Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Advogado de doleiro trabalhou com PSDB

Por Miguel do Rosário

10 de outubro de 2014 : 16h52

foto_mat_27219


 

A “delação por encomenda” fica pior a cada hora que passa.

O cara rouba, depois mente, ajuda a mídia bandida a dar um golpe, depois vai pra casa feliz.

Dever cumprido.

*

Requião aponta laços do advogado de Youssef com tucanos do Paraná

Por Esmael Moraes, em seu blog.

“O advogado do Alberto Youssef, nessa cruzada contra o PT, é Antonio Augusto Lopes Figueiredo Basto. Ele foi membro do conselho da Sanepar”, tuitou no início da noite desta sexta-feira (10) o senador Roberto Requião, coordenador da campanha de Dilma no Paraná; daqui a pouco, a partir das 20 horas, na TV 15 (www.robertorequiao.com.br), o peemedebista promete conversar mais sobre essa trama diabólica surgida no estado nas vésperas do segundo turno presidencial; advogado é homem de confiança do governador reeleito Beto Richa (PSDB).

“O advogado do Alberto Youssef, nessa cruzada contra o PT, é Antonio Augusto Lopes Figueiredo Basto. Ele foi membro do conselho da Sanepar”, tuitou no início da noite desta sexta-feira (10) o senador Roberto Requião, coordenador da campanha de Dilma no Paraná; daqui a pouco, a partir das 20 horas, na TV 15 (www.robertorequiao.com.br), o peemedebista promete conversar mais sobre essa trama diabólica surgida no estado nas vésperas do segundo turno presidencial; advogado é homem de confiança do governador reeleito Beto Richa (PSDB).

O senador Roberto Requião (PMDB), coordenador-geral da campanha de Dilma no Paraná, nesta sexta-feira (10), pelo Twitter, disse ver ligações umbilicais do advogado do doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato, com o tucanato paranaense.

ScreenHunter_5169 Oct. 10 21.52


 

Segundo o site da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Figueiredo Basto foi conselheiro administrativo da empresa até o último dia 28 de abril. O advogado é homem de confiança do governador reeleito Beto Richa (PSDB).

Youssef e outro paranaense preso — olha aí a coincidência de novo –, Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, depuseram na “boca da urna” em delação premiada visando incriminar PT, PP e PMDB.

Os dois presos paranaenses são a principal “bala de prata” de Aécio/mídia contra Dilma.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Valdir Cavazzan

12 de outubro de 2014 às 20h42

Estes ACÉFALOS que votam em Aécio,só sabem falar do escândalo da Petrobras.Mas isso pode acontecer em qualquer lugar do mundo.Só vamos saber quem é quem quando nos provam o contrário.Mas VENDER um patrimônio PÚBLICO,por um punhado de notas,ninguém fala nada? A segunda maior empresa brasileira, maior produtora de minério do mundo, foi vendida por R$ 3, 3 bilhões de reais em 1997 e o valor estimado na época do leilão era de R$ 92 bilhões de reais, ou seja, valor 28 vezes maior do que o que foi pago pela empresa.E vou mais além.Queriam vender a Petrobras!!!!!!!E tem a cara de pau em falar de Governo corrupto do PT??

http://www.muco.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=245:escandalo-da%20privatizacao-da-vale-do-rio-doce&catid=34:sala-de-escandalos&Itemid=53

Responder

Valdir Cavazzan

12 de outubro de 2014 às 20h42

Estes ACÉFALOS que votam em Aécio,só sabem falar do escândalo da Petrobras.Mas isso pode acontecer em qualquer lugar do mundo.Só vamos saber quem é quem quando nos provam o contrário.Mas VENDER um patrimônio PÚBLICO,por um punhado de notas,ninguém fala nada? A segunda maior empresa brasileira, maior produtora de minério do mundo, foi vendida por R$ 3, 3 bilhões de reais em 1997 e o valor estimado na época do leilão era de R$ 92 bilhões de reais, ou seja, valor 28 vezes maior do que o que foi pago pela empresa.E vou mais além.Queriam vender a Petrobras!!!!!!!E tem a cara de pau em falar de Governo corrupto do PT??

http://www.muco.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=245:escandalo-da%20privatizacao-da-vale-do-rio-doce&catid=34:sala-de-escandalos&Itemid=53

Responder

Maria Das Graças Piccolo

11 de outubro de 2014 às 18h49

ASSISTAM TUDO E COMPARTILHEM. ESSE É O CANDIDATO DA DIREITA BRASILEIRA.
ESSE É O MODO PSDB DE DESGOVERNAR.

ASSISTAM COM PACIÊNCIA, TUUUDOOOO!!!

https://www.facebook.com/video.php?v=1478102589120315&set=vb.100007617641178&type=2&theater

Responder

Rodrigo Lima Castro

11 de outubro de 2014 às 14h14

Golpe eleitoreiro Alvaro, Sergio Moro e Youssef sao velhos conhecidos

Responder

Rodrigo Lima Castro

11 de outubro de 2014 às 14h14

Golpe eleitoreiro Alvaro, Sergio Moro e Youssef sao velhos conhecidos

Responder

Rodrigo Lima Castro

11 de outubro de 2014 às 14h02

O Advogado de cofianca do Psdb Parana.

Responder

Rodrigo Lima Castro

11 de outubro de 2014 às 14h02

Youssef ligado ao Alvaro Dias.

Responder

Rodrigo Lima Castro

11 de outubro de 2014 às 14h01

Miguel Do Rosario Lembrei da entrevista do Alvaro Dias ao Noblat.
“Alimentar o noticiario negativo”

Responder

Josef Marcio Tavares

11 de outubro de 2014 às 13h57

Requião 2018! Chega de covardia!

Responder

Silvia la Camera

11 de outubro de 2014 às 10h07

DILMA 13 RIO DE JANEIRO/RJ

Responder

Silvia la Camera

11 de outubro de 2014 às 10h07

DILMA 13 RIO DE JANEIRO/RJ

Responder

swamy santos

11 de outubro de 2014 às 01h28

Alguém já parou pra pensar que quando o Youssef fala que Lula foi obrigado a nomear o Paulo Roberto por causa do trancamento da pauta do Congresso, isso demonstra que ele já era conhecido desses partidos da base. E que esses partidos, exceto o PT, também apoiavam o governo FHC. Ou seja, quando Lula o nomeou, por pressão do PMDB e PP, é porque já sabiam do seu know-how em achaques e maracutaias. Esse Paulo Roberto Costa já fazia isso na época de FHC. Vamos investigar minha gente.

Responder

Denise Vírgula

11 de outubro de 2014 às 03h24

Fica Dilma 13

Responder

Rodrigo Lima Castro

11 de outubro de 2014 às 02h54

O Juiz Sérgio Moro é o mesmo do caso Banestado e o caso Banestado é parte da Privataria Tucana. Não tem nenhum tucano preso.

Responder

Rafael Simões

11 de outubro de 2014 às 01h48

Helena Lemos Britto

Responder

Guto Colaneri

11 de outubro de 2014 às 01h17

E pode ficar esperto depois da posse se der tudo errado e o tucano ganhar. Esses caras da delação vão sumir do nada. E vai ficar sem provas.

Responder

Guto Colaneri

11 de outubro de 2014 às 01h17

E pode ficar esperto depois da posse se der tudo errado e o tucano ganhar. Esses caras da delação vão sumir do nada. E vai ficar sem provas.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina