Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

A inflação está mesmo descontrolada?

Por Camilo Árabe

25 de outubro de 2014 : 08h18

qnjh2e


Por Emilio Chernavsky, doutor em economia na Universidade de São Paulo.

 

Nos últimos meses, análises segundo as quais a inflação no Brasil estaria descontrolada têm obtido amplo destaque na imprensa. Mas, estariam essas análises corretas?

A partir do exame dos números, defende-se aqui que não. Isso porque, a despeito dos importantes choques de preços e das transformações estruturais que o Brasil sofreu nos últimos anos, a inflação medida pelo IPCA, esperada para 2014:

• Está, pelo 11° ano consecutivo, abaixo do teto da meta definida pelo CMN¹

• É similar à taxa média do primeiro mandato do presidente Lula;

• É muito inferior à taxa média do primeiro e do segundo mandato do presidente FHC;

• É pouco mais da metade da taxa registrada no último ano do mandato do presidente FHC;

• É similar àquela verificada em várias outras economias emergentes importantes.


25.10 - Gráfico 1


25.10 -  Grafico 2


Ou seja, longe de disparar, a inflação permanece controlada. Já os salários recebidos pela população, em especial por aqueles que obtêm os rendimentos mais próximos ao salário mínimo, ao invés de cair ou ficar estagnados como ocorreu durante muito tempo, têm subido continuamente.


25.10 - Grafico 3


Grafico 4


Com a inflação controlada e os salários crescendo, o dinheiro no bolso aumenta mais que os preços. Com isso as pessoas conseguem, ao contrário do que alguns insistem em dizer, ampliar e diversificar seu consumo cada vez mais.

Grafico 5


Grafico 6


É claro que às vezes o preço de alguns artigos pode subir muito rapidamente em função, especialmente, de adversidades climáticas. Mas em geral, mais cedo ou mais tarde eles caem, fazendo com que a inflação permaneça controlada e os preços cresçam menos que os salários.

Tanto é assim que, enquanto em 2002 a dona de casa comprava com um salário mínimo menos que uma cesta básica e meia, em 2014 ela podia comprar mais que duas. O mesmo ocorre com a grande maioria dos produtos, como a carne, frango e ovos, legumes como a batata e o tomate, arroz, feijão, bolachas, macarrão, etc. Gastando menos com os produtos básicos, sobra mais dinheiro para que a população possa comprar bens e contratar serviços com os quais, até pouco tempo atrás, somente quem tinha maiores recursos podia sonhar. Com mais pessoas consumindo esses bens e serviços, mais empregos são gerados para fornecê-los, mais salários são pagos, e ainda mais pessoas podem aumentar seu consumo. O Brasil espera que esse círculo virtuoso que vigorou nos últimos anos não seja interrompido.

* ¹ Às vezes ouvimos que isso só ocorre porque o governo controla alguns preços, principalmente os da energia e dos combustíveis, que representam juntos cerca de 9% do IPCA. Na verdade, o que o governo faz é apenas evitar que quando ocorrem fortes variações nas condições climáticas e nos preços internacionais do petróleo, elas sejam transmitidas imediatamente aos preços internos. É importante notar, contudo, que o impacto dessa ação do governo sobre a inflação, ao contrário do que frequentemente é divulgado, é bastante limitado na maior parte do tempo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

21 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Antonio

28 de outubro de 2014 às 10h23

O índice alimentação subiu muito, devido a seca os hortifruti subiram bem mais que a inflação.

Responder

Kaká

26 de outubro de 2014 às 10h58

Está controlada e por exemplo, minha sogra que em 2002 estava desempregada e quase passa fome, hoje, ganhando 2 S.M. comprou um “ar condicionado” em 20 parcelas de 90 reais. Tecnologia “Inverter” que custa 1.800 pilas. Pobre tá nadando na tecnologia e “suando” menos. Pensa na véia chique no úrtimo? Vai cravar 13, Dilma, ela e o marido que passava fome junto hoje trabalha e ganha mais 1.200 reais. Na casa, própria, não falta nada.

Responder

Flavio Carvalho

25 de outubro de 2014 às 18h20

Esse aí tá reclamando.

Responder

Flavio Carvalho

25 de outubro de 2014 às 18h20

Esse aí tá reclamando.

Responder

Flavio Carvalho

25 de outubro de 2014 às 18h20

Esse aí tá reclamando.

Responder

Flavio Carvalho

25 de outubro de 2014 às 18h20

Responder

Flavio Carvalho

25 de outubro de 2014 às 18h20

Responder

Flavio Carvalho

25 de outubro de 2014 às 18h20

Responder

Marcos Freire

25 de outubro de 2014 às 17h59

Nao precisamos de nenhum doutor da usp para nos dizer se a inflacao está ou nao controlada. Basta responder às seguintes perguntas: quando vc vai hoje ao açougue, farmacia, mercado, padaria etc..vc compras as mesmas coisas que comprava a 3 meses atras pagando a mesma coisa? Eu nao compro…os precos subiram….cada um responde pelo seu bolso..e ai, inflacao controlada?

Responder

Marcos Freire

25 de outubro de 2014 às 17h59

Nao precisamos de nenhum doutor da usp para nos dizer se a inflacao está ou nao controlada. Basta responder às seguintes perguntas: quando vc vai hoje ao açougue, farmacia, mercado, padaria etc..vc compras as mesmas coisas que comprava a 3 meses atras pagando a mesma coisa? Eu nao compro…os precos subiram….cada um responde pelo seu bolso..e ai, inflacao controlada?

Responder

Bruno Falcão

25 de outubro de 2014 às 17h12

Claudia Lopes, cuidado com a Globobo News e afins…

Responder

Cleiton Oliveira Sousa

25 de outubro de 2014 às 17h01

http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,tse-proibe-veja-de-fazer-propaganda-de-capa-com-dilma-e-lula,1582467
REVISTA VEJA E ISTOÉ: VENDIDAS!!!! PROPAGANDA POLÍTICA IRREGULAR
Para o procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, “divulgação da publicidade da Veja acarreta “prejuízo irreparável ao equilíbrio e (à) lisura do pleito”. Para o relator do processo no TSE, o ministro Admar Gonzaga, o material veiculado contém “interferência indevida e grave em detrimento de uma das candidaturas”.

Responder

Márccio Campos

25 de outubro de 2014 às 14h52

aliás, ia me esquecendo: estas grandes lojas de roupa de “moda” não passam de financeiras, que compram à quilo (roupas de todo o lugar do mundo), multiplicam por 50 e vendem sem entrada pra pagamento em 8x… e o pior é que existe gente pra isso!… corrigir ainda vai levar um tempo! sabemos… abraço fraterno!
Márccio Campos
rio de janeiro

Responder

    Carluzzi

    26 de outubro de 2014 às 00h50

    Bem que voce gostaria de poder comprar hein!!!
    OU será que gosta de se vestir com roupas compradas a quilo no lojão de saldos do seu bairro?

    Responder

Márccio Campos

25 de outubro de 2014 às 14h48

o Prezado está esquecendo a “inflação” do dono do supermercado; simples assim:

como ele percebe que aumentaram as vendas (povo com mais dinheiro no bolso) ele aumenta os preços (timidamente 3~5%) dos produtos na prateleira pra realizar mais lucro; daí ele percebe que a perda de movimento foi mínima e os lucros cresceram; então ele volta a aumentar os preços (um pouco mais timidamente: 3~5%) e ele começa a praticar o “feirão” de descontos (e aja locutor pra dar conta o dia inteiro “cantando” as “”ofertas””), já que a “inflação” (dos “jornais”, das “revistas”, das “rádios” -que trocam a notícia, então?!!- das donas de casa assustadas com os “noticiários”…)… e está feito o “cenário” de inflação na cara de todo mundo e contra o bolso de todo mundo… por culpa do PT!! naturalmente… tente comprar alguma coisa à vista com desconto?! já tá tudo precificado pra 10x (ou 3x, ou 5x, ou 8x!!!! comprei na internet por 15x “sem juros”!!!)…

Responder

Ricardo Edmundo Ceconello

25 de outubro de 2014 às 16h37

POLICIA MINEIRA INTEIRA NOS RASTROS DA FAMILIA MAFIOSA CUNHA NEVES TOLENTINO – https://www.facebook.com/video.php?v=852158768149666&set=vb.765198200179057&type=2&theater

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina