Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Mineiraço!

Por Miguel do Rosário

08 de julho de 2014 : 18h04

Mengão mete sete gols na seleção pentacampeã do mundo!

Ops, não é Mengão, é Alemanha…

A única vantagem nessa história é que termina a história de que o Brasil comprou a Copa.

Em tempos de figurões ligados à FIFA presos pelas polícia civil e federal, era capaz de alguém acreditar nesse boato.

Houve falhas técnicas, técnicas e despreparo psicológico da seleção.

Mereceu perder.

Futebol é isso aí.

O Maracanaço virou Mineiraço.

Por alguns dias, teremos que fazer frente à tentativa da mídia de faturar politicamente com a derrota.

Não vai ser fácil, mas o Brasil vai superar essa.

Janio de Freitas escreveu em sua coluna hoje que, em 1950, o verdadeiro candidato do governo que tinha bancado a Copa e a construção do Maracanã era Getúlio Vargas. Ele era o candidato a presidente da República.

A UDN, sobretudo através de Carlos Lacerda, se opôs à Copa e ao Maracanã. O Globo também.

Igualzinho hoje.

Vargas ganhou de lavada aquelas eleições e fez um dos governos mais importantes da nossa história. Suicidou-se em agosto de 1954, após uma crise política interminável, patrocinada pela imprensa.

O negócio agora é torcer pela Argentina.

E viva o Brasil!

 

alemanha

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

52 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Carlos Cassiano

12 de julho de 2014 às 15h44

Alemanha ficou na Bahia, foi o vitoria meu camarada, q meteu 7

Responder

Carlos Renato

10 de julho de 2014 às 15h27

kkkkkk

Responder

Jonathas Battestin

09 de julho de 2014 às 23h16

Só assim pra comemorar uma vitória do Flamengo neste ano.

Responder

Michelle Souto

09 de julho de 2014 às 18h34

Falou e disse cafezinho

Responder

laura

09 de julho de 2014 às 12h11

Eu hoje sai de casa para conversar na rua sobre a acachapante derrota. Só sabia de uma coisa: TENHO ORGULHO DE SER BRASILEIRA. NAO É ESSA DERROTA DO TIME E DE FELIPÃO QUE faz o Brasil não ser o que é. O BRASIL É QUE É EXEMPLO PARA A SELEÇÃO.
O que aconteceu está no explicável e no inexplicável.
Mas o Brasil já mostrou sua cara e é essa cara que a seleção terá que novamente estar a altura.
Que mude a seleção , o futebol e os técnicos.
O Brasil já está ai e eles é que ficaram para traz.
Que ISTO mude.
DO BRASIL TENHO ORGULHO.

Responder

Alexandre Galvão

09 de julho de 2014 às 14h47

mengão é o caralho!!! os 7 gols foi para homenagear o número de pontos do fra no campeonato brasileiro

Responder

Vitor

09 de julho de 2014 às 10h31

Torcer para a Argentina? Para de beber Miguel….

Responder

Miguel do Rosário

09 de julho de 2014 às 04h17

teste

Responder

Euler

09 de julho de 2014 às 00h36

Sejamos honestos, pessoal. Não tínhamos time para vencer a Alemanha. Ainda mais sem o Thiago e o Neymar. O problema é que a seleção brasileira só descobriu isso quando tomou o primeiro gol. Aí entrou em pane e disparou a tomar gols. Se tivesse jogado na retranca teria perdido por um placar menor. Mas, seria xingada por não ter ousado mais. O fato é que a equipe de futebol que representou o Brasil, com todo respeito aos atletas convocados (longe de mim querer culpá-los individualmente), não foi suficientemente treinada para jogar enquanto coletivo. Ganhamos a copa fora dos gramados. E deveríamos ter trabalhado a derrota psicologicamente para um time tecnicamente superior, como a Alemanha (ou a Argentina, ou a Holanda). Já havíamos alcançado um longo voo, ficando entre os quatro melhores do mundo. Contudo, sem a estrela principal do time e sem o Thiago para segurar na defesa, e acreditando poder atropelar a máquina alemã, fomos abatidos com largo placar. O saldo negativo de gols talvez nem seja a coisa mais importante, mas o descompasso entre a expectativa criada pela mídia e a realidade de um time com grandes limitações ao enfrentar um outro, claramente superior, mais bem treinado, com mais talentos individuais e jogadas coletivas ensaiadas. Enfim, bola pra frente. Continuamos os únicos com 5 títulos mundiais. E ganhamos a copa fora dos gramados. Viva o Brasil! Viva o povo brasileiro!

Responder

anderson

09 de julho de 2014 às 00h28

Os coxinhas estavam certos quando disseram que passariamos vergonha nessa copa…

Responder

    Marcelo Rodrigues

    09 de julho de 2014 às 12h07

    Não falemos de vergonha nem de humilhação, é um discurso que serve para estuporar o astral do povo brasileiro que a duras penas constrói sua identidade sem o ranço pastoso da classe dominante.

    Responder

Vixe

09 de julho de 2014 às 00h25

Perder faz parte.
Perder de lavada sem esboçar qualquer reação, aí já me parece outra coisa do que simples derrota.
Quando se está perdendo, se parte para o tudo ou nada, dando até botinada, se for o caso.
O que se viu foram jogadores apáticos só esperando a Alemanha fazer gols.
Como explicar um time que mostrou uma certa garra contra o Chile e hoje deu a vitória de bandeja para a Alemanha?
Tem caroço nesse angú e gato nessa tuba…
Pelo visto, os mesmos ventos que sopraram em 1998 também sopraram agora…

Responder

adroaldo

08 de julho de 2014 às 23h45

O terrorismo anti copa, usado pela oposição midiática para palanque anti-Dilma fez a sua vítima: o time brasileiro.

Responder

Cláudio

08 de julho de 2014 às 23h39

Não foi normal, aquilo. Poderia ter sido uma derrota como qualquer outra, mas o que se viu foi, literalmente, pânico. Sem experiência em Copas, aqueles moços viraram crianças assustadas ante a responsabilidade que lhes foi posta nos ombros

Responder

    Rui

    09 de julho de 2014 às 12h49

    Quem disse essa merda foi um deficiente mental chamado Eduardo Guimarães, amigo do Miguel do Rosário!

    Responder

armando reis

08 de julho de 2014 às 22h14

Aqui é espaço político…usá-lo pra enaltecer vagabundos criados pela GROBO e ridicularizar a nossa seleção….foi bola fora…tô fora desse blog que não se faz diferente daquilo q prega….FUI, abs!

Responder

    Miguel do Rosário

    09 de julho de 2014 às 02h14

    Enaltecer quem?

    Responder

Glub

08 de julho de 2014 às 21h56

Não entendi essa ofensa à torcida do Flamengo: quer dizer que eles torceram contra o Brasil?

Responder

Pedro GOmes

09 de julho de 2014 às 00h05

show

Responder

Gerson

08 de julho de 2014 às 20h18

arrumando a frase..
– os jogadores da Alemanha só não fizeram os gols….

Responder

Gerson

08 de julho de 2014 às 20h14

Por que perdemos?

Entre os vários fatores, destaco:

– jogadores brasileiros não conseguem trocar 3 passes….trocam dois e o terceiro vai para fora ou para o pé do adversário; ao contrário, os jogadores da Alemanha só não fez os gols entrando com bola e tudo pq não quiseram;
– não existe mais jogadores de meio-campo criativos (os dois que tem no futebol brasileiro são argentinos, o DÁlessandro e Conca); O Ganso é quase ex-jogador;
– não existe mais centroavantes (o Pato que é da nova geração, já é ex-jogador e o Nilmar se escondeu na Árabia);
– jogadores saem do Brasil muito cedo e já ficam milionários; os que ficam não tem mais interesse em ficar treinando passes, chutes, cobranças de falta após os treinos diários. só querem pegar o seu carrão e os vários celulares;
– Fomos para a Copa com o centroavante do time que caiu para a segunda divisão (só não caiu pq colocaram a Portuguesa);

Responder

    Vitor

    10 de julho de 2014 às 11h21

    Concordo plenamente…

    Responder

nilo walter

08 de julho de 2014 às 19h57

A preparação de base do nosso futebol está uma verdadeira praga . Proibir drible só podia dar nessa tragédia . A falta de meio campistas estilo Didi, Riva e Gerson deve-se aos responsáveis pela formação de base dos nosso jogadores de fuitebol ( não disse atletas ) que são ligados aos empresários .Teriam que demitir hoje mesmo toda equipe técnica e cortar os laços com a Globo . Nossos campeonatos regionais e o brasileiro estão uma verdadeira bagunça . Alguns espertos tipo Galvão ganham milhões pouco se importando com a massa que adora futebol .

Responder

Maria Helena

08 de julho de 2014 às 19h56

A parte que cabia a Dilma foi feita. A seleção, infelizmente, deixou a desejar. Como brasileira e torcedora, claro que estava torcendo pelo Brasil, mas desde os primeiros jogos era visível a dificuldades de nossa seleção. Agora é levantar, sacudir a poeira e dar volta por cima.

Responder

tielo

08 de julho de 2014 às 19h53

Até na derrota do Brasil, sobrou para o PSDB, A GLOBO E OS PESSIMISTAS. Venceu a organização alemã, contra o improviso brasileiro, eles se preparam para está copa há 4 anos, enquanto nos há mais ou menos um ano e meio, eles disputaram eliminatórias, e nos uma copa das confederações. Deu a lógica,alguém se lembra de algum bom resultado do Felipão nos últimos anos,alem da copa das confederações, mesmo em clubes,provavelmente não. Não é culpa da globo,nem do psdb, nem tão pouco dos pessimistas. Assim como também não é da atual situação política e econômica do Brasil. Que a oposição tentará tirar proveito politico disto não tenho dúvidas, assim como também não tenho dúvidas que o governo tentaria usufruir dos frutos de um possível sucesso do Brasil na copa. De qualquer forma fica a lição, o imediatismo jamais vai vencer o planejamento e a organização seja na copa ou na administração pública. Cabe a nos míseros mortais,alertar os nossos políticos disto,e também os nossos dirigentes de futebol. Infelizmente esta será a primeira vez que o resultado de uma copa poderá interferir no resultado de uma eleição. Por tudo que se deu antes dela, e pelo vexame da nossa seleção.

Responder

Netso

08 de julho de 2014 às 19h46

A merdia tão pediu e torceu por um apagão e ele…… veio. Ops era pra ter sido fora do campo, foi mal.

Responder

Luís CPPrudente

08 de julho de 2014 às 19h10

Torcemos para a nossa seleção ir aos trancos e barrancos, mas desta vez não deu.

Depois que o Brasil levou o quinto gol no primeiro tempo do jogo, a uma parte da torcida, os coxinha da classe mérdia e da elite branca achou o culpado, aliás, a culpada: a Dilma!!!!!

Responder

    Luís CPPrudente

    08 de julho de 2014 às 19h11

    …os coxinhas…

    Responder

    Luís CPPrudente

    08 de julho de 2014 às 19h12

    …acharam…

    Responder

    Luís CPPrudente

    08 de julho de 2014 às 19h14

    Aécio Never e Dudu Campriles torceram tanto para…os alemães. Eles também devem ter gritado que a culpada do Brasil ser goleado foi da Dilma.

    Responder

    Luís CPPrudente

    08 de julho de 2014 às 19h15

    Agora vamos torcer para a Argentina!

    Responder

      Vitor

      10 de julho de 2014 às 09h45

      Vai lá… Torce mesmo pra tu papa…

      Responder

    Luís CPPrudente

    08 de julho de 2014 às 19h19

    A seleção foi errada desde o início. O Felipão não deveria ser o técnico, a convocação foi mal feita, pois faltaram nomes experientes, como por exemplo do Ronaldinho Gaúcho.

    Mas o PIG já achou uma culpada: a Dilma.

    Responder

Gabriela Guimaraes

08 de julho de 2014 às 21h50

Parabéns Aécio Never e Duddu traíra , vocês e os antinacionais que sempre torceram contra ganharam de goleada, show de bola de seus comparsas…

Responder

Eder Barbosa de Sousa

08 de julho de 2014 às 18h47

ELES ENTREGARAM O JOGO, PARA O BRASIL PERDER E POREM A CULPA NO PT. ISSO AÍ JÁ É A CAMPANHA SUJA QUE VAI SER ESTA ELEIÇÃO. A DERROTA É DÁ REDE GLOBO, QUE FOI QUEM CONVOCOU ESSA SELEÇÃO. O PRÓPRIO FELIPÃO CONFESSOU QUE HAVIA UM QUE NÃO DEVIA ESTAR NA SELEÇÃO, DEMONSTRANDO QUE A SELEÇÃO FOI CONVOCADA PELOS INTERESSES, E NÃO PELA COMPETENCIA. PORQUE NÃO LEVOU UM MEIA? A CONVOCAÇÃO FOI FEITA APARA ATENDER AOS INTERESSES DA REDE PUBLICITÁRIOS, DOS CONTRATOS MILIONÁRIOS DA REDE GLOBO. ESSA É A VERDADE. EU JÁ HAVIA FALADO SOBRE ISSO, LOGO DEPOIS DO PRIMEIRO JOGO, QUANDO VI QUE NOSSA SELEÇÃO ERA FRACA. FALEI E POSTEI AQUI NO 247, E EM OUTROS BLOGS. A REDE GLOBO É A RESPONSÁVEL POR ISSO. O PSDB QUE SECOU A COPA – E POR CONSEQUENCIA A SELEÇÃO – O TEMPO TODO É UM DOS RESPONSÁVEIS POR ISSO. POR ISSO QUE O VEXAME FOI EM MINAS, TERRA DO AÉCIO. O QUE CABIA AO GOVERNO DO “PT” FAZER FOI FEITO E COM HE COMPETÊNCIA. QUANDO NEYMAR SE MACHUCOU – SE É QUE SE MACHUCOU – A GLOBO AO INVÉS DE CONCENTRAR NA SELEÇÃO, SE CONCENTROU EM NEYMAR, QUERENDO FAZÊ-LO HERÓI, PARA GANHAR MAIS DINHEIRO COM OS MILIONÁRIOS CONTRATOS PUBLICITÁRIOS. VI EM GOIÂNIA, TERRA ONDE O GOVERNADOR É DO PSDB, SOLTAR MAIS FOGUETE QUE NO DIA DA VITÓRIA DO BRASIL SOBRE A COLÔMBIA. UMA VERGONHA, BRASILEIROS TORCEREM PELA ALEMANHA. GOIÂNIA PARECIA QUE ERA A ALEMANHA. UMA VERGONHA. ESSA GENTE DO PSDB ODEIA O BRASIL. O JORNAL “O POPULAR” DE HOJE, AO INVÉS DE POR NA CAPA A SELEÇÃO BRASILEIRA QUE IA JOGAR, FEZ UMA CAPA ONDE NEYMAR OCUPA AS ONZE POSIÇÕES. O POPULAR É DO GRUPO DA REDE GLOBO. NÃO SE ESQUEÇAM DE QUE FELIPÃO DISSE QUE TINHA JOGADOR QUE NÃO DEVIA TER SIDO CONVOCADO. NÃO FOI ELE QUEM CONVOCOU A SELEÇÃO, FOI A REDE GLOBO, PARA ATENDER SEUS INTERESSES ECONÔMICOS FINANCEIROS, REPRESENTADOS PELOS CONTRATOS PUBLICITÁRIOS MILIONÁRIOS. [NÃO VENHAM SEUS TUCANOS, SEM CARÁTER, QUERER POR A CULPA NA PRESIDENTE, PORQUE O QUE CABIA AO “PT” FAZER, APESAR DE TODAS AS MENTIRAS DE VOCÊS, FOI FEITO E BEM FEITO E A COPA NO BRASIL FOI A MAIOR DE TODAS AS COPAS E TROUXE MUITO RIQUEZA PARA O BRASIL. AGORA A SELEÇÃO QUEM ESCALA NÃO É A DILMA, SE FOSSA GENTE GANHAVA. O QUE ACHO É QUE ENTREGARAM O JOGO PARA O BRASIL PERDER E ELES PODEREM R A CULPA NO PT. ELES ENTREGARAM O JOGO.

Responder

Mauricio Bernardi

08 de julho de 2014 às 21h43

O planejamento venceu o improviso.

Enquanto a Alemanha prepara os jovens e até as crianças para jogarem na seleção, nós continuamos a viver do improviso. O povo ama o futebol, mas, os empresários da bola só querem faturar com a venda de craques ao exterior. Esperamos que surjam espontaneamente craques para integrar a nossa seleção, mas, eles não surgem mais. Por quê? Por que o jovem de hoje tem muita coisa mais atraente que correr atrás da bola. Por exemplo: ir para praia com a namorada. Precisaria haver incentivo e não há. O Neto, da Band, está possesso: o Felipão deveria ter colocado Hernanes e Ramires. Poderia ter colocado até Zeus: as soluções de última hora são inúteis. Chegou a hora de o nosso futebol mudar. Chega de informalidade: é preciso profissionalismo. Precisamos reeditar a Lei Pelé sem cortes. É futebol-empresa, é modernidade, é planejamento. Precisamos recriar a CBD: futebol é esporte. Fora essa camarilha de boleiros.

Responder

    Matheus

    13 de julho de 2014 às 01h20

    É o PT que você tanto defende, que vai jogar os custos da copa MAIS CARA DO MUNDO, muito mais cara que qualquer outra copa no seu bolso, o imposto “copa”, eles vão nadar no dinheiro que roubaram, e você trouxa e cego, vai acordar 6horas da manha e trabalhar até não aguentar mais pra ter 1/3 do seu salario anual ( muito mais que isso, porque quase todos produtos tem mais que 50% de imposto) pra pagar o imposto mais caro do mundo e uma das piores qualidades de vida do mundo. Acorda rapaz, a política brasileira é um circo faz tempo, mas o palhaço é o povo.

    Responder

      Miguel do Rosário

      13 de julho de 2014 às 07h33

      Que Copa mais cara? O caro é a diferença entre custo e retorno. O retorno foi muito maior. A economia recebeu mais dinheiro, mais impostos foram gerados para saúde e educação.

      Responder

Nuno

08 de julho de 2014 às 18h41

O Brasil comprou a Copa! Mas como não pagou… não levou! kkkkk

Responder

Vinicius Fonseca

08 de julho de 2014 às 21h40

Miguel Do Rosario, vc é o melhor. Só que ser flamengo não dá.

Responder

Nuno

08 de julho de 2014 às 18h39

É uma pena que nenhum dos onze de 1950 esteja vivo pra ver isso. Eles perderam pela diferença mínima e foram massacrados pelo resto da vida.

Responder

Renato Vilela Borges

08 de julho de 2014 às 21h38

A Alemanha enfiou ate as bolas no timeco do Felipão.

Responder

Nuno

08 de julho de 2014 às 18h36

Chega de buzina, foguete e bandeira. Acabou o carnaval. Tá na hora de voltar pro trabalho pra pagar as arenas.

Responder

Parlo Piano

08 de julho de 2014 às 21h36

Deus que nos livre, mas que depois do último sufoco eu já reclamava de terem que voltar a jogar em Minas,,,

Responder

Nuno

08 de julho de 2014 às 18h34

O delegado Scolari é HEXA: Guaraná Antarctica, Sadia, Volkswagen, Brahma, Vivo e Peugeot.

A Seleção perdeu a Copa? Pois o Felipão não perdeu nada!

Responder

Jamile Bonfim

08 de julho de 2014 às 21h33

Se alguém comprou a Copa, foi o PIG …

Responder

Parlo Piano

08 de julho de 2014 às 21h33

Pior que já são 6,,, ///,
Oh Lord!

Responder

paulo

08 de julho de 2014 às 18h26

mas tava sem Neymar e Thiago Silva…..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…..eu acho que mesmo que o pig tente ganhar politicamente com a derrota tem esse argumento forte…..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk….sinceramente, essa não foi a copa do PIG.

Responder

Glecio Tavares

08 de julho de 2014 às 21h23

1994, de PMDB para PSDB, 2002, de PSDB para PT. Quando perdeu em 1998, continuou, quando perdeu em 2006 e 2010, continuou.

Responder

Glecio Tavares

08 de julho de 2014 às 21h22

Miguel Do Rosario é só lembrar, Quando o Brasil ganha a copa, muda o partido, quando perde, não muda.

Responder

Deixe um comentário