copa não é culpada de nossos males. Ao contrário, vai injetar dinheiro na economia, gerar empregos, tributos, turismo e crescimento econômico.

*

No Brasil 247.

COPA DAS CONFEDERAÇÕES JÁ PAGOU ESTÁDIOS, DIZ ESTUDO

Pesquisa que acaba de ser concluída pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) calcula que o impacto dos jogos da competição sediada no Brasil em 2013, durante duas semanas, foi de R$ 9,7 bilhões adicionados à economia até a véspera do evento, quase R$ 1 bilhão a mais do que a última estimativa do que se gastaria com a construção das arenas da Copa do Mundo; com base nesses números, expectativa é de que o Mundial gere resultado ao menos três vezes maior: R$ 30 bilhões para o PIB; “Os números demonstram que investir em turismo e em grandes eventos vale a pena”, constata ministro do Turismo, Vinicius Lages

7 DE ABRIL DE 2014 ÀS 10:44

247 – O dinheiro injetado na economia brasileira por conta da Copa das Confederações, que durou duas semanas em 2013, em seis capitais, ultrapassou o valor que deverá ser gasto com a construção dos 12 estádios da Copa do Mundo. É o que revela um estudo que acaba de ser concluído pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que aponta que foram adicionados R$ 9,7 bilhões no País até a véspera do evento. Segundo a última estimativa oficial da Fifa, divulgada em janeiro, o custo dos estádios deverá ser de R$ 8,9 bilhões.

Encomendado pelo ministério do Turismo, o levantamento mostra que o gasto de turistas nacionais durante a Copa das Confederações chegou a R$ 346 milhões, enquanto os estrangeiros desembolsaram R$ 102 milhões no País. O evento gerou ainda 303 mil vagas de trabalho, 40% nas cidades-sede e 60% em outros locais. Os números finais são ainda mais positivos: considerado o efeito multiplicador do evento, ou seja, a partir do impacto na economia para cada real investido, o total movimentado foi de R$ 20,7 bilhões.

Com base no retorno financeiro que a Copa das Confederações deu ao Brasil, a estimativa, de acordo com o estudo da Fipe, é de que o investimento no País com a Copa do Mundo seja pelo menos três vezes maior: R$ 30 bilhões, ou 0,5% do PIB, revela reportagem do jornal Valor Econômico nesta segunda-feira 7. Há expectativa também de que o País atraia um turista que gaste mais: R$ 5,5 mil, em média – enquanto em 2013 esse valor foi de R$ 4,1 mil. A previsão é que 600 mil estrangeiros passem por aqui durante o Mundial.

Retorno que vale a pena

Para o ministro do Turismo, Vinicius Lages, “os números [da pesquisa da Fipe] demonstram que investir em turismo e em grandes eventos vale a pena. O turismo se beneficia do investimento em infraestrutura e alavanca outros setores”. Em entrevista ao Valor, ele afirma que, com a Copa das Confederações, “tivemos um impacto na economia como um todo. Até 137 cidades que não tinham relação direta com o evento foram visitadas”.

Lages também ressalta que foi visto, com o evento de 2013, que o sucesso se repetirá em 2014, na Copa do Mundo. “Isso não significa que todos os aeroportos, por exemplo, estarão concluídos até os jogos. Seria muito precipitado não considerar algumas ocorrências. Mas acredito que não teremos problemas na Copa”, pondera.

Segundo ele, as arenas não serão elefantes brancos se forem bem utilizadas. “Mesmo que se diga que há estádios que possam ter uma baixa utilização, eles darão resultado se tiverem uma estratégia bem montada. Vai depender muito disso. Temos que dinamiza-los, são equipamentos multiuso e que terão de ser rentabilizados. Todos têm custo e manutenção elevados. Tudo vai depender dos modelos de negócio e das iniciativas. Em qualquer lugar do mundo é assim”, pontuou.

Abaixo, reportagem da Agência Brasil sobre a criação de empregos na Copa:

Copa deve gerar 48 mil postos de trabalho no setor turístico

Vitor Abdala – A Copa do Mundo deve gerar 47,9 mil vagas de trabalho no setor de turismo nos 12 estados-sede da competição, entre os meses de abril e junho deste ano. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), com base no fluxo de 3,6 milhões de turistas que deverão circular pelo país durante a competição, de 12 de junho a 13 de julho.

O economista da CNC Fabio Bentes ressalta que o número é 60% superior à geração de postos de trabalho nos 12 estados no mesmo período do ano passado (29,5 mil). Apesar disso, grande parte dessas vagas deverá ser temporária.

“Pouquíssima gente deve ser absorvida depois da Copa, porque o setor de turismo não está indo tão bem neste ano. É natural que depois da Copa, haja um enxugamento dessas contratações, porque são trabalhos temporários mesmo”, disse Bentes.

De acordo com a CNC, o setor de alimentação responderá pela maior parte da geração de postos de trabalho. Cerca de 16,1 mil vagas, ou 33,5% do total, deverão ser criadas por bares e restaurantes, que são o principal segmento turístico, segundo a confederação.

Os transportes de passageiros deverão abrir 14 mil vagas (29,2% do total), enquanto hotéis, pousadas e similares responderão por 12,3 mil novos postos de trabalho (25,7%). Outros setores gerarão menos vagas, como os serviços culturais e recreativos (3,8 mil) e agências de viagens (1,7 mil).

Em termos de remuneração, as maiores ficarão com as agências de viagens (R$ 1.626). Em seguida, aparecem os transportes de passageiros (R$ 1.449), serviços culturais e recreativos (R$ 1.397), a alimentação (R$ 935) e hospedagem (R$ 900).

Não vai ter copa UM

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário

Editor em Cafezinho
Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.
Miguel do Rosário

segunda-feira

7

abril 2014

35

COMENTÁRIOS

Se você fizer login como assinante do Cafezinho ou usando sua rede social, o comentário será aprovado automaticamente.

35 Comentários em "Acabou a brincadeira. Faturamento de Copa das Confederações pagou estádios"

Avise-me quando
avatar
nanogp2002
Visitante

Para os valentões de internet fica a dica … deixa a copa rolar e depois pede para repartir a grana com saúde segurança trnasporte…

luiz mattos
Visitante

E eleição ganha pois sabiamente o POVO compara.

Visitante

Pelo o que eu pesquisei foi injetado com as Copas das Confederações 346 milhões por turistas nacionais, 102 milhões por turistas internacionais e 311 milhões do COL, totalizando 759 milhões. O restante da receita ( sendo que gastos não é receita liquida ) veio da onde?

Marcelo
Visitante
Cara, Você só pode ser vendedor de ilusões pra falar uma besteira dessas. Da forma que você fala a COPA é a solução para os problemas do Brasil!! Vamos propor para FIFA que o BRASIL seja fixa das edições da Copa do Mundo!!! Esse dinheiro vai para o bolso dos políticos corruptos e para o bolso do Ganso… e sua trupe!!! (para saber quem é o Ganso leiam o livro “Assassinato de Reputações”) Se gasta 3 x mais para construir estádios no Brasil!!!! É uma mina de ouro para FIFA, políticos corruptos, safados, e empresários !!! ESSES SÃO PLANOS E… Read more »
Visitante

10 bi de lucro, ok. Mas qual a destinação dada a essa receita toda ? É triste ver uma obra faraônica que custou 1bilhao em itaquera e ao mesmo tempo presenciar a falta de pediatras em todos os hospitais da região ou ter que aturar horas esperando a normalizacao dos servicos do metro pous os trens quebram constantemente.

Bruno
Visitante

Se alguém pagar 10 bilhões ao Roberto Marinho, essa grana contabiliza como injetada no Brasil. O que adianta colocar 50 bilhões na mão de empresários ricos e de um Governo corrupto, sendo que para isso deixou-se de lado os direitos básicos do cidadão que realmente precisa? Tu acha que um real desse dinheiro teve alguma influência na sua vida, como cidadão brasileiro?
#naovaitercopa

E uma pesquisa dessas a essa altura, é muito duvidosa. Faltou dizer que o Papai Noel concorda com a Copa. Isso é pra ganhar a credibilidade de pessoas como você, que escreveu essas asneiras.

Visitante

Rapaz, que raciocínio tacanho e puramente capitalista, tu não me compras nem pelo dobro disso. A questão é de falta de direitos. Tu sabes o que é isso, coxinha? Vai lá na Maré para ver o que é?

Anônimo
Visitante

hahaha piada.

o faturamento da copa das confederações pagou esse post também?

Visitante

Adil Guimaraes o governo é especialista em “panis et circenses”

Visitante

Fundamentação e argumentação sem base, atacam quem tem opinião contrária.

Manelito Magalhaes
Visitante

Que 50 bi que nada!!!! A copa vai dar um retorno de mais de 100 bi pessoal.
Na verdade, esse número vai ser infinito…
Muitos dos turistas vao voltar ao Brasil e trazer parentes e amigos… e vao voltar mais de uma vez… vao voltar várias vezes… como computar isso?
A COPA é sucesso total…

Manelito Magalhaes
Visitante

É divertido ver o desespero dos coxinhas.Inventam mil e um argumentos sem o menor sentido. Vivem a repetir as mentiras que saem na Globo…
Vao ter que engolir o PT, vao ter que ver Dilma mostrar o crescimento do país no programa eleitoral, vao ter que ver a posse de Dilma em 2015…Vai ser bom demais!!!!

Visitante
a questão não é se vai o n~~ao ter copa, afinal não tem como, legalmente impedir o evento de cunho internacional. A questão é: quem vai lucras com a copa? a FIFA, as cervejarias, as empreiteiras, as multinacionais ou os desalojados, os mortos nas construções feitas nas cochas, os trabalhadores ambulantes impedidos de vender suas mercadorias?! devemos pensar no custo social que isso vai trazer, afinal, a copa historicamente serve para mascarar sujeiras da política, desviar o debate político para o entretenimento, onde as pessoas deixam de escolher seus representantes para bisbilhotar sobre a seleção brasileira. quanto aos “50 bilhões”… Read more »
Visitante

Conta isso pra família dos “coxinhas tomadores de toddynho” que perderam os pais nas obras feitas a toque de caixa. Ou então pros removidos de casa: Diz pra eles que a remoção deles foi integralmente financiada com os lucros daquela outra Copa que eles pagaram, e que seus suados impostos não vão financiar a remoção dessa vez. Essa sai de graça.
Defender a Copa integralmente e taxar de “coxinha” quem vê problema nela implica em defender o indefensável

Visitante

Então o Brasil conseguiu uma proeza que nenhum pais do mundo conseguiu: Fazer a copa dar lucro. Kkkkk .

Visitante

Os robôs do Écin estão infestando este post com suas bobajadas

Visitante

Mais uma do pt

Adão de Carvalho
Visitante

ESTE FATO NÃO É IMPORTANTE. O POVO CONTINUA SEM EDUCAÇÃO, SEM SEGURANÇA, SEM SAÚDE… E POR AÍ VAI.

Visitante

Se o governo não comprovar e divulgar esses dados, a gritaria dos esquerdoides continua.

Visitante

#nãovaitertoddynho

Visitante

Só a Vale não volta mais ao Brasil. brigado, FHC!

Celso Orrico
Membro

Miguel, eles gritam , berram, fazem badernas e etc mas depois vão aos estádios fantasiados de jogador da canarinho e torcem feito uns alucinados, tudo bem arrumadinho é claro..quem foi em algum jogo da Copa das Confederações sabe qual foi a platéia que estava lá: povão ficou de fora, vamos ver se na Copa do Mundo os “geraldinos e arquibaldos” conseguem ver algum jogo..a Copa já é um sucesso de grana e visibilidade para o Brasil, os gringos vão pirar com esse povo e país..

Visitante

Acabou a especulação.

Visitante

PO legal cara, agora conta aquela do papagaio.

Visitante

Mas vão continuar falando mal, não adianta essa galera só acredita no que é interessante para eles acreditararem.

Visitante

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk(sorriso ironico)

Visitante

Fake

Visitante

o Thiago Luz entendeu bem o que quis dizer, joga informações sem base alguma pra se verificar a autenticidade., Chuta mais cara kkkk

Visitante

Internacional é estádio privado, nem entra nesta conta. O problema é que depois da copa vão inventar que o natal, o carnaval ou qualquer outro evento no País que a Dilma e o PT governam não pode acontecer por que coxinha não gosta e reaça não quer.

Visitante

´´ eu chutaria que serão 50 bilhões” chutaria? seja sério, rapaz! estamos falando em dinheiro do contribuinte e vc vem me falar em chutar? deixe isso pros atletas.

Visitante

ainda que tivesse pago, coisa que só vc sabe, ainda assim disseram que não teria dinheiro público. além do que são obras superfaturadas, muito acima dos preços internacionais. bobão!

Visitante

Tipo esta merda do Internacional que entregaram ontem?

Ésio Borges
Visitante

Coxinha Rafael Soares, apresente o estudo que refute este….

Visitante

“Eu chutaria que será mais de R$ 50 bilhões.” kkkkkkkkkkk piada ahuaauhauha

wpDiscuz